Você está na página 1de 16

ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS MARQUÊS DE POMBAL

EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIDADE DIDÁCTICA DE JOGOS PRÉ-DESPORTIVOS


COLECTIVOS

DOCUMENTO DE APOIO

5º ANO
DEFINIÇÃO

Jogos pré-desportivos colectivos é uma unidade didáctica onde, para além de incluir diversas
situações de actividade motora, onde se desenvolvem várias capacidades físicas, se aprendem os
fundamentos essenciais dos jogos desportivos colectivos com invasão do campo adversário, como
sejam o Futsal e o Basquetebol. Procura-se desenvolver estes fundamentos em actividades lúdicas,
utilizando as bolas de basquetebol e futsal. Por outro lado, como actividade de grupo, desenvolve a
cooperação com os companheiros e o respeito pelo adversário.

ELEMENTOS TÉCNICOS

Nesta unidade didáctica vais aprender a executar os seguintes elementos técnicos:

Com a bola de Basquetebol


 Passe de peito
 Passe picado
 Recepção
 Drible de progressão
 Desmarcação
 Defesa individual

Com a bola de Futsal


 Passe – parte interna do pé
 Recepção e controlo da bola
 Condução da bola
 Desmarcação
 Defesa individual

2
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

PASSE D E PEI TO

Descrição:
For ma de co municação ent re dois jogadores, através de uma pro jecção t ensa da
bo la num plano hor izont al, realizado sem oposição.

COMPONENTES CRÍTICAS
 Cotovelos naturalmente ao lado do corpo e apontados para o chão;
 Olhos no alvo;
 Extensão dos braços na direcção do alvo (peito do companheiro que recebe);
 Avançar a perna dando um passo na mesma direcção do passe;
 Impulso final sobre a bola, através da flexão rápida dos pulsos;
 Ter minar o passe co m as palmas das mãos vo lt adas para fora.

3
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

PASSE PI CADO

Descrição:
For ma de co municação ent re dois jogadores, at ravés de uma pro jecção t ensa
da bo la levando -a pr imeiro a ressalt ar no so lo (quando há oposição).

COMPONENTES CRÍTICAS

 Extensão total e simultânea dos membros superiores para a frente e para baixo;
 Tronco ligeiramente inclinado para a frente;
 Trajectória picada e dirigida para o solo, perto do companheiro;
 Avançar a perna dando um passo na mesma direcção do passe;
 Impulso final sobre a bola, através da flexão rápida dos pulsos;
 Ter minar o passe co m as palmas das mãos vo lt adas para fora.

4
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

REC EPÇÃO

Descrição:
Gest o act ivo de receber a bo la cont rolando -a, ut ilizando as mão s, após
event ual passe de um co mpanheiro.

COMPONENTES CRÍTICAS
 A recepção é feita com as duas mãos;
 As mãos formam uma superfície côncava;
 Tem de ser uma recepção activa: ir ao encontro da bola e extensão dos membros
superiores.
 Após r ecepção prot eger a bo la imediat ament e co nt ra ao peit o (flexão dos
membros super iores).

5
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

DRIB L E DE PROGR ESSÃO

Descrição:
For ma de progressão no campo, pelo jogador com posse de bo la, sem oposição,
at ravés de uma ou mais pro jecções da bo la no so lo.

COMPONENTES CRÍTICAS

 A bola é empurrada com os dedos (punho flexível);


 Movimento de extensão e flexão do pulso acompanha a do movimento do antebraço;
 A bola é impulsionada para um ponto do solo em frente, no sentido do deslocamento;
 Altura do ressalto da bola ao nível da cintura.
 Olhar dirigido para o jogo.

6
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

DESM ARCAÇ ÃO

Descrição:
Cons ist e na ocupação dos espaços vazios, por part e dos jogadores sem bo la da
equipa que est á ao at aque, criando linhas de passe ao port ador da bo la. De
prefer ência, a desmar cação deve ser feit a na dir ecção do alvo adversár io.

COMPONENTES CRITICAS
 Ocupar um espaço vazio, de preferência na direcção do alvo do adversário
 Caso não receba a bola, não deve permanecer onde está, mas sim realizar outro
deslocamento, afastando-se da bola e para um espaço vazio, abrindo assim mais uma linha de
passe;
 Afastar-se do defensor, para receber a bola.

7
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

DEFESA IND IV IDUA L (CAM PO I NT EI RO)

Descrição:
Cons ist e na marcação de um adversár io, co m ou sem bo la, não o deixando
jogar ou receber a bo la.

COMPONENTES CRITICAS:
 Estar sempre próximo do adversário que se está a marcar;
 Estar sempre entre o adversário e o seu alvo;

8
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

PASSE – PAR TE I NT ERN A DO PÉ

Descrição:
For ma de co municação ent re dois jogadores, at ravés de um bat iment o na bo la,
co m a part e int erna do pé, realizado sem oposição.

COMPONENTES CRÍTICAS
 Pé de apoio ao lado da bola
 Rodar para fora, o pé que se vai utilizar
 Fixar os olhos na bola
 Bater na bola com a parte interna do pé, executando um movimento de trás para a frente
 Continuar o movimento da perna que executa o passe, deixando-a seguir a trajectória da
bola

9
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

REC EPÇÃO E CON TRO LO DE BOLA

Descrição:
Gest o act ivo de receber a bo la, cont rolando -a, ut ilizando um dos pés – part e
int er na, após event ual passe de um co mpanheiro. A recepção da bo la, pode
ser feit a pela part e int erna do pé e pela plant a do pé.

COMPONENTES CRÍTICAS

 Avançar o pé na direcção da bola


 Manter os olhos na bola, durante a sua trajectória
 Fazer uma recepção activa: ir ao encontro da bola
 A recepção deve ser feit a co m a per na descont raída – amort ecer o impact o
da bo la

10
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

CONDUÇ ÃO DA BOLA

Descrição:
For ma de progressão no campo, pelo jogador com posse de bo la, sem oposição,
at ravés de um ou mais t oques na bo la.

COMPONENTES CRÍTICAS

 Bater na bola, com a parte interna/externa do pé


 Tronco ligeiramente inclinado para a frente
 Manter a bola controlada
 Olhar para o jogo, sem perder o controlo da bola
 Logo que possível, conduzir a bola com os dois pés e em trote

11
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

DESM ARCAÇ ÃO

Descrição:
Cons ist e na ocupação dos espaços vazios, por part e dos jogadores sem bo la da
equipa que est á ao at aque, criando linhas de passe ao port ador da bo la. De
prefer ência, a desmar cação deve ser feit a na dir ecção do alvo adversár io.

COMPONENTES CRITICAS
 Ocupar um espaço vazio, de preferência na direcção do alvo do adversário
 Caso não receba a bola, não deve permanecer onde está, mas sim realizar outro
deslocamento, afastando-se da bola e para um espaço vazio, abrindo assim mais uma linha de
passe;
 Afastar-se do defensor, para receber a bola.

12
ESCOLA BÁSICA DO 2º/3ºCICLOS MARQUÊS DE POMBAL
EDUCAÇÃO FÍSICA

DOCENTE: Manuel Domingos Casinhas Ferreira

DEFESA IND IV IDUA L (CAM PO I NT EI RO)

Descrição:
Cons ist e na marcação de um adversár io, co m ou sem bo la, não o deixando
jogar ou receber a bo la.

COMPONENTES CRITICAS:
 Estar sempre próximo do adversário que se está a marcar;
 Estar sempre entre o adversário e o seu alvo;

13
SITUAÇÃO DE JOGO

Nas situações de jogo vais jogar vários jogos, os quais denominam-se jogos pré-
desportivos, onde adquirires competências que te vão ensinar a jogar em equipa. O objectivo do
jogo é comum a todos os elementos da mesma equipa.
Alguns exemplos de jogos pré-desportivos:

JOGO DOS CINCO PASSES

Tem como objectivo uma equipa executar


5 passes, sem a equipa adversária ficar
com a posse da bola.

Algumas regras
1. Não é permitido tirar a bola das mãos do adversário
2. Não é permitido o contacto físico, nem defender com envolvimento do adversário
3. Não é permitido driblar nem andar ou correr com a bola não mãos
4. As faltas são marcadas no local onde ocorrem
5. Uma equipa soma um ponto quando realiza 5 passes consecutivos, ficando a bola na
posse da equipa adversária.

ALVO MÓVEL

No jogo “Alvo Móvel”, cada equipa


tem como objectivo passar a bola ao
seu alvo móvel (situações de
ataque), e impedir o passe da equipa
adversária para o seu alvo móvel
(situações de defesa).
O “alvo móvel” encontra-se numa zona limitada, oposta ao campo da sua equipa, da qual não
pode sair.
Algumas regras
1. Não é permitido tirar a bola das mãos do adversário

14
2. Não é permitido o contacto físico, nem defender com envolvimento do adversário
3. Não é permitido driblar nem andar ou correr com a bola não mãos
4. As faltas são marcadas no local onde ocorrem (com a bola de futsal)
5. As faltas são marcadas na linha lateral mais próxima (com a bola de basquetebol)
6. Uma equipa soma um ponto quando faz um passe ao seu alvo móvel com êxito (quando a
bola não cai no solo).
7. O passe ao alvo móvel tem de ser executado na zona do meio campo adversário
8. Nos lançamentos de bola fora, não é permitido passar directamente ao alvo móvel
9. O alvo móvel pode deslocar-se ao longo da linha de fundo, não podendo sair da sua zona
de acção.

BOLA AO CAPITÃO”
Jogo semelhante ao alvo móvel. A diferença é que a zona do “capitão” é mais limitada.

15
BIBLIOGRAFIA

 ANTUNES, M. & CORADINHO, A. (1995). O livro de Educação Física – 6º ano. 2ª edição,


Didáctica Editora: Lisboa.

 BARATA, J. e Coelho, O. (2002). Hoje há EDUCAÇÃO FÍSICA – 5º e 6º anos- 1ª edição.


Texto Editora Lda: Lisboa.

 BARATA, J. e Coelho, O. (2002). Hoje há EDUCAÇÃO FÍSICA – 3º Ciclo- 1ª edição. Texto


Editora Lda: Lisboa.

 BARATA, J. e Coelho, O. (2002). Hoje há EDUCAÇÃO FÍSICA – 3º Ciclo- 1ª edição. Texto


Editora Lda: Lisboa.

 BARBOSA, M. (1999). Grande Enciclopédia do Desporto. Edição Especial em Língua


Portuguesa, Vol. I, II, III, IV e V.

 CALADO, J.(1999) Educação Física, 5º/6º ano 1ª edição Areal Editores: Porto.

 COSTA, J. D. (2000) Jogo limpo, 5º/6º ano, Porto Editora: Porto.

 LEBRE, E. & NUNES, F. (1997). Desporto é vida – Educação Fí si ca – 5º/6


anos. 1ª Edição, Port o Edit ora: Porto

 LEGRAND, L. & RAT, M. (1998). O Basquet ebol: as regras, a técnica, a


prática. 1ª edição, Edit orial Est ampa: Lis boa

 PIMPAREL, L. Educação Física 5º e 6º ano. Editorial O Livro: Lisboa.

O doc ume nt o – JOG OS DESP ORT I VOS C O L ECT IVOS – p os s ui de z oi t o pági na s e f oi


c ompi l ad o a par ti r de uni dade s di dác ti c as r e al i z adas no â mbi t o d o e stági o d o C ur s o d e
pr ofe ss or e s d o Ensi n o B ási c o – var i ante de Educ aç ão fí si c a, d a Esc ol a Supe r i or de
Ed uc aç ão de Le i r i a, no ano l e c ti vo de 2002/ 2003.

16