Você está na página 1de 10

ANALISE COMPARATIVA ENTRE OS SISTEMAS

GERENCIADORES DE BANCO DE DADOS MYSQL E


PORTGRESQL

APRESENTAÇÃO

Um sistema de banco de dados (SBD) é um sistema para manutenção de


registros por computador que tem como objetivo manter os registros e disponibilizar
quando solicitado. Os sistemas de banco de dados podem ser centralizados onde
todos os dispositivos de armazenamento e softwares de gerenciamento ficam no
mesmo computador ou pode ser descentralizado (distribuído) quando os dados
gravados e também os softwares de gerenciamento estão divididos em mais de uma
maquina.
Um Banco de dados distribuído (BDD) é uma coleção de vários bancos de
dados logicamente inter-relacionados, o banco de dados é armazenado em diversos
computadores que se comunicam através de uma rede, esse sistema de banco de
dados distribuído consiste em uma coleção de nós (computadores de uma rede), no
qual eles podem participar na execução de transações que acessam os dados em
um ou diversos nós.
Existem dois tipos de banco de dados distribuídos, os homogêneos que são
compostos pelos mesmos bancos de dados e os Heterogêneos são aqueles que são
compostos por mais de um tipo de banco de dados.
ANALISE PRESENTE

O crescimento das empresas causou a dependência e necessidade de se


manipular grandes quantidades de dados de maneira rápida e eficaz os sistemas de
gerenciamento de dados destas empresas estão ficando sobrecarrega, pois o fluxo
de dados tendesse a aumentar cada vez mais. Com o passar do tempo as empresas
vão cadastrando mais dados em seus bancos como, por exemplo, informação
pessoais de seus clientes estas informações são muito importantes para o
crescimento da empresa, realizar consultas de dados de clientes começa a ser um
problema caso banco de dados esteja com um fluxo de informações muito alta isso
acarretara um sobrecarregamento no sistema o tornando lento e podendo até
ocorrer uma perda de dados.
De qual forma gerenciar melhor esse grande fluxo de dados otimizando as
consultas a determinadas informações e quais ferramentas utilizar para suprir tais
necessidades?
SOLUÇÃO

Em um Banco de dados distribuído os dados são armazenados em diversos


computadores comunicando-se através de redes de alta velocidade. Geralmente em
empresas de médio e pequeno porte ainda são usados banco de dados
centralizados onde o usuário faz uma solicitação e uma estância coleta a informação
no servidor que é local, no entanto em algumas empresas de grande porte, o
centralizado esta sendo substituído pelo distribuído por ser mais eficaz..
O gerenciamento de dados de forma distribuída é muito favorável,
principalmente para empresas que possuem um grande fluxo de informações em
suas bases de dados e que necessitam fazer consultas frequentemente destas
informações, o processo se torna rápido e eficaz alem disso os dados são melhores
gerenciados diminuindo o risco de perda de informações.
OBJETIVOS

GERAL
Apresentar as características e funcionalidades de um banco de dados
distribuídos com o auxilio de um estudo comparativo entre as ferramentas MySQL
e PostgreSQL.

ESPECÍFICO

 Introdução sobre SGDB e Banco de dados distribuidos.


 Estudo do Mysql e ferramentas
 Estudo do Postgre e ferramentas
 Demonstração das funcionalidades de gerencia de banco de dados
distribuídos no MySQL e PostgreSQL.
 Analise Comparativa.
PLANO DE METAS

O presente trabalho será dividido em seis capítulos onde mostrara o que é


como funciona e também maneiras de se gerenciar um banco de dados
distribuídos.
O primeiro capitulo será a introdução do trabalho onde citara o problema,
justificativa objetivos e a forma que o trabalho foi desenvolvido.
No segundo capitulo o foco será explicar o que é, como funciona, e quais os
tipos de banco de dados existentes.
A terceira etapa no projeto será abordado o MySQL como ele funciona quais
maneiras de gerenciar dados com essa ferramenta.
Já o capitulo quatro será realizado um estudo com a ferramenta PostgreSQL
como ela se comporta com grandes quantidades de dados e as maneiras de
gerenciar informações com essa ferramenta.
No quinto capitulo será mostrada as funcionalidades de gerencia de banco
de dados tanto no MySQL quanto no PostgreSQL.
O sexto e ultimo capitulo será uma analise comparativa entre as ferramentas
MySQL e PostgreSQL, velocidade de processamento com grandes e pequenas
quantidades de dados analise de tabelas, consultas, etc.
METODOLOGIA

A metodologia para realização da pesquisa será de caráter bibliográfico


utilizando fundamentação bibliográfica com abordagem literária e artigos publicados
voltado ao gerenciamento em banco de dados distribuídos.
Após esse levantamento teórico serão abordadas questões referentes ao
gerenciamento de dados de forma distribuída, após todos os quesitos necessários
serem revisados serão tiradas as determinadas conclusões.
BANCO DE DADOS DISTRIBUIDOS

INTRODUÇÃO

Um Banco de dados é um sistema de manutenção de registros por


computador que tem como objetivo manter os registros e disponibilizar quando
solicitados. Existem duas formas de banco de dados os sistemas de bancos de
dados centralizados e os sistemas de bancos de dados descentralizados ou
distribuídos. Em um banco de dados centralizado, todos os dados ficam em um
mesmo computador ou site esses dados podem ser acessado por vários terminais
diferentes porem a fonte dos dados sempre será a mesma.
Já um banco de dados distribuído podemos dizer que é um conjunto de
bancos de dados logicamente inter-relacionados, distribuídos em diversos
servidores através de uma rede de comunicação. Cada servidor armazena uma
parte do banco de dados e é desejável que uma determinada partição dos dados
esteja armazenada em mais de um local. Uma vez que cada servidor não opera
sobre o banco de dados inteiro, mas apenas sobre parte dele, obtém-se maior
performance na manutenção dos dados. Quando uma consulta ao banco de
dados necessita de dados que estão presentes em diversos sites, é possível
distribuir a consulta de modo que cada site processe uma parte dela, fazendo uso
de processamento paralelo, o que também contribui para o ganho de
performance. E ainda, o fato de uma partição de dados estar replicada em mais
de um site, proporciona maior disponibilidade dos dados no sistema, pois ainda
que ocorra uma falha em um dos sites, os dados armazenados por ele podem ser
encontrados em outro local.
Existem dois tipos de banco de dados distribuídos que são homogêneos e o
heterogêneos. Em um banco de dados homogêneo as interfaces devem ser da
mesma empresa podendo ser de versões diferentes e que forneçam os mesmos
serviços aos usuários. Já no banco de dados heterogêneo pode existir dois ou
mais banco de dados diferentes espalhados entre os sites ou a estrutura do
banco de dados
também é diferente.
Num BDD os arquivos podem estar replicados ou fragmentados, esses dois
tipos podem ser encontrados aos longos dos nós do sistema de BDDs. Quando os
dados se encontram replicados, existe uma cópia de cada dos dados em cada nó,
tornando as bases iguais (ex: tabela de produtos de uma grande loja). Já na
fragmentação, os dados se encontram divididos ao longo do sistema, ou seja, a
cada nó existe uma base de dados diferentes, se olharmos de uma forma local,
mas, se analisarmos de uma forma global, os dados são vistos de uma forma única,
pois cada nó possui um catálogo que contém informação dos dados dos bancos
adjacentes.

VANTAGENS

Existem diversas vantagens para se implantar um sistema de gerenciamento


de bancos de dados distribuídos (SGBDD), como.

- Gerenciamento transparente de dados distribuídos. Um sistema de bancos


de dados distribuídos transparente “esconde” dos usuários os detalhes de
implementação a vantagem de um SGBD totalmente transparente é o alto nível
de suporte que ele oferece para o desenvolvimento de aplicativos complexos

- Autonomia Local: Utilizando – se de um SBDD é possível ter acesso a


dados situados em sites próximos aos usuários que mais os utilizam e ao mesmo
tempo, compartilhar dados armazenados em outros sites os sistemas podem ser
relativamente independentes uns dos outros.

- Integridade e Disponibilidade: Os SGBDs distribuídos são planejados para


melhorar a confiabilidade, pois têm componentes replicados e, portanto, eliminam
pontos únicos de falha. A falha de um único site ou a falha de um único link de
comunicação que torne um ou mais sites inacessíveis não é suficiente para deixar
inativo o sistema inteiro.

- Economia com hardware: O custo com comunicação de dados diminui uma


vez que os dados estão mais próximos dos usuários o ganho é relevante nas
situações onde o volume de tráfego é tarifado (tarifas de telecomunicações). Os
gastos com compra de servidores também podem ser reduzidos. A explicação
para esta redução no custo acontece pelo fato de que computadores de menores
valores e portes podem ser utilizados, tendo em vista que o volume de
processamento é menor para os dados locais.

- Melhoramentos de performance: Um SBDD pode apresentar melhor


performance que um sistema centralizado através da distribuição da carga de
trabalho. Como cada site manipula apenas parte do banco de dados, o esforço
pelos serviços da CPU é bem menor do que os esforços no caso de banco de
dados centralizados.

- Expansibilidade: Ao utilizar um SBDD, os custos associados ao aumento no


número de sites são menores, quando comparados com os custos associados à
expansão de um banco de dados centralizados. Compartilhamento: Em diversos
sites geograficamente distribuídos e muito distantes entre si, a distribuição de
dados se faz necessária já que mantê-los centralizados pode envolver um alto
custo para uma empresa. Os dados distribuídos podem ser compartilhados por
vários locais a um custo bem inferior.

DESVANTAGENS

Existem algumas desvantagens também para se implantar um sistema de


gerenciamento de bancos de dados distribuídos tais como.

 Complexidade: Os bancos de dados nos SBDD são mais complexos


que os bancos de dados centralizados, pois além de existirem os
problemas encontrados em um ambiente de bancos de dados
centralizados, terá vários problemas não resolvidos (aspectos de
modelagem, processamento, consultas, concorrência, sistema
operacionais, entre outros).
 Custo com treinamento e aplicativos: Existe um crescimento no custo
ligados a treinamento, administração do ambiente operacional
(ferramentas, técnicas, e pessoal) e desenvolvimento de aplicativos. 10

 Distribuição de controle: Mesmo sendo considerado como vantagem


dos SBDDs anteriormente, a distribuição gera problemas de
sincronização e coordenação. Portanto, o controle distribuído exige
mais responsabilidade e cuidados já que pode se tornar facilmente
uma obrigação.

 Segurança: Um dos mais importantes benefícios dos bancos de dados


centralizados é a fiscalização sobre os acessos aos dados. Entretanto,
em um sistema de bancos de dados distribuídos existe uma rede para
a comunicação entre os sites, e esta rede existe seus próprios
requisitos de segurança. Sabe-se que manter a segurança das redes é
uma tarefa séria e complexa. Desse modo, os problemas de segurança
em sistemas de bancos de dados distribuídos são mais complexos do
que os problemas nos sistemas de bancos de dados centralizados.

 Falta de Experiência: Como os sistemas de bancos de dados


distribuídos já estão sendo muito utilizados, existe uma ausência de
especialistas nas unidades responsáveis pelo gerenciamento de
tecnologia de informação. Com isso, vários problemas podem ocorrer
durante a implantação e manutenção de um sistema de bancos de
dados distribuídos.

Autor: Carlos Augusto Gassner


Porto União – SC / 2010