Você está na página 1de 2

Universidade Católica de Moçambique

Faculdade de Educação e Comunicação


Estudante: Isidro Marques Omar
Docente: Mohamad Munir
Cadeira: Seminário
Problematização
Geralmente, as empresas diariamente possuem entradas e saídas do caixa referentes aos
pagamentos dos clientes na aquisição de produtos a disposição assim como a desembolsos para
pagamentos de fornecedores e demais despesas operacionais e administrativas a partir do fluxo
de caixa. Olhando para esta observação, coloca-se em evidencia que existe uma relação que se
faz sentir quando abordado em torno de fluxo de caixa e a progressão de vendas, por outro lado
analisando em função do impacto da pandemia de covid-19 nas mesmas ferramentas de gestão,
pretende-se saber até que ponto a pandemia de covid-19 influenciou na progressão de vendas por
meio do fluxo de caixa nas pequenas e medias empresa da cidade de Nampula marcado entre
(2019-2022).

Hipóteses

 H1 – o fluxo de caixa teve um impacto positivo no desempenho financeiro da empresa


durante o período pandémico;
 H2 - o fluxo de caixa impactou negativamente o desempenho financeiro da empresa
durante o período pandémico;
 H3 – durante a intensa atuação da pandemia de codir-19, o fluxo de caixa repercutiu
condicionando possível equilíbrio no desempenho financeiro da empresa;

Objetivo Geral

Compreender como as pequenas e medias empresas se comportaram na gestão do desempenho


financeiro durante o período pandémico, evidenciando o fluxo de caixa circunstancialmente
relacionado a progressão de vendas.

Objetivo Específico

1
 Descrever o papel do fluxo de caixa assim com o da progressão de vendas no âmbito do
desempenho financeiro;
 Conhecer os métodos considerados eventos imprescindíveis no processo de tomada de
decisão;
 Evidenciar a relação existentes entre ambas ferramentas;
 Explicar o papel do fluxo de caixa e da progressão de vendas na gestão do desempenho
financeiro da empresa;

Justificativa

O tema foi escolhido devido a importância do fluxo de caixa e da progressão de vendas como
ferramentas cruciais no desempenho financeiro das pequenas e medias empresas, tanto no curto
quanto no longo prazo, assim como também para descobrir se ao gerar lucro ou prejuízo a
organização possui recursos financeiros suficientes para cobrir as obrigações de curto prazo.

Porém, com aparecimento da pandemia, surgiram também várias situações resultantes do


impacto da mesma em que uma delas identificou-se no aumento de demissões de trabalhadores
vinculados a pequenas e medias empresas, o que para sociedade foi extremamente pernicioso
considerando fatores como agregados familiares, instabilidade financeira entre outros.

No entanto, considerando os aspectos acima citados, pode auxiliar na gestão de desempenho


financeiro na PMES no sentido de oferecer outras alternativas no desempenho financeiro
mediante situações de acção de fatores externos naturais.

Você também pode gostar