Você está na página 1de 4

Igreja Batista Central de Honório Gurgel

“Uma Igreja Segundo o Coração de Deus, Levando Jesus ao Seu Coração”


Pastor-Presidente / Gestor de Ministério: Pr. Luiz Paulo de Lira Moraes
Ministério de Ensino – Programa de Capacitação de Servos
Da Série “Viver Como Servos: Desafios e Vitórias”

Estudo 13 de 13 - Quarta-feira – 30/03/2011


Autora: Roberta Cardeal Martins de Alcântara Silva

SERVIR É SEMPRE A MELHOR ESCOLHA!


“Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos
boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos”
(Efésios 2.10).

Você está na terra com um propósito. Tendo sido criado não apenas para comer, respirar, ocupar
espaço. Deus projetou você para que a sua vida faça a diferença. Você foi criado para acrescentar e
não para extrair e precisa compreender a necessidade urgente de devolver a Deus tudo que Ele tem
dado a você. Deus possui expectativas acerca do serviço do seu povo. Sabe por quê?

Porque você foi CRIADO por Deus para SERVIR


A Bíblia diz que Deus nos criou “para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós
as praticarmos” (Efésios 2.10). Quando a Bíblia diz “boas obras”, isso significa o serviço cristão.
Quando estamos servindo às pessoas, na verdade estamos servindo a Deus.
Porque você foi SALVO por Deus para SERVIR
A Bíblia diz que Deus “nos salvou e nos chamou com uma santa vocação, não em virtude das
nossas obras, mas por causa da sua própria determinação e graça” (2Timóteo 1.9). Com isso dá
para entender que o serviço cristão deve ser motivado por uma genuína gratidão a Deus pela nossa
salvação. Pense que a sua salvação custou um alto preço: a própria vida de Cristo.
Você não deve servir a Deus por causa da culpa, medo ou até mesmo por obrigação, mas
pela alegria e profunda gratidão do seu feito na cruz. Assim como Cristo entregou a sua vida por
você, entregue e empregue a sua vida a serviço de Deus.
Deus não nos salvou para ficarmos sentados como meros desfrutadores de suas bênçãos,
mas para compartilhá-las com outras vidas que necessitam tanto quanto nós.
Se, na cruz, Cristo te salvou, curou, libertou, abençoou e transformou a sua vida, vá e faça o
mesmo compartilhando tudo isso que você recebeu. Dedique-se integralmente na promoção dessas
obras na vida de outras pessoas.
Porque você foi CHAMADO por Deus para SERVIR
Algumas pessoas são levadas a pensar que a experiência do chamado está voltada apenas para
aqueles são missionários, pastores ou evangelistas de “tempo integral”, mas a Bíblia é clara ao dizer
que todo cristão é chamado para servir: “Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação
santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para
a sua maravilhosa luz” (1Pedro 2.9).
Também é interessante saber que independentemente do emprego ou a carreira que
escolhemos, temos um chamado para ser cristãos em tempo integral. E além do mais é impossível
entender como diferentes as palavras cristão e servo, pois, afinal, todo cristão deve ser um servo.

1
Para saber como exercitar o seu chamado, basta utilizar as suas habilidades no serviço. Entenda
que o que você faz é extremamente importante para outras pessoas. Cada um de nós tem um papel
a desempenhar na obra de Deus, sendo cada papel muito importante. No Reino de Deus não existe
serviço pequeno ou grande. Tudo é serviço!
O que talvez nos faça perceber que existe esta falsa diferença são alguns ministérios que têm
mais visibilidade ao público e outros que são de bastidores. Todavia, para Deus não existe esta
diferença. Todos são valiosos e imprescindíveis. Um depende do outro.
Porque a ORDEM de Deus é para SERVIR
Em Jesus vemos essa disposição em obedecer às ordens de Deus, por isso é o nosso maior
exemplo de servo e ponto de partida. Cristo é o nosso parâmetro de doação que tem tudo a ver com
obediência. Vejam o que a Bíblia diz: “Pois nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido,
mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Marcos 10.45).
Percebam que as palavras servir e dar vêm unidas, pois não há como servir sem que haja
doação. Conseqüentemente não há como cumprir as ordens de Deus sem doar a Deus nossas
próprias vontades em favor do cumprimento de suas ordenanças.
Servir é algo que contraria nossa inclinação natural. Já que na maior parte do tempo estamos
mais interessados em nos servir do que servir aos outros. Todavia a maturidade espiritual soluciona
esse mal. Onde há maturidade, deixa de existir a busca pela satisfação pessoal, pois o foco torna-se
outro: o Reino de Deus, conseguindo assim dizer não às suas necessidades, voltando-se para as
necessidades dos outros.
Deste ponto em diante reside o grande paradigma do serviço cristão, que é a vontade e a
liberdade de escolha. Este é o ponto de partida de todo cristão que deseja alcançar maturidade para
o seu ministério.
Se você permitir que Deus opere em sua vontade e optar por servir em sua vida cristã,
avançará para a maturidade espiritual. A Bíblia diz: “Pois é Deus quem efetua em vocês tanto o
querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele” (Filipenses 2.13). Tudo começa na
escolha! Se você deixar Deus operar em suas vontades, conseguirá fazer as melhores escolhas.

SERVIR É UMA QUESTÃO DE ESCOLHA


Servir começa na mente. Se você deseja ser um verdadeiro servo, precisará mudar algumas
posturas. Deus tem mais interesse nas suas motivações para servi-lo do que naquilo que você faz.
Servo não é um título que se ganha, mas sim um estilo de vida de entrega total ao serviço
cristão. Reflita tendo por base o quadro abaixo em que você verá a diferença entre servos e não-
servos:

SERVO NÃO-SERVO
Pensa nos outros Pensa somente em si mesmo
Age como administrador Age como dono
Foco no seu trabalho Foco no trabalho dos outros
Baseia sua identidade em Cristo Baseia sua identidade nas aparências
Deseja agradar a Deus com o seu serviço Deseja a aprovação das pessoas com o seu serviço
Realiza qualquer tarefa com igual dedicação Só realiza tarefas que lhe conceda maior visibilidade
Busca a discrição Busca a autopromoção 2
Enxerga o ministério como oportunidade Enxerga o ministério como obrigação
Diante deste quadro, qual será a sua escolha?

A maior honra que podemos ter é servir ao Senhor. Um servo verdadeiro nunca se aposenta.
Ele pode se aposentar de sua carreira, mas jamais deve se aposentar do serviço cristão.
Precisa levar isso por toda a sua vida, pois “cada um de nós prestará conta de si mesmo a Deus”
(Romanos 14.12).
Rick Warren diz: “O que importa não é a duração da sua vida, mas a contribuição que ela dá.
Não quanto você viveu, mas como viveu.” Esta frase nos faz refletir sobre outro aspecto importante...

HAVERÁ SERVIÇO NA ETERNIDADE?


"Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para
onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma"
(Eclesiastes 9.10).

É fato que esta vida não é tudo o que há. A vida é apenas um ensaio do que acontecerá na
eternidade. Passaremos muito mais tempo do outro lado do que aqui. Todavia, precisamos estar
cientes de que no céu não serviremos da mesma forma que na terra.
Deus não nos dá com exatidão as informações de como será na eternidade, mas podemos
afirmar que Deus está preparando um lar maravilhoso para todos os salvos. No céu seremos
reunidos com os crentes amados, libertos de toda dor e sofrimento, recompensados por nossa
fidelidade na terra e designados para um trabalho, que será diferente do que experimentamos aqui
na terra, pois este nós apreciaremos realizar. Certamente não ficaremos recostados nas nuvens com
auréolas e tocando harpa.
Vale dizer que a recompensa que ganharemos no céu, está intimamente ligada com nossas
escolhas aqui na terra. Por isso cada um de nós, cuidemos de, na força do Senhor, fazermos o
melhor para Deus. Porque Deus jamais se esquece do que fazemos. Cada serviço será lembrado na
eternidade. “Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do
amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis”
(Hebreus 6.10).

CONCLUSÃO

O SERVIÇO CRISTÃO NÃO É UMA TEORIA, MAS A PRÁTICA DO DIA-A-DIA. Deve ser
aplicado no dia-a-dia. Jesus queria que os discípulos ficassem apenas falando em servir – mas
praticassem. Para Jesus a verdadeira grandeza consiste no serviço que prestamos ao próximo.

Deus tem confiado a você esta responsabilidade; então, se prepare para realizar com
excelência a obra de Deus. Aceite o desafio de ser um servo para um mundo que deseja apenas ser
servido. Lembre-se sempre de que seus dons não são para você, mas para as pessoas. Nossa
felicidade está ligada à doação de nós mesmo às pessoas.

3
“Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da
multiforme graça de Deus” (1Pedro 4.10).

PARA PENSAR:
O que você gosta imensamente de fazer que poderia ser utilizado para servir às pessoas na
família de Deus?

BIBLIOGRAFIA:
BÍBLIA DE ESTUDO NVI. São Paulo. Editora Vida, 2003
WARREN, Rick. Uma vida com propósito: você não está aqui por acaso. São Paulo. Editora Vida,
2003.
http://www.insjesuscristo.com.br/home/mensagens/exibir.php?autor=Bp.%20Adriano&sub=Esbo
%E7o&id=49

Interesses relacionados