Você está na página 1de 30

lOMoARcPSD|9884462

Relatório estagio ensino fundamental adaptado covid 19

Estágio Supervisionado II (Anhanguera Educational)

A StuDocu não é patrocinada ou endossada por nenhuma faculdade ou universidade


Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)
lOMoARcPSD|9884462

ANHANGUERA

PEDAGOGIA

ALINE FERNANDA MACEDO DA CHAGA

RELATÓRIO DO
ESTÁGIO ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Mococa
2021

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

ALINE FERNANDA MACEDO DA CHAGA

RELATÓRIO DO
ESTÁGIO ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Relatório apresentado à Anhanguera, como


requisito parcial para o aproveitamento da
disciplina de Estágio Anos Iniciais do Ensino
Fundamental do Curso de Pedagogia.

Mococa
2021

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO..............................................................................................................4
1 LEITURAS OBRIGATÓRIAS..................................................................................5
2 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO (PPP).........................................................7
3 ATUAÇÃO DO PROFESSOR E SUA INTER-RELAÇÃO COM A EQUIPE
ADMINISTRATIVA E PEDAGÓGICA....................................................................10
4 ABORDAGEM DOS TEMAS TRANSVERSAIS CONTEMPORÂNEOS DA
BNCC....................................................................................................................13
5 METODOLOGIAS ATIVAS COM USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS................16
6 PLANOS DE AULA...............................................................................................18
REFERÊNCIAS...........................................................................................................20

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

INTRODUÇÃO

Neste relatório, serão apresentados os resultados relativos às atividades


desenvolvidas no estágio curricular obrigatório de docência no Ensino Fundamental,
realizado no curso de licenciatura em Pedagogia.
As atividades desenvolvidas no decorrer do estágio através de prática de
docência – possibilitou um treinamento para o futuro exercício da carreira de
professor, profissão a qual estarei habilitada com a conclusão do curso de
graduação.
Este relatório tem a finalidade de registrar as experiências e resultados
obtidos durante esse treinamento para a profissão, configurando-se como
documento requisito para a avaliação final na disciplina.
O relatório está organizado em seções que dispõe sobre o desenvolvimento
do estágio:
1ª seção: A interdisciplinaridade como movimento articulador no processo de
ensino – aprendizagem;
2ª seção: Conhecer a função e estrutura do Projeto Político Pedagógico
(PPP);
3ª seção: Conhecer a atuação do professor e sua inter-relação com a equipe
pedagógica e administrativa, assim como a atuação da equipe pedagógica no
acompanhamento do desenvolvimento da disciplina;
4ª seção: Conhecer a abordagem dos temas contemporâneos transversais da
BNCC (meio ambiente, economia, saúde, cidadania e civismo, multiculturalismo e
ciência e tecnologia).
5ª seção: Conhecer metodologias ativas com o uso de tecnologias digitais.
*Solução da SP em relato.
6ª seção: Plano de aula

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

1 LEITURAS OBRIGATÓRIAS
A interdisciplinaridade como um movimento articulador no processo
de ensino-aprendizagem.
Tratamos de discutir a interdisciplinaridade como um instrumento
importante no que diz respeito ao contexto ensino-aprendizagem.
A interdisciplinaridade vem assumindo uma visão mais dialética e
integradora para conceber o conhecimento por meio de práticas integradas.
Através de novos objetivos e métodos, em razão de envolver novas
práticas pedagógicas, surge o ensino interdisciplinar, que chega como um grande
desafio para os educadores, que já vem buscando uma superação de prática de
ensino.
O emprego da interdisciplinaridade vem sendo assunto de discussão
entre os campos pedagógicos e o epistemológico, que tratam de diversos conceitos
complementares.
Sendo assim, a interdisciplinaridade é a estimuladora do processo
de ensino-aprendizagem, de forma em que se incorporam novos modos de
organização curricular e fundamentos para os métodos de ensino e ainda
orientadores na formação de novos profissionais da educação.
A escola precisa acompanhar essas transformações da ciência
contemporânea, apoiando as determinações interdisciplinares que conduzem a
construção dos conhecimentos, e para que isso ocorra, precisa da mudança de
todos da sociedade.
Porém, para que se possa organizar um trabalho interdisciplinar em
uma sociedade que não está acostumada, deve-se quebrar os hábitos e
acomodações, e buscar algo novo que proporcione um movimento estimulador para
o processo de ensino-aprendizagem e que possibilite a compreensão existente entre
prática e teoria, e contribua para uma formação mais responsável, crítica e criativa.
Assim, será possível aproximar os educandos da realidade, o que
possibilita a compreensão das redes conceituais, dando maior sentido aos
conteúdos da aprendizagem, e permitindo uma formação responsável e consciente.
Estabelecer o ensino interdisciplinar, garante a construção de um
conhecimento mais amplo e globalizado, aproximando as áreas do conhecimento e
rompendo com as barreiras das disciplinas.
Em um mundo com relações e dinâmicas tão diferentes, a educação

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

e as formas de ensinar e de aprender devem estar em constante mudança.


A escola deve ser, por sua natureza e função uma instituição
interdisciplinar, a fim de promover a união escolar em torno do objetivo comum na
formação de indivíduos sociais.

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

2 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO (PPP)

 O que é o PPP e qual a importância desse documento para o


ambiente escolar?
O PPP é um documento obrigatório que contém os objetivos, metas
e como deverão ser realizados, envolvendo nele a equipe gestora,
funcionários, pais, alunos e comunidade.
Ele é uma espécie de guia da instituição e ajuda a melhorar a
qualidade do ensino, e deve considerar os fatores específicos da
comunidade escolar e a situação em que a escola está inserida.
É um documento muito importante que orienta o trabalho a ser
desenvolvido durante o ano letivo, ele deve ser formal, porém
acessível a todos os envolvidos na comunidade escolar.
É o PPP que define os conteúdos que serão ensinados, por isso
deve ser construído de acordo com as particularidades da escola.
Ele deve ser um documento com flexibilidade para poder se adaptar
às necessidades dos alunos e auxiliar a escola a tomar decisões que
aprimorem o seu trabalho docente.
O Projeto Político Pedagógico (PPP) deve ser feito com relação nos
dados de matrícula, inadimplência e outras informações da escola,
devendo ser atualizado conforme suas necessidades no início de
todo ano letivo.

 A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento


normativo que define as aprendizagens essenciais que todos os
alunos devem se apropriar na educação básica. Sendo assim,
todas as escolas devem organizar seu currículo a partir desse
documento. Com base na leitura que você realizou, como as
competências gerais da educação básica se inter-relacionam com o
PPP?
O PPP deve estar de acordo com as normas da BNCC, que conta
com dez competências gerais que englobam, conhecimento,
habilidades, atitudes e valores, que permitem aos estudantes
desenvolverem plenamente cada uma de suas habilidades e

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

aprendizagem estipuladas pela base, sendo elas físicas,


psicológicas, intelectuais e sociais.
O mesmo deve apresentar formas para que as competências sejam
aplicadas devidamente, de tal forma que o currículo apresentado
seja cumprido com êxito.
Para unir as propostas da BNCC ao PPP é preciso identificar as
competências que devem ser desenvolvidas, começando por fazer
um diagnóstico das práticas pedagógicas e do aprendizado do
aluno.
A direção escolar é responsável por fornecer informações
relacionadas ao contexto da escola para a implementação das
diretrizes da Base, ela deve estar muito bem informada e segura
para poder orientar o restante da equipe.
É preciso que a escola dê voz aos professores e reveja como a
Base pode ser implementada em cada disciplina.
As competências descritas pela BNCC, podem ser desenvolvidas
pelo PPP, não apenas no currículo disciplinar, também deve
incentivar a participação, e estimular os professores e alunos
envolvendo-os também na mudança.
Dessa forma é possível contemplar o objetivo da BNCC em formar
cidadãos criativos, autônomos e íntegros, que possam alcançar
sucesso pessoal e profissional.

 A avaliação da aprendizagem é um elemento crucial no processo de


ensino-aprendizagem, visto que oportuniza indícios dos avanços
escolares e dos pontos que precisam ser aperfeiçoados. Com base
na leitura que você realizou do PPP, de que modo a escola
apresenta o processo de avaliação?
A avaliação é baseada em observação e reflexão,
Ela é realizada de forma contínua, cumulativa e sistemática, com o
objetivo de diagnosticar a aprendizagem do aluno.
A avaliação irá considerar o desempenho do aluno, sua capacidade
em resolver problemas propostos, diagnosticará os avanços e
dificuldades.

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

A mesma deve ser adequada a cada faixa etária do aluno.


Do ensino fundamental ao ensino médio, a avaliação usa-se de
vários instrumentos avaliativos, mantendo o caráter contínuo e
cumulativo.
A avaliação do aproveitamento do aluno é feita de forma a avaliar
competência, habilidade e aprendizagem de conhecimento em
atividades individuais ou coletivas.
O professor deve procurar inovar em relação a avaliação,
garantindo práticas avaliativas que envolva funções sociais e
democráticas, fortalecendo assim o trabalho pedagógico.
O processo de avaliação, oportuniza ao professor a continuidade ou
revisão de seu ensino, podendo recuperar com novas estratégias,
que irão possibilitar a real aprendizagem, e ao aluno a organização
das próprias aprendizagens.
Enfim, o processo de avaliação tem por finalidade verificar em que
extensão os objetivos propostos foram atingidos, em termos de
desenvolvimento integral.

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

3 ATUAÇÃO DO PROFESSOR E SUA INTER-RELAÇÃO COM A EQUIPE


ADMINISTRATIVA E PEDAGÓGICA

 A BNCC é um documento que regulamenta as aprendizagens


essenciais a serem trabalhadas nas escolas públicas e privadas,
para garantir os direitos de aprendizagem e desenvolvimento dos
alunos. Quais os principais desafios da atuação do professor nos
anos iniciais do ensino fundamental a partir das regulamentações
apresentadas na BNCC?
Os desafios dos professores nos anos iniciais do ensino
fundamental são muitos, porém também proporcionam
oportunidades para se garantir igualdade no processo de ensino
aprendizagem.
A elaboração de um novo currículo é um dos desafios, e é muito
importante que ele seja elaborado de forma coletiva, contendo
opiniões e conceitos da gestão e professores para a sua
construção, pois a gestão ficará no papel de garantir que o
documento final tenha a cara da escola, e o professor o
responsável por levar o conteúdo até a sala de aula.
Com o novo currículo, precisará também rever o PPP e adaptá-lo
para que se adeque as diretrizes da BNCC.
Conforme a BNCC, deve-se também incluir características
regionais, assim devem construir um currículo que enxergue e
contemple assuntos ligados á cultura, história e tradições da
comunidade.
Também é fundamental a formação continuada dos professores,
para que fiquem sempre atualizados sobre as práticas
pedagógicas.
E também a BNCC propõe a formação integral do aluno, que requer
muito além da absorção de conteúdo, onde o professor se depara
com um tipo de formação que não foram preparados, e ai onde
entra a importância da formação continuada.
O professor também tem o desafio de escolher o material didático
que será usado, levando em consideração o que aborda as

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

competências da Base.
A incorporação da tecnologia no ensino, também é um grande
desafio já que os alunos estão cada vez mais conectados, e o
professor precisa de aliados para a inclusão desse processo
tecnológico.
Assim, a BNCC também trás muitas oportunidades e adotam
estratégias diferenciadas para ajudar esse professor.

 Explique de que maneira a equipe pedagógica poderá orientar o


professor, tendo como referência a utilização do PPP e da proposta
curricular.
A equipe pedagógica poderá auxiliar o professor, propondo e
apoiando a formação continuada, como forma mais eficaz de se
colocar em prática o projeto pedagógico.
Ajudar a estabelecer o que e como ensinar, as formas de avaliação,
a organização de tempo e espaço da escola.
A equipe pedagógica, deve orientar no planejamento de aulas,
assegurar atividades pedagógicas adequadas, encaminhar alunos
que precisem de apoio.
A equipe deve caminhar junto com os professores para que assim
juntos possam trazer experiências novas e cada vez melhores para
os alunos, através de atividades mais significativas, levando assim
a terem melhores desempenhos.

 No que se refere as atribuições da equipe administrativa, descreva a


importância da relação da direção com a equipe pedagógica para a
qualidade dos processos educativos no contexto escolar.
É de extrema importância que haja uma afinidade entre a direção e
a equipe pedagógica, para que se desenvolva um planejamento
dinâmico e alinhe as atividades com os professores e funcionários.
O diretor deve acompanhar de perto a equipe e os professores para
que ao trazerem informações sobre algum aluno com dificuldade,
evasão escolar, entre outros assuntos relacionados a sala de aula,
o mesmo possa saber estabelecer estratégias para se resolver

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

esses conflitos.
O diretor é o condutor de todas as ações e pode direcionar os
recursos e realizar os encaminhamentos junto com a equipe
pedagógica e com os professores.
Quando se desenvolve essa afinidade entre direção e a equipe
escolar o desenvolvimento e entrosamento de todos no ambiente
escolar flui com mais facilidade.

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

4 ABORDAGEM DOS TEMAS TRANSVERSAIS CONTEMPORÂNEOS DA BNCC


Conhecer a abordagem dos Temas Contemporâneos Transversais
da BNCC (meio ambiente, economia, saúde, cidadania e civismo, multiculturalismo e
ciência e tecnologia)

 Como podemos entender o termo Transversalidade?


A transversalidade na educação nos trás a possibilidade de se
estabelecer na prática educativa, uma relação aprender sobre a
realidade e aprender na realidade.
Entende-se como um modo de organizar trabalho didático, onde
alguns temas são integrados, às áreas convencionais.
É um princípio que trás metodologias modificadoras e integra
diversos conhecimentos, metodologias que ajudam no
conhecimento teórico, contribui para que se assimile o conteúdo de
forma prática nos estudos, sendo um método de caráter avaliativo,
para garantir a eficácia do aprendizado do aluno.
Os temas transversais são como um eixo unificador da educação,
em torno do qual se organizam as disciplinas.
Eles orientam nos processos de vivência da sociedade, e devem
ser colocados em diferentes cenários dentro de cada disciplina.
A transversalidade organiza os métodos educativos de acordo com
as áreas do conhecimento, assim um mesmo tema pode ser visto
diversas vezes sob perspectivas diferentes, e também pode se
juntar á interdisciplinaridade para que se traga um ensino mais
didático e facilite a aprendizagem do aluno.

 Qual a importância de se trabalhar com TCT’s na escola?


Os Temas Contemporâneos Transversais (TCT’s) é a busca pela
melhoria da aprendizagem, ao ensinar usando os TCT’s, espera-se
que tenha um aumento no interesse dos alunos durante o processo
de aprendizagem e no seu desenvolvimento como cidadão.
Eles são voltados para a construção e compreensão da realidade
social, e permite a participação em diversas situações, como cuidar
da saúde, da vida financeira, do planeta, a usar as tecnologias

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

digitais, respeitar e entender o diferente, saber dos seus deveres e


direitos como cidadãos, o que contribui para a formação integral do
ser humano.
Os TCT’s são importantes, pois permite que o aluno construa
princípios, valores e senso crítico, aumentando as chances de se
formarem cidadãos mais responsáveis, abertos a diálogos e
especialmente, mais conscientes em relação ao respeito mútuo no
convívio em sociedade, além de prepara-los para o futuro.

 Dos TCT’s listados, quais podem ser trabalhados de forma


transversal no seu curso de graduação?
Transversalmente os temas mais abordados em uma graduação em
pedagogia são: meio ambiente, saúde, cidadania e civismo,
multiculturalismo, economia, ciência e tecnologia.
Os temas transversais estão voltados para que se tenha
compreensão e construção da realidade social e dos direitos e
deveres relacionados com a vida pessoal e coletiva.
Durante a graduação em pedagogia, é essencial estudá-los para a
formação de profissionais mais competentes e capazes de abordar
os diversos temas com seus alunos.
Podem ser trabalhados todos os TCT’s, respeitando e adequando
de acordo com a faixa etária dos alunos.
Devendo sempre ser abordados temas da atualidade, dos quais
possam ser analisados e estudados no contexto da proposta
pedagógica da escola.
Os TCT’s são uma forma de incluir conteúdos relacionados com as
questões sociais no currículo escolar, formando assim cidadãos
mais responsáveis.

 O guia apresenta uma metodologia de trabalho para o


desenvolvimento dos TCT’s, baseado em 4 pilares. Quais são estes
pilares? Comente sua perspectiva sobre essa metodologia.
Os 4 pilares dos Temas Contemporâneos Transversais (TCT’s) são:
I. Problematização da realidade e das situações de

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

aprendizagem;
II. Superação da concepção fragmentada do conhecimento
para uma visão sistêmica;
III. Integração das habilidades e competências curriculares a
resolução de problemas;
IV. Promoção de um processo educativo, continuado e do
conhecimento como uma construção coletiva.
Estes pilares são fundamentais na criação de estratégias e relações
com os componentes do currículo.
Trabalhados de forma eficaz em sala de aula, possibilita melhor
aproveitamento pelo professor, facilitando a abordagem dos temas,
para que os alunos assimilem de forma mais prática o conteúdo,
facilitando o processo de aprendizagem.
Essa metodologia contribui para a aplicação do conhecimento
teórico adquirido pelos alunos.
É um método que possui caráter avaliativo, criando uma visão mais
crítica e ampla da área que é trabalhada.

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

18

1 METODOLOGIAS ATIVAS COM USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS

A evasão escolar é um assunto bem delicado, e a escola tem


um papel essencial quando se fala em vínculos sociais, habilidades
físicas e cognitivas.
Uma das ações que a escola pode iniciar para minimizar essa
evasão, é aproximar a comunidade no dia a dia da escola, acompanhar
mais de perto a realidade do aluno e sua família.
Acompanhando esse aluno, a escola será capaz de identificar
os problemas que podem estar causando esse desinteresse pois,
entender a razão que leva esse aluno a estar fora da escola é
essencial para chegar a um diagnóstico e consequentemente,
conseguir criar soluções para amenizar este quadro.
Uma forma decisiva nessa solução é a parceria entre
professores, coordenadores e diretores, pois os problemas de uma
sala de aula são de responsabilidade de todos, não somente do
professor, e também é de extrema importância poder contar com uma
rede de apoio.
E contornar a desmotivação dos alunos é um dos maiores
desafios da educação.
Em relação ao baixo rendimento dos alunos, sabemos que o
sistema de avaliação por meritocracia acaba prejudicando alunos que,
muitas vezes possuem alguns desafios de aprendizagem, decorrentes
de uma situação de vulnerabilidade, muitas dessas crianças por vezes
não se alimentam adequadamente, o que prejudica de certa forma o
aprendizado.
Uma solução para inovar nas avaliações, é a avaliação
mediadora, que é possível diagnosticar o que o aluno aprendeu,
fazendo perguntas com respostas discursivas que incentivem o
raciocínio crítico e analítico, tirando o peso que o desempenho por nota
traz a esse aluno.
Através das respostas o professor poderá perceber se o
conteúdo estudado foi assimilado.
E com o avanço tecnológico, um dos maiores desafios para os
professores, é o uso do celular dentro de sala de aula.
Porém, a proibição seria causa de conflitos entre aluno e
professor.
É importante entender eu a tecnologia mudou nossas vidas, e
não devemos enxerga-la como inimiga na educação, pois, ela pode ser
utilizada como aliada para obter conhecimento.
E os celulares podem se tornar uma ferramenta, pois, existem
vários recursos que podem ser explorados em favor das aulas.
Para poder usar essa ferramenta como aliada, o professor deve

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

19

procurar conhecer as coisas que mais despertam o interesse desses


alunos, e usar essas informações para gerar um engajamento em sala
de aula.
Sabemos que a internet possui uma infinidade de materiais que
podem ser acessados, e conhecer o mundo em que o aluno está
inserido, da ao professor a oportunidade de desenvolver o senso crítico
e discernimento dos alunos, ajudando-os a reconhecer os conteúdos
de baixa relevância, e utilizar o conhecimento obtido em meio a tanto
material de uma forma mais construtiva.
Fazer da tecnologia uma aliada no plano de ensino, pode
transformá-la e também motivar os alunos e ensiná-los a ter mais
responsabilidade.
O professor deve variar as formas de comunicação e produção
de conhecimento para fazer dar certo e obter sucesso na educação.
E para explorar as possibilidades de forma completa, as escolas
podem apostar em oficinas pedagógicas, assim será possível incluir
elementos inovadores.
Com isso o resultado é o uso de práticas e estratégias mais
didáticas, podendo obter um engajamento maior por parte dos alunos e
suas famílias.
Tornando assim, o processo de ensino-aprendizagem mais
facilitado e prazeroso para alunos e professores.

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

20

5 PLANOS DE AULA
PLANO DE AULA 1
DISCIPLINA: Língua Portuguesa e Literatura
SÉRIE: 5° ano
TURMA: A
PERÍODO: Vespertino

Conteúdo: Adjetivo
Objetivo Geral:
 Compreender funções linguísticas dos adjetivos em textos.
Objetivos Específicos:
 Localizar adjetivos em textos;
 Diferenciar as funções predicativas e restritivas do adjetivo;
 Relacionar a função do adjetivo (predicativa ou restritiva) com a posição sintática
que ele ocupa no sintagma ou na sentença.
Metodologia:
 Apresentação da definição de adjetivo e exemplos a partir do poema Retrato, de
Cecília Meireles.
 Leitura e interpretação do poema Jogo de bola, de Vinícius de Morais. - Os alunos
lerão o poema Jogo de bola e irão expor sua interpretação do mesmo. O professor
chamará a atenção para o efeito estético causado pelos adjetivos do poema.
 Atividade: identificar os adjetivos no poema Jogo de bola - Nessa atividade será
solicitado aos alunos que sublinhem todos os adjetivos que encontrarem no poema
Jogo de bola.
 Correção da atividade de identificação dos adjetivos.
Recursos:
 Quadro, caneta para quadro branco e impressos.
Avaliação:
 Os alunos serão avaliados de acordo com o envolvimento nas atividades
propostas.

Referências:
http://linguaportugesaeliteratura.blogspot.com/2010/03/plano-de-aula.html
http://educacao.diadema.sp.gov.br/educacao/attachments/article/857/5%20ano12%2

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

21

0.pdf

PLANO DE AULA 2

DISCIPLINA: Matemática
SÉRIE: 1° ano
TURMA: B
PERÍODO: Vespertino

Conteúdo: Sistema numérico


Objetivo Geral:
 Desenvolver a noção de numeral
Objetivos Específicos:
 Identificar e utilizar estratégias para quantificar;
 Reconhecer dezenas e identifica-la como grupo de dez elementos;
Agrupar elementos segundo quantidade;

Metodologia:
Iniciar lendo uma história que contenha numerais;
Mostrar os números presentes na história;
 Atividade: identificar os números na história- Nessa atividade será solicitado aos
alunos que encontrem os números e os apontem no cartaz;
 E após agrupem esses números em um grupo de dez elementos
Recursos:
 Livro, Cartaz numérico, material dourado, atividades impressas, lápis e borracha.

Avaliação:
 Os alunos serão avaliados de acordo com o envolvimento nas atividades e a
capacidade de solucionar as propostas e assimilar ordenação e quantificação.

Referências:
https://atividadessuzaninho.com/2019/12/como-ensinar-sequencia-numerica.html

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

22

https://www.educacaoetransformacao.com.br/atividades-de-matematica-1-ano-
sequencia-numerica/

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

23

REFERÊNCIAS
www.scielo.brscielo.phpscript=sci_arttext&pid=S1413-24782008000300010#~text=A
%20interdisciplinaridade%2C%20como%20um%20movimento,Para%20Goldman
%20(1979%2C%20p.

https://gestaoescolar.org.br/conteudo/2183/como-alinhar-o-ppp-da-escola-a-base-
nacional-comum-curricular#:~:text=O%20PPP%20tamb%C3%A9m%20deve
%20conciliar%20a%20miss%C3%A3o%20com%20a%20pr%C3%A1tica%20pedag
%C3%B3gica%20desenvolvida.&text=Para%20que%20a%20comunidade
%20se,envolvendo%2Dos%20tamb%C3%A9m%20nas%20mudan%C3%A7as.

https://undime-sc.org.br/wp-content/uploads/2017/04/06-BASE-NACIONAL-COMUM-
Cleuza-Repulho.pdf

https://meuartigo.brasilescola.uol.com.br/educacao/avaliacao-educacional-projeto-
politico-pedagogico.htm

https://educador.brasilescola.uol.com.br/trabalho-docente/avaliacao-escolar.htm

http://educacadoresemluta.blogspot.com/2009/12/vasconcellos-celso-dos-santos-
avaliacao_13.html

https://estudio.folha.uol.com.br/base-curricular/2018/04/1966307-o-desafio-do-
professor.shtml

https://escolasexponenciais.com.br/comunicacao-e-marketing/como-diretores-de-
escola-podem-se-relacionar-melhor-com-professores/

http://eduxe.com.br/blog/2018/11/06/a-relacao-entre-diretor-e-coordenador-
pedagogico/

https://www.coc.com.br/blog/souescola/para-a-escola/o-que-e-transversalidade-na-
educacao

https://fuzzymakers.com/tcts/

http://editorageracaodigital.com.br/blog/2019/11/29/os-temas-contemporaneos-
transversais-e-sua-contextualizacao/

https://www.somospar.com.br/uso-do-celular-em-sala-de-aula/#:~:text=Outra
%20forma%20de%20inserir%20o,e%20os%20gravadores%20dos%20aparelhos.

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

24

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

25

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

26

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

27

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

28

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

29

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

30

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)


lOMoARcPSD|9884462

31

REFERÊNCIAS

Baixado por Cheyla Mendes (cheylamichely@hotmail.com)

Você também pode gostar