Você está na página 1de 15

FACULDADE SANTA FÉ/ IDESP

MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

São Luis
2016
FACULDADE SANTA FÉ/ IDESP
CURSO DE .................

NOME COMPLETO DO (A) ALUNO(A)

TÍTULO: subtítulo da pesquisa (se houver)

São Luís
Ano
NOME COMPLETO

TÍTULO: subtítulo (se houver)

Projeto de pesquisa apresentado a


Faculdade Santa Fé, como requisito para
a elaboração da monografia, com objetivo
de conclusão do curso de

São Luís
Ano
SUMÁRIO

1 OBJETO ......................................................................................................... 4
1.1 Tema .............................................................................................................. 4
1.2 Delimitação do tema ..................................................................................... 4
2 JUSTIFICATIVA ............................................................................................. 5
3 PROBLEMA ................................................................................................... 6
4 HIPÓTESE...................................................................................................... 7
5 OBJETIVOS ................................................................................................... 8
5.1 Geral............................................................................................................... 8
5.2 Específicos .................................................................................................... 8
6 REFERENCIAL TEÓRICO ............................................................................. 9
7 METODOLOGIA ............................................................................................. 10
7.1 Participantes ................................................................................................. 10
7.2 Local .............................................................................................................. 10
7.3 Instrumentos de Coleta de Dados ............................................................... 10
7.4 Análise dos resultados................................................................................. 11
8 CRONOGRAMA ............................................................................................. 12
REFERÊNCIAS .............................................................................................. 13
APRESENTAÇÃO

Conforme o Artigo 41º do Regimento Interno da Faculdade Santa Fé, o


Projeto de Pesquisa deverá ser elaborado dentro da disciplina de Projeto de
Pesquisa com o tema a ser aplicado no TCC , é de cunho individual; cabe ao
professor da disciplina apenas repassar informações para facilitar o processo de
construção do Projeto para toda a turma em conjunto, não havendo neste momento
a presença de um orientador individual, será considerado aprovado o acadêmico,
quando a média for igual ou superior a 4,0 (quatro) e reprovado se a nota for inferior
a 4,0 (quatro), o mesmo critério de média será utilizado para o TCC.
4

1 OBJETO

1.1 Tema

Quanto à escolha do Tema, existem vários fatores que influenciam na


escolha de um tema para o trabalho de pesquisa. Fatores internos como a
afetividade (empatia) em relação a um tema ou alto grau de interesse pessoal. Para
se trabalhar uma pesquisa é preciso ter um mínimo de prazer nesta atividade. A
escolha do tema está vinculada, portanto, ao gosto pelo assunto a ser trabalhado.
Outro fator essencial é o tempo disponível para a realização do trabalho de
pesquisa. Ao escolher um tema tem-se que levar em consideração a quantidade de
atividades que são desenvolvidas para executar o trabalho. E preciso comparara
com o tempo disponível para tal. O limite das capacidades e competências do
pesquisador em relação ao tema pretendido. É preciso que o pesquisador tenha
consciência de sua limitação de conhecimentos para não entrar num assunto fora de
sua área (PESSÔA, 2007, p. 20).
Fatores externos também devem ser considerados. Por exemplo, a
relevância do tema escolhido para a instituição acadêmica, sociedade e que
desperte o interesse do leitor-pesquisador; o prazo de entrega do trabalho; e o
material de consulta, como as fontes de pesquisa e informações e dados
necessários ao pesquisador.

1.2 Delimitação do tema

Refere-se ao Título, à nomeação da pesquisa. Nele identifica-se o que se


pretende com a pesquisa. Deve ser sugestivo e claro para o leitor. Mas não deve ser
muito grande. Recomenda-se no máximo 15 palavras. Se precisar de informações
complementares ao título geral, acrescenta-se o subtítulo, geralmente separado de
dois pontos. Severino (1996, p.128) esclarece que: “se a pesquisa se realizar em
determinado espaço e período, estes devem constar do título” Tais informações
devem constar no subtítulo.
5

2 JUSTIFICATIVA

Esta etapa é a apresentação do seu projeto. Aqui você vai “vender” a sua
ideia na tentativa de convencer o leitor sobre a importância da sua pesquisa.
Explique as razões que o (a) levaram à escolha do tema. Mas não precisa usar
citações nesse momento. A forma como você vai escrever vai favorecer a aceitação
do projeto.
Nesse item devem ser considerados: a importância da pesquisa a ser
realizada; o objeto investigado; o objetivo da investigação de forma contextualizada
e discutida; as teorias em que se baseiam a pesquisa; a relevância científica, social,
acadêmica do trabalho a ser desenvolvido; além da justificativa da escolha e da
aplicação da pesquisa. Ela deve ser uma breve descrição das partes do projeto,
explicando como se dará a intervenção do pesquisador na área de estudo,
destacando as fontes de pesquisa que serão trabalhadas (de campo, de
bibliografia).
6

3 PROBLEMA

A formulação do Problema constitui-se como primeiro passo para o


desenvolvimento do trabalho. Para Severino (2001, p. 157), “[...] um trabalho seja ele
didático ou científico, é necessário se inserir antes num ‘universo familiar de
problemas’ para que se possa então determinar um tema, definir um problema
específico”.
É necessário o levantamento de uma questão que deve ser respondida
através de uma Hipótese que será confirmada ou negada através do
desenvolvimento do projeto. A formulação do problema pode ser direta, através de
uma pergunta objetiva, ou contextualizada (pergunta indireta), através de
comentários que levem o leitor a perceber o grau do problema a ser solucionado.
(PESSÔA, 2007, p 23).
7

4 HIPÓTESE

Como foi explicitado anteriormente, Hipótese e suposição são sinônimos


e para tanto seu levantamento tentará responder ao Problema. É uma solução
provisória que será confirmada ou refutada durante a realização do trabalho. Vale
ressaltar que, “[...] de acordo com enforque teórico-metodológico da pesquisa, esse
item não precisa ser considerado. A formulação clara do problema e a elaboração
dos objetivos, por si, já conduzem à(s) resposta(s) do que se espera com a
pesquisa”. (MARCONI; LAKATOS, 2003, p. 29). Mas considera-se importante, pois a
título de organização a elaboração da hipótese sistematiza e sequência um projeto
para que o pesquisador possa recorrer a esse item sempre que tiver dúvidas.
8

5 OBJETIVOS

5.1 Geral

Aqui o pesquisador deverá descrever o objetivo concreto da pesquisa que


irá desenvolver: o que se vai procurar. A apresentação dos objetivos varia em
função da natureza do projeto. Nos objetivos da pesquisa cabe identificar claramente
o problema e apresentar sua delimitação. Apresentam-se os objetivos de forma geral
e específica. O objetivo geral define o que o pesquisador pretende atingir com sua
investigação.
Os Objetivos estabelecem o que se deseja alcançar com o
desenvolvimento da pesquisa e com os resultados obtidos. Eles dividem-se em
Geral e Específicos.
O objetivo geral tem alcance em longo prazo. “São mais amplos e
descrevem resultados finais que apresentam linguagem mais genérica”. (MARCONI;
LAKATOS, 2003 p. 28).

5.2 Específicos

Os específicos são um desmembramento do Geral e indicam resultados


mais imediatos e explicam o desempenho observável.
Recomenda-se que, sejam colocados nos objetivos específicos as etapas
a serem seguidas no decorrer da pesquisa.
Atenção! Os verbos devem estar no infinitivo (consulte os fascículos de
Metodologia Científica e Metodologia da Pesquisa em Educação) e não há
necessidade de serem extensos, podendo ter até cinco específicos.
Os objetivos específicos definem etapas do trabalho a serem realizadas
para que se alcance o objetivo geral. Podem ser: exploratórios, descritivos e
explicativos. Utilizar verbos para iniciar os objetivos:
• Exploratórios (conhecer, identificar, levantar, descobrir)
• Descritivos (caracterizar, descrever, traçar, determinar)
• Explicativos (analisar, avaliar, verificar, explicar)
9

6 REFERENCIAL TEÓRICO

O item Referencial teórico também pode ser chamado de


Fundamentação teórica. É a produção textual “[...] que representa o momento em
que o pesquisador procura conhecer o que já foi produzido sobre o tema, através de
um rigoroso levantamento bibliográfico. A leitura é de fundamental importância nesta
etapa porque vai definir o quadro teórico que permitirá o desenvolvimento da
pesquisa”. (LAKATOS, 2003, p.30).
Muitos alunos costumam fazer dessa parte, uma grande “colcha de
retalhos” de textos variados tornando a pesquisa solta e sem fundamentação. Não
esqueça que o simples fato de “recortar” e “colar” textos que já existem e colocá-los
nesse momento como se fossem de autoria, configura-se em plágio e é crime.
Use as regras da ABNT 10520 para citações diretas e indiretas. E
“converse” com os autores que você usou para dar sustentação à sua proposta de
pesquisa, ou seja, ao usar um autor, justifique com suas palavras as falas dele. Isso
vai dar suporte ao seu trabalho e explicar teoricamente o motivo da sua pesquisa.
Pesquisa alguma parte hoje da estaca zero. Mesmo que exploratória, isto é, de
avaliação de uma situação concreta desconhecida em um dado local, alguém ou um
grupo, em algum lugar, já deve ter feito pesquisas iguais ou semelhantes, ou mesmo
complementares de certos aspectos da pesquisa pretendida.
A citação das principais conclusões a que outros autores chegaram
permite salientar a contribuição da pesquisa realizada, demonstrar contradições ou
reafirmar comportamentos e atitudes.
• A literatura indicada deverá ser condizente com o problema em estudo.
• Citar literatura relevante e atual sobre o assunto a ser estudado.
• Apontar alguns dos autores que serão consultados.
• Demonstrar entendimento da literatura existente sobre o tema.
• As citações literais deverão aparecer sempre entre aspas ou caracteres
em itálico, indicando a obra consultada. CUIDADO COM O PLÁGIO!
• As citações devem especificar a fonte (AUTOR, ANO, PÁGINA)
• As citações e paráfrases deverão ser feitas de acordo com as regras da
ABNT.
10

7 METODOLOGIA

Ou Procedimentos Metodológicos, pode ser definida como o conjunto


de critérios e métodos utilizados para se construir um saber seguro e válido. (SILVA;
SILVEIRA, 2007, p. 145). Tendo como metas:
a) Descrever sucintamente o tipo de pesquisa a ser abordada
(bibliográfica, documental, de campo, etc.)
b) Delimitação e descrição (se necessário) dos instrumentos e fontes
escolhidos para a coleta de dados: entrevistas, formulários,
questionários, legislação doutrina, jurisprudência, etc.
c) Indicar o procedimento para a coleta de dados, que deverá
acompanhar o tipo de pesquisa selecionado, isto é:
✓ para pesquisa bibliográfica: indicar proposta de seleção das
leituras (seletiva, crítica ou reflexiva, analítica);
✓ para pesquisa experimental: indicar o procedimento de
testagem;
✓ para a pesquisa descritiva: indicar o procedimento da
observação: entrevista, questionário, análise documental, entre outros.

7.1 Participantes

Apresenta-se aqui, o universo da pesquisa. Recomenda-se especificar


quem serão os participantes em números e/ou em percentuais.

7.2 Local

Onde será desenvolvida a pesquisa

7.3 Instrumentos de Coleta de Dados

Portanto, o que vai ser feito na pesquisa é destacado no item


Metodologia. Nesta etapa descreve-se com detalhes o tipo de pesquisa, o
instrumento utilizado (questionários, entrevistas etc.).
11

OBS: No Projeto, os verbos devem estar no futuro, pois você ainda vai
fazer a pesquisa. Se você usar questionários ou entrevistas é recomendável
elaborar as questões e colocá-las como apêndice (elemento pós-textual de sua
autoria).

7.4 Análise dos Resultados

O tempo previsto e as formas do tratamento das informações, ou seja,


tudo o que foi necessário para desenvolver o trabalho de pesquisa (PESSOA, 2007
p. 37).
OBS: nesse espaço você deve descrever como pretende coletar os
dados. Veja os procedimentos em livro de metodologia da pesquisa.
12

8 CRONOGRAMA

Refere-se à previsão do tempo que será gasto na realização do trabalho.


Nele, delimita-se o tempo inicial e final. Pode ser organizado de forma mensal,
bimestral ou semestral, de acordo com o critério do pesquisador. O exemplo abaixo
é de organização mensal.
A elaboração do cronograma responde à pergunta quando? A pesquisa
deve ser dividida em partes, fazendo-se a previsão do tempo necessário para passar
de uma fase a outra. Não esquecer que há determinadas partes que podem ser
executadas simultaneamente enquanto outras dependem das fases anteriores.
Distribuir o tempo total disponível para a realização da pesquisa, incluindo nesta
divisão a sua apresentação gráfica.

MESES/ 2015

ATIVIDADES
MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
Levantamento Bibliográfico X

Leitura e fichamento de obras X X

Coleta e Seleção de Dados X X

Revisão bibliográfica X X

Análise Crítica do Material X X

Elaboração preliminar do texto X X

Redação provisória X

Entrega ao orientador X

Revisão e redação final X

Pesquisa de campo e coleta de


X X
dados
Tratamento da informação e
X X
análise de dados

Entrega ao Coordenador X

Defesa da Monografia X
13

REFERÊNCIAS

As Referências correspondem aos documentos e fontes utilizadas para a


elaboração do projeto. Para a realização deste item, é imprescindível a consulta às
normas técnicas da ABNT/NBR 6023. A bibliografia utilizada no desenvolvimento do
projeto de pesquisa ( pode incluir aqueles que ainda serão consultados para sua
pesquisa).A bibliografia básica (todo material coletado sobre o tema: livros, artigos,
monografias, material da internet, etc.).As referências bibliográficas deverão ser
feitas de acordo com as regras da ABNT NBR 6023/2002. Atenção para a ordem
alfabética. Na bibliografia final listar em ordem alfabética todas as fontes
consultadas, independente de serem de tipos diferentes. Apenas a título de
exemplo, a seguir, veja como citar alguns dos tipos de fontes mais comuns:

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5.


ed. São Paulo: Atlas, 2003.

PESSÔA, Vera Lúcia Salazar. Fundamentos de Metodologia Científica para


elaboração de trabalhos acadêmicos: material para fins didáticos. Uberlândia,
UFMG: 2007.

PEDAGOGIA em foco: O Projeto da Pesquisa metodológica. Disponível em:


<http://www.pedagogiaemfoco.pro.br.> Acesso em: 25 out. 2010.

SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 21. ed. rev. e


ampl. São Paulo: Cortez, 2001.

Você também pode gostar