Você está na página 1de 3

Toner HP: Ciência e Tecnologia

Fact sheet

Para mais informações: Visão geral


A HP oferece cartuchos de impressão LaserJet – toners - integrados (que incluem o
Edissa Furlan toner, o revelador e o tambor) que simplificam a interação com o usuário e os
HP – Dpto. de Comunicação cuidados com a impressora, permitindo que os clientes gastem menos tempo com a
(11)5502-5680
edissa.furlan@hp.com manutenção do equipamento e mais tempo sendo produtivos.

Vanessa Svib
Embora utilizem as impressoras HP LaserJet todos os dias, é natural que os usuários
Burson-Marsteller Brasil não dediquem muita atenção à ciência por trás dos cartuchos de impressão desses
(11)3094-2247 equipamentos. É provável que se surpreendam ao saber que cerca de 70% da
vanessa_svib@bm.com
tecnologia de imagem das impressoras a laser da HP está no cartucho de impressão.
HP Brasil A qualidade e a confiabilidade esperadas de uma HP LaserJet dependem em grande
Av Rio Negro, 750
Alphaville – SP parte dessa tecnologia. Esse documento fornecerá uma visão da ciência aplicada aos
(11)4197-8000 cartuchos de impressão da HP LaserJet.
www.hp.com.br

Como o cartucho de impressão da HP LaserJet funciona


O processo eletro-fotográfico é composto por seis passos, a maior parte deles está
relacionada com o cartucho de impressão:
1. O estágio de condicionamento – Quando um pedido de impressão é recebido,
o rolo de cargas elétricas aplica uma carga negativa uniforme na superfície do
tambor de imagem. O rolo deve aplicar um nível específico de carga elétrica
no tambor de imagem durante um determinado intervalo de tempo.
2. O estágio de gravação – Um feixe de laser marca no tambor de imagem, uma
linha por vez, os locais precisos que receberão o toner, criando dessa forma
minúsculos padrões de pontos no tambor que replicarão a imagem do
documento.
3. O estágio da revelação – O rolo revelador atrai as partículas do toner do
compartimento contendo o material. À medida que o revelador gira, o toner é
atraído para as áreas demarcadas no tambor. As partículas devem ter
tamanhos precisos e consistentes para que transferência seja perfeita. Nesse
estágio, a compatibilidade entre a fórmula do toner e outros componentes do
cartucho é crítica para que o resultado impresso apresente alta qualidade.
4. O estágio de transferência – A imagem é transferida para o papel pelo rolo de
transferência.
5. O estágio da fusão – A imagem é fundida ao papel à medida que ele passa
pelo rolo de fusão aquecido e pelo rolo de pressão.
6. O estágio de limpeza – Conforme o documento impresso segue em direção da
bandeja de saída, a lâmina de limpeza remove qualquer partícula de toner não
usada do tambor giratório e a repassa para o depósito de resíduos de toner.
Uma lâmina gasta ou não fabricada segundo as especificações da HP pode
fazer com que partículas indesejadas de toner ao longo da página, conhecidas
como “difusão de fundo”, reduzam a qualidade da imagem.

Todos os cartuchos de impressão genuínos são projetados e ajustados cuidadosamente


para trabalhar com uma impressora HP LaserJet específica. Os componentes do
cartucho, incluindo o toner, que não seguem as especificações HP podem não
reproduzir o mesmo nível de precisão de cores e a qualidade de imagem que
suprimentos genuínos HP oferecem.

Quatro cores básicas de toner criam milhões de combinações


A tecnologia ImageREt facilita a colocação precisa dos minúsculos pontos de toner em
posições adjacentes ou sobrepostas e é capaz de variar o tamanho de pontos
coloridos vizinhos. A combinação das quatro cores de toner, em padrões e tamanhos
extremamente pequenos, resulta em imagens coloridas consistentes para o olho
humano.

Por que o toner quimicamente desenvolvido faz diferença?


A HP introduziu o uso de toner quimicamente desenvolvido nas suas impressoras
coloridas em 1998, com pigmentos aprimorados que resultaram em texto mais preciso
e com cores mais fiéis. As fórmulas exclusivas do toner contêm uma cera leve que
proporciona a fusão rápida e sem óleo. As formas esféricas uniformes e os tamanhos
das partículas permitem o controle preciso sobre a colocação do toner e o
comportamento do sistema de impressão.

O toner colorido original da HP é projetado para apresentar características que


poucos outros fabricantes são capazes de reproduzir:
• As partículas são extremamente pequenas — muito menores que a largura de
um fio de cabelo humano — e a distribuição do tamanho das partículas é
extremamente rígida.
• A composição química consistente do toner HP permite que o sistema de
imagem controle precisamente a colocação das partículas.
• O toner colorido quimicamente desenvolvido pela HP é fabricado por meio de
um processo mais eficiente do que o do toner convencional, exigindo menos
energia e produzindo menos resíduos.

Quando o sistema de impressão da HP não utiliza a versão quimicamente


desenvolvida, o toner pode não ser transferido para o papel de modo previsível e sem
problemas, causando diversas inconsistências e imprecisões de cores no resultado
impresso.

Marcos históricos
• 1984 – HP lança impressoras LaserJet para escritórios
• 1993 – HP alcança a marca de 10 milhões de impressoras LaserJet vendidas
• 1998 – HP é a primeira a introduzir o toner quimicamente desenvolvido em
suas impressoras coloridas

• 2002 – HP lança a primeira impressora LaserJet monocromática da indústria


por menos US$ 1 mil
• 2002 – Lançada a primeira impressora LaserJet colorida por menos US$ 1 mil
• 2003 – Mais de 70 milhões de impressoras HP LaserJet foram adquiridas
mundialmente

Pesquisa & Desenvolvimento e testes rigorosos


Os cartuchos de impressão da HP LaserJet e o toner HP são testados em vários estágios
para garantir desempenho consistente e estar de acordo ou mesmo superar as
especificações do produto em termos de produção, qualidade de impressão e
confiabilidade. O processo de testes submete a impressão a um vasto conjunto de
condições de temperatura e umidade, aplicações e comportamentos.

###