Você está na página 1de 4

Módulo I

Aula 5

Os pilares da vida
espiritual

Anderlon Mendes
Os pilares da vida espiritual

Pilares são colunas que sustentam uma construção,


para que não desabe com todo o peso que exige a
obra. Mas, o que isto tem a ver com a vivência
espiritual? Certamente, você já se perguntou, como a
Igreja se sustentou por tantos anos? Como foi capaz de
permanecer de pé, em meio a tantos escândalos,
perseguições, guerras e etc.?

As batalhas nunca foram contra homens de carne, mas


os principados e potestades. Forças espirituais, que não
se vence sem uma construção firme destes pilares da
vida espiritual.

Então, quais são estes pilares? Alguns santos se


tornaram mestres nestes pilares, fazendo da própria
vida uma oração, louvor e adoração ao Senhor, como:
Santa Terezinha, Santa Tereza D’Àvila e São João da
Cruz. E não podemos esquecer das congregações.
Instituições que a partir de uma espiritualidade
contemplativa, vivem fervorosamente a vida espiritual,
tornando-se uma força intercessora inigualável para a
Igreja.

Vamos então ao primeiro pilar: Oração.


Oração é um diálogo verdadeiro, direto e transparente.
Não há segredos. Infelizmente, algumas pessoas temem
em engessar a oração, criando milhares de fórmulas e
conceitos, que só burocratizam a fé. A partir do
momento, que eu quebro o paradigma que coloca Deus
quase que intocável e inacessível, eu começo a
estabelecer uma verdadeira relação com Ele e a minha
oração se torna mais fértil. A oração pessoal deve
passar por três princípios: Quem sou, como estou e
aonde quero chegar. Desenvolvendo o diálogo com
Deus nessas três esferas, você terá um maior
amadurecimento da oração.

Segundo pilar: O louvor.

Louvar é agradecer. A expressão máxima da gratidão


traduzida em palavras. É uma pena que muitos ainda
confundam louvor com adoração. No louvor você está
evidenciando os seus motivos de gratidão. O que você
tem a agradecer a Deus? O louvor também é uma
poderosa arma de libertação contra satanás. Enquanto
o murmúrio, reclamações exageradas e o pessimismo,
são armas poderosas nas mãos do inimigo, pois a
pessoa não consegue encontrar motivos para
agradecer, o louvor é o contrário disto. Tudo o que ele
quer é evitar o louvor em nossos grupos, famílias e
igrejas, pois deseja que continuem presos em suas
ingratidões.
Terceiro pilar: Adoração.

Adorar é reconhecer as qualidades de Deus. Ele que é


Santo, Forte, Justo, Poderoso, Paciente, Amoroso e
tantos outros adjetivos. Mais do que reconhecer, é
entender estas qualidades de Deus. Quantas pessoas,
mesmo sabendo que Deus é poderoso, temem em não
crer firmemente que Ele pode mudar as suas vidas.
Cada pilar apresentado aqui tem sua importância e
função na vida espiritual. A adoração nos eleva num
grau altíssimo de autoridade espiritual e sensibilidade
com Deus. É só entrar num convento de clausura, que
tem como regra a adoração perpétua, que você sentirá
um clima espiritual fortíssimo. Estas irmãs estão num
grau muito elevado de vida oracional e espiritualidade,
próprio de quem alimenta o estilo de vida voltado a
adoração.

1ª Escreva ao menos 15 qualidades de Deus?

2ª Pesquise 5 dessas qualidades e aprofunde o


conhecimento delas.

3ª Encontre na Bíblia dois versículos que expressão


oração, louvor e adoração.

Você também pode gostar