Você está na página 1de 5

Fundação CECIERJ – Vice Presidência de Educação Superior a Distância

EDUCAÇÃO EM SAÚDE
Coordenador – Curso de Ciências Biológicas
Prof. Dr. Marcelo Aguiar Costa Lima (IBRAG-UERJ)
Coordenadora – Curso de Pedagogia
Profª Drª Jemima Fuentes (IBRAG-UERJ)

AD1 – 2021-2

Nome:
Matrícula:
Pólo: Três Rios

1) Desde o início do enfrentamento da pandemia no Brasil, medidas de segurança


sanitária foram implementadas no enfrentamento a COVID-19, tais como: uso correto
de máscara, distanciamento social e lavagem das mãos. Embora essas medidas ainda
estejam em vigor, muitos indivíduos continuam infringindo-as, não sendo raro
ocorrerem situações desagradáveis e até mesmo o uso violência por parte destes
indivíduos. Por outro lado, em 2020, observou aumento de 1.800% nas vendas de
alguns medicamentos que faziam parte do “kit covid”, já comprovado pelos médicos
e cientistas que não apresenta eficácia contra a COVID-19. Além disso, a vacinação
em massa, meta atual da organização mundial de saúde e de vários países, encontra
um obstáculo em um movimento denominado de anti-vacina, onde parte da população
se recusa a se vacinar, mesmo após a divulgação de vários testes científicos mostrando
tanto a eficácia da vacina para diversas variantes da COVID-19 bem como para baixos
efeitos colaterais destas vacinas.
Fontes:
https://www.paho.org/pt/covid19
https://www.poder360.com.br/coronavirus/vendas-de-remedios-do-kit-covid-em-
2020-crescem-mais-de-500-em-6-empresas/.

Elabore uma história (tirinhas) em quadrinhos a respeito de um dos temas abordados no


enunciado (atendimento às medidas de segurança ao enfrentamento da COVID-19,
movimento anti-vacina ou “receitas” para tratar covid). A história em quadrinhos deverá
conter:
a) Mínimo de 6 quadros sobre o(s) tema(s) indicado(s) (1,0)
b) Mínimo de três personagens (1,0)
c) Diálogos ou monólogo em todos os quadros (1,0)
d) Narrativa coerente e sequencial de um quadro para o outro, no sentido
esquerda para direita e de cima para baixo. Conforme modelo abaixo: (1,0)

Na história relatada abaixo, são apresentados diálogos de seis personagens: Joana,


Pedro, Amanda, Antônio, Gisele e José. No primeiro quadro vemos um diálogo entre dois
jovens, Joana e Pedro, e seus respectivos hábitos de prevenção ao COVID-19, sendo que
Joana se mostra mais resistente ao uso de máscaras e álcool em gel e defende o tratamento
precoce (Kit Covid). Por outro lado, Pedro se previne com a higienização constante e
solicita Joana para aplicar álcool em suas mãos. Nos quadros seguintes, temos os diálogos
de profissionais (cientistas) que trabalham paramentados com máscaras e roupas e
defendem seu ponto de vista sobre os hábitos de higiene, já que comprovaram sua
validade com a própria experiência. No último quadro, Joana e Pedro voltam ao diálogo
com um questionamento sobre a validade da ciência e suas consequências.

Site utilizado: https://www.canva.com/pt_br/


2) Um dos grandes problemas relacionados ao descarte de resíduos sólidos que
enfrentamos na atualidade diz respeito ao lixo eletroeletrônico (computadores,
impressoras, rádios, celulares, televisões, microondas, etc...).
Segundo Natume e Sant’Anna (2011) “A preocupação crescente com a geração de
resíduos sólidos no Brasil e no mundo vem desafiando gestores de várias áreas pela
abrangência dos impactos gerados, sejam eles ambientais, econômicos, sociais ou
culturais. A lei nº 12.305 que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos demonstra
a preocupação em nível nacional dos dirigentes de nosso país. O crescimento na geração
dos resíduos eletroeletrônicos é decorrente principalmente da revolução tecnológica dos
últimos anos que produz equipamentos em larga escala, com variadas utilidades. Isto
resulta em um aumento na quantidade e diversidade de equipamentos, que por se
tornarem rapidamente obsoletos, representam hoje uma porcentagem significativa dos
resíduos descartados. Estes resíduos eletroeletrônicos são considerados perigosos pela
sua composição diversificada, principalmente de metais pesados que causam sérios
problemas ao ser humano, animais, vegetais, lençóis freáticos dentre outros”. link para
artigo completo de Natume e Sant’Anna (2011),
http://www.advancesincleanerproduction.net/third/files/sessoes/5B/6/Natume_RY%20-
%20Paper%20-%205B6.pdf.

a) Diferencie reciclagem de reaproveitamento. (Valor 1,0)

R: A reciclagem denomina um processo no qual um material é utilizado como matéria-prima


de outro produto, sendo que este último se apresenta com propriedades físicas e químicas
diferentes. Ou seja, a reciclagem ocorre quando um material é transformado em um novo
produto. Por outro lado, o reaproveitamento significa utilizar novamente um mesmo produto,
modificando suas propriedades físicas, mas mantendo a mesma composição química. Um
exemplo de um objeto que ilustra bem as diferenças entre reciclagem e reaproveitamento é a
garrafa PET, pois pode ser reaproveitada ou reutilizada, transformando em peças de artesanato
e decoração, porta-trecos, porta-lápis, canteiros de plantas para jardins suspensos, etc.
Contudo, no que se refere a reciclagem, as garrafas PET por meio de processos industriais são
submetidas a um processo de derretimento e filtragem de impurezas para serem transformadas
em fibras. Após esse procedimento, são fabricadas roupas com tecido tão macio quanto o
algodão, porém feito a partir de garrafas recicladas. Assim, pode-se dizer que reciclar é quando
um material usado, (a garrafa PET por exemplo) é transformado em um novo produto.

b) Aponte e descreva dois potenciais riscos associados ao descarte de lixo eletroeletrônico de


forma inadequada? (Valor 1,0)

R: Dois dos potenciais riscos associados ao descarte incorreto de lixo eletroeletrônico estão
associados às substâncias químicas contidas nos mesmos como chumbo, mercúrio, cádmio,
etc. que são liberadas no meio ambiente e que podem provocar a contaminação do solo e da
água, bem como causar doenças graves nos seres humanos.

c) Elabore um panfleto explicando os benefícios do descarte adequado de resíduos


eletroeletrônicos (Valor 4,0) baseado nos seguintes itens: 1) O que é um resíduo eletrônico;
2) Benefícios do descarte adequado; 3) Impactos ambientais; 4) Locais de coleta em sua
cidade.
Referências Bibliográficas:

ARAGUAIA, Mariana. [s.d.]. REAPROVEITAR X RECICLAR. Disponível em:


https://www.biologianet.com/ecologia/reaproveitar-x- reciclar.htm . Acesso em 28 de agosto
de 2021.

CADEI, Marilene de Sá. Educação em saúde. v. 1 / Marilene de Sá Cadei; Tonia Costa. Rio
de Janeiro: Fundação CECIERJ, 2009.

Inovar Ambiental. [s.d.] “Os riscos do descarte irregular do lixo eletrônico”. Disponível
em: https://www.inovarambiental.com.br/perigo-do-descarte-irregular-de-lixo-eletronico/ .
Acesso em 28 de agosto de 2021.

Sites consultados:

https://www.canva.com/pt_br/

Você também pode gostar