NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS

LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2009 | 2010

Lista final de Referências Bibliográficas: Princípios Gerais _______________________________ 12  1. Parte Pré Textual __________________________________________________________________ 6  2. Citações ao longo do texto: Princípios Gerais ___________________________________________ 8  2. Apresentação do trabalho ___________________________________________________________ 4  2.ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO ________________________________ 6  1. Parte pós textual __________________________________________________________________ 8  1. Redacção do trabalho ______________________________________________________________ 5  III – CITAÇÕES E LISTA FINAL DE REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS Novo _____________ 8  2 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 .NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS INDICE I – APRESENTAÇÃO E REDAÇÃO DE TRABALHOS ESCRITOS _______________________ 4  II . Parte Textual _____________________________________________________________________ 7  3.

devendo para tal o estudante seguir as orientações especificas para o mesmo.Nesta secção encontrará as orientações relativas ao contudo e à organização dos trabalhos. II – Estrutura e organização do trabalho . Para facilitar a consulta. assim como as regras de elaboração das referências bibliográficas. 3 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . no entanto. fornecidas pelo docente responsável pela unidade curricular no âmbito da qual é desenvolvido o trabalho. Os trabalhos colocados na plataforma moodle deverão ser convertidos num ficheiro único e em PDF. deverão ser entregues até ás 17. Pretende-se abranger a estrutura de diferentes tipos de trabalhos. formatação e redacção que podem ser comuns em todo o tipo de trabalhos.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS INTRODUÇÃO Este documento pretende apoiar os estudantes da Licenciatura em Fisioterapia na elaboração de trabalhos escritos. III . mas alguns que podem ser distintos. Assim. tem como objectivo facilitar a elaboração dos seus trabalhos não pretendendo representar um conjunto de regras rígidas.00h do dia correspondente. existem aspectos relacionados com a apresentação. Os trabalhos entregues no sector académico da ESS. o presente documento encontra-se organizado em três secções: I – Apresentação e redacção de trabalhos escritos – Esta secção tem as orientações relacionadas com as regras de apresentação e redacção dos trabalhos escritos. Todos os trabalhos devem ser entregues na data e no modo acordado com o docente responsável pela unidade curricular correspondente. o conjunto de normas apresentado.Citações e lista final de referências bibliográficas – Aqui encontrará as regras de referenciação e citação de autores ao longo do trabalho.

• Estar paginado. A unidade curricular a que se destina o trabalho. Apresentação do trabalho Na elaboração de um trabalho escrito.5 cm -em cima e em baixo). são importantes contemplar para a sua melhor compreensão. há aspectos que não estando directamente relacionados com o seu conteúdo. 2.5 cm -direita. • As margens utilizadas devem permitir a encadernação e a fácil leitura (3 cm -esquerda. • O tipo de letra utilizado é da escolha do estudante e o tamanho recomendado é 12. . Subcapitulos) deve procurar um grafismo diferente para que a distinção seja evidenciada. O titulo do trabalho. • É aconselhável utilizar pelo menos um espaço e meio (1. Assim. 2. 4 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . respeitando as seguintes normas: A primeira página não é paginada embora conte.5) entre as linhas na formatação. Quando utilizar diferentes níveis de subdivisão (ex.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS I – APRESENTAÇÃO E REDAÇÃO DE TRABALHOS ESCRITOS 1. Todos os anexos e apêndices apresentam número de página. Nome(s) completo (s) do(s) autor(es). Data (mês e ano) – Esta informação faz parte da folha de rosto ou subcapa. identificados pelo seu título e apresentados na ordem referida no índice. o estudante deve ter sempre em consideração os aspectos mencionados em seguida em todos os trabalhos elaborados: • Incluir a identificação completa: A instituição que ministra o curso. • Apresentar as diferentes secções ou capítulos claramente separados.

.. Redacção do trabalho A redacção de um trabalho de natureza académica ou científica é diferente da escrita informal utilizada diariamente. Assim. Alguns termos técnicos. devem-se utilizar frases curtas. deve ser utilizada a expressão por extenso e depois entre parêntesis a abreviatura. depois (ligação temporal). Devem-se utilizar elementos de transição. evitar redundâncias e formas gramaticais complexas que não permitam uma exposição clara das ideias. • A voz passiva e as frases na negativa. São exemplos de elementos de ligação: Então. • As abreviaturas podem ser utilizadas no texto. • A clara articulação entre os assuntos e ideias é muito importante.”. segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) . Contudo. mais ainda (ligação por adição). • Evitar repetições da mesma ideia em várias partes do trabalho. Quando são mencionadas pela primeira vez. devem ser acompanhados do termo na língua original (entre parêntesis) Em termos gramaticais. para os quais não existam traduções consensuais. É importante não saltitar de assunto ao longo do texto. • Utilizar sempre terminologia técnica adequada. não mudando e voltando mais tarde ao mesmo. no entanto. Por exemplo a “.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS 2. consequentemente (ligação causa-efeito). Similarmente. Quando se inicia um tema. demonstrando assim um bom domínio do assunto. este é explorado até ao fim. Nas vezes seguintes pode-se utilizar apenas a abreviatura “…segundo a OMS…”. não incluindo mais que uma ideia em cada frase.. devem ser evitadas pois podem introduzir elementos de dúvida e confusão. porém (ligação por contraste). entre parágrafos quando se muda de assunto. 5 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . Nos trabalhos realizados é importante: • Escrever de forma clara..

Nome do autor ou autores do trabalho.No âmbito da qual o trabalho é realizado. O objectivo do estudante será então. Identificação da unidade curricular . A parte pré textual contém.ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO O objectivo em termos gerais de um trabalho académico é o de perceber se o estudante é capaz de procurar e gerir a informação necessária para responder a determinada questão ou problema colocado. • A Folha de rosto do trabalho tem o propósito de identificar o trabalho.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS II . A parte pós textual é normalmente composta pela bibliografia. a capa. na generalidade. 6 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . demonstrar claramente que compreendeu o que lhe foi proposto e utilizar os seus conhecimentos para responder ao desafio colocado. Em determinadas situações pode ser pertinente a introdução de um subtítulo. Parte Pré Textual • A Capa do trabalho reflecte a criatividade do autor no entanto. Assim deve conter: Título do trabalho . a unidade curricular correspondente e o nome do autor(es). 1. Poderá ainda conter uma imagem alusiva/representativa do trabalho. 3. A parte textual está organizada em diferentes secções claramente separadas. Nome da instituição – Instituição académica responsável pelo curso.Deve ser uma afirmação simples e não muito longa que informe o leitor sobre o assunto que é tratado no trabalho. a parte textual e a pós textual: 1. o título do trabalho. deve sempre conter a identificação da instituição académica. Nome do curso – No qual o estudante está inserido. uma folha de rosto. dedicatória/pensamento/agradecimentos (opcional) e o índice. 2. Os trabalhos académicos devem conter três partes distintas: A pré textual. para melhor clarificação do tema do trabalho. pelos apêndices e anexos. dependendo da natureza do trabalho.

7 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . em termos de conteúdo e formais. Esta secção deve igualmente salientar as implicações para a prática clínica e incluir uma autoavaliação do autor sobre a elaboração do trabalho. fornecendo informação sobre a estrutura e organização do trabalho. deve ser elaborada uma lista de Quadros e/ou Figuras. aos títulos e subtítulos inseridos no trabalho.Onde é desenvolvido o trabalho propriamente dito. • A dedicatória/pensamento ou agradecimentos podem ser introduzidos se o autor assim o entender e é sempre opcional. • Corpo ou desenvolvimento .NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS Data – O mês e o ano. na qual se deve dar a resposta aos objectivos estabelecidos na introdução do trabalho. Salienta-se que qualquer ideia utilizada deve ser devidamente referenciada (sugere-se a leitura do subcapítulo III deste documento ponto 1. O corpo do trabalho pode ainda contemplar a discussão onde é feita uma reflexão aprofundada da literatura revista na secção anterior. podendo estar separado por diferentes subcapítulos. o corpo o desenvolvimento do trabalho e uma conclusão. A introdução deve ainda preparar o leitor para o que vai ler em seguida. • Introdução . que é introduzida após o Índice. 2. • Por fim a Conclusão que representa uma síntese da reflexão realizada ao longo do trabalho. • Índice corresponde exactamente. No caso de haver figuras e quadros. comparando as diferentes perspectivas (se for o caso) e as implicações para a prática clínica (se for o caso). citações ao longo do texto). No entanto genericamente podemos considerar que inclui.Deve apresentar o tema do trabalho o seu objectivo definindo-o de forma exacta enquadrando-o no contexto da literatura existente sobre o tema e o âmbito no qual o trabalho é desenvolvido. uma Introdução. Parte Textual A parte textual do trabalho pode assumir diversas estruturas dependendo da natureza do trabalho e os requisitos específicos mencionados pelo docente responsável pela unidade curricular.

NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS 3. Esta última deverá ser sempre apresentada no final dos trabalhos e todas as entradas devem de ser listadas por ordem alfabética pelo apelido do primeiro autor. Todos os apêndices devem estar devidamente identificados. A responsabilidade e autoria destes materiais são do (s) autor(es) do trabalho. de acordo com as normas (ver capitulo III) todas as obras/autores citados na parte textual. • Os Anexos incluem documentos não elaborados pelo autor mas que servem de suporte ou ilustração ao trabalho. paginados e referenciados no texto. Podem ser impressos ou manuscritos. Numa primeira parte. áudio. têm sido amplamente adoptadas por outras disciplinas da Saúde. excepto para os últimos dois autores que devem de ser separados pela letra “e” quando estes fazem As Normas de Citações e Referências Bibliográficas da APA foram especificamente desenvolvido para a área da Psicologia. tabelas. • Os Apêndices são todos os materiais elaborados pelo autor do trabalho. paginados e terem sido referenciados no texto. Deve incluir não apenas fontes escritas mas fontes bibliográficas em todos os suportes – vídeo. Quando a referência for mais de um autor deve-se colocar uma vírgula entre os mesmos. Parte pós textual A parte pós textual deve conter a Lista de Referências Bibliográficas ou Bibliografia citadas ao longo do texto do trabalho. e devem também estar identificados. a Área Disciplinar da Fisioterapia adoptou as Normas de Citações e Referências Bibliográficas da American Psychological Association (APA)1. para serem utilizadas em todos os trabalhos elaborados na ESS. Deve identificar devidamente. traduções. No final serão ainda disponibilizadas algumas ligações electrónicas para consulta de informação complementar. Internet. no entanto. Citações ao longo do texto: Princípios Gerais As referências citadas durante o texto devem contemplar o nome do autor (apelido) seguido do ano de publicação. 1 8 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . III – CITAÇÕES E LISTA FINAL DE REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS Novo A partir do corrente ano. este documento destina-se a apresentar os principais elementos de citações ao longo do texto e posteriormente os principais elementos sobre a lista de referências bibliográficas. por exemplo quadros. 1.

Quando os trabalho elaborados se destinam à publicação em revistas cientificas. Becker e Kerr (1997) estipularam ordenações… (1ª citação) A Citam-se todos os nomes (apelido) e ano da publicação numa primeira vez e nas seguintes o apelido do primeiro autor seguido de “et al”.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS parte da estrutura formal da citação (A) ou pela ligação “&” quando não fazem parte da estrutura formal da citação (B). 1990). Garry. 1998) (citações seguintes) B 6 ou mais autores 9 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . Porwazich. 1998) (1ª citação) A intensidade de condução das correntes podem variar…(Hartland et al. (1997) estipularam ordenações… (citações seguintes) A intensidade de condução das correntes podem variar…(Hartland. 2 autores Deve utilizar-se a ligação “&” entre os apelidos dos autores seguido do ano de publicação A Mitchell e Koenig. B 3 a 5 autores Hamilton. (2000) afirmam que o aporte sanguíneo aumenta substancialmente… Todas as características motoras podem estar relacionadas com as estruturas… (Mitchell & Koenig. (1994) afirma que o aporte sanguíneo aumenta substancialmente… Todas as características motoras podem estar relacionadas com as estruturas…(Koenig. a citações e a Lista Final de Referências Bibliográficas deve obedecer às regras estabelecidas por cada Revista. 1990). Baltimore & Pascal. Citações ao longo do texto: exemplos 1 autor A Deve utilizar-se o apelido do autor seguido do ano de publicação B Mitchell. Hamilton et al.

data e seguido da letra A B 10 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . Pearson (1996) para distinguir de F. Barbot. 2006) para distinguir (Richardson & G.. 1998) para distingir de (Anderson. (2004) ponderou os resultados do seu estudo… Ao ponderar os resultados do seu estudo… (Albert et al. A B Albert et al. et al. (1998) B (Anderson... etc. 1999b) justifica que o sistema imunitário estabelece… As perspectivas dos profissionais de saúde parecem… (Abion & Forrest 2003a.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS Citar o nome (apelido) do primeiro autor seguido de “et al e ano da publicação. 2004) Diferentes autores: mesmo apelido Adicionar as iniciais do nome para distinguir autores com o mesmo apelido A B J. 2000) Vários autores: citação ambígua Opção que deve ser considerada quando existe uma citação de vários autores com a abreviação et al semelhante outras citadas no texto. et al.R. os resultados apresentados por Abion (1999b)… …ou… Abion (1999a. Keys. 2002) afirma que os termos utilizados levam a uma reorganização… A utilização dos termos leva à reorganização …(Fisher 1999. Pearson (1999) (Richardson & S. (1998) para distingir de Anderson.. 2002) B Vários trabalhos do mesmo autor com a mesma data Abion (1999a) justifica que o sistema imunitário estabelece… …. 1998) Vários trabalhos do mesmo autor Citar os diferentes trabalhos por ordem cronológica da data de publicação: nome do autor seguido da data A Fisher (1999. et al. 2003b) Citar os diferentes trabalhos do autor com a mesma data e diferencia-los através de letras (a. Black. Keys. Barbot. b. 2000. Deve adicionar os vários apelidos para fazer a distinção A Anderson. Black. et al.T.mais tarde no texto… No entanto. 2000. c.): nome do autor..

et al. Faulkner & Kenndal 1982. Ao citar vários trabalhos de vários autores deve-se separá-los com ponto e virgula e colocá-los por ordem alfabética. (2001 citados por Burton.. et al. Zoe et al.. B Citações de fonte secundária A Morison.. Se a abreviatura não for amplamente reconhecida deve citar o nome completo da instituição De acordo com a Organização Mundial de Saúde (1999) as práticas dos profissionais de saúde devem contemplar …(1ª citação) De acordo com a OMS (1999) as práticas dos profissionais de saúde devem contemplar…(citações seguintes) Os interesses defendidos nas sessões plenárias…(Latvia Research Council. 2005) descobriram que os elementos difusores surgem… Durante muitos anos a maioria das soluções existentes eram ponderadas… (Morison & Thomas 2001 citados por Burton.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS Se o nome do autor é considerado anónimo Usar a palavra “Anónimo” como nome do autor A B Anónimo (1999) acrescenta à ideia… As partículas disseminam-se a partir da presença de oxigénio… (Anónimo.. 1972). 1995) (1ª citação e citações seguintes) A B Vários trabalhos de vários autores A De acordo com Curtis (1994). 2005) Ao citar trabalhos de outras fontes a citação deve fazer referência à fonte secundária. utilizando “citado por”. (1972) as vias nervosas dependem… Vários estudos têm demonstrado que a grande maioria das moléculas… (Curtis 1994. Zoe et al. Faulkner e Kenndal (1982). B 11 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . 1999) Instituições/Grupos de autores Se uma determinada organização/instituição é reconhecida pela sua abreviatura só a primeira citação não deverá ser abreviada. et al.

(1996). DI. Physiotherapy for anterior knee pain: a randomised controlled trial. Amis. F. normalmente designado por Bibliografia. (2001). Cowan. Anticipatory activity of vastus lateralis and vastus medialis obliquus occurs simultaneously in voluntary heel and toe raises. 10(3). N. Bennell K. 2 autores 3 a 6 autores 6 ou mais autores Tipo de Entrada: Artigo – versão electrónica Notas: 12 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . 700-704. O nome/título das publicações assim como o número do volume devem de ser escritos em itálico. 2. Titulo da Publicação. Mitchell. & Farahmand. (2002) Sensori-motor control of the uninjured and injured human ankle. 12 (3). Lista final de Referências Bibliográficas: Princípios Gerais Na elaboração de qualquer trabalho o capítulo das referências bibliográficas. Current Orthopaedics.199-203. (ano de publicação). Quando existem duas referências com o nome do mesmo autor e data as entradas devem ser ordenadas por ordem alfabética pelo título do artigo.1ª página – última página. Physical Therapy in Sport. A. 1 autor Konradsen. 59(9). Annals of Rheumatic Diseases. Clark. Journal Electromyogapy & Kinesiology. S. Apelido do autor. volume(número). Título do artigo. O nome/título das publicações deve ser escrito por completo (sem abreviaturas) com as primeiras letras em maiúsculas. A. Lista de Referências Bibliográficas: exemplos Tipo de Entrada: Artigo Formato Notas: • • • • • • As iniciais dos nomes próprios dos autores devem de ser escritos em letras maiúsculas. 71-79. et al.. L.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS 2. (2000). deve ser iniciado numa nova página. Todas as referências que fazem parte da lista final de Referências Bibliográficas devem estar citadas no texto e listadas por ordem alfabética pelo apelido do primeiro autor. Hodges. Os números das páginas devem de ser colocadas por completo. P. J. O número da publicação deve ser colocado entre parêntesis (sem ser em itálico) imediatamente a seguir ao número do volume. Extensor mechanism of the knee. Downing. Iniciais. 102-109.

09. et al. N.ptsp. Corrected Proof. Puckering and Blowing Facial Expressions in People With Facial Movement Disorders.ptjournal.002 Notas: • Se o DOI não estiver disponível devem incluir o URL no final da citação. O número da edição deve ser colocado entre parêntesis imediatamente após o título do livro Apelido do autor. O título do livro deve ser escrito em itálico. In Press. (2005). 33-36. Deursen. The effect of patella taping on quadriceps strength and funtional performance in normal subjects. E. (ano de publicação). Marigold. Retirado de http://www.pdf Tipo de Entrada: Livro Formato Notas: • • • As iniciais dos nomes próprios dos autores devem de ser escritos em letras maiúsculas.sciencedirect. Physical Therapy. 5.com/science?_ob=MImg&_imagekey=B6WPB-4T7W3J5-1B&_cdi=6986&_user=3422714&_orig=browse&_coverDate=08%2F19%2F2008&_sk=999999999&view=c&wchp=dGLbVlbzSkzk&md5=6c70f7b9b01479793bc538fea9f67b39&ie=/sdarticle. 88(8). Physical Therapy. Relationship of Balance and Mobility to Fall Incidence in People With Chronic Stroke. (2004). F. 150-158.org/cgi/content/full/85/2/150 Denlinger. Harris. 85(2).NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS • • Formato igual à versão anterior mas deve ser incluído o Digital Object Identifier (DOI) ou Uniform Resource Locator (URL).2003. Phillips. L C. M. Devem de ser usados os URL`s directos quando se tratam de artigos de livre acesso ou apenas o endereço da homepage da publicação para os casos dos artigos sujeitos a subscrição. 909-915. Physical Therapy in Sport. S. Se o DOI estiver disponível deverá ser colocado no final da referência. et al. Retirado de http://www. VanSwearingen.org/cgi/reprint/88/8/909 Tipo de Entrada: Artigo aceite mas não publicado (em processo de revisão) Notas: • Referências a trabalhos aceites mas não publicados devem ser designados como “in press”. doi:10.1016/j. R W. 13 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . Retirado de http://www.ptjournal. Herrington. Título do livro (número da edição caso não seja a 1ª edição) Local da publicação: Nome do editor. Eng. Landing stability in anterior cruciate ligament deficient versus healthy individuals: A motor control approach. Cohn. Não é necessário colocar o nome da base de dados utilizada. Iniciais. L. (2008). Physical Therapy in Sport. J.

Aronson.. S. A. Feshbach.. Social cognitive psychology: History and current domains. Applied sport psychology: personal growth to peak performance (5th ed. the person. 2 autores 3 a 6 autores Barone.J.M. The use and abuse of power: Multiple perspectives on the causes of corruption. J. Actions and attitudes: The theory of cognitive dissonance. o número da edição deve ser colocado entre parêntesis após o título do livro com os respectivos números de páginas do capítulo. J.). New York: Psychology Press. (1997). Persuasion: Psychological insights and perspectives (2nd ed. C.S. S. 63-79). C. P. M. & Rosenberg. J. Boden (Ed. Brock. In M.. New York. E. Machine learning. S.M. MA: Health 6 ou mais autores Tipo de Entrada: Livro editado Notas: • • É utilizado o nome do editor em vez do nome do autor A designação “Ed. D. Geiwitz. & Scher. Lexington.” Williams. Boston: McGraw-Hill. Rosenziweig. (1993).” deve ser incluída após o nome do editor. J. R. pp. Green (Eds.). (2001).. (2004) Psychology: The Brain. A. Classics experiments in psychology.R.).CA: Sage.Y. Maddux. the world (2nd ed. (2006). (Ed. Mirabile.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS • 1 autor Local de publicação engloba o nome da cidade/província e o país. Psychology: An introduction.. In T. & M. Cooper.F. 89-133). Mussen.. D. Caso sejam mais do que um editor utilizar a designação “Eds. Russell. & Bargh.. UK: Pearson Education. (2005). Lee-Chai.R.A. Artificial intelligence (pp. (2004). Westport.). Elkind... (Eds. Thousand Oaks. et al... 14 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . CT: Greenwood Kosslyn. USA: Plenum Press. San Diego.. (1996).E. Tipo de Entrada: Capítulo de um livro editado Notas: • Se o livro é uma edição antiga. C. Mook. R. J. S. CA: Academic Press. P.).). D. & Snyder. Essex.

A. Melbourne. DC: Author. (1998. Applicant reactions to graduate recruitment and selection. (1999. Retrieved July 6. from http://www. Para informações complementares: • American Psychological Association. o nome da base de dados ou outra informação deverá fazer parte da referência. Iniciais. July 7). Available from http://www. Wollman.graduatecareers.NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÉMICOS Tipo de Entrada: Fontes / Documentos electrónicos (URL): Formato Notas: • • Quando não é possível identificar o autor/editor deve utilizar o nome da organização que gere o website. 65(08). Shared mental models in negotiation. Australia. 2007. American Psychological Association. Dissertation Abstracts International. (UMI No. Letterhead with contact details: Consent form. Título da página/documento. Retrieved January 21. (2003).radpsynet. from Sem autor e sem data Tipo de Entrada: Teses de mestrado ou doutoramento Se as dissertações forem obtidas por versão digital através do número UMI (University Microfilms): Se as dissertações forem obtidas por versão em papel Liu. (2007). 3061A.com. November 12). Electronic references. Retrieved http://www. mês e dia do último update ou cópia). Mês. A. (2005). o URL. from http://www.psychsociety.org/docs/wollman-attitude.apastyle.d.au/content/view/full/226 September 18. Publication manual of the American Psychological Association (5th ed. N. Influencing attitudes and behaviours for social change. (n. Se a identidade do editor não é distinto do autor. 9315947). dia e ano da consulta e o endereço (Uniform Resource Locator) Autor Instituição/organização como autor Australian Psychological Society. 2005. Monash University. Se ambas informações não estiverem disponíveis inicie a referência com o título do artigo.). • • 15 LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA | ESS-IPS 2008 | 2009 . (ano. Victoria. D.html Apelido do autor/editor.: Author. APA style guide to electronic references. 2002.au/fr_frame.).org/ American Psychological Association. Unpublished doctoral dissertation.htm Career profiles. (2007).com.C. Washington. Washington. (2001). L. Imber. Psychology.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful