Você está na página 1de 11

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS NO PROGRAMA RESIDÊNCIA

PEDAGÓGICA DURANTE O PERÍODO DE PANDEMIA


Adelson de Brito Sales¹

RESUMO

O presente trabalho apresenta as atividades executadas como preceptor do Programa de Residência


Pedagógica durante na Escola Estadual Olegário Maciel, nele estão descritas algumas atividades
de grande relevância que foram desenvolvidas pelos bolsistas do programa RP sob a minha
orientação. Visando atender de forma eficiente o maior número de estudantes, utilizamos o aplicativo
“Google Meet” como ferramenta principal na mediação entre preceptor, residente e estudante. As
atividades apresentadas aqui seguiram uma sequência devidamente elaborada pela coordenação do
programa juntamente com a supervisão. Estas atividades podem ser resumidas em três etapas: Na
primeira etapa fez-se a formação, na segunda etapa ocorreu a ambientação e locação dos residentes
nas turmas e na terceira e última etapa aconteceu a atuação efetiva dos envolvidos no programa RP.
Por fim relato a participação no III Seminário Institucional do PIBID e RP do IFNMG.

Palavras-chave: Residência Pedagógica. Ensino Remoto. Preceptor. Google Meet.

APRESENTAÇÃO
O Programa de Residência Pedagógica (PRP) é uma das ações que integram a Política
Nacional de Formação de Professores e tem por objetivo induzir o aperfeiçoamento da formação
prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação
básica, a partir da segunda metade de seu curso. Essa imersão deve contemplar, entre outras
atividades, regência de sala de aula e intervenção pedagógica [pelo acadêmico residente],
acompanhadas por um professor da escola com experiência na área de ensino do licenciando
[o preceptor] e orientada por um docente da sua Instituição Formadora [docente orientador].
A Residência Pedagógica, articulada aos demais programas da CAPES compõem a Política
Nacional, tem como premissas básicas o entendimento de que a formação de professores nos cursos
de licenciatura deve assegurar aos seus egressos, habilidades e competências que lhes permitam
realizar um ensino de qualidade nas escolas de educação básica. Tem por objetivos: aperfeiçoar a
formação dos discentes de cursos de licenciatura, por meio do desenvolvimento de projetos que
fortaleçam o campo da prática e conduzam o licenciando a exercitar de forma ativa a relação entre
teoria e prática profissional docente, utilizando coleta de dados e diagnóstico sobre o ensino e a
aprendizagem escolar, entre outras didáticas e metodologias; induzir a reformulação da formação
prática nos cursos de licenciatura, tendo por base a experiência da residência pedagógica; fortalecer,
ampliar e consolidar a relação entre a IES e a escola, promovendo sinergia entre a entidade que forma
e a que recebe o egresso da licenciatura e estimulando o protagonismo das redes de ensino na
1 Adelson de Brito Sales
Escola Estadual Olegário Maciel - Mestre em Física,
adelsondafisica@yahoo.com.br
2

formação de professores; promover a adequação dos currículos e propostas pedagógicas dos cursos
de formação inicial de professores da educação básica às orientações da Base Nacional Comum
Curricular (BNCC).
Este trabalho trata-se de um relatório de atividades executadas como preceptor do Programa
de Residência Pedagógica na Escola Estadual Olegário Maciel. Sendo o mesmo a visão de um
preceptor de Física, professor efetivo em uma escola estadual localizada norte de Minas Gerais, cuja
função era acompanhar e orientar as atividades realizadas por oito residentes, discentes do curso de
licenciatura em Física pelo IFNMG.

ATIVIDADES E AÇÕES DESENVOLVIDAS NO PRP

ETAPA DE FORMAÇÃO

No início do mês de outubro do ano de 2020, iniciou-se a etapa de formação. Neste período a
coordenação geral do Programa Residência Pedagógica PRP e PIBID, juntamente com a equipe de
supervisão reunirão com, docentes e bolsistas selecionadas para atuarem nos programas supracitados
com o objetivo de promover a formação e capacitação de ambos. Utilizou-se a plataforma digital
“Google Meet” para reunir em dois encontros de formação todos os envolvidos a fim de traçar as
metas e estabelecer as metodologias de trabalho que na sequência foram colocadas em práticas por
cada um dos envolvidos.
Nos dois primeiros meses [outubro e novembro], as ações se voltaram para o curso de
capacitação dos Preceptores e a preparação e orientação dos Residentes para o desenvolvimento do
programa, além da elaboração do plano de trabalho de cada Residente.

AMBIENTAÇÃO NA ESCOLA – OBSERVAÇÃO SEMI-ESTRUTURADA DE


SALA DE AULA
Ainda no período de outubro a novembro de 2020, o processo de ambientação dos Residentes
foi desencadeado, e neste ínterim, conforme indicador do Projeto Institucional, três encontros
formativos locais foram realizados, todos realizados de forma virtual através da plataforma digital
“Google Meet”. O primeiro encontro formativo local abrangeu o subprojeto de Física, onde pudemos
contar com a participação dos oito residentes do IFNMG do campus Januária. O encontro teve como
objetivo apresentar aos residentes alguns documentos importantes, que regem a Escola Estadual
Olegário Maciel e que dão suporte na elaboração e no planejamento das aulas para os alunos da escola
supracitada. O primeiro documento apresentado foi o PPP (Projeto Político Pedagógico), já o segundo
3

documento apresentado, foi o planejamento anual de Física do ensino médio com base na BNCC
(Base Nacional Comum Curricular).
Ainda nesta etapa, realizamos a distribuição dos residentes nas turmas de ensino médio da
EEOM. Esta distribuição foi feita através de grupos de “WhatsApp” criados pela escola, com objetivo
de integrar professor, equipe gestora, alunos e responsáveis e dessa maneira garantir que o estudante
teria acesso integral aos conteúdos trabalhados de forma remota durante o período de pandemia.

IMERSÃO DO RESIDENTE NA ESCOLA CAMPO

Cada residente foi distribuído nas turmas, sendo adicionados pelo preceptor ao respectivo
grupo de “WhatsApp” de cada turma, respeitando um mapeamento das turmas que a escola continha
naquele momento e suas respectivas necessidades com relação à intervenção, apoio e monitoria,
especificamente na disciplina de Física. Este mapeamento foi feito a partir de relatos dos professores
de Física responsáveis por ministrar aulas em cada uma das turmas mapeadas, de acordo com os
discentes responsáveis, existe um déficit de aprendizagem e um certo preconceito entre os alunos com
relação a disciplina de Física. Este déficit se deve ao fato dos alunos apresentarem dificuldades em
realizar operações matemáticas, bem como dificuldade de interpretação e leitura de textos que
envolvam os conteúdos desta disciplina, já o preconceito se dá pelo fato de que a maioria dos
estudantes descrevem a Física como sendo uma disciplina de altíssimo grau de complexidade.

PLANO DE TRABALHO

Ainda nesta etapa fomos desafiados a elaborar um plano de trabalho em conformidade com
às atividades obrigatórias do programa Residência Pedagógica. O plano de trabalho foi feito pelo na
época coordenador do PRP Professor Dr. David Rodrigues de Souza, pelo então preceptor do PRP no
IFNMG professor Jardel Reis Heredia e por mim, preceptor do PRP na Escola Estadual Olegário
Maciel. Cada residente foi orientado pelo coordenador do Programa Residência Pedagógica a elaborar
o seu plano de trabalho individual que atendesse as especificidades da turma a qual tinha sido alocado.
Enquanto preceptor pude participar da elaboração de cada um dos planos de trabalho. Este
documento foi elaborado em conformidade com o edital que rege o programa e o mesmo foi que
adicionado a uma pasta do “Google Drive” por cada um dos residentes e podia ser acessado a qualquer
momento por mim e pelo então coordenador do PRP, o Professor Dr. David Rodrigues de Souza. Este
documento foi extremamente importante durante todo o período em que o programa foi executado,
foi ele que norteou cada uma das atividades realizadas. Ao longo dos dezoito meses, tempo que o
4

programa atuou de forma efetiva na escola, algumas alterações ocorreram e estas ocorreram para
adaptar alguma atividade proposta a situação vivenciada no período de pandemia.
A respeito do plano de trabalho dos residentes, o mesmo foi elaborado em conjunto,
residente/preceptor, garantindo assim que o plano de trabalho comportasse a carga horária de cada
residente, especificando assim a atividade que seria realizada, o dia e a carga horária que ela iria
necessitar para ser executada com êxito. As figuras a seguir apresentam à esquerda a pasta do “Google
Drive” contendo uma pasta para cada residente, e à direita a pasta de um dos residentes contendo
documentos elaborados pelo mesmo durante um período específico.

(a) (b)

A figura (a) mostra a pasta geral contendo uma pasta para cada residente, já a figura (b) mostra a pasta de um residente
contendo outras pastas e documentos.

ETAPA DE ATUAÇÃO E EXECUÇÃO DAS ATIVIDADES

Nesta etapa realizou-se as atividades indicadas no plano de trabalho de cada um dos


residentes. Para que as atividades propostas no plano de trabalho fossem executadas com êxito, fez
se necessário a realização de reuniões periódicas através do “Google Meet”, nestas reuniões eram
discutidas as ações propostas e a importância de cada uma no processo de ensino-aprendizagem bem
como a importância das mesmas na formação docente do residente. Todas as reuniões aconteciam
5

sob a minha coordenação e tinha a duração de 1h. A figura a seguir mostra um registro dos encontros
realizados.

Encontro virtual realizado pela coordenação do PRP para apresentação dos relatos de experiência dos residentes.

A figura acima apresenta um exemplo de como eram realizadas as reuniões semanais entre o
preceptor e os residentes, as reuniões eram realizadas de acordo com a disponibilidade de cada
residente, uma vez que os mesmos estavam intercalando as atividades do programa PRP com as
atividades do curso superior de Licenciatura. A frequência de cada residente era registrada através de
um registro e de uma lista que era gerada eletronicamente. A seguir apresento uma figura que mostra
6

como eram verificadas a frequência de cada um dos residentes nas reuniões. Participaram dessa
reunião: Os residentes do curso de Licenciatura em Física do Campus Januária e o preceptor.

Imagem apresentando os participantes da reunião realizada via “Google Meet” com a participação dos residentes e do
preceptor.

PROJETO TEMÁTICO PARA APROFUNDAMENTO DE CONHECIMENTOS E


TÉCNICAS DE ENSINO

Durante o período em que participei do Programa Residência Pedagógica, orientei os


residentes na elaboração e execução de projetos temáticos para aprofundamento de conhecimentos e
técnicas de ensino.

Planos de Aula e Mapas Mentais

Um dos primeiros projetos orientados foi a elaboração de planos de aula e de mapas mentais
que auxiliaram os alunos na compreensão dos conteúdos trabalhados em sala de aula pelo professor
de Física. Os planos de aulas eram feitos pelos residentes de acordo com a Base Nacional Comum
Curricular (BNCC) e supervisionados por mim enquanto preceptor. Neles, os residentes colocavam
o tema a ser trabalhado, a habilidade que seria trabalhada, os materiais necessários, a metodologia
adotada, os resultados desejados e a avaliação da aprendizagem, com isso a logística da aula seguiria
uma sequência didática que facilitaria o entendimento do aluno e contribuiria assim para o processo
de ensino/aprendizagem. Os mapas mentais auxiliaram os alunos no entendimento dos conceitos
7

explicados na sala e facilitaram a mentalização de fórmulas e definições. A figura a seguir mostra um


dos mapas mentais criados por um residente e enviado no grupo de WhatsApp da turma a qual o
mesmo atendia.

Mapa mental sobre “Trabalho e Energia” criado por um residente e enviado aos alunos por meio de um grupo de
WhatsApp. Fonte: Residente André.
Disponível em: https://drive.google.com/drive/folders/1qfJxocylusc_fntVHvZU23YLXKDPr6Pt

Abaixo apresento o link de acesso para um dos materiais criados pelos residentes, sob minha
orientação e encaminhados ao professor regente da turma para apreciação. O Plano de aula é
extremamente importante para direcionar a explicação e a apresentação das informações e dos
conteúdos aos alunos. Ele é indispensável, pois ele apresenta de forma objetiva o que o mesmo irá
apresentar durante a sua aula. Disponível em:
https://docs.google.com/document/d/10mRMSlVPAhDpTWUz3fTDjZV3xr6Vixaa/edit

ELABORAÇÃO DE UM “PAPPER”

Durante o período de recesso escolar, 20 de dezembro de 2021 à 07 de fevereiro de 2022 os


residentes foram orientados a elaborar um “Papper” que foi utilizado como material complementar
para estudo de temas que não são comumente trabalhados com os alunos das séries finais do ensino
médio pelos professores de Física. Os temas foram escolhidos por cada residente de acordo com a
aptidão de cada um e em conformidade com a série de cada turma que o mesmo estava atendendo
8

naquele momento. A seguir apresento uma tabela contendo os temas e o respectivo nome de cada
residente responsável por elaborar o “Papper” sob minha orientação.

Tema do “Papper” Residente responsável


Vítor Emanuel Almeida dos Santos Os campos magnéticos
Lucas Mesquita de Alcântara Energia nuclear e suas aplicações
Altamiro Fernandes da Cruz Junior Física Quântica
Fernanda Neves de Oliveira A importância da Física no desenvolvimento
econômico
Sylene Duarte Figueiredo Física moderna
Rafael Gonçalves Gusmão Formas de melhorar o ensino de física no Brasil;
Fabíola Pereira de Melo A radiação solar que incide no estado de Minas
Gerais
André de Souza Medicina nuclear utilizada em tratamentos
contra o Câncer
Quadro esquemático contendo o título e o nome de cada residente responsável por elaborar o “Papper”.

A seguir apresento o link de acesso a um dos materiais supracitados, o mesmo foi elaborado
em conformidade com as normas da ABNT por um residente do programa RP sob minha orientação.
Disponível em:
https://docs.google.com/document/d/1Z0G3rf6pXc_8JSXvilDLrIVdcuBZFg1b/edit

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Toda semana os residentes eram orientados por mim a elaborar um material complementar
que tinha como objetivo complementar aquele material fornecido pela secretaria estadual de
educação, o Plano de Estudo Tutorado (PET). Um exemplo desse material pode ser consultado a
partir do link a seguir: Disponível em:
https://docs.google.com/presentation/d/1IvxW6p_V6pZFWM8WzG7pmeJvErL6HZEs/edit

PRODUÇÃO, AVALIAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DOS RESULTADOS

Avaliar os resultados é extremamente importante para realizar intervenções bem como realizar
alterações no plano de trabalho dos residentes. Socializar os resultados também é muito importante
para que todos os residentes e a comunidade escolar ficassem por dentro do que todos os envolvidos
no programa estavam desenvolvendo. Toda semana eu enquanto preceptor reunia com os residentes
para orientá-los na produção de materiais, para avaliarmos e socializarmos as atividades realizadas
9

ao longo da semana anterior. As reuniões aconteciam sempre através do aplicativo “Google Meet” e
contava sempre com a participação do preceptor e dos residentes.

III SEMINÁRIO INSTITUCIONAL DO PIBID E DO RP DO IFNMG

No período compreendido entre os dias 15 e 16 de março do ano de 2022 aconteceu o III


Seminário Institucional do PIBID e do Programa Residência Pedagógica do IFNMG. Este evento
contou com a participação dos bolsistas que integram os dois programas supracitados do campus
Januária e Salinas, na oportunidade tivemos a oportunidade de participar de palestras e apresentações
dos trabalhos desenvolvidos pelos bolsistas, (residentes e pibidianos) sob a orientação do preceptor e
coordenador geral de cada um dos programas. O evento teve como objetivo favorecer diálogos,
socialização e trocas de experiências entre os integrantes dos subprojetos: estudantes das licenciaturas
(iniciação à docência e residentes), supervisores/preceptores e coordenadores de área/docentes
orientadores, de forma que os saberes e as práticas de professores e professoras possam provocar
diálogos e ações que traduzam as resistências propositivas e a colaboração em rede no PIBID e no
Programa Residência Pedagógica.

Banner de apresentação do III Seminário Institucional do PIBID e RP do IFNMG. Fonte: Disponível em:
https://sites.google.com/ifnmg.edu.br/evento-pibid-rp

No dia 15 de março de 2022 a Professora Dra. Cristiane Antônia Hauschild Johann, Doutora
em Educação em Ciências e Matemática, a mesma é presidente do FORPIBID – RP, participou do
evento e nos presenteou com uma palestra intitulada “ Formação de Professores – PIBID e RP em
10

Tempos de Pandemia”. Após o término da palestra participei das salas temáticas com apresentações
de trabalhos e relatos de experiências dos residentes bolsistas do PRP.
No dia 16 de março de 2022, tivemos a palestra intitulada “Aprendizagem e Docência:
Desafios Atuais” com o professor Dr. Lourival José Martins Filho, Doutor em Teologia: Educação e
Religião – Presidente da Associação Brasileira de Alfabetização – ABALF. Após o término da
palestra participei das salas temáticas com apresentações de trabalhos e relatos de experiências dos
residentes bolsistas do PRP.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Apesar das adversidades causadas pela pandemia de COVID-19, conseguimos realizar


reuniões com a equipe de trabalho e construir o planejamento semestral, conseguimos elaborar o
Plano de atividade a ser realizado no período de vigência do programa Residência Pedagógica e
realizamos estudos de documentos orientadores como PPP (Plano Político Pedagógico da escola de
campo) e BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Analisamos e discutimos todas as ações
propostas e desenvolvidas durante o período de ensino remoto. Realizamos a redistribuição dos
residentes nas turmas de acompanhamento, estudamos a fizemos a adequação de materiais didáticos
com uso das Tecnologias Digitais para o Ensino Remoto na Educação Básica. Neste sentido
organizamos ambientes virtuais de aprendizagem e/ou uso de ferramentas tecnológicas úteis ao
ensino remoto. Laboratórios virtuais como “Phet interactive Simulations” e aplicativos úteis ao
ensino de física como “Superprof, Física Interativa, Física in Mãos e Phet Sims”. Elaboramos
projetos temáticos para aprofundamento de conhecimentos e técnicas de ensino, acompanhando o
planejamento escolar junto com o professor regente e elaboramos planos de aula e mapas mentais
com os residentes do RP. Executamos alguns projetos temáticos de intervenção para aprofundamento
de conhecimentos e técnicas de ensino.
Por fim, ressalto aqui a importância do programa de Residência Pedagógica para todos os
envolvidos direta e indiretamente com o mesmo. O programa RP possibilita aos envolvidos, trocas
imensuráveis de experiência, contribui positivamente para melhorar a qualidade de ensino dos alunos
das séries finais do ensino médio da educação básica, garante uma melhor formação dos discentes, e
auxilia na construção de novas metodologias de ensino, neste sentido é certo que o PRP possibilita
que o aluno do curso de Licenciatura em Física, o professor da escola pública e o aluno da educação
básica prossiga na vida acadêmica, sendo estimulado e instigado a contribuir com a produção
científica e com uma melhoria significativa do nível de aprendizagem efetiva de ambos entregues a
sociedade.
11

AGRADECIMENTOS

Ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais- Campus


Januária.
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
A Escola Estadual Olegário Maciel do município de Januária.
A Coordenação Institucional do Programa de Residência Pedagógica do IFNMG.

REFERÊNCIAS

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL


DO NORTE DE MINAS GERAIS - REITORIA (Norte de Minas Gerais). Reitoria. EDITAL Nº. 04,
DE 28 DE JANEIRO DE 2020. PROGRAMA DE RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA E
PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA/IFNMG. [S.
l.], ano 2020, n. 4, p. 1-10, 28 jan. 2020. Disponível em: https://www.ifnmg.edu.br/editais1. Acesso
em: 20 fev. 2022.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG). Secretaria de


Estado de Educação lança Regime de Estudo não Presencial para alunos da rede pública
estadual de Minas. Disponível em:
https://www2.educacao.mg.gov.br/component/gmg/story/10854-secretaria-de-estado-de-educacao-
lanca-regime-de-estudo-nao-presencial-para-alunos-da-rede-publica-estadual-de-minas. Acesso em:
20 fev. 2022.

Você também pode gostar