Você está na página 1de 2

• Hoje o magnetismo tem importância fundamental em quase todos os equipamentos

eletroeletrônicos mais usados na indústria, no comércio, nas residências e na pesquisa.


Geradores de energia, motores elétricos, transformadores, disjuntores, televisores,
computadores, vídeo-cassetes, discos rígidos de computadores (HDs), telefones,
cartões magnéticos e muitos outros equipamentos usam efeitos magnéticos para
desempenhar uma série de funções importantes.
• A lei da força entre dois pólos magnéticos é semelhante à que existe entre duas cargas
elétricas, mas há uma diferença importante: os pólos magnéticos ocorrem sempre aos
pares. É impossível isolar um único pólo magnético. Se um ímã for quebrado ao meio,
aparecem pólos iguais e opostos no ponto de fratura, de modo que se formam dois
novos ímãs, com pólos iguais e opostos. Coulomb explicou este resultado admitindo
que o magnetismo estava contido em cada molécula do ímã.
• Teoria Weber : Esta teoria assume que toda substância magnética é composta de ímãs
muito pequenos, chamados de Ímãs Elementares. Qualquer material não magnetizado
tem as forças magnéticas de seus ímãs elementares neutralizados pelos ímãs
elementares adjacentes, dessa forma eliminando algum efeito magnético possível.
• Um imã é, na verdade, composto por pequenas regiões, na sua maioria com 1mm de
largura ou comprimento [Giancoli], que se comportam como um pequeno ímã
independente com os seus dois pólos. Estas regiões são conhecidas como Domínios
Magnéticos.
• As linhas de campo magnético são linhas fechadas que saem do pólo norte e entram
no pólo sul.
• Indução Magnético: É o fenômeno de imantação de um material provocada pela
proximidade de um campo magnético. Como podemos ver na figura 4.1, o ímã induz
magneticamente (imanta) os pregos e estes sucessivamente imantam uns aos outros e
atraem-se.
• Um material pode ter os seus átomos orientados até um determinado limite. O efeito
devido à limitação na orientação e alinhamento dos átomos do material, mesmo sob a
ação de campos magnéticos intensos, é chamado de Saturação Magnética.
• A Permeabilidade Magnética de um material é uma medida da facilidade com que as
linhas de campo podem atravessar um dado material. Podemos entender a
permeabilidade magnética como um conceito similar ao conceito da condutividade
elétrica dos materiais.
• Oersted observou que uma corrente elétrica era capaz de alterar a direção de uma
agulha magnética de uma bússola. Todo condutor percorrido por corrente elétrica, cria
em torno de si um campo eletromagnético. Quando duas cargas elétricas estão em
movimento manifesta-se entre elas uma força magnética além da força elétrica (ou
força eletrostática).
• Os cientistas concluíram que, se uma corrente elétrica é capaz de gerar um campo
magnético, então o contrário é verdadeiro, ou seja, um campo magnético é capaz de
gerar corrente elétrica.
• Fenômenos eletromagnetismo
I. Condutor percorrido por corrente elétrica produz campo magnético;
II. Campo magnético provoca ação de uma força magnética sobre um condutor
percorrido por corrente elétrica.
III. Fluxo Magnético variante sobre um condutor gera (induz) corrente elétrica.
• Campo magnético gerado por um condutor retilíneo: Uma corrente intensa produzirá
um campo intenso, com inúmeras linhas de campo que se distribuem até regiões bem
distantes do condutor. Uma corrente menos intensa produzirá poucas linhas numa
região próxima ao condutor
• Campo Magnético gerado no centro de uma Espira Circular: Um condutor em forma
de espira circular quando percorrido por corrente elétrica é capaz de concentrar as
linhas de campo magnético no interior da espira. Isso significa que a densidade de
campo magnético resultante no interior da espira é maior que a produzida pela
mesma corrente no condutor retilíneo.

Você também pode gostar