Você está na página 1de 2

PORTARIA Nº 518 (ANVISA):

Aprova Normas e Padrão de Po-


tabilidade da Água Destinada ao
Consumo Humano.

JOGUE LIXO NO LIXO!!!!!!


De acordo com a portaria da A- UNEB
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA
gência Nacional de Vigilância
LABORATÓRIO DE MICROBIOLOGIA
Sanitária (ANVISA), nº 518, de 25 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO
de março de 2004, para que á- TEIXEIRA DE FREITAS — CAMPUS X
gua seja considerada boa para o CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (LICENCIATURA)

consumo, deve ser: insípida, i-


nodora e sem sabor, cujos parâ-
metros microbiológicos, fisioló-
gicos, químicos e radioativos a- ANÁLISE DA ÁGUA
tendam ao padrão de potabilida-
de e que não ofereçam riscos à
UNEB DAS ESCOLAS
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA
saúde. Os parâmetros de colifor- LABORATÓRIO DE MICROBIOLOGIA Veja o que você pode fazer
mes totais e termotolerantes pa- DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO
TEIXEIRA DE FREITAS — CAMPUS X
para ter uma água mais
ra a potabilidade da água são:
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (LICENCIATURA) saudável!!!

AUSÊNCIA DE COLI- PRODUÇÃO DO FOLDER:


Sob o aspecto da Saúde Pública a água que
Tereza Cecília Santos da Luz
FORMES TOTAIS E ingerimos deve estar isenta de contaminação
por microrganismos causadores de doença.

TERMOTOLERANTES ORIENTAÇÃO E REVISÃO:


EM 100 mL DE ÁGUA. Prof. M. Sc. Jorge Luiz Fortuna
Teixeira de Freitas—BA
2008
Existe um microrganismo conhecido co- 1) Cuidado com rios, poços e ma- E como saber se a água
mo Escherichia coli (E. coli), pertencente que eu bebo está conta-
nanciais: minada com impurezas
ao grupo Coliforme, que ao contaminar a e bactérias???
• Não eliminar lixo e/ou entulhos na
água que ingerimos podem causar da-
nos à nossa saúde como: diarréia, febre, beira dos rios, poços e mananci-
vômito, dores abdominais. ais;
• Eliminar os despejos humanos de
forma adequada (esgoto).

2) Cuidado com o armazenamento


e estocagem:
Os métodos utilizados para detectar contaminação
• Limpar e desinfetar canos, caixa na água são aplicados pela empresa de abasteci-
d’água e vasilhames onde a água mento de água da nossa cidade.
Porém, a água pode sofrer novas contaminações
é guardada. ao passar pelos canos de distribuição e/ou ao ser
armazenada nas caixas d’água. Por isso, a cada 6
meses deve ser feita uma limpeza na caixa d’água
3) Cuidado com a manipulação: seguindo os passos abaixo:
A E. coli é o mais especifico indicador
• Manter os bebedouros limpos e • Esvazie a caixa d’água;
de contaminação fecal e eventual pre-
com a manutenção em dia; • Escove bem as paredes e o fundo com uma
sença de organismos patogênicos, uma escova (que não pode ser de aço);
vez que esta bactéria é exclusiva do in- • Manter a higiene das pessoas que • Lave a caixa com um jato de água forte;
testino humano e dos outros animais. manipulam a água e os alimentos • Com um pano limpo, espalhe uma solução de
Para que a água e os alimentos que con- água e cloro (1 litro de cloro para 5 litros de á-
• Usar métodos higiênicos na produ-
sumimos não sejam contaminados com gua) por toda a caixa e deixe por 40 minutos;

E. coli, é preciso tomar algumas medidas


ção e preparação dos alimentos. • Esvazie a caixa e deixe a solução escorrer pelos
canos para que estes seja desinfetado também.
preventivas:

Água é vida!
Mas só se for livre de contaminação!!!