Você está na página 1de 2

PROJETO DE LEI Nº 432/2011

EMENTA:
DETERMINA PROCEDIMENTOS QUANDO
DA REALIZAÇÃO DE OBRAS EM
RODOVIAS ESTADUAIS, CONFORME
PRECEITUA O CÓDIGO NACIONAL DE
TRÂNSITO E DÁ OUTRAS
PROVIDÊNCIAS.
Autor(es): Deputado ANDRE CECILIANO

A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO


RESOLVE:
Art. 1º - Toda obra a ser realizada em rodovias estaduais deverá ser
amplamente divulgada para a população através dos veículos de comunicação
disponíveis, com antecedência mínima de 48 horas, conforme preceitua o
parágrafo 2º do artigo 95 da Lei 9503/97 (Código Nacional de Trânsito).

Art. 2º - O anúncio determinado no caput do artigo primeiro deverá esclarecer


sobre o tipo da obra, o período de sua realização, assim como as vias
alternativas que poderão ser utilizadas para diminuir o transtorno causado pela
obra.

Art. 3º - Sempre que for necessária a utilização de qualquer obstáculo ao


trânsito ou redutor de velocidade no local da obra, deverá a autoridade
responsável pela mesma afixar, ao longo da via, sinalização adequada e
suficiente para evitar qualquer tipo de acidente, conforme preceitua o artigo 95
da Lei 9503/97 (Código Nacional de Trânsito).

Art. 4º - A inobservância das normas previstas nesta Lei acarretará obrigação


de indenizar cada usuário prejudicado, conforme preceitua o parágrafo 3º do
artigo 95 da Lei Federal 9503/97 (Código Nacional de Trânsito).

Art. 5º - O funcionário público que der causa ao descumprimento da presente


Lei será punido na forma estabelecida na regulamentação da mesma,
conforme preceitua o parágrafo 4º do artigo 95 da Lei 9503/97 (Código
Nacional de Trânsito).

Art. 6º - Fica o Poder Executivo autorizado a baixar normas regulamentares à


presente Lei no prazo de até 90 dias, após sua publicação.

Art. 7º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as


disposições em contrário.

Plenário barbosa Lima Sobrinho, 10 de maio de 2011.

ANDRÉ CECILIANO
DEPUTADO ESTADUAL
JUSTIFICATIVA

Atualmente, com o processo de privatização de rodovias e obras de arte


municipais, estaduais e federais, ficam as empresas concessionárias obrigadas
a realizar obras de melhoramento, expansão e de manutenção dessas vias
públicas. Assim, é forçosa a interrupção ou desvio do trânsito, como tem
acontecido, causando transtorno aos usuários, por falta de comunicação sobre
as vias alternativas. Assim, o presente projeto de lei estabelece normas para as
empresas concessionárias fiquem obrigadas a divulgar, com antecedência,
sobre os locais de interrupção do trânsito de veículos, duração do impedimento
e, principalmente, sobre as vias alternativas que deverão ser procuradas pelos
usuários. Esses usuários, ao se sentirem prejudicados, deverão procurar seus
direitos com base na Lei Federal 9503/97 – Código Nacional de Trânsito,
independentemente do causador do dano ser de âmbito municipal, estadual ou
federal, pois se trata de legislação nacional que estamos, agora, tratando de
trazer para o âmbito da legislação estadual e que deverá ser seguida pelos
municípios interessados.