Você está na página 1de 3

RGN NA PRIMEIRA REPÚBLICA

Primeiro lampejo de republicanismo aconteceu em 1817 por Carta


enviada por fazendeiros e ex-vice-presidentes da provincia
O início da propaganda republicana no RGN se deu pelo jornal Jaguarari
no ano de 1951
Após esse fato, surge a revista “Eco Miguelinho” de 1873
A República é o jornal oficial do partido e que passa a propagar as ideias
republicanas.
Fundação do partido republicano em Natal foi em 1889, e líder do
movimento é Pedro Maranhão
Não teve reação da população, que parecia não saber o que acontecia ou
tinha medo do contra-ataque da monarquia.
Pedro velho ficou pouquissimo tempo, até ser subtituido por Alfredo
Gordo.
Este fato gerou passeatas de protesto e conspirações contra o novo
governador, enquanto isso Pedro velho conquistou cadeira para deputado
federal.
Quando no ano de 1892 assumiu legalmente como governador do RGN
Pedro Velho era oligarca do açucar e sal no litoral do Estado e sempre pôs
os interesses pessoais da oligarquia a frente do partido
Pedro Velho, Augusto Severo e Alberto Maranhão eram irmãos
Pedro conseguiu fazer com que Augusto fosse deputado e Alberto
secretário, e que mais tarde governaria o Estado.
Como governador Alberto Maranhão proporcionou o incentivo a cultura
literária como artistica
Alberto fundou o teatro Carlos gomes em 1904
Alberto Maranhão convidou Rui Barbosa para defender a região de
Grossos que iria ser incorporada ao Ceará
Foi eleito deputado federal novamente e em 1908 voltou ao cargo de
chefe de governo estadual onde implantou os bondes elétricos, hospital,
implantou a luz e o asilo.
Podemos considerar três principais pontos no governo de Alberto:
1. Procurou imortalizar seus parentes
2. Monopolizou setores da economia para beneficiar parentes e
amigos
3. Inovou o Estado com dinheiro emprestado
Tavarés de lyra entra nesse interim entre os dois mandatos de Alberto
Maranhão. Foi grande estudioso e que trouxe primeiro bando do estado,
iniciou a construção da estrada de ferro.
José da Penha foi aquele que tentou combater a oligarquia de Pedro
Velho, no entanto, apesar de contar com o apoio da população, viu o
candidato que escolhera não se candidatar para o cargo de governador,
por isso foi embora do RGN.
Ano de 1920 outra oligarquia chega ao Poder no estado. Os Bezerra de
Medeiros, oligarquia do interior do Seridó, que eram atuantes no ramo da
pecuária e algodão.
Jose algusto era o governador do RGN quando lampião passou pelas
cidades do estado, mas para sua infelicidade quando chegou a mossoró foi
recebido a tiros pela policia e pela prefeitura de Rafael Fernandes.
Coluna prestes – 1920
Foi um movimento tenentista
Insatisfeito com a primeira República
Liderado por Carlos Prestes
Adesão de militares de baixa patente
Contou com apoio popular, pois:
Queria voto secreto
Queria acabar com a política de vizinhança entre estados e governo
federal
Queria promover a educação
Acabou em 1927
No RGN quem comandava era Augusto de Medeiros
Os tenentistas passaram pela cidade de Luiz Gomes mas houve contenção
por parte das forças policiais, os rebeldes foram para Paraíba.

Você também pode gostar