Você está na página 1de 78

Revista SOS Mulher 1

ÍNDICE
Palavras do Presidente ..................................................... 3

Editorial ...................................................................................... 4

Rota do Discipulado .......................................................... 5

Logomarca do Ministério da Mulher ....................... 6

Planejamento 2022 ............................................................ 7

Ênfases Para o Quinquênio ........................................... 10

Ministério da Recepção ................................................... 24

Cartilha SOS Mulher .......................................................... 28

EXPEDIENTE Projeto Mulher Fiel ............................................................. 36

Administração: Questionário Necessidades das Mulheres ......... 71


Pr. Moisés Silva - Presidente
Pr. Jairo Anjos - Tesoureiro
Relatório Recepção ............................................................ 72
Pr. Éveron Donato - Secretário

Relatório de Atividades do MM .................................. 73


Coordenação:
Rosário Silva - MM Líderes do Ministério da Mulher ................................ 74

Secretária:
Jaqueline Trabuco

Projeto Gráfico:
Neide Lima
Palavras do
PRESIDENTE Conheçam
, o Tempo
“Não dizeis vós: Ainda há quatro meses até que venha a ceifa?
Ora, eu vos digo: levantai os vossos olhos, e vede os campos, que já
estão brancos para a ceifa.” João 4:35

G
osto de ver a previsão do tempo no  65,51% dos membros estudam a Bí-
dia anterior às viagens que faço, es- blia e a lição da Escola Sabatina;
pecialmente as viagens de avião. Isso  2,4% é média de estudos bíblicos
para saber se o tempo estará claro e aberto ou por PG.
tempo fechado, com chuvas e relâmpagos.
O primeiro cenário indica uma viagem mais Em 2022, nossos olhares estarão para a
tranquila, já o segundo indica turbulências. maior mobilização de nossa história. Sonha-
Quando Jesus esteve aqui na Terra, Ele mos com nosso povo trilhando a rota do disci-
advertiu as pessoas contra o perigo de co- pulado. É um movimento bíblico que produz
nhecerem as estações, mas não conhecerem cristãos fiéis e envolvidos na missão.
o tempo oportuno que havia chegado. Isso Acompanhe a proposta discipuladora
quer dizer que podemos estar preocupados para o território da União Nordeste Brasileira
com a metereologia, férias, veraneio, compras (PI, CE, RN, PB, PE e AL):
e vendas, porém com a última colheita da Ter- 2 mil novos líderes de Pequenos Grupos;
ra estamos desavisados ou indiferentes. Como 75% dos membros sendo adoradores fiéis;
alguém disse: “mais preocupados com o fim 75% dos PGs com ministérios na comu-
de semana do que com o fim do mundo”. nidade;
Aprendemos com a pandemia que os 120 mil estudos bíblicos;
templos podem estar abertos ou fechados, 30 mil novos conversos.
mas isso não pode afetar o desenvolvimen-
to da nossa fé. A nossa fidelidade é inego- Acompanhe a Rota do Discipulado em
ciável. Por essa razão, a Igreja no Nordeste sua Associação (Missão), igreja e no seu
cresceu em diversos aspectos, no cenário pequeno grupo. Não estamos em um pi-
mais difícil de nossa geração: que-nique, estamos em guerra. Em breve
 Temos 55,98% dos PGs com um líder a fumaça cinzenta desse mundo sairá e
associado se preparando para multiplicar; poderemos visualizar “um novo Céu e uma
 48,86% dos PGs possui um ministério Nova Terra, onde habita justiça”.
na comunidade; Os campos estão brancos para a colhei-
 66,45% dos PGs estão integrados ta, quem dirá “eu vou?”. Junte-se a nós nes-
com a Escola Sabatina; sa rota de discipulado e poderemos sonhar
 2,14 é a média de não adventistas em com a volta de Jesus em nossa geração.
nossos PGs;
Pr. Moisés Silva
Presidente - UNeB

Revista SOS Mulher 3


EDITORIAL

T
odos nós reconhecemos o valor e a importância das escolhas.
Elas determinam a direção da nossa vida. Nossos sonhos es-
tão pautados nas escolhas que fazemos. Ame cada parte do
caminho que você escolheu. Se esforce para que esse caminho seja
de bênçãos, de realizações.
Nem sempre temos a vida que sonhamos, mas podemos sonhar
durante toda a nossa vida. Quando mantemos o foco naquilo que
essencialmente precisamos fazer, conquistamos as vitórias e as bên-
çãos acabam surgindo a qualquer momento.
Os sonhos fazem parte da nossa vida e nos levam sempre a alcançar
objetivos que nos fazem felizes, realizados. É a força motivadora que nos
mantém firmes na luta por aquilo que acreditamos. Na luta pelos so-
nhos realizados, seu exemplo será contado com orgulho, traduzindo sua
fé, determinação, foco, entusiasmo, persistência.
As grandes vitórias estão nas mãos de verdadeiros lutadores!
Deus pode te capacitar.
A vida não irá te surpreender com resultados positivos de manei-
ra inesperada. Faça a sua parte, consagre ao Senhor tudo que você
planeja fazer!
2021, um ano para virarmos a página e reconstruir sonhos.
Para alguns, o momento ainda inspira instabilidade, devido à
pandemia do Corona Vírus. Vamos persistir em nossos sonhos. Avan-
cemos pela fé!
Apesar das limitações, os isolamentos sociais, as perdas decor-
rentes, o medo, a depressão, a angústia de alma, a vida não foi pe-
nalizada. O tempo não parou. Os desafios, lutas e conquistas foram
constantes. A Igreja de Deus alcançou boa parte de suas metas, e,
tudo isso, porque o trabalho colocado nas mãos de homens e mu-
lheres foram consagrados a Deus. Quantos milagres testemunha-
mos! Como é bom sentir a Mão de Deus atuando poderosamente!
Quais são seus sonhos pessoais, familiar, profissional, espiritual
para 2022?
Os sonhos de Deus para a nossa vida são incomparáveis e não há
nada mais gratificante e maravilhoso do que viver esse sonho ou
projeto vindo de Suas Mãos. Deus nos inspira, nos transforma, nos
capacita e molda todo o nosso ser.
Consagre a Deus tudo o que você faz. Nunca desista dos seus so-
nhos, pois você é a única pessoa no mundo capaz de realizá-los!

[Profa. Rosário Costa


Ministério da Mulher - UNeB

4 Revista SOS Mulher


Revista SOS Mulher 5
LOGOMARCA
DO MINISTÉRIO DA MULHER

O que ele significa?


A imagem da logo representa alguns dos
objetivos do MM.

As mulheres
de todas as
As mulheres As mulheres com um livro
idades. que representa a Bíblia, como
trabalhando
base para o crescimento
juntas.
espiritual, tanto o aprendizado
individual ou ensinando a
outras; o livro pode representar
As mulheres de
também literaturas de interesse
diferentes origens e das mulheres e que as auxiliam
etnias. em seu crescimento pessoal e
de liderança.

As mulheres
apoiando e cuidando umas das
outras; juntas representam uma
parte importante da Igreja que
pode fazer a diferença.

6 Revista SOS Mulher


PLANEJAMENTO
MINISTÉRIO DA MULHER
2022
Filosofia
O Ministério da Mulher crê que cada uma é chamada
a conhecer Jesus como seu Salvador e a usar seus
dons para servir como discípula no lar, na igreja e na
comunidade.

Missão
O Ministério da Mulher existe para manter, encorajar, desafiar e
capacitar a mulher adventista do sétimo dia em sua caminhada
diária como discípula de Jesus Cristo e como membro da Igreja.

Propósito
Motivar a mulher a alcançar o pleno potencial em Cristo,
capacitando-a a aprofundar a vida espiritual e a colocar a fé
em ação ao empregar os dons no serviço cristão, tornando-se
parte significativa na pregação do evangelho.

Objetivos:
1. Capacitar a mulher a aprofundar sua fé, crescer e a renovar-se espiritualmente.
2. Dignificar a mulher como pessoa de valor inestimável em virtude de sua criação e redenção.
3. Unir-se e cooperar com outros departamentos, ministérios e serviços da Igreja para atender
às necessidades das mulheres.
4. Expressar a visão feminina sobre os vários assuntos de interesse da Igreja nos diversos corpos
deliberativos da instituição.
5. Ampliar as oportunidades que a mulher tem de prestar um serviço cristão dinâmico e
desafiá-la no cumprimento da missão global da Igreja e a usar seus dons para complementar
os talentos dos demais.
6. Motivar, treinar e capacitar as diretoras do MM.

Revista SOS Mulher 7


EU VOU é um chamado a todos os
membros da Igreja Adventista do Sétimo
Dia para fazer parte do envolvimento
total dos membros. É um apelo para
mobilizarmos nossos recursos de maneira
eficiente e produtiva, para sermos flexíveis
e para respondermos ao chamado de Deus
colocando de lado nossos próprios planos e
seguir em qualquer direção que Ele desejar.

Integrado ao programa global da Igreja


mundial, assim como na América do Sul,
o Ministério da Mulher na DSA propõe
que todos os projetos e programas se
desenvolvam de modo a fortalecer a
visão do: “EU VOU”. No caso do MM
acrescentamos: “EU VOU ALCANÇAR O
MEU MUNDO” através da Comunhão,
Relacionamento e Missão”.

Alcançar o nosso
mundo é tocar o coração e
a vida de alguém do nosso
círculo de influência, seja
em nossa própria família,
Alcançar o nosso mundo é
na igreja, entre amigos,
mostrar e compartilhar as
vizinhança, local de
boas novas do Salvador,
trabalho ou estudo, etc.
levando estas pessoas a
serem discípulas de Jesus.

8 Revista SOS Mulher


A declaração de missão do Ministério
da Mulher enfatiza que, como líderes, so-
mos chamadas a ajudar a cada irmã a:
 crescer como pessoa;
 aprofundar o seu relacionamento
com Deus;
 ser relevante na vida do próximo e
sociedade;
 concentrar tudo o que aprender na
divulgação do evangelho para todas as
pessoas onde quer que elas estejam, sem
distinção de raça, cultura, idioma ou sexo
e, assim, ser uma discípula ativa no Cada
Um Salvando Um.

Cada uma de nós é chamada primeiro


a aceitar o dom da salvação que Deus tão
livremente nos ofereceu, depois a viver a
cada dia permitindo que o amor de Cristo
flua através de nós e, finalmente, estender
a mão, tocar e fazer a diferença em nosso
mundo com esse amor.

Eu irei alcançar meu mundo. E você?

Se nos unirmos em propósito e alcan-


çarmos nossos mundos individuais, alcan-
çaremos juntas o mundo inteiro.

“Então ouvi a voz do Senhor


dizendo: Quem enviarei? E
quem irá por nós? E eu disse:
Aqui estou. Envie-me!” Isaías 6:8.

NIV (Um chamado para as mulheres da Igreja Adven-


tista do Sétimo Dia por Heather-Dawn Small, diretora
mundial do Ministério da Mulher).

Revista SOS Mulher 9


ÊN
FA para o próximo
SES Quinquênio

ÊNFASE INTEGRAÇÃO AÇÕES


1. Cada mulher  Ministério da Mulher  Vídeos motivacionais
participando ativamente  Escola Sabatina  Lição solidária
da Escola Sabatina,  Ministério Pessoal  Projeto Maná
matriculada em uma  Pequenos Grupos  Devoção Pessoal
Unidade de Ação,  Mordomia  Momentos de Oração
estudando a lição pessoal/intercessora
da Escola Sabatina e
participando de um PG.
2. Mais mulheres  Ministério da Mulher  Projeto SOS Mulher
atendendo a interessados  Ministério Pessoal  Promoção da Bíblia Mis-
com estudos, utilizando sionária para mulheres
a Bíblia Missionária para  Chá Entre Amigas
mulheres.  Pequenos Grupos
3. Mães integrando,  Ministério da Mulher  Revista Reparando Brechas
cuidando e desafiando  Ministério da Criança/Mi-  Vídeos de como realizar
os filhos para o nistério do Adolescente o culto familiar
cumprimento da missão  Lar e família  Projeto Maná
e Discipulando-os através
do culto familiar.
4. Intensificar a liderança  Ministério da Mulher  Módulo do Curso de
espiritual e missionária  Ancionato Liderança para as direto-
do ancionato,  Ministerial ras de igreja
capacitando mulheres  Revista do Ancionato
que são líderes na igreja e
esposas de anciãos.

10 Revista SOS Mulher


ÊN para o próximo
FA Quinquênio
SES COMUNHÃO
*Todos os projetos e atividades do Ministério da Mulher devem estar, preferencialmente, in-
tegrados a outros departamentos da Igreja. Ganhamos força e sinergia quando trabalhamos
integrados.

*Para cada ênfase devem ser estabelecidas metas que tornem possível avaliações trimestrais.

PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS


*DATAS ATIVIDADES
DEVOÇÃO • Conscientizar • Acompanhar o guia • Bíblia
PESSOAL - ESTUDO sobre a impor- do Ano Bíblico + Espí- • Lição da Escola
DA BÍBLIA tância de buscar rito de Profecia Sabatina
diariamente o • Compartilhar vídeos • Livros do Espíri-
* Ao longo do ano alimento espiri- do RPSP (Reavivados to de Profecia
tual através do Por Sua Palavra) nos • Caderno de
estudo da Bíblia, grupos das líderes do Anotações
da lição da Esco- Ministério da Mulher/ • Aplicativo RPSP
la Sabatina, da campos/igrejas. (Reavivados Por
leitura do Espíri- • Compartilhar vídeos da Sua Palavra)
to de Profecia e Meditação da Mulher.
da Meditação da • Incentivar o compar-
Mulher. tilhamento de experi-
• Incentivar a dedi- ências pessoais obti-
cação da primei- das através da leitura
ra hora do dia da Bíblia.
para estar na pre- • Disponibilizar ferra-
sença de Deus. mentas de apoio ao
estudo da Palavra
de Deus, através do
META: Mais mu- whatsApp, Ex: Co-
lheres buscando mentário Bíblico Ad-
primeiro Deus. ventista, Seminários,
lives, Projeto Bible
Journaling.

Revista SOS Mulher 11


PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS
*DATAS ATIVIDADES
ESCOLA • Estimular a • Compartilhar vídeos
SABATINA+ assinatura daLES motivacionais para o
PROJETO MANÁ • Encorajar as mães estudo diário.
aassinarem a Lição • Criar posts de
* Ao longo do ano da escola Sabatina mensagens e frases
para cada filho e da lição da Escola
realizarem o culto Sabatina para as
familiar. redes sociais.
• Motivar a • Promover o projeto
participação em “Amigo Solidário” da
uma unidade de Lição da Escola Sabatina.
Ação/PG. • Incentivar a
participação no Bom
META: Mais de Lição.
mulheres • Enviar (para as que são
matriculadas em mães) os vídeos: “Como
unidades da a bússola o é ao polo,
Escola Sabatina, apresentado por Cuca
participando de Lapalma (Disponível
um PG, assinando e no YouTube).
estudando a lição • Incentivar o projeto
da Escola Sabatina. Reparando Brechas
MF/MC/MA

12 Revista SOS Mulher


PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS
*DATAS ATIVIDADES
SEMPRE EM • Engajar o • Escolher uma coordenadora para Livreto “Sempre
o Ministério de Oração da igreja.
ORAÇÃO máximo de • Ter um planejamento das em Oração”
pessoas, incluindo atividades que serão realizadas
nos encontros semanais.
* Ao longo do ano as novas gerações, • Organizar um grupo de
na formação do oração com reuniões
semanais em cada templo,
hábito pessoal com horários flexíveis de
e familiar de acordo com a programação
estabelecida pela igreja.
conversar com
• Usar o material Sempre em
Deus e de Oração em cada reunião de
interceder pelos oração.
• Estimular a formação
outros. de grupos de oração
• Ter mais famílias permanentes: Mães,
Esposas, Amigas e membros
desenvolvendo intercessores.
o Ministério de • Motivar os grupos do Ministério
de Oração para interceder pelas
Oração nos lares, necessidades da igreja como:
com os filhos. projetos especiais, famílias, filhos,
pessoas enfermas e projetos
• Implementar missionários que serão realizados
em cada igreja durante ano, pessoas que estão
estudando a Bíblia, etc.
um Ministério
• Ter um caderno para anotar
de Oração os pedidos e a gratidão pelas
intercessora ativo, bênçãos do Senhor (Agenda
Jesus e Eu)
contando com • Apresentar seminários nas
pelo menos um reuniões do MM, Reuniões de
Anciãos sobre a importância
grupo de oração do ministério de Oração.
permanente por • Além das reuniões semanais
nas igrejas, os grupos
congregação. de intercessores podem
atender nas casas de pessoas
afastadas, enfermas ou com
problemas familiares.
META: Um grupo de • Promover um Ministério de
Oração pelos filhos que estão
oração permanente
afastados.
por igreja • Promover 10 dias de oração
antes de cada celebração
que a igreja realizar. Ex: 10
Dias de Oração, Semana
Santa, Impacto Esperança,
Evangelismo de Colheita,
Quebrando o Silêncio, Sábado
Missionário da Mulher.

Revista SOS Mulher 13


PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS
*DATAS ATIVIDADES
10 DIAS DE ORAÇÃO • Apoiar e colaborar • Jornada 10 Dias Revista 10 Dias de
10 a 19/02 com a equipe de Oração: “O Oração e 10 Horas
de líderes para a Chamado dos Três de Jejum
realização dos 10 Anjos à Oração.”
dias de oração. • Programação dos
• Coordenar as 10 “10 Dias de Oração”,
horas de jejum. com a participação
• Interceder por 5 dos amigos e
amigos a quem famílias.
deseja oferecer • Agenda ou cartão
estudos bíblicos. de oração.
• Realizar diferentes • Registrar todos os
atividades para pedidos especiais
fortalecer o em um caderno e
programa. celebrar as orações
respondidas.
• Primeiro sábado - 10
META: 100% das horas de jejum.
igrejas envolvidas. • Último sábado -
celebração.
QUARTAS DE • Fortalecer a frequên- • Realizar os cultos, Livreto Sermões
PODER cia nos cultos de ora- preferencialmen- Quartas de Poder
ção às quartas-feiras. te, na última quar-
* De janeiro • Oportunizar o de-
ta-feira de cada
a dezembro, senvolvimento dos
mês.
dons e talentos das
preferencialmente, • Organizar uma
mulheres que par-
na última quarta-
ticipam pregando, escala de prega-
feira de cada mês
dirigindo o louvor, dores, cantores e
momentos de ora- todos envolvidos
ção e etc.. no programa para
• Aprofundar o co-
que o culto seja
nhecimento bíblico,
inspirador.
estimulando o espí-
rito de gratidão e o
• Motivar os mem-
testemunho. bros a convidarem
amigos.
• Usar os testemu-
META: 100% das igre- nhos do material
jas envolvidas. de apoio.

14 Revista SOS Mulher


PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS
*DATAS ATIVIDADES
RETIRO ESPIRITUAL • Fortalecer a vida • Organizar um Revista 10 Dias de
espiritual buscando encontro presencial Oração e
*Ao longo do ano o batismo do ou virtual, convidar 10 horas de jejum
Espírito Santo, palestrante e prover
através da busca o material para cada
pessoal. participante.

MULHER FIEL • Desenvolver a fide- • Lançar o projeto Folder – Revista SOS


lidade nas quatros para as mulheres Mulher
*Ao longo do ano áreas da vida: Tem- da igreja e desafiá-
po, Talento, Templo las a cumprirem os
e Tesouro. desafios e requisitos
do cartão Mulher Fiel.
META: Mais mulhe- • Apresentar
res fiéis. Estabelecer seminários sobre
meta de alcance, se- Fidelidade nos
gundo o projeto para encontros de líderes
cada região. e congressos do MM

A EXPERIÊNCIA DO • Resgatar a guarda • Proporcionar às famí- • Seminários no


SÁBADO sábado como lias a oportunidade de Youtube
princípio do estilo desenvolverem o hábito • Seminários

*Ao longo do ano de vida adventista, de preparar a mesa aos presenciais


preparando a casa sábados de forma dife- • Caixinha para
e o coração de toda rente dos demais dias quebra-gelo
família para as da semana, consideran- • Pote da Gratidão
bênçãos especiais do a importância do dia • Leitura de livros:
desse dia. para a união do lar. “A Experiência da
• Promover seminários Mesa” e “Estarei
sobre o preparo da casa, Pronta no Sábado”.
da família e do culto de
pôr do sol.
• Oferecer oficinas de
mesa posta.
• Incentivo semanal do
tema nos grupos.
• Utilizar dinâmica para
os cultos e refeições à
mesa: Caixinha para
quebra gelo, pote da
gratidão.

Revista SOS Mulher 15


Materiais COMUNHÃO

Aplica
tivo R
PSP

Livreto Sempre
em Oração
a
is sionári
Bíblia M

Revista 10 D
ias de Poder e 10 D
ias de Oração

Sermões Quartas de Poder

Maná
Projeto

Livro Est
arei Pron
ta no Sá
bado
ulhe r Fiel
Projeto M
Experiência da
Mesa

16 Revista SOS Mulher


ÊN para o próximo
FA Quinquênio
SES RELACIONAMENTO
Objetivo Geral: Oportunizar relacionamentos
saudáveis na igreja, na família e na comunidade.

PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS


*DATAS ATIVIDADES
• Incentivar a vida • Em parceria com o Ministério Pessoal • Lição de
em comunidade e Escola Sabatina (MIPES), motivar a Pequenos
através de uma participação em um pequeno grupo Grupos
PEQUENOS rede de conexões e que este esteja, preferencialmente, (MIPES)
GRUPOS com os pequenos integrado a uma Unidade de Ação.
*Ao longo grupos como • Convidar amigos e interessados para os
do ano estilo de vida para encontros dos PG’s.
o discipulado. • Desenvolver ações sociais solidárias
• Fortalecer os laços
de amizade entre
amigas, irmãos e
convidados.
• Proporcionar o
conhecimento dos
valores e verdades
cristãs.
• Orientar e cons- 2022 - Celebração pelos 20 anos do • Revista Adulto
cientizar a comu- Quebrando o Silêncio. • Revista Infantil
nidade e a igreja • Tema Sugestivo: “Violência Psicológica • Revista Teen
QUEBRANDO sobre a problemá- no Âmbito Familiar”. • Sermão
O SILÊNCIO tica do abuso. • Planejar ações do Quebrando o Silêncio • Flyer
27/08 • Fortalecer a ao longo do ano e não apenas no 4º • Campanha digital
família, a igreja e sábado de agosto. (cartaz, banner,
as escolas como • Envolver toda a igreja, especialmente outdoor)
ambientes de MC, MA, MF, Aventureiros, • Arte para
proteção e amor. Desbravadores e Educação Adventista. camiseta
• Organizar atividades de serviço à • Vídeos
comunidade atendendo escolas
públicas, fóruns, feiras com assistência
profissional e orientações para as vítimas.
• Realizar parcerias com os órgãos
públicos para oportunizar um melhor
acolhimento à vítima.
• Potencializar o Ouvido Amigo.

Revista SOS Mulher 17


PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS
*DATAS ATIVIDADES
• Prevenir • Palestras Lares de Esperança • Folders
doenças e • Parceria com hospitais • Vídeos
OUTUBRO incentivar especializados em câncer ou • Artes para posts
ROSA o cuidado organizações para ajudar mulheres em redes sociais
*Mês de a saúde da ou famílias com câncer.
mulher. • Desafio Superação – Corrida Virtual
Outubro
• Ser solidário e Solidária.
e ajudar • Evangelismo Rosa – Saúde física,
mulheres com emocional, espiritual
câncer. • Chás Entre Amigas
• Feira de Saúde
• Implementar • 29 seminários gravados prontos • Vídeo aulas
o Curso de para serem disponibilizados gravadas
CURSO DE Liderança para num formato de curso de • Quizz para cada
LIDERANÇA Mulheres. complementação on-line. aula
*Ao longo do • Capacitar • Planejar o cronograma de início. • Certificado
para o exercí- • Organizar uma cerimônia de • Reunião zoom
ano
cio eficiente Graduação com entrega de ou presencial
na liderança Certificado, promovida para o quizz,
eclesiástica e pela próprio Campo. através do
administração Google Forms.
da própria vida.

18 Revista SOS Mulher


PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS
*DATAS ATIVIDADES
• Ter atitude discipuladora • Coordenadoras
PASTOREIO E através da visitação. distritais visitando
DISCIPULADO • Incentivar a visitação líderes das igrejas.
sistemática aos necessitados
Coordenadora e amigos.

Distrital

• Prestar um serviço gratuito • Elaborar o projeto


de escuta acolhedora para que contemple
OUVIDO pessoas em situação de vul- uma escuta com
AMIGO nerabilidade. profissionais habilitados
• Engajar psicólogos volun- e cadastrados.
tários para ouvir desabafos, • Definir plataforma
* Ao longo do
ansiedades e preocupações, e estratégias de
ano
oferecendo atenção emer- atendimento.
gencial a
essas pessoas.

Revista SOS Mulher 19


Materiais RELACIONAMENTO

Quebrando
M y Stile o Silêncio
Lição PG

Outubro Rosa
a
Lideranç
Curso de

Projeto Ouvido Am
igo

20 Revista SOS Mulher


ÊN para o próximo
FA Quinquênio
SES MISSÃO Objetivo Geral: Desenvolver o espírito missionário de
Jesus em cada mulher para que discipule a outros,
conforme seus dons.

PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS


*DATAS ATIVIDADES
• Envolver mais • Instrutoras bíblicas individuais. • Bíblia
mulheres como • Classes Bíblicas dirigidas por Missionária
SOS Mulher instrutoras mulheres. • Curso bíblico
bíblicas • Participação ativa em Duplas para mulheres.
*Ao longo do trabalhando Missionárias. • Folheto
ano para levar • Chás Evangelísticos realizados por Semeando
pessoas ao mulheres. Esperança.
batismo. • Estabelecer o alvo para o batismo • Cartões
• Incentivar do Sábado Missionário. para chás
cada mulher evangelísticos.
adventista a • Roupão de
escolher pelo batismo MM
menos uma
pessoa para
ser discipulada
durante o ano.

META: Estabelecer,
junto as líderes, um
alvo de batismo
para a Semana
de Evangelismo e
Colheita do MM.
• Promover uma • Livros Missionários distribuídos Livro – DSA “O
interação entre a como convite para a Semana Santa Convite”
IMPACTO igreja e a comu- • Palestras sobre o tema. Impressão CPB /
ESPERANÇA nidade. ACES
09/04 • Levar a mensa-
gem de espe-
rança a outras
mulheres e
famílias.

Revista SOS Mulher 21


PROJETO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS / MATERIAIS
*DATAS ATIVIDADES
SEMANA SANTA • Envolvimento na • Participação como pregadoras, líderes • Livreto
09-16/04 evangelização, ou anfitriãs de PG’s, recepção, louvor etc. “O Amor Vive”
através da Paixão • Convidar amigos para compartilharem
de Cristo. desses momentos especiais de
• Motivar para o evangelismo.
resgate de amigos
• Apresentar o
verdadeiro
sentido da Páscoa.

SEMANA DE • Promover uma • Estabelecer uma equipe de evangelis- • Manual de


EVANGELISMO interação entre a mo por igreja, envolvendo diferentes Evangelismo
E COLHEITA igreja e a comuni- departamentos para compor a equipe. • Folder 7 semanas
MM 28/05 dade. • Elaborar um cronograma/ para impactar sua
a 04/06 • Levar a mensa- Planejamento de atividades que igreja
(data sugestiva) gem de esperança contemple ações de semeadura, • Sermonário
a outras mulheres cultivo e colheita. • Convites e cartaz
e famílias. • Realizar capacitação para as mulheres • PPT’s
evangelistas e equipes de apoio. • Música tema
• Acompanhar o cronograma de ações, • Artes para redes
especialmente no que diz respeito a sociais
interessados estudando a Bíblia e a
pessoa que pregará durante a semana.
• Trabalhar com nomes de ex-membros
para resgatá-los nessa semana.

SÁBADO • Celebrar as ações • Organizar programa inspirador de • Sermão


MISSIONÁRIO realizadas no celebração e batismos no fechamento • PPT
DA MULHER primeiro semestre da semana de evangelismo e colheita
ADVENTISTA e a conquista de do MM.
04/06 pessoas para Jesus.

EVANGELISMO • Envolver as mu- • Estimular mães a discipularem seus • Pais de Esperança


SEMANA DA lheres na missão filhos sendo instrutoras bíblicas.
ESPERANÇA da Semana da
17 a 24/09 Esperança.

22 Revista SOS Mulher


Materiais MISSÃO
A o longo da vida
Eles expressa
, recebemos
m o anseio de
muitos convites.
alguém pela noss

GOLDSTEIN
presença. Pod a
em ser um símb
um vínculo fam olo material de
iliar, de uma
da importância amizade de
e do valor que longa data,
soa. Convites atribuímos a
também indic uma pes- CLIFFORD
dade. Os mel am afinidade GOLDSTEIN
hores convites e exclusivi-
aquecem o cora despertam sent
ção e muitas imentos,
tros inesquecíve vezes promovem
is. encon-
Este livro é um
convite, um cham
traduz de man ado à reflexão.
eira simples três Ele
você. Foi escr preciosas men
ito com os pés sage ns para
passado e aten no presente,
ção ao futuro. um olhar no
da atualidade Aborda questõe
e comunica uma s essenciais
poderosa men

O ÚLT IMO
esperança e supe sagem de
ração.
O Último Con
vite é um lanç
pode faltar na amento mundial
sua estante. que não
riente, apresent Escrito por um

CON VIT E
a informações autor expe-
e seus querido indispensáveis
s. para você
Leia. Estude. Com
partilhe!

CLIFFORD GOL
DSTEIN é edito
25 livros publ r e autor de
icados nos Esta
várias partes do dos Unidos e
mundo. em

UMA MEN
SAGEM DE
ESPERANÇ
A
Eventos Finais

ulheres
íblico Para M
ria Curso B
issioná
Bíblia M P3
Livro Mission
43860 – Capa Luxo

ário
– O último convit
e Bruna
Designer

O Último C
Editor(a) Coor. Ped.
C. Q. R. F. Custos

onvite
Sábado Mission
ário da Mulher
Adventista

S E R MÃO 2 0 2 2

s
e Amiga
Chá Entr

Sábado Mulher Missi


onária

Sema
na Sa
Livreto nta
O Am
or Vive

lheita
so de Co
Evangeli

Revista SOS Mulher 23


MINISTÉRIO DA
Missão
Transformar as congregações da Igreja Adventista do Sétimo
em Igrejas Acolhedoras que revelam a glória e o amor de Deus,
levando pessoas a Jesus por meio da simpatia, do interesse pes-
soal e do ensino bíblico.

Visão
“Se nos humilhássemos perante Deus, e fôssemos bondosos
e corteses e compassivos e piedosos, haveria uma centena de
conversões à verdade onde agora há apenas uma.” (Testimonies
for the Church 9:189.)

Objetivos
1. Capacitar líderes e equipes de recepção para que reconheçam a importância do
seu trabalho como um ministério que ama, acolhe, atende e acompanha e salva;
2. Levar os membros a compreender que a hospitalidade é marca do cristão e
ajudá-los no desenvolvimento de atitudes acolhedoras para com todos aqueles
que entram na casa de Deus;
3. Trabalhar em unidade e parceria com outros ministérios da igreja para que a
obra de receber e acolher se complete com a obra da intercessão, visitação e
ensino bíblico.

24 Revista SOS Mulher


Ações de Base (AB)  Ter um alvo anual de batismo para a re-
cepção.

 Liderança eleita pela comissão desvinculada  Orientar as equipes de recepção para o MC,

do MM na igreja local. MA e MJ.

 Trabalho de capacitação específico para lí-  Ter PG de crianças, PG de adolescente e PG

deres e equipes. jovem como líderes aprendiz.

 Plano de trabalho sistemático. (Ação Inte-  Trazer para o trabalho da recepção as pes-

grada). soas que foram batizadas por uma eequipe.

 Relatório da Recepção separado.  Integrar os membros batizados a um Pe-

 Ter um “Líder de Esperança ou Coordenador queno Grupo.

de PG” em cada Classe da ES.  Orientar as pessoas que foram batizadas

 Capacitar Recepção PG Kids/Teens e Jovens pela recepção para que estudem a Bíblia com

junto à Coordenação de Recepção. outras pessoas, com o apoio do seu PG.

 Cada líder e membro da equipe matricula-  Orações Intercessoras por toda a equipe e

do na escola sabatina e sendo um membro fiel. por todos que estarão conhecendo a Igreja.

 Unidade de Ação/ES = PG

Revista SOS Mulher 25


Ações Semanais (AS)  Repassar os pedidos de oração para o gru-
po de intercessão e encaminhar os nomes das

 Estar presente em todos os programas pessoas que solicitaram estudo bíblico para o

presenciais ou on-line e observar quem são Ministério Pessoal ou Coordenador de PG.

os visitantes.  Enviar o banner virtual com mensagens

 Ter cada líder e membro da equipe matri- motivadoras ou textos bíblicos de feliz sábado

culado na ES e participando de um PG. e feliz semana.

 Registrar o nome e contato telefônico do  Convidá-las para participarem das ações so-

visitante junto com o nome do membro que o ciais planejadas para a semana (Ex.: doações de

convidou. roupas, alimentos, visitas a orfanatos, asilos, etc).

 Verificar se o membro que convidou o amigo,


o está acompanhando e se o líder de esperança/
coordenador de PG da unidade da ES também Ações Mensais (AM)
está fazendo o mesmo acompanhamento.
 Repassar os nomes das pessoas que solici-  Verificar se o membro, “Líder de Esperan-
taram estudo bíblico para o Ministério Pessoal ça”, da unidade da ES, está acompanhando o
ou PG mais próximo do endereço do visitante. amigo que ali foi recebido.
 Enviar banner virtual com mensagens mo-  Enviar as mensagens de aniversário para
tivadoras ou textos bíblicos, de Feliz Sábado! e os aniversariantes do mês, e mensagens de
Feliz Semana! esperança e saúde.
 Entrar em contato com as pessoas agrade-  Feedback das ações realizadas – pontos a
cendo a presença. Se o culto for presencial, ofe- considerar
recer o cartão físico. Se for on-line, pode-se usar
o cartão virtual.
 Estar atento aos visitantes e aos que aten-
derem ao apelo, para anotar nomes e entrar
em contato posterior, fazendo um trabalho de
parceria com o MIPES ou PGs.
 Atuar em todos os programas de Batismo
com uma recepção especial.

26 Revista SOS Mulher


Ações Trimestrais (AT) AVALIAÇÃO

 Fazer reunião de avaliação do trabalho e 1. A recepção cumpriu as ações semanais?


do atendimento às pessoas incluindo o Minis- 2. A recepção cumpriu as ações mensais?
tério da Recepção, MIPES, PGs, Diaconato e 3. A igreja cumpriu as ações trimestrais?
Comunicação.
 Realizar o Dia da INTEGRAÇÃO

DIA INTEGRAÇÃO

1. Enviar o convite com as informações pelo Whatsapp


2. Conhecer mais de perto as famílias e visitantes
3. Realizar uma dinâmica
4. Apresentar a igreja – Visão Panorâmica – O que somos e o que fazemos
5. Testemunhar as vitórias
6. Mensagem para o coração/oração
7. Convite pessoal para estudar a Bíblia.
8. Socialização - alimentação

Revista SOS Mulher 27


CARTILHA

SOS M u l h e r
“Em Sua sabedoria, o Senhor
põe os que estão à procura
da Verdade em contato com
seus semelhantes que a
conhecem. É plano do Céu
que os que receberam a luz
a comuniquem aos que se
acham em trevas.”
AA, p 134

28 Revista SOS Mulher


APRESENTAÇÃO

A humanidade se encontra en-


volvida por um sentimento de
inquietação. Cada vez mais se faz ne-
O que as pessoas precisam?
Há sempre pessoas necessitando de
ajuda. Há sempre alguém precisan-
cessário que avancemos como mu- do de algo que você tenha a ofere-
lheres evangelizadoras em um mun- cer. Certamente existe um ministé-
do onde os conflitos se acentuam e a rio que combine com o seu talento,
necessidade urgente de salvação se seu dom e que atenda uma necessi-
torne uma realidade da qual nenhu- dade da comunidade.
ma de nós possamos fugir.

A fórmula é:

O que Deus DESEJA


+ seu DOM
+ a NECESSIDADE das pessoas
= MINISTÉRIO

Esta Cartilha de Treinamento serve como subsídio para o desenvolvimento


do Programa SOS Mulher, onde cada uma terá a oportunidade de vivenciar
o poder dos dons do Espírito Santo na prática através do Serviço, Oração e
Salvação.

OBJETIVO
Atender necessidades gerais na sociais, educativas, profissionais
família, na igreja, na comunida- e missionárias, visando a salvação
de, mobilizando as mulheres em de pessoas para Cristo, dentro da
seus PG’s ou através do seu minis- Comunhão, Relacionamento e
tério pessoal a realizarem ações Missão.

Revista SOS Mulher 29


ÊNFASES
 Comunhão – Encorajar
as mulheres a viverem uma
experiência mais profunda com
Deus na primeira hora do dia.
 Relacionamento –
Desenvolvendo o amor de Deus
em ações relevantes, atendendo
necessidades, servindo com
prazer através da força dos PGs.
 Missão – Inspirar, motivar e
envolver as mulheres na missão
de salvar através de seus dons em
ministérios contínuos.

CAPACITAÇÃO PARA O
PROJETO SOS MULHER

Seminários Datas Assinaturas


1. Evangelismo: Público, PGs, Classe
Bíblica On line, Chás, etc

2. Duplas Missionárias

3. Como Ministrar Estudos Bíblicos

4. Visitação

5. Recepção Acolhedora – 4 A´s

6. Meu Talento, Meu Ministério

7. Alcançando as Novas Gerações

8. Saúde Física, Emocional e Espiritual

9. Liderança
10. Comunicação

11. Projeto Mulher Fiel

30 Revista SOS Mulher


INSTRUTORES
Líderes da UNeB, Associação e/ou Missão, Pas-
tores e Esposas, líderes do MM e profissionais
convidados.

AUTORIZADOS PARA
RELIZAREM INVESTIDURA:
Departamentais UNeB/Associação/Missão
pastores, esposas, anciãos e líderes MM

INVESTIDURA - REQUISITOS
Objetivo: Evoluir o maior número de mulheres
nas ações da igreja, desenvolvendo seus dons e
talentos para apressar a volta de Jesus.

Requisitos Datas Assinaturas


Praticar a devoção pessoal

Participar do grupo Oração Intercessora Co-


munhão com Deus
Participar das Quartas do Poder

Participar do PG

Ministrar Estudos Bíblicos

Participar Capacitação SOS Mulher

Realizar Ações Sociais

Chás Evangelísticos

Sopões Comunitários
Realizar Recepção Acolhedora - 4 A´s
Visitar: hospitais, cheches, presídios, asilos

Participar de núcleos de empreendedoris-


mo (meu talento, meu ministério) Centros
de Influência.

Revista SOS Mulher 31


CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 Após capacitação através dos Seminários, e pelo menos , do cumprimen-
to de 50% dos requisitos acima, ela já será investida com a blusa branca de
atividades em malha, lenço e bóton, assumindo o compromisso de participar
ativamente do projeto, em cumprimento às Leis.
 Cada mulher deverá preencher a Ficha Cadastral e entregar para a líder do
MM local ou distrital;
 A Cartilha SOS Mulher, contendo os requisites, deverá ser concluída e entregue
a diretora do MM da Igreja local 10 dias antes do prazo determinado pelo Campo.
 No quadro de requisitos deverão conter as assinaturas das líderes do MM da
igreja local, líder distrital e a data de conclusão.

__________________________ _______________________________
Líder do MM Coordenadora Distrital do MM

_________________________
Data de Conclusão

LEIS DO SOS MULHER


Voto Prometo levar esperança às pessoas. Como cristã, atender necessi-
dades faz parte dos ensinamentos de Cristo, praticando o Serviço, a Ora-
ção e Salvação.

Lema Levar o amor de Deus Adorando-o, testemunhando, visitando e


ministrando estudos bíblicos.

Ideal Praticar o SOS Mulher, sendo mulheres Evangelizadoras no lar, na


igreja, na comunidade.

Fidelidade Para com o nosso Deus, devolvendo o que lhe pertence, dízi-
mos e ofertas.

Respeito Respeitar a hierarquia da nossa igreja. Sejamos éticas, não fa-


lando mal das pessoas, nem da nossa igreja.

Missão Praticar nossos dons e talentos para apressar a volta de Jesus.


Levando no mínimo uma pessoa ao batismo durante o ano.

32 Revista SOS Mulher


INDUMENTÁRIA
Primeira Investidura - Blusa em malha branca – Atividades – branco – Sím-
bolo da Paz => A Paz de Cristo que devemos proclamar abrindo Sua palavra
para os que vivem sem esperança.

Segunda Investidura - Blusa social em tecido na cor branca, padrão SOS – Símbolo
da Paz => Conquistando pessoas através dos dons e talentos, salvando para Cristo.

As mulheres terão que cumprir com os demais requisitos, ao passo que, no decorrer
do ano, alcançando uma pessoa para Cristo já participará da segunda investidura.

Requisitos - Continuação Datas Assinaturas


1. Realizar ou participar do
Evangelismo Feminino
Público: (Calebe, Semana Santa,
Impacto Esperança, Quebrando
o Silêncio, Outubro Rosa, Projeto
Mulher Fiel, Pequenos Grupos
2. Levar uma pessoa para Cristo (pelo
menos)
3. Ter sua dupla missionária para ação
ou PG

A LOGO

Mãos Ação, serviço, toque de amor e esperança;

A flor Sensibilidade, delicadeza, formosura;

Mulher Um presente de Deus;

A cor rosa Suavidade, acolhimento, romantismo;

A cor lilás Respeito, transformação, espiritualidade.

Revista SOS Mulher 33


SIMBOLOGIA
Lenço Simboliza a cobertura do Espírito Santo em nossas vidas. Como mulheres
SOS, devemos desenvolver diariamente o Fruto do Espírito ( Gál. 5:22-23);

Bóton Simboliza uma marca: mulher de Serviço, Oração, Salvação;

CELEBRAÇÕES ESPECIAIS
Festa dos Talentos, SOS Mulher Premium

As mulheres que se envolverem no projeto serão convidadas a participarem dessa


celebração de gala.

BATISMO MM
Bata Rosa ou Lilás

MENSAGEM PARA AS MULHERES


O Senhor tem uma obra para mulheres, bem como para homens. Elas
podem ocupar os seus lugares em Sua obra nesta crise, e Ele obrará
por intermédio deles… Elas podem fazer em famílias uma obra que os
homens não podem fazer. Obra que alcança o íntimo da vida. Elas
podem aproximar-se do coração daqueles a quem os homens não
podem alcançar. Seu trabalho é necessário. B.S. p,145

Você, uma mulher chamada por Deus para…

Servir, Orar, Salvar

"Esforçai-vos e não desfaleçam as vossas mãos, pois a


vossa obra terá uma recompensa." ”
II Cron. 15:7
34 Revista SOS Mulher
FICHA CADASTRAL

Nome Completo: _____________________________________________________

Igreja: _______________________________________________________________

Distrito: _____________________________________________________________

Telefone: ____________________________________________________________

WhatsApp: __________________________________________________________

E-mail: _____________________________________________________________

Função na Igreja: ____________________________________________________

Profissão: ____________________________________________________________

Dons: ______________________________________________________________

Nome da Dupla Missionária: __________________________________________

Nome do PG: ________________________________________________________

Assinatura: __________________________________________________________

Data da entrega: ____ /____ /_______

Revista SOS Mulher 35


P R O J E TO

Mulhe r F i e l
“Amarás, pois, o Senhor,
teu Deus, de todo o teu
coração, de toda a tua
alma, de todo o teu
entendimento e de toda
a tua força.”
Mc 12:30

36 Revista SOS Mulher


M ordomia Cristã é o tudo de mim em res-
posta ao tudo de Deus. É um chamado
à responsabilidade de administrar bens mate-
Salmos 24:1, ensina que “Ao Senhor perten-
ce a terra e tudo o que nela se contém, o mun-
do e os que nele habitam”.
riais e espirituais dados por Deus. Nossa mordomia se estende desde o uso
A Bíblia relata que somos mordomos de correto dos recursos do planeta, bem como
Deus nesta terra e nos ensina a fazer todas as sobre os bens, os dons, os talentos, tempo e o
coisas para a glória de Deus. O Mordomo é um conhecimento que recebemos, e também so-
administrador. bre os nossos corpos. Ignorar a nossa respon-
Podemos destacar dois exemplos de res- sabilidade quanto à Mordomia Cristã é des-
ponsabilidades dessa função, que estão no An- prezar a vontade do Senhor.
tigo Testamento: Eliézer, mordomo de Abraão Devemos sempre nos preocupar em fazer
(Gênesis 15:2 ) e José, mordomo da casa de Po- uma avaliação pessoal de como tem sido nos-
tifar (Gênesis 39:4,6). so comprometimento com a Mordomia Cristã,
refletindo em alguns pontos essenciais:

 Como está a nossa Mordomia Cristã com


relação ao Tempo
A mordomia do tempo é algo muito impor-
tante e prudente, face aos dias maus em que
vivemos (Efésios 5:15);
 Como está a nossa Mordomia Cristã com re-
lação aos nossos bens materiais? Tesouro
A palavra de Deus nos convida a honrar ao
Senhor com nossos bens. (Provérbios 3:9);
 Como está a nossa Mordomia Cristã com
relação ao nosso corpo? Templo
Nosso corpo é o templo do Espírito Santo (1
Coríntios 6:19,20);
 Como está a nossa Mordomia Cristã com
relação aos nossos dons e Talentos
Servi uns aos outros, cada um conforme o
dom que recebeu, ... (1Pedro 4:10).

Devemos sempre estar atentos quanto à


mordomia cristã em todas as áreas de nossa
vida; é por isso que estamos propondo algu-
mas ações durante o ano de 2022 para que
possamos aprender a mordomia cristã e pra-
ticá-la conforme a vontade de Deus para nos-
sas vidas. Eu Vou...

Revista SOS Mulher 37


1º Trimestre 2º Trimestre

Tempo Tesouro

Janeiro - Fevereiro – Março Abril – Maio – Junho

Ações: Retiro Espiritual Ações: Seminários


 Educação Financeira
Seminários sugestivos:  Planejamento Financeiro da Família
 Dízimos e Ofertas
Espiritual  Os Dois Lados da Moeda (Gleice Barros –
 Não Tema o Tempo - A Importância da Mestra em Administração)
Comunhão Diária com Deus (Cybelle
Florêncio - MPi)
 Diariamente Reavivada (Pr. Josanan Al-
ves – DSA)

Pessoal
 Dicas práticas para Organização das ati-
vidades diárias – Planejamento;
 Leitura de livros que edifiquem;
 Preparando o lar para receber o Sábado

Familiar
 Estabelecer metas pessoais
 Tempo de qualidade com a família, Cul-
to familiar, refeições juntos, lazer, saúde

Social
 Pequenos Grupos - Grandes bênçãos,
serviço comunitário, testemunho

38 Revista SOS Mulher


3º Trimestre 4º Trimestre

Templo Talento

Julho – Agosto – Setembro Outubro – Novembro – Dezembro

Ações: Chás Entre Amigas – Congressos – Ações: Evangelismo Rosa (Público – PG) –
Seminários – Realizando a prática – teste- Congressos – Feiras de Saúde – Desafio Su-
munho – Semana Detox – Exercícios diários peração (Caminhada, corrida, ciclismo).

Área espiritual Seminário: Presente Divino (Evelyn Rius)


 Fé e Confiança em Deus
 História da Igreja Equipe multidisciplinar que ajudarão
nas realizações das atividades: médicos,
Área Emocional psicólogos, terapeuta familiar, nutricionis-
 Autoestima ta, preparador físico, delegado, advogado,
 Quatro Soluções da Bíblia para Controlar assistente social, enfermeiro, pastor, fisio-
a Ansiedade terapeuta, pedagogo e outros.
 Depressão
 Síndrome do Pânico
 Cultivando as Amizades
 Tipos de Violência Contra a Mulher

Área Física
 Alimentação Saudável – Receitas - Teoria
e prática (Evilaine Araújo)
 A Importância do Exercício Físico – Mo-
vimento para Deus (Miriam Silva) Teoria
e prática (Caminhada, Corrida, Ciclismo,
Hidroginástica, Exercícios Funcionais, etc)
 Exames de rotina da Mulher
 Aparência e Higiene Pessoal

Revista SOS Mulher 39


10 Trimestre

NÃO TEMA O
TEMPO,
TENHA TEMPO!
Uma breve consulta à internet sobre o
significado da palavra tempo, o define
como: uma época; determinado
período considerado em relação aos
acontecimentos nele ocorridos; duração
relativa das coisas que cria no indivíduo a ideia de presente,
passado e futuro; e período contínuo no qual os eventos se
sucedem (google.com).

A
contemporaneidade trouxe uma mentas para gerir o tempo, sem sucesso.
rapidez para o dia a dia, um ex- Por que o problema principal não está
cesso de atividades na rotina que sendo resolvido? Com sinceridade, preci-
por vezes temos a impressão de que pre- samos identificar o que nos distrai em rela-
cisaríamos de mais de 24 horas para con- ção ao que é mais importante. Ellen White
cluir tudo o que nos propomos a fazer no menciona: “Do justo emprego do tempo
dia. Tomamos tempo das horas de sono depende nosso êxito no conhecimento e
para resolver questões de trabalho ou es- cultura mental. A cultura do intelecto não
tudo, diminuímos tempo com a família precisa ser tolhida por pobreza, origem
ou na devoção pessoal para tentar cum- humilde ou circunstâncias desfavoráveis,
prir toda uma agenda de compromissos contanto que se aproveitem os momen-
que talvez não esteja sendo gerenciada tos. [...] O propósito resoluto, a aplicação
com sabedoria. E acabamos nos perden- persistente e cautelosa economia de tem-
do na seleção do que é mais importante po, habilitarão os homens para adquirirem
em relação ao tempo que temos. conhecimento e disciplina mental que os
Quantas de nós termina o dia frustrada qualificarão para quase qualquer posição
por tentar experimentar diferentes ferra- de influência e utilidade” (PJ, 185).

40 Revista SOS Mulher


Precisamos parar de temer o tempo. todo criativo de estudar a Palavra de Deus
Creio que aplicar o conselho divino, “Bus- usando a escrita e desenhos feitos na pró-
quem, pois, em primeiro lugar o Reino pria Bíblia. Para usar a técnica não existem
de Deus e a sua justiça, e todas essas coi- regras, basta utilizar os materiais que você
sas serão acrescentadas a vocês” (Mateus tiver e sua criatividade para criar uma roti-
6:33), pode ser o primeiro passo para ge- na de estudos na Bíblia. Canetas coloridas,
renciar o tempo, tão precioso que temos, lápis de cor, recortes, marcadores de texto,
tornando-o proveitoso. É importante dizer são inúmeras as formas que você pode es-
que quanto mais tempo passamos com colher para montar o seu Bible Art Jour-
Deus, mais tempo temos para as demais naling. Você pode anotar o que entendeu
atividades diárias. Parece contraditório, do texto, fazer resumos, anotar indicado-
mas é verdade. O tempo dedicado ao es- res para sermões, colar pesquisas sobre o
tudo da Palavra de Deus, a meditação, a texto realizadas em outros livros, destacar
oração, se multiplicam e se transformam o que encontrou de mais interessante, o
em bençãos durante todo o dia. que pode ser aplicável no seu dia a dia, e
Você pode tornar esses momentos com decorar com desenhos e cores que te re-
Deus ainda mais agradáveis usando a cria- lembrem no primeiro olhar, a mensagem
tividade e a disponibilidade do seu tempo que foi marcante no texto estudado.
para experimentar um contato ainda mais
íntimo com Cristo. Uma ideia que tem se
multiplicado é o método Bible Journa-
ling (fazendo diário na Bíblia). É um mé-

Quanto ao que mais se


deva acrescentar sobre
o que faremos durante o
dia no tempo que temos,
use com sabedoria e
planejamento todas as
horas, sem comprometer
seu tempo com Deus,
com sua família, e
com atividades que
testemunham de Cristo.

Revista SOS Mulher 41


Além do estudo da Bíblia, a oração, o mo de informações da sua rotina diária, e
estudo de livros do Espírito de Profecia e vai permitir que você planeje sua vida de
o louvor também fazem toda a diferença forma mais organizada, produtiva e prá-
no uso saudável do tempo para a devoção tica, para cumprir suas metas e objetivos
pessoal. para o dia, semana ou mês.
Quanto ao que mais se deva acrescentar
sobre o que faremos durante o dia no tem- Planner
po que temos, use com sabedoria e plane- Por fim, concluo perguntando: Como você
jamento todas as horas, sem comprometer tem utilizado seu tempo? Faça uma breve re-
seu tempo com Deus, com sua família, e flexão sobre isso e, se for necessário, redire-
com atividades que testemunham de Cristo. cione e redistribua sua rotina de forma mais
Para planejar sua vida com as coisas eficiente. Lembre-se da advertência de Pau-
que precisam ser acrescentadas, use fer- lo: “Aproveitando bem o tempo, porque os
ramentas para isso. A tecnologia disponi- dias são maus” (Efésios 5:16), faça de cada dia
biliza apps e programas de computador uma jornada onde ao final dela você possa
que podem auxiliar na distribuição das ter a sensação de que seu tempo foi muito
atividades de forma planejada. Um plan- bem utilizado, buscando primeiramente a
ner (planejador/caderno organizador), Deus e desfrutando com alegria de todas as
para quem não usa muito a tecnologia, outras coisas por Ele acrescentadas.
isso pode ser uma ótima ferramenta, pois
mantém juntas no mesmo lugar o máxi- Cybelle Florêncio - Líder MM - MPi

42 Revista SOS Mulher


10 Trimestre

DIARIAMENTE
REAVIVADA
Transforme sua
leitura da Bíblia em
um extraordinário
momento de intimidade
com Deus.

M
editação é um termo controver- tantemente nela. É como se a pessoa es-
so em nossa cultura. Algumas tivesse o tempo todo falando da Escritura
pessoas olham para a meditação num tom baixo e suave”. Sendo assim, me-
como uma experiência mística que nos ditar tem mais a ver com estudar, pensar,
tira do contato com o que nos cerca. Algo refletir e raciocinar do que com os aspectos
mais voltado para a contemplação e sem místicos e contemplativos apresentados
ligação com a vida prática. Uma busca na pela cultura oriental e infelizmente assi-
internet pelo termo “meditação” nos leva milado por muitos cristãos. Veja por exem-
a incríveis 11.400.000 resultados. Mas a plo o que está escrito em Salmo 119:148
grande maioria deles não têm nenhuma “Os meus olhos anteciparam as vigílias da
ligação com a visão que a própria Bíblia noite, para meditar na Tua palavra”. Lindo
apresenta sobre meditar. não? Uma belíssima linguagem poética.
Mas o que de fato o Salmista está dizendo?
O que é meditar? O que está sendo dito na verdade é: “Vou
Segundo o Dr. Adolfo Soares “o termo acordar de madrugada para estudar a Bí-
“meditar” usado na Bíblia, vem da palavra blia”. Podemos afirmar então que meditar
hebraica hagah e significa literalmente é estudar a Bíblia. Isso envolve o intelecto
“murmurar”, “balbuciar”. O raciocínio é o a memória o desejo de conhecer mais a
seguinte: quando alguém “balbucia” conti- curiosidade de comparar uma passagem
nuamente a Palavra de Deus, pensa cons- com outra e principalmente a presença do

Revista SOS Mulher 43


Espírito Santo para nos levar ao pleno co-
nhecimento da verdade. Esse é o desejo de Ao meditar devemos
Jesus que todos “venham ao conhecimen-
também guardar na
to da verdade” I Timóteo 2:4. Não precisa-
mos nos esforçar muito para compreender memória passagens que
que se temos que conhecer uma verdade
iremos repetir durante
temos que estudar, pensar raciocinar, etc.
No entanto, há um outro ponto im- o dia e que irão nos
portante nesse estudo, ele não deve ser
alimentar e nos aproximar
apenas especulativo com o intuito de co-
nhecer detalhes. Acima disso deve ser um do céu no dia a dia mesmo
estudo que me leve a tomar decisões cla-
quando não estivermos
ras e definidas em minha vida. A isso cha-
mamos de “aplicação para a vida” deve- com a Bíblia aberta. Dessa
mos estudar a Bíblia com um forte desejo
maneira o nossos passos,
de que Deus fale conosco e nos “ensine,
eduque, corrija e instrua em justiça”. II Ti- decisões e desejos serão
móteo 3:16. É o momento em que calma-
claramente dirigidos por
mente vamos ser instruídos por Deus para
escolhemos os melhores caminhos em um “Assim diz o Senhor”.
nossa vida diárias.
O momento de meditação na palavra
é também um excelente exercício de ora-
ção pois você pode interagir com a pala- Mãos a obra!
vra. Por exemplo você estuda a história Há alguns anos eu tenho usufruído da
de Davi e Golias e em seguida inicia uma benção de ter um método de estudo e me-
conversa com Deus dizendo: “Senhor o ditação da Bíblia. Vou compartilhar as mi-
que será que Davi sentiu ao ver aquele nhas descobertas nesse aspecto. Eu nasci
gigante? Será que inicialmente ele sentiu em um lar cristão e desde cedo fui orien-
medo como os outros? Sei que quando o tado a ler a Bíblia diariamente. Em algum
Gigante desafiou o Deus de Israel qual- momento alguém me apresentou um pla-
quer medo foi substituído pelo amor a no de leitura chamada “Ano Bíblico” a ideia
Deus e pela confiança no agir dEle. Se- desse método é ler quatro capítulos por dia
nhor, também estou enfrentando gigan- e em um ano concluir a leitura de toda a
tes em minha vida nesse momento. Gos- Bíblia. Usei esse método por uns doze anos,
taria que Tu me ajudasste a substituir o mas em algum momento aquela leitura
medo e insegurança pela confiança e começou a se tornar um fardo para mim.
certeza da vitória. Amem!”. Com o tempo Eu não sentia nenhum prazer em ler a Bí-
você vai ver que o seu momento de lei- blia. Tudo se tornou mecânico e sem vida.
tura da Bíblia irá se tornar um verdadeiro Então eu percebi que estava lendo a Bíblia
“bate-papo” com Deus. e não estudando ou meditando.

44 Revista SOS Mulher


Orientação inspirada Método de Estudo da Bíblia
Algumas citações do Espirito de Há uns oito anos mudei o método de
Profecia me fizeram repensar a ma- estudo da Bíblia para os seguintes passos:
neira como estava estudando a Bíblia. 1º - Capítulo do dia - Leio um capítu-
Descobri na prática o que já havia sido lo por dia, de preferência acompanhando
escrito a dezenas de anos: o projeto Reavivados Por Sua Palavra. Ver:
https://reavivadosporsuapalavra.org
“O estudo superficial da Palavra de 2º - Verso preferido - Separo um cader-
Deus não pode satisfazer os reclamos no e escrevo o verso bíblico que mais me
que Ele espera. Ler certo número de chamou atenção e tento decorá-lo ao lon-
capítulos diariamente sem dar cui- go do dia.
dadosa atenção ao sentido do texto 3º - Mensagem para hoje - Escrevo o
sagrado, é de pouco proveito”. (A ma- que entendi do texto Bíblico. E, caso não
ravilhosa graça de Deus, pág.201) entenda alguma parte do texto, escrevo
também para uma pesquisa posterior.
“A Bíblia é a voz de Deus nos falan- 4º - Aplicação para a minha vida – Escre-
do, tão certo quanto se a pudéssemos vo como posso aplicar o texto para a minha
ouvir literalmente. Se compreendês- vida prática. Essa é para mim uma das par-
semos isso, com quanta reverência e tes mais importantes do estudo da Bíblia, é o
santo temor abriríamos a Palavra de que Deus deseja falar ao meu coração.
Deus, e com quanta sinceridade pes-
quisaríamos seus preceitos!” (Testemu- Método de estudo da Bíblia para crianças
nhos para a Igreja volume 6 pág.393) Tenho usado um método de estudo da
Bíblia também com os meus filhos, pois as
“Satanás não pode manter em crianças devem ser ensinadas desde cedo
morte espiritual uma pessoa que com a pensar de maneira clara e individual na
fé recebe a poderosa palavra de Deus.” palavra de Deus. Elas não devem apenas
(Desejado de Todas as Nações 319) refletir o pensamento de outros, mas de-
vem ser ensinadas de que são capazes de
por si só ter um contato com o criador do
universo. Uso com eles os seguintes passos:
1º - Escolho uma pequena porção Bíblica.
2º - Conto ou leio a história com detalhes.
3º - Separo um caderno para que eles
desenhem o que entenderam (no caso das
crianças que ainda estão sendo alfabeti-
zadas, as que já são alfabetizadas podem
falar ou escrever pequenas frases do que
entenderam e aprenderam para a vida).
Permitam-me compartilhar um mo-
mento muito especial que vivemos em
família. Um dia eu contei aos meus filhos

Revista SOS Mulher 45


a história de Caim e Abel e ao final pedi Hora do desafio
que eles desenhassem o que haviam en- Não tenho palavras para descrever o
tendido. Me emocionou muito o desenho que esse método de estudos da Bíblia
da minha filha, pois ela desenhou o altar tem significado em minha vida. Porém,
de Caim com frutas e verdura e o altar de um dos meus autores preferidos pode me
Abel com uma ovelha. Mas em cima do ajudar a descrever.
altar de Abel ela desenhou uma cruz. Eu A W. Tozer diz: “Um homem sincero
não havia dito que aquele sacrifício de com uma Bíblia aberta, um caderno de
Abel representava Jesus, creio que o Espí- notas e um lápis, sem dúvida encontrará
rito Santo ensinou a minha filha quando bem depressa o que há de errado consigo
ela refletia na história bíblica. Isso é medi- próprio”.
tar por si mesmo e as crianças podem ser
estimuladas a começar esse “exercício”. Pr. Josanan Alves - DSA

Tenho um desafio a lhe fazer:


Comece a estudar a Bíblia seguindo um método.
Não precisa ser necessariamente o que descrevi aci-
ma, mas, urgentemente, pare de ler a Bíblia e come-
ce a estudá-la. Você sentirá a benção poderosa de
ser reavivada a cada dia.

46 Revista SOS Mulher


10 Trimestre

AS 6 MELHORES
DICAS
DE ORGANIZAÇÃO
DO LAR
Manter a organização do lar em dia é
algo extremamente importante, afinal ela
ajuda a otimizar nossas tarefas, evitando
que percamos tempo procurando itens
ou realizando determinadas atividades.

A
o contrário do que muitas pesso- tribuem para dar a sensação de que o am-
as imaginam, organizar a casa não biente é ainda menor.
envolve deixar a “bagunça escon- Por isso a dica é desapegar. Crie o há-
dida”, mas manter tudo em seu devido lu- bito de rever seu guarda-roupa e exami-
gar, separando o que é de uso habitual ou nar os pertences de todos os moradores.
não e facilitando a rotina. Separe o que pode ser doado e jogue fora
Precisando de uma mão na hora de os itens quebrados ou sem serventia.
melhorar a organização do lar? Então veja
as ótimas dicas que separamos!
Faça na hora
Sabe aquela “preguicinha” que
Dicas imbatíveis de organização aparece e acabamos deixando
do lar para organizar as coisas depois e, quando no-
tamos, a bagunça já está toda acumulada?
Evite acumular Então, a dica é combater esse sentimento.
O acúmulo de itens é um dos Melhore a organização do lar criando o
principais motivos de desorga- hábito de sempre guardar as coisas logo
nização. Quem vive em espaços pequenos após seu uso. Decidiu que, ao invés da calça
sabe que alguns itens fora do lugar já con- jeans vai sair de vestido? Então guarde a cal-

Revista SOS Mulher 47


ça exatamente onde tirou. Chegou com as está guardado lá dentro. Para as gavetas,
compras do supermercado? Guarde os itens use divisórias que impedem que os itens
no lugar imediatamente. pequenos fiquem jogados.
Deixar para arrumar a casa depois só
fará com que a bagunça se acumule mais Cuidado com o guarda-
– e quando você notar, o problema esta- roupa
rá maior do que o esperado, fazendo com A organização do lar passa
que você gaste ainda mais tempo. por manter o guarda-roupas arrumado.
Afinal isso contribui para que você facilite
Organize de maneira fun- seu cotidiano e fique mais tranquilo.
cional O guarda-roupa é sempre um ponto
Como dissemos na introdução, crítico na organização do lar e dependen-
uma boa organização do lar não é aquela do de como você arrumá-lo, poderá se tor-
que apenas “retira” a bagunça do campo nar mais fácil ou mais difícil encontrar o
de visão, mas sim, a que ajuda a deixar que procura.
o seu dia a dia mais prático. E
por isso ela deve ser funcional
e simplificada.
De que adianta guardar um
tempero que você usa todos
os dias em cima do armário, se
diariamente terá de subir em
um banquinho para pegá-lo?
Esse exemplo parece meio ób-
vio, mas muitas pessoas aca-
bam se esquecendo de consi-
derar a praticidade na hora de
arrumar a casa.
Quando for arrumar o ar-
mário, por exemplo, use caixas
plásticas transparentes e colo-
que etiquetas indicando o que

O guarda-roupa é sempre
um ponto crítico na
organização do lar e
dependendo de como você
arrumá-lo poderá se tornar
mais fácil ou mais difícil
encontrar o que procura.

48 Revista SOS Mulher


Algumas dicas primordiais são: Lembre-se de organizar o
 comece separando as roupas que banheiro
você não usa mais e coloque-as para do- O banheiro também pode ser
ação; um inimigo para a organização do lar, prin-
 separe as roupas por tipo (calça, ca- cipalmente os menores. Manter esse am-
misa, social, vestidos, etc.) e por estação. biente sempre arrumado ajuda a deixá-lo
Em seguida, separe por cores; com um aspecto mais limpo e até maior.
 pendure as roupas que precisam
ser passadas, isso evita o risco de amar- Algumas dicas para os banheiros são:
rotarem;  use prateleiras para colocar os produ-
 quando for pendurar uma camisa tos de higiene, toalhas e itens decorativos;
social, abotoe o primeiro botão, o que  coloque o cesto de roupa suja no ba-
reduz o risco de a camisa cair do cabide nheiro, evitando deixar esses itens jogados;
e amassar;  use cestas de vime ou organizadores
 evite pendurar mais de uma roupa para as toalhas e demais objetos;
em um mesmo cabide, isso atrapalha a  setorize seus produtos, separando cre-
organização e a visualização; mes, escovas de cabelo, produtos de limpe-
 agrupe as roupas de cama, colo- za, maquiagem, etc. (separe por categorias
cando cada conjunto de lençol dentro dentro das gavetas ou use organizadores);
de uma fronha e assim será mais fácil na  para as bancadas, use bandejas, que
hora de arrumar a cama. ajudam a decorar e organizar.

Revista SOS Mulher 49


Cuide também da organi-  guarde potes plásticos ou de vidro
zação da cozinha empilhados dentro do armário, sempre
A cozinha é considerada por do maior para o menor e coloque as tam-
muitos o coração de uma casa, e isso signi- pas em outro recipiente;
fica também uma quantidade enorme de  faça o mesmo com as panelas (o ide-
itens. Por isso, a organização do lar deve al é guardar as tampas das panelas em pé,
passar obrigatoriamente por ela. Mesmo na vertical, ocupando menos espaço e tor-
cozinhas pequenas podem ser organiza- nando mais fácil de encontrá-las);
das, e a melhor dica nesse sentido é o uso  instale ganchos nas paredes em lo-
de armários planejados (pensados de ma- cais estratégicos para xícaras, temperos e
neira a otimizar o seu espaço, consideran- outros itens;
do suas necessidades).  na primeira gaveta do armário guar-
Além dessa, existem outras sugestões de os itens de uso diário, como talheres e
que podem ajudar: facas de corte e vá usando a ideia do que
 invista em nichos e prateleiras, princi- se usa mais para o que se usa menos para
palmente em cozinhas pequenas. Eles são distribuir os itens dentro das gavetas.
mais “leves” visualmente do que os armários Manter a cozinha organizada é impor-
e dão uma sensação de amplitude maior; tante não só pela praticidade e agilidade
 deixe as louças do dia a dia na altura que isso garante. A cozinha organizada é
das mãos e em um local de fácil acesso; uma demonstração de cuidado com o lar.

Com um pouco de cuidado e atenção, a organização do lar se torna


algo simples e até prazeroso. Você gostou das nossas dicas? Aproveite
e compartilhe estas ideias com os seus amigos nas suas redes sociais!

Referência:
As 6 melhores dicas de organização do lar. Vitta, 2018. Disponível em: https://blog.vittaresidencial.com.
br/as-6-melhores-dicas-de-organizacao-do-lar/. Acesso em: 17, novembro de 2021.

50 Revista SOS Mulher


20 Trimestre

OS DOIS LADOS
DA MOEDA
O dinheiro pode ser uma bênção ou
maldição. Cabe a você decidir.

Ellen White diz que “não o dinheiro,


mas o amor ao dinheiro é a raiz de
todos os males”.

A
Bíblia relata que, certo dia, um Leia também:
jovem questionou Jesus sobre o  O que a Bíblia ensina sobre genero-
que deveria fazer para ter a vida sidade
eterna. A resposta está registrada em  10 princípios para manter a saúde
Mateus 19:21: “Se você quer ser perfeito, do seu bolso
vá, venda os seus bens, dê o dinheiro aos As moedas têm duas faces. Se, por um
pobres e você terá um tesouro nos céus; lado, o dinheiro é uma bênção em nossa
depois, venha e siga-me”. Muitos utili- vida, por outro, pode se tornar uma maldi-
zam essa fala de Jesus para embasar a ção. Tudo o que é bom, quando mal utili-
ideia de que o dinheiro é algo ruim, da- zado, pode ter seu propósito desvirtuado e
noso, um mal do qual precisamos nos trazer consequências ruins. Deus nos criou
livrar a fim de purificar-nos. e proveu tudo de que necessitávamos; nos
Porém, se o propósito do Mestre fosse deu um corpo, soprou em nós o fôlego de
condenar a riqueza, como poderíamos vida, nos concedeu dons, tempo e recur-
conciliar isto com o fato de a própria sos. Cada uma dessas dádivas pode nos
Bíblia mencionar a fortuna de homens trazer grandes alegrias ou imensa decep-
bons como Abraão, Jacó, Jó, Salomão e ção, a depender de como as utilizamos.
tantos outros, sem que Deus os repreen- Quando se trata de dinheiro, precisamos
desse por ela? Talvez uma simples moe- compreender “os dois lados da moeda”
da nos ajude a responder a isso. para escolher bem entre eles.

Revista SOS Mulher 51


Onde estiver o seu tesouro… Tanto ricos quanto pobres
Analisemos mais a fundo o texto de
devem lutar contra o egoísmo
Mateus 19:21. Por que Jesus pediu para o
jovem rico doar todos os seus bens aos e a ganância. A boa notícia
pobres? E se Deus houvesse dado essa é que Deus, em Seu infinito
mesma ordem ao Seu servo Abraão, será
que este lhe daria as costas em sinal de
amor, proveu meios para nos
rejeição? Bom, se o “pai da fé” estava dis- libertar destes sentimentos e
posto a sacrificar seu maior tesouro, Isa-
comportamentos destrutivos.
que, certamente não hesitaria em doar
suas riquezas materiais, caso lhe fosse Quando seguimos Suas
solicitado. E o que dizer de Jó? O próprio orientações, o dinheiro é uma
Deus afirmou que era um homem ínte-
bênção em nossa vida.
gro, correto, temente a Ele e que se afas-
tava do mal. Você consegue imaginar Jó
resistindo a um pedido divino?
Olhando para a vida desses dois ho- conquistá-la é amar a Deus sobre todas
mens, percebemos claramente que Deus as coisas. Essa história nos ensina que o
reinava em seus corações, e não as rique- dinheiro e as riquezas podem ser tornar
zas. O jovem rico indagou sobre o que ídolos em nossa vida, e é neste ponto
deveria fazer para ter a vida eterna; ele que se tornam maldições.
acreditava que a salvação é algo que se Ellen White nos lembra que “a Bíblia
pode alcançar fazendo boas obras, mas não condena ninguém por ser rico, uma
Jesus lhe mostrou que o critério para vez que haja adquirido suas riquezas ho-

52 Revista SOS Mulher


nestamente. Não o dinheiro, mas o amor bolsa”. Toda verdadeira conversão é fruto
do dinheiro é a raiz de todos os males. É da obra de Deus no coração do pecador, e
Deus que dá aos homens poder para ad- não seria diferente em relação ao dinhei-
quirir fortuna; e nas mãos daquele que ro. Assim, um dos meios que Ele proveu
agir como mordomo de Deus, empregan- para nos libertar do egoísmo e da avareza
do seus meios altruisticamente, a fortuna é o ato de doar. Observe o que diz Ellen G.
é uma bênção – tanto para seu possuidor White a esse respeito:
como para o mundo. Muitos, porém, ab- “Muitos desprezam a economia, con-
sorvidos em seus interesses nos tesouros fundindo-a com a avareza e a mesquinhez.
mundanos, tornam-se insensíveis aos re- A economia, porém, harmoniza-se com a
clamos de Deus e às necessidades de seus mais ampla liberalidade. Verdadeiramen-
semelhantes. Consideram sua riqueza te, sem economia não pode existir real li-
como um meio de glorificarem a si mes- beralidade. É preciso que poupemos, a fim
mos.” (A Ciência do Bom Viver, p. 81). de podermos dar. Ninguém pode exercitar
Quando utilizado de maneira egoísta, verdadeira beneficência sem abnegação.
o dinheiro pode se tornar uma armadilha Unicamente por uma vida de simplicidade,
de Satanás para destruir a nossa vida. O de renúncia e estrita economia, nos é pos-
apego a ele pode fazer com que percamos sível realizar a obra a nós designada como
de vista as coisas que realmente têm valor,
como a família, a saúde e a salvação. Por
isso, várias vezes Jesus nos advertiu sobre
este perigo. “Mas ai de vocês, os ricos” (Lu- Sim, economizar
cas 6:24); “Vocês não podem servir a Deus simplesmente para acumular
e à riqueza” (Lucas 16:13); “Não acumulem
tesouros sobre a terra” (Mateus 6:19); “Te-
recursos para nós mesmos
nham cuidado e não se deixem dominar configura-se egoísmo e
por qualquer tipo de avareza” (Lucas 12:15). ganância. Por outro lado,
Vale salientar que esse perigo não se
restringe às pessoas possuidoras de mui- poupar para ajudar outros
tos bens, pois o campo de batalha é o co- e contribuir para o avanço
ração. Tanto ricos quanto pobres devem
da pregação do evangelho
lutar contra o egoísmo e a ganância. A boa
notícia é que Deus, em Seu infinito amor, é ajuntar tesouros no céu
proveu meios para nos libertar destes sen- (Mateus 6:19). Esta também
timentos e comportamentos destrutivos.
Quando seguimos Suas orientações, o di-
é a essência do ato de
nheiro é uma bênção em nossa vida. dizimar e ofertar. Por meio
deste princípio, Deus vai
…Aí estará também o seu coração
O reformador Martinho Lutero costu- nos libertando da tirania do
mava dizer que “três conversões são ne- individualismo.
cessárias: a do coração, a da mente e a da

Revista SOS Mulher 53


representantes de Cristo. O orgulho e a am-
bição mundanos precisam ser expelidos
de nosso coração. Em toda a nossa obra, o
princípio do desinteresse pessoal revelado
na vida de Cristo tem de ser desenvolvido.”
(A Ciência do Bom Viver, p. 77).
Sim, economizar simplesmente para
acumular recursos para nós mesmos con-
figura-se egoísmo e ganância. Por outro
lado, poupar para ajudar outros e contri-
buir para o avanço da pregação do evan-
gelho é ajuntar tesouros no céu (Mateus
6:19). Esta também é a essência do ato de
dizimar e ofertar. Por meio deste princípio,
Deus vai nos libertando da tirania do indi-
vidualismo.

Cara ou coroa?
A lição que extraímos aqui é a de que
o dinheiro não é, em si mesmo, uma
bênção ou maldição; nós definimos isso
pela maneira como o ganhamos, utili-
zamos e pelo lugar que lhe atribuímos
em nosso coração. O filósofo Francis Ba-
con bem observou que “o dinheiro é um
bom criado, mas um mau senhor”. E ao
revisarmos toda a história da humanida-
de, quanta miséria e dor vemos brotar
do amor à riqueza! Corrupção, famílias
destruídas, pessoas estressadas, doen-
tes e até tentando tirar a própria vida;
tudo por causa da busca desenfreada
por bens e posses. Assim, eu te convido
a fazer a seguinte reflexão: qual lado da
moeda você tem escolhido?

Por Gleice Barros

Referência: BARROS, Gleice. Os dois lados da


moeda. Adventistas.ORG, 2021. Disponível em: ht-
tps://noticias.adventistas.org/

54 Revista SOS Mulher


30 Trimestre

ALIMENTAÇÃO
SAUDÁVEL
“Amado, desejo que te vá bem em todas
as coisas e que tenhas saúde, assim como
bem vai a tua alma.” 3 João 1:2

Q
uerida mulher, você já parou para
pensar que a sua saúde física, A escritora Ellen White já
mental, emocional, moral e espi- falava sobre essa conexão:
ritual estão todas interligadas? Intemperança de qualquer
A ciência mostra que existe um eixo espécie embota os órgãos
cérebro-intestino que interliga nossas
perceptivos, enfraquecendo
emoções, pensamentos, ações ao que
nós comemos. Há uma comunicação en- tanto as energias cerebrais,
tre sistema nervoso central e trato gas- que as coisas eternas não são
trointestinal, isso acontece porque tam- apreciadas, mas consideradas
bém temos um sistema nervoso no nosso como comuns.
intestino, o sistema nervoso entérico. Ou
Se nossos hábitos físicos
seja, o que você come pode interferir nas
suas emoções, na sua imunidade e nas
não são corretos, nossas
suas ações. Como também o inverso, as faculdades mentais e morais
suas alterações psíquicas podem interfe- não podem ser fortes; pois
rir no que você coloca como alimento em existe grande afinidade entre
seu corpo. Então tomadas de decisões,
o físico e o moral.
afeto, humor, saciedade, produtividade,
comunhão com Deus... tudo isso pode ser
melhorado através da sua alimentação e (EGW, Testemonies,vol 3,
mudança de hábitos págs. 50 e 51)

Revista SOS Mulher 55


A pergunta é, por onde devo começar?
Muitas pessoas quando pensam em mudanças, querem fazer algo radical, começam a
dieta e querem tirar tudo que tem em sua mesa e começar do zero. Isso funciona? Para alguns
sim, para maioria não! Porque o corpo humano ele precisa de ADAPTAÇÃO, não foi de um
dia para noite que você ficou viciada em doces, não é em um fim de semana que se engor-
da e não aparece doença do nada, existe um caminho percorrido até chegar aonde está.
Na maioria das vezes os hábitos errôneos vêm da infância. Então é preciso de um tempo
para fazer essas novas mudanças e uma verdadeira reeducação alimentar.
A reforma dietética deve ser PROGRESSIVA (A ciência do bom viver, pág. 136).

10 Dicas de como cuidar melhor do corpo

1. Consuma alimentos integrais 4. Evite alimentos ultra processados.


Possui maior quantidade de fibras, vi- Esses alimentos são ricos em aditivos
taminas (principalmente do complexo B) químicos, conservantes e aromatizantes
e minerais (fósforo, ferro). que trazem grandes malefícios ao corpo
e a saúde como doenças cardiovasculares,
2. Consuma pelo menos cinco porções diabetes, hipertensão e câncer.
diárias de frutas, verduras e hortaliças
Aumentar o consumo desses alimen- 5. Consuma alimentos ricos em iso-
tos nas refeições diárias oferece um maior flavonas como a soja (derivados de soja,
aporte de fibras, vitaminas e minerais como tofu, leite ou o próprio grão.
As isoflavonas contidas na soja exer-
3. Diminua a quantidade de açúcar e cem uma forte atividade hormonal equi-
bebidas açucaradas da alimentação librando a quantidades do hormônio
Além de aumentar o risco para maioria Estrógeno, presente no organismo femi-
das doenças (diabetes, hipertensão, estea- nino, podendo amenizar os sintomas da
tose hepática, obesidade), o consumo ex- menopausa.
cessivo de açúcar prejudica o aprendizado,
cognição, comportamento, pode diminuir 6. Consuma boas gorduras (oleagino-
a atenção e foco e aumentar hiperativida- sas, azeite de oliva, abacate)
de, tanto em crianças como em adultos. Ingerir gordura não é prejudicial, mui-
Comece tirando o açúcar do suco, depois to pelo contrário, precisamos de gordura
diminua a porção de doces que você come. para formação de diversos hormônios,
Ex.: se come 50g de chocolate por dia, co- como também para melhor as nossas si-
mece comendo 25g, e aos poucos você vai napses neuronais, já que a gordura parti-
conseguir diminuir mais. Outra dica é não cipa das formações dos neurônios. Então
comprar para casa alimentos que podem coma gordura, mas escolha as melhores
lhe tirar do foco, se der vontade e não tem, (azeite, amendoim, castanhas, nozes,
vai ser muito mais difícil você sair para com- amêndoas, abacate, coco...), quantidade
prar, então diminui as chances de comer. também é importante, não exagere, pois

56 Revista SOS Mulher


gorduras tem alto teor calórico, então 9. Mastigue bem os alimentos
podem aumentar o seu peso se comer A digestão começa na boca, então
em exceço. se você não mastiga bem os alimentos,
além de não ter uma boa digestão, você
7. Beba quantidade de água suficien- também perderá a sensação de sacie-
te pra seu peso dade, então vai acabar comendo mais
Água é fundamental para saúde de do que necessita. Comece sempre pelo
todos os órgãos, inclusive também no alimento mais sólido ou cru (frutas, sa-
emagrecimento, pois ajuda a aumentar a ladas, tubérculos), dessa forma você vai
saciedade entre as refeições. Calcule seu forçar mais a mastigação, e entre garfa-
peso e multíplice por 35mL, isso vai dar a da respire espire e inspire) 5x enquanto
quantidade de água em mL que você pre- mastiga, isso vai te ajudar a prestar aten-
cisa tomar por dia. ção em outro ponto enquanto o alimen-
to está na boca.
8. Melhore a qualidade do seu sono
Dormir 6 a 8 horas por noite com certeza 10. Pratique exercício físico
é o ideal e isso a maioria já sabe, mas não Exercício é um dos hábitos mais im-
adianta dormir essa quantidade se você não portantes para se ter longevidade. Esco-
tem qualidade no sono. Durma cedo, você lha um exercício que você goste e que
pode induzir esse sono através da ingestão esteja dentro do seu tempo e orçamen-
de chás calmantes (mulungu, camomila, to. Existem vários: caminhada, muscula-
erva cidreira), banhos quentes, ficar sem ção, pular corda, pilates, corrida, ciclis-
usar as telas (Computador, tv, celular) pelo mo, natação, hiit... Não importa o tempo,
menos 1h antes de dormir, ler um livro, fazer se 30min, 40min, 60min... O importante
exercícios durante o dia... isso tudo vai te aju- é começar!
dar a melhor a qualidade do seu sono.

Revista SOS Mulher 57


Exemplo de Cardápio Cardápio Ovovegetariano
Café da manhã – Inhame + ovos mexidos + banana + mamão e aveia
Almoço – Feijão + arroz integral com cenoura + almôndegas de soja + salada crua
Jantar – Crepioca (goma de tapioca + ovo) + queijo de castanha + morangos

Cardápio Vegetariano Estrito


Café da manhã – Torrada integral + guacamole + tofu mexido + mamão com aveia
Almoço – Feijão + arroz 7 grãos + hambúrguer de soja + salada crua
Jantar - Sopa de lentilha + laranja

 Pasta de amendoim – 1 colher cheia;


Receita de Cookies Veg

 1/2 xícara de aveia em flocos (sem glúten, se desejar);


 2 bananas maduras amassadas;
 1 colher de sopa de cacau em pó;
 1 pitada de sal;
 2 colher chá de óleo de coco ou azeite;
 Água (o quanto baste);
 Amendoim para decorar.

Modo de preparo
1. Preaqueça o forno a 180ºC e unte uma assadeira;
2. Bata no liquidificador a aveia, a pasta de amendoim, a banana, o cacau e o sal até se tor-
narem uma farinha fina;
3. Em uma tigela, acrescente o óleo e a água, acrescentando aos poucos, de uma em uma
colher de chá, até a massa se tornar moldável;
4. Molde disquinhos e coloque os cookies na assadeira;
5. Decore com com os amendoins, apertando um pouco para grudar;
6. Asse por aproximadamente 10 minutos, ou até que os cookies estejam ligeiramente fir-
mes, ainda macios. Eles endurem depois de frios. Se desejar que fiquem crocantes, deixe por
mais tempo no forno.

Evilaine araújo
Especialista em Nutrição clínica pela UPE, Mestre em Cirurgia e Obesidade pela UFPE, Membro da Sociedade
Vegetariana Brasileira, Proprietária da Clínica de Nutrição Especializada – CLINNE RECIFE

58 Revista SOS Mulher


30 Trimestre

MOVIMENTO
PARA DEUS
A Importância do Exercício Físico

“E, agora, que o Deus da paz


os torne santos em todos os
aspectos, e que o espírito, a alma e
o corpo de vocês sejam mantidos
irrepreensíveis até a volta de nosso
Senhor Jesus Cristo. Aquele que
“Esforços individuais,
os chama fará isso acontecer, pois
constantes e combinados serão
ELE É FIEL.” 1 Tes. 5:23,24
recompensados com o sucesso.
Os que desejam realizar coisas

S
abemos que a mente e o corpo boas em nosso mundo devem
estão intimamente ligados, e que estar dispostos a fazer isso da
ambos precisam de exercício, tudo maneira ordenada por Deus,
isso é verdade; mas, o que a fidelidade a
desde as pequenas coisas...”.
Deus tem a ver com o meu corpo?
Cuidar do nosso corpo não é só uma O Maior Tesouro, EW, p.39
questão de nos alimentarmos melhor,
implica em várias outras atitudes como
beber água na quantidade adequada; Somos mordomos do corpo que Deus
respirar ar puro e profundo, sempre nos deu. Deixá-lo da melhor forma que
que possível; dormir tranquilamente pudermos, faz parte de nossa fidelidade
(inclui tempo adequado e com quali- a Ele; desta forma, a morada do Espírito
dade); recrear-se sadiamente; exposi- Santo será mais aprazível. Contextualizan-
ção à luz solar e outras ações, incluindo do esta proposta, poderíamos pensar em
o exercício físico, onde iremos nos de- uma situação em que iríamos receber um
ter um pouco agora. convidado especial em nossa casa física, e

Revista SOS Mulher 59


onde precisaríamos caprichar na arruma- O sedentarismo é causa de graves do-
ção, limpeza, decoração, comida, etc. Se enças. Diariamente, vidas são interrom-
executarmos o passo-a-passo para todos os pidas porque faltou atividade física e a
detalhes serem atendidos, com certeza va- morte foi convidada precocemente. Movi-
mos sentir mais confiança e satisfação por mento é vida!
ter feito o nosso melhor; sabendo que des- A OMS (Organização Mundial de Saú-
ta forma, nosso convidado irá se sentir bem de) recomenda cerca de 150 minutos de
e confortável por tudo o que foi preparado atividade física por semana; isto poderia
para proporcionar-lhe a devida atenção e ser dividido em 5 dias com 30 minutos
carinho. A mesma coisa acontece com o diários. Assim sendo, conseguimos sair da
nosso corpo, quando praticamos bons há- zona do sedentarismo.
bitos de saúde, como atividade física. “O sistema não-fazer-nada é, em todos os
A todos nós foi dado o que fazer e a or- casos, um sistema perigoso.” MCP 1, EW, p.118.
dem principal é IDE! Praticar atividade fí- Então, vamos nos movimentar em dire-
sica é essencial para nos movimentar em ção a Deus e sermos fiéis no cuidado dessa
direção à boa Vontade de Deus e termos máquina que Ele nos entregou? #euvou
energia para otimizar o tempo que Ele nos Deixando algumas orientações em
deu. Devemos estar em constante atuação exercícios físicos que podemos fazer, des-
à ordem divina, seja ela qual for. Para ter- de criança já podemos começar, o ideal
mos saúde e sermos eficazes no servir, nos- é que seja sistemático e o que você mais
so cérebro precisa trabalhar e todos os nos- goste de fazer.
sos órgãos também, e para isso o exercício Caminhada, corrida, natação, exercí-
ativará nossa circulação e levará um sangue cios de força ao ar livre ou musculação,
de boa qualidade e primordial às nossas pedalar, etc.
funções. Tudo precisa estar em constante Esportes (futebol, voleibol, basquete,
movimento. Deus fala conosco através de handebol, etc).
nossa mente, precisamos nos movimentar
para entregar uma mente livre e estimula-
Mirian Silva
da pelo sangue circulante, oriundo de ati- Prof. de Educação Física
vação pelo movimento.

60 Revista SOS Mulher


30 Trimestre

QUER COMAIS
QUER BEBAIS...

T
enho certeza que você já ouviu fa- da do Espírito Santo. Eu mesma já ouvi vá-
lar das dietas da moda. A dieta rias vezes e também já fui chamada para
mediterrânea, dieta da sopa, dieta palestrar outras diversas vezes. E nunca
low carb, entre tantas outras que nos são vou me esquecer de quando, finalmente,
apresentadas como verdadeiros milagres o verso de I Coríntios 10:31 fez completo
para perder aqueles quilinhos indeseja- sentido em minha mente, mesmo depois
dos, para ir aquela festa, aquele casamen- de tantos anos ouvindo, lendo e até ten-
to, aquele fim de semana na praia, ou até tando meditar no que esse verso queria
mesmo para entrar naquela roupa que fi- realmente me dizer. Então, em 2018 fui
cou apertada. E a dieta do Templo, você já impactada por ele.
ouviu falar? Acredito que com esse nome Lembro-me de estar na plateia de um
não, afinal, acabei de inventá-lo para apli- treinamento de como montar uma Feira
car ao tema da nossa conversa de hoje. de Saúde. Eu também estava lá para pa-
Mas, tenho certeza de que ao ler o nome, lestrar, mas, naquele momento, estava
algumas memórias bíblicas podem ter como ouvinte. No momento, quem falava
sido desbloqueadas em sua mente. era o Pr. Josanan Alves, atualmente líder
Quantas e quantas vezes já presencia- de Mordomia Cristã da DSA, mas na épo-
mos cultos com sermões que falavam so- ca, era o líder dos departamentos de Mor-
bre o templo do Espírito Santo, ou talvez domia Cristã e Saúde na UNeB, que com
aquelas palestras de saúde, onde partici- suas inspiradas palavras, chamou minha
pam profissionais que abordam o tema, atenção, mas não só isso. Fui impactada,
relacionando o nosso corpo com a mora- como já disse, ao ponto de relembrar o

Revista SOS Mulher 61


que ele falou naquela manhã de domin- fiéis a Ele e glorificarmos o nome dEle. E é
go. Ele leu o verso a seguir: isso que eu gostaria que você compreen-
desse ao ler o que escrevi com tanto cari-
nho para você.
‘’Assim, quer vocês comam, Nós fomos feitos à Sua imagem e se-
bebam ou façam qualquer melhança. Ele nos escolheu como filhas e
outra coisa, façam tudo para a nos fez herdeiros de Seu reino. Além dis-
so tudo, mesmo com belíssimas igrejas,
glória de Deus.” (1 Coríntios 10:31).
templos, paróquias e sedes administra-
tivas, com suas arquiteturas imponentes,
E, de tudo o que foi falado naquela ma- Ele escolheu habitar em mim e em você.
nhã, o que aprendi e memorizei foi: nós Que privilégio, não?! Mas, com grandes
não comemos de maneira saudável para privilégios, também vêm as grandes res-
evitar uma doença, câncer, ou para não ga- ponsabilidades.
nhar peso. Nós devemos nos alimentar de Com certeza você já ouviu falar que
maneira saudável para glorificar a Deus. A somos mordomos de Deus aqui na Ter-
saúde é uma consequência. Nós não bebe- ra. Uma grande responsabilidade, afinal, a
mos para não termos cirrose. Não bebemos mordomia é a gestão da propriedade con-
bebidas alcoólicas para termos um corpo e fiada à humanidade por Deus. No entanto,
uma mente que possam glorificar a Deus. A vai muito além dos recursos financeiros.
saúde é consequência. Fazemos exercícios Envolve relacionamento com coisas ou
físicos, respiramos ar puro e, utilizamos os pessoas. O mordomo reconhece que “vi-
8 remédios naturais em nossa vida com o vemos, agimos e existimos em Cristo”. Ele
intuito de sermos mais saudáveis e felizes. sabe que não pertence a si mesmo, porque
O principal foco de toda essa prática e cui- foi comprado pelo sangue de Jesus na cruz.
dados é apenas um: GLORIFICAR A DEUS! Ele reconhece que Deus é seu Senhor e vive
Tudo que vem de bom, é por consequência. para Ele. Toda a vida cristã, personalidade,
Eu já atendi diversos pacientes que tempo, dons, talentos, ministério, riqueza
me procuraram com o desejo de emagre- material, família, dinheiro, enfim, são todos
cer para se sentir bem com seu corpo. Já dedicados a Cristo. Esta é a verdadeira defi-
atendi também pacientes que professam nição e missão de um mordomo.
a mesma fé que eu e escutei que, uma Vamos juntas voltar nossos olhos para
das motivações principais da busca por o Novo Testamento mais uma vez. Em I
meu trabalho como nutricionista, era não Coríntios 6:19; 3:16 é onde vemos que nos-
apenas de emagrecer, mas sim, ter uma so corpo é apresentado como o templo do
alimentação que cuidasse do templo do Espírito Santo e, eventualmente, se torna
Espírito Santo, uma alimentação que os o templo de Deus: “Ou não sabes que o
conectasse mais com o Criador. Imagina nosso corpo é um templo? Espírito Santo
só, que alegria meu coração sentiu quan- vivendo em você, vem de Deus, você não
do vi que meus irmãos de fé estavam com- pertence a si mesmo? “Você não sabe que
preendendo que a forma que nos alimen- você é o templo de Deus, e o Espírito de
tamos também é uma forma de sermos Deus mora em você?”.

62 Revista SOS Mulher


E, perfeito, sábio, e desejoso de uma E onde podemos encontrar esses nu-
vida plena para Seus filhos recém criados, trientes tão imprescindíveis para o nosso
no intuito de manter este templo de ma- corpo? A criatividade de Deus é tão impres-
neira que não houvesse defeitos, o Criador sionante que Ele criou diversos alimentos,
deixou instruções sobre os tipos de ali- frutas e vegetais. E além de termos tudo
mentos que os humanos deveriam comer. isso à nossa disposição, o Criador nos deu
também a sabedoria e inteligência para
cozinhar e inventar os mais diversos e de-
“E disse Deus: Eis que vos tenho liciosos pratos.
dado toda erva que dá semente Acredito que você já tenha pensado ou
até dito para alguém que uma alimenta-
e que está sobre a face de toda
ção saudável é difícil de fazer, pois acaba
a terra e toda árvore em que há ficando sem graça em algum momento.
fruto de árvore que dá semente; Sei também que, antes mesmo de você
ser-vos-ão para mantimento.” tentar e experimentar, você já recusou
várias combinações e preparações de ali-
Gênesis 1:29
mentos considerados saudáveis. Comer
bem e de maneira saudável pode ser fácil
e tão agradável quanto o mundo dos in-
Nosso corpo precisa de nutrientes para dustrializados e ultraprocessados que nos
funcionar corretamente. Cada um com o enganam com sua praticidade, facilidade
seu papel. Temos os carboidratos, onde e rapidez de preparo.
encontramos a energia necessária para Nas minhas consultas eu costumo di-
nossa vitalidade. Nas proteínas, encontra- zer que, comida saudável é aquela comida
mos a função de fazer crescer, de construir de verdade. Sabe o simples? Aquela comi-
e de reparar o nosso organismo. E temos dinha saborosa que era feita em casa por
também os lipídios, as gorduras, que tam- sua mãe, sua avó e, hoje, por você? Então!
bém exercem um papel importante como A combinação dos alimentos e ingredien-
fonte de energia e armazenamento e tes que foram criados por aquEle que en-
transporte de algumas vitaminas. tende todas as nossas necessidades, com

Revista SOS Mulher 63


certeza, trarão saúde ao seu lar, e princi- Ele, que continua a manter cada pecinha
palmente, estará te fazendo glorificar e ser do meu corpo em funcionamento, mesmo
fiel ao nosso Criador. quando eu deixo de cuidar de algo que
Ellen White, inspirada e usada por Deus nem a mim pertence. Afinal, meu corpo
para trazer a nós muitos conselhos sobre não pertence a mim, pois fui comprada, e
alimentação, saúde e mordomia cristã, por um alto preço! E o que eu posso fazer
deixou escrito em Testemunhos Para Mi- para agradecer? Para tentar agradá-lo ou
nistros, página 422, o seguinte: até mesmo reverenciá-lo por ser meu Deus
e Senhor de mim? Hoje eu entendo que
até mesmo nas coisas simples e necessá-
“No que tange à nossa responsa-
rias do meu viver, eu encontro maneiras de
bilidade e influência, somos respon- glorificá-lo e ser fiel a Ele. E no final, como
sáveis para com Deus visto a nos- consequência, eu vivo mais, vivo feliz, vivo
sa vida dEle derivar. Não obtemos saudável e principalmente, vivo disposta,
para viver a missão que foi a mim confiada.
isso da humanidade, mas de Deus
Eu quero te convidar a exercitar a sua
apenas. Somos Seus pela criação e fidelidade a Deus através de seu corpo, o
pela redenção. Nosso próprio corpo templo do Espírito Santo. Quero te convi-
não nos pertence, para que o tra- dar a passar um tempo em jejum e ora-
ção, conversando com Ele, pedindo dis-
temos como nos aprouver, para o
cernimento, sabedoria e que Ele te abra os
tornar defeituoso devido a hábitos olhos para aquilo que você coloca dentro
que levam à decadência, tornan- do seu lar, na sua mesa, para sua família se
do-lhe impossível prestar a Deus alimentar. Não falo como uma nutricionis-
ta sensacionalista, que quer trazer medo
um serviço perfeito. Nossa vida e to-
e alarde sobre alimentos industrializados
das as nossas faculdades, Lhe per- e o mal que eles fazem à saúde. Te falo
tencem. Ele cuida de nós a cada como uma amiga, que também vive suas
momento; conserva o maquinismo lutas e deseja alcançar o domínio próprio
sobre a forma de se alimentar. Falo como
vivo em ação; se fosse deixado ao
serva de Deus, que estuda há anos sobre a
nosso cuidado dirigi-lo por um mo- alimentação, por entender como esse fa-
mento, morreríamos. Dependemos tor é de extrema importância para a nossa
absolutamente de Deus.” conexão e fidelidade com nosso Senhor.
Minha querida, não digo que vai ser fá-
cil. Mas, afirmo que vai ser prazeroso, de-
Quando li esse texto pela primeira vez, leitoso e uma experiência como você nun-
meu corpo tremeu diante de tamanha ca viveu antes. Posso te garantir que quem
verdade. Se depender de mim, dos meus viveu a oportunidade de glorificar a Deus
desejos, das minhas paixões carnais, eu só através de sua alimentação sentiu mudan-
escolho o que é ruim, o que me traz prejuí- ças incríveis no seu físico, mental e sobre-
zo e no final, morte. Ele que me sustenta e tudo, espiritual.

64 Revista SOS Mulher


Para te ajudar, quero deixar aqui a re-
ceita de alguns sucos detox e te convidar a
passar uma semana no que chamo de Pro-
tocolo Detox. Esses sucos são apenas alguns
dos vários que você pode fazer. Caso se inte-
resse, existe um material incrível com diver-
sas receitas de sucos e shakes que podem
te acompanhar na sua caminhada em bus-
ca de uma vida mais saudável. Basta procu-
rar pelo livro O Poder Medicinal dos Sucos e
Shakes, da CPB.

Um exemplo de semana detox pode


acontecer da seguinte maneira: SUCO 02
Dias 1 e 2 - Apenas sucos e água 5 cenouras médias (300 g)
Dias 3 e 4 - Introduzir frutas cruas nas 2 maçãs médias (320 g)
principais refeições e sucos nos lanches 4 talos de salsão (150 g)
Dias 5, 6 e 7 - Introduzir salada crua no 1 limão médio (suco)
almoço, e manter frutas no desjejum e jan-
tar e sucos nos lanches Ou:
1/2 cenoura
IMPORTANTE: Nunca beber os sucos ao ½ maçã
comer frutas ou salada. Sempre escolher, ½ pepino
um ou outro. 200ml de água
1 folha de couve
SUCO 01 hortelã a gosto
350 ml de água de coco
1 xic. (chá) de couve manteiga crua Preparo:
1 col.(sobremesa) de salsa sem talo Bater todos os ingredientes no liquidi-
1 fatia média de abacaxi ficador e passar no coador de voal.
1/2 limão
3 folhas de hortelã Espero que você tenha compreendi-
do a importância do comer e beber, da
Preparo: alimentação saudável. Aquela que te traz
Bata no liquidificador ou mixer a água saúde, energia, disposição, mas que prin-
de coco, a couve e a salsinha. cipalmente, te faz glorificar a Deus e ser
Em seguida, acrescente o abacaxi, as go- fiel a Ele através do seu corpo.
tas de suco de limão e a hortelã.
Bata até ficar homogêneo.
Por Lylian Militão Xavier - Nutricionista, especialis-
ta em doenças crônicas não transmissíveis e mestranda
em nutrição humana.
Referência: WHITE, Ellen.TESTEMUNHOS PARA
MINISTROS E OBREIROS EVANGÉLICOS, pag, 422. Tatuí,
SP, CPB, 2008

Revista SOS Mulher 65


30 Trimestre

4 SOLUÇÕES
DA BÍBLIA PARA
CONTROLAR A
ANSIEDADE

A ansiedade parece ser um dos grandes problemas da


sociedade atual. Ter um pouco de ansiedade é natural e ajuda a
identificar situações perigosas. Mas viver sempre ansioso é um
problema sério, que precisa ser combatido.

S
e você ama Jesus, sua ansiedade Ore. Você não precisa lutar
tem solução! A promessa da vida sozinho! Quando você sente a
eterna muda muito a perspecti- ansiedade apertando o coração,
va sobre os problemas terrenos. A Bíblia ore a Deus. Ele tem a paz que você precisa.
também dá vários conselhos práticos para Conte para Deus o que você está sentindo
controlar a ansiedade no dia a dia: e peça sua ajuda. Deus ouve!

“Não andem ansiosos por coisa


alguma, mas em tudo, pela oração
e súplicas, e com ação de graças,
apresentem seus pedidos a Deus.”
Filipenses 4;6

66 Revista SOS Mulher


“Lancem sobre
Entregue a ansie-
dade para Deus. ele toda a sua
Não deixe que a ansiedade lhe esmague. ansiedade, porque
Entregue a Deus sua ansiedade. Ele é
ele tem cuidado
mais forte que você e consegue carregar
seus problemas. Sempre que a ansiedade de vocês.”
aparecer, escolha dar o fardo para Deus (e 1 Pedro 5:7
não aceite de volta).

Confie em Deus. Procure encoraja-


Muita ansiedade vem porque mento.
sentimos que tudo depende Não se isole! Muitas vezes, Deus
de nós e ninguém vai nos ajudar. Mas, se usa outras pessoas para lhe ajudar. Procure
você ama Jesus, Ele está com você. Confie pessoas bondosas com palavras de encoraja-
nEle! Jesus é maior que todos os seus pro- mento. Deixe que seus pensamentos sejam
blemas e, com Ele, você não precisa ter influenciados por palavras animadoras. Con-
medo do futuro. Ele vai cuidar de você. viver com pessoas positivas ajuda a controlar
Lembre-se disso! a ansiedade. Unidos somos mais fortes.

“Mas eu, quando estiver com “O coração ansioso deprime


medo, confiarei em Ti.” o homem, mas uma palavra
Salmos 56:3 bondosa anima.”
Provérbios 12:25

Com a ajuda de Deus, você pode controlar a ansiedade!


Ficamos ansiosos quando desviamos o nosso olhar de Deus e de tudo aquilo que Ele já
fez e é capaz de fazer.
As preocupações do mundo, a correria do dia a dia, os imprevistos, são coisas que po-
dem tirar a nossa paz. Apesar disso, devemos acreditar no poder de Deus e confiar que Ele
nos ajudará a ultrapassar qualquer barreira que estiver no nosso caminho!

Fonte: bibliaon.com

Revista SOS Mulher 67


40 Trimestre

PRESENTE
DIVINO

“Se vós, pois, sendo humanos e maus, “sabeis dar boas dádivas
aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo
àqueles que Lho pedirem?” Luc. 11:13. O Espírito Santo, Seu próprio
representante, é o maior de todos os dons. Todas as “boas coisas”
(Mat. 7:11) se acham compreendidas nesse dom. O próprio Criador
não nos pode dar coisa alguma maior, coisa alguma melhor.”
O maior discurso de Cristo, pág 132.

P
rofeticamente estamos vivendo o o impossível um Deus de Milagres. Os dons
tempo do fim. Os sinais anunciam espirituais são presentes de Deus frente a
que muito em breve nosso Redentor nossa limitação, pois sem o auxílio divino a
Jesus Cristo virá. Nesse contexto, uma obra pregação do evangelho é impossível.
nos foi confiada, a pregação das três men- Nos momentos finais de Jesus nesta
sagens angélicas a todas as nações, tribos e terra, ao olhar aqueles que iriam levar o
línguas. (Mateus 28:19-20; Apocalipse 14:6). evangelho ao mundo, percebeu as suas
Já parou para pensar na magnitude des- limitações diante de uma tarefa tão desa-
sa missão? Posso afirmar que é sobre-hu- fiadora e por isso sabiamente os orientou
mana, vai muito além da nossa boa vonta- a ficar na cidade de Jerusalém, até que do
de, das nossas capacidades e talentos. No alto viesse o poder do Espírito Santo sobre
entanto, vale a pena lembrar que desde a eles, somente depois poderiam com efi-
fundação deste mundo, o plano para nos cácia ser testemunhas em Jerusalém, em
redimir foi totalmente DIVINO. Para a nos- toda Judéia e Samaria, e até os confins da
sa limitação temos um Deus Infinito, para terra. (Lucas 24:49; Atos 1:8).

68 Revista SOS Mulher


A finalidade do poder do Espírito San- teve durante sua comunhão com Deus,
to materializado nos dons espirituais era aquele ministério em sua igreja que não
clara, capacitar os discípulos para o cum- está funcionando, a oportunidade que se
primento da missão e preservar a unidade apresentou, o convite para a ação, isso é
da Igreja. Todo dom espiritual é um pre- um chamado de Deus para você! Antes de
sente de Deus e sua finalidade é salvação, receber o Dom do Espírito vem o chama-
jamais engrandecimento daquele que re- do. Se você percebe a necessidade, esse é
cebe. O que determina o dom e a quem o chamado de Deus, e Ele está desejoso
ele será dado é a necessidade da obra de para te capacitar e te dar o presente divi-
Deus. Por isso, a diversidade de dons, mas no, o Dom do Espírito para ser usado con-
o Espírito é o mesmo. forme Sua vontade e para Honra e Glória
Com espírito de oração, pare um pou- unicamente do Seu nome.
co agora e pense nas necessidades de Como uma juvenil sempre disposta,
sua família; olhe para sua vizinhança, veja tive a oportunidade de servir a Deus em
também sua igreja local. O que determi- vários ministérios, porém o ministério da
na o dom é a necessidade. Não pense em criança não fazia parte do meu conheci-
suas capacidades, não bloqueie os pen- mento nem atuação. O tempo passou,
samentos dizendo para você mesma: Eu agora uma adulta fui convidada para coor-
não sei fazer. Agora, olhe apenas para as denar o Ministério da Criança na Associa-
necessidades. ção Bahia Sul, isso estava além das minhas
O que você percebe? Quais são as do- capacidades e talentos, havia pessoas
res que precisam ser curadas? Quem vem muito mais capazes que eu. Já pensou as-
a sua mente? Sabe aquela ideia que você sim? Por que eu?

Revista SOS Mulher 69


Pois é, muitas perguntas passavam
em minha mente, mas aprendi a dizer “Cada um administre aos outros
sim quando Deus me chama e assim o o dom como o recebeu, como
fiz, na esperança de que Ele estaria co- bons despenseiros da multiforme
migo. Foram meses desafiadores e lin-
graça de Deus. Se alguém falar,
dos até que um chamado para o Uru-
guay mudou tudo. Lá vamos nós, ao fale segundo as palavras de
chegar na igreja que meu esposo iria Deus; se alguém administrar,
pastorear, lágrimas correm em meu ros- administre segundo o poder que
to, pois não havia crianças, conseguí-
Deus dá, para que em tudo Deus
amos contar nos dedos os fiéis irmãos
em meio ao frio polar. Na zona rural, ou- seja glorificado por Jesus Cristo, a
tra igreja a ponto de ser vendida, pois quem pertence a glória e o poder
também não havia irmãos. para todo o sempre. Amém!”
Eu estava vendo a necessidade. Alí es-
I Pedro 4:10-11.
tava meu chamado, alí estava Deus esten-
dendo sua mão para me dar o dom de lín-
guas, o dom do serviço, o dom de amar. O
ministério da criança foi fundamental no
fortalecimento da igreja. O trabalho na- Agora é sua vez!
quele lugar foi surpreendente, maravilho-  Ore a Deus sobre o tema
so e divino. Ver a igreja repleta de crianças  Perceba as necessidades
louvando a Deus, pequeninos entregando  Esteja disposta a atender o chamado
a vida a Jesus deu sentido a tudo que ha-  Pratique o dom recebido
via vivido e a certeza de que Deus estava  Glorifique somente a Deus
no controle.
Deus não pede capacidades, é Ele
que te capacita. Ele diz: “O meu poder se
aperfeiçoa na sua fraqueza.” II Coríntios
12:9. Não há tempo a perder. Jesus está
Por Evelyn Rius - Psicóloga
voltando! O mesmo Espírito derramado
Fontes/Referências:
no Pentecostes está disponível hoje para http://www.centrowhite.org.br/downloads/sermoes/
você, não duvide, clame e se entregue sermoes-em-texto/dons-espirituais-por-que/

agora ao serviço do Senhor. Ele te dará https://www.iasdcp.com.br/nossa-historia/left-featu-


red/757-17-dons-e-ministerios-espirituais
o dom necessário para o cumprimento
da missão. Rom. 12:4-8; I Cor. 12:9-11 e 27 e 28; Efés. 4:8, 11-16;
Atos 6:1-7; I Tim. 3:1-13; I Pedro 4:10 e 11; Mat. 28:19-20;
Lucas 24:49; Atos 1:8; Apoc. 14:6

70 Revista SOS Mulher


Questionário para o levantamento das necessidades das mulheres

Querida Amiga!
Obrigado por preencher este questionário. É de nosso interesse conhecer sua opinião, pois somente desta
maneira poderemos planejar melhor as atividades do Departamento do Ministério da Mulher a fim de que
ele possa ser uma bênção para você, para a igreja, para a comunidade e para que seja uma honra ao nosso
Deus.

1. Idade:_______ ( ) Testemunho ao Cônjuge Não-Cristão


2. Estado Civil: ____________ ( ) Preparo para o Casamento
3. Tem filhos? _______ Quantos e de que idade e sexo: ___________________ ( ) Casamento
_____________________________________________________________ ( ) Relacionamento na Família
4. Sobre o Ministério da Mulher, você: ( ) Crescendo numa Família problemática; alcoolismo; abuso; traumas
( ) Desconhece ( ) Já ouviu falar, mas não conhece ( ) Conhece ( ) Paternidade
5. Você já participou do Ministério da Mulher? ( ) Sim ( ) Não ( ) Orientação dos filhos
6. Dê prioridade de 1 a 3 para as seguintes áreas de atuação (sendo o nº 1 o ( ) Desafios da Adolescência
mais importante): ( ) Pai, mãe solteiro(a), divorciado(a) que cria os Filhos Sozinho
( ) Mulheres no lar ( ) Viver bem como solteiro (a)
( ) Mulheres na igreja ( ) Relacionamentos humanos gerais
( ) Mulheres na comunidade ( ) O Viver Cristão no Trabalho, na Faculdade, no Lar Dividido, etc
7. Qual sua cor predileta? _______________ ( ) Papel das Mulheres na Igreja
8. Qual sua flor predileta? _______________ ( ) Treinamento na Liderança
9. Você gosta de ler? ( ) Sim ( ) Não ( ) Como Ensinar
( ) Como Atuar em uma Mesa ou Comissão

2
10. Você já leu a Bíblia toda? ( ) Sim ( ) Não Quantas vezes? _____________
11. Você já leu livros do Espírito de Profecia? ( ) Comunicações
( ) Sim - Cite algum _____________________________________________ ( ) Auto-estima .
( ) Não ( ) Administração do Estresse
12. Como considera sua vida devocional: ( ) Estresse: prevenção, recuperação
( ) A melhorar ( ) Boa ( ) Muito boa ( ) Como Abandonar os Vícios (fumo, bebidas\ alcoólicas, etc.)
13. Como considera sua vida familiar: ( ) Enfermidades que Ameaçam a Vida
( ) A melhorar ( ) Boa ( ) Muito boa ( ) Controle do Peso
14. Você se considera uma pessoa feliz? ( ) Saúde da mulher
( ) Sim ( ) Não ( ) Às vezes ( ) Beleza e estética
15. Você se considera uma pessoa talentosa? ( ) Culinária
( ) Sim ( ) Não ( ) Mais ou menos ( ) Regime alimentar
16. Se você pudesse usar apenas uma palavra para se definir, qual seria esta ( ) Etiqueta e boas maneiras
palavra? ________________________________________________________ ( ) Administração do Tempo
_____________________________________________________________ ( ) Como Administrar o Orçamento
17. O que você gosta de fazer nos momentos de folga? ( ) Artes manuais
______________________________________________________________ ( ) Jardinagem
_____________________________________________________________ ( ) Outro: _____________
18. O que a motiva a trabalhar na Igreja: ( ) Outro: _____________
( ) O convite para o cargo
( ) Usar seus dons e talentos 21. Gostaria de ajudar em:
( ) O desafio do aprender a liderar ( ) retiros
( ) O Departamento que está desenvolvendo a atividade ( ) refeições especiais
( ) As pessoas que estarão envolvidas ( ) transportes
( ) O desafio do trabalho ( ) grupos de oração
( ) O líder do trabalho ( ) estudos bíblicos
19. Quanto a seus planos de participação em atividades da Igreja durante ( ) ministério da oração
este ano, você está: ( ) cuidar de crianças
( ) Disposta a participar ( ) decoração
( ) Sem tempo ( ) publicidade
( ) Sem vontade ( ) telefonemas
( ) Decidida a não desempenhar nenhuma funcão ( ) recepção
20. Sobre qual destes assuntos você gostaria que o MM tratasse? Por favor, assi- ( ) trabalhos em computador
nale as áreas de seu interesse e classifique-as, nos parênteses conforme sua ( ) receber em minha casa
prioridade de 1 a 4, sendo que 1 significa sua mais elevada prioridade. ( ) evangelismos
( ) Métodos de Estudos Bíblicos
( ) Estratégias de Evangelismo Com que outras habilidades você pode cooperar?
( ) Mulheres no Evangelismo ________________________________________________________________
( ) Aprender a estudar a Bíblia ________________________________________________________________
( ) Como Fazer Discípulos __________________________________________________________

Revista SOS Mulher 71


RELATÓRIO DO MINISTÉRIO DA RECEPÇÃO
Igreja: ____________________________________ Distrito: _________________________________ Data: ____ /____ /____
Nome: _______________________________________________________Telefone: ________________________________
Endereço: ___________________________________________________________________________CEP: _____________

(Enviar uma cópia preenchida deste relatório para o Departamento do MM da Associação/Missão ao final de cada trimestre.
Os itens escritos em colorido são apenas explicativos).

Material Sim Não


1 Sua igreja possui as fichas e o Caderno de Recepção?

2 Possui bótons de identificação?

3 Possui uniforme?

Possui hinários, bíblias, cartões, livreto, etc para os visitantes? Quanto as Bíblias e hinários, se a recepção
4 ainda não possui os seus e se os membros foram instruídos a compartilhar com as visitas e isso está sendo
feito, então este item pode ser considerado como cumprido.

Ações na Igreja
5 A Recepção funciona em todos os programas? Cultos, JA, Casamentos, Funerais, Semanas de Oração.

6 A equipe cumpre a escala com pontualidade? Avaliação do trabalho interno da equipe

7 Há recepcionistas nas unidades da Escola Sabatina ou assentada na igreja em pontos estratégicos?

8 A equipe permanece recepcionando durante todo o período da programação?

9 Todos os amigos visitantes são identificados e bem recebidos em sua igreja?

Ações após o culto


10 São enviados cartas, e-mail, telefonemas para os visitantes?

11 É lembrada a data de aniversário dos amigos visitantes?

12 É realizada Oração Intercessora pelos visitantes?

Envolvimento interno
13 Líder de Recepção participa das reuniões promovidas pelo campo local?

14 Diáconos e Diaconisas colaboram com esse ministério na igreja local?

15 Possui Ancião Conselheiro de Recepção?

16 A equipe faz parte do departamento MM?

17 A equipe de recepção participa dos treinamentos?

18 O coordenador de interessados está envolvido e dando sequência no processo?

Avaliação
19 Quantos treinamentos foram realizados com a equipe de recepção local?

20 Quantas reuniões de motivação e valorização foram feitas com a equipe de recepção?

21 Quantas visitas foram feitas aos amigos visitantes?

22 Quantos amigos visitaram sua igreja? (incluir todos os cultos e reuniões) Dado estatístico.

23 Quantos visitantes estão recebendo Estudos Bíblicos?

23 Quantos batismos resultaram do trabalho da Recepção?

72 Revista SOS Mulher


RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA IGREJA
#

MINISTÉRIO DA MULHER
Igreja: _____________________________ Distrito: _________________________ Associação/Missão: __________

Líder: _____________________________ Coord. Distrital: ____________________________ 1º Trimestre

ATIVIDADE SIM NÃO


Foi promovida Devoção Pessoal, Estudo da Bíblia, (RPSP), LES, meditações? (Responder este item a cada trimestre)

Realizou os 10 Dias de Oração em sua igreja?

Foram realizadas atividades do Dia Mundial de Oração? Oração nas casas, nas ruas, nos hospitais, asilos, orfanatos?

Sua igreja possui um grupo de intercessão que se reúne a cada semana? (Projeto Comunhão Com Deus)

Você participa do projeto Orar para Salvar?

Você participa do projeto Amiga Secreta de Oração?

Apresentação de testemunhos, batismos pelo MM?

Número de duplas missionárias na sua igreja?

Número de Mulheres envolvidas em Evangelismo público? Classes Bíblicas?

Números de mulheres líderes de PGs em sua igreja?

Número de Estudos bíblicos dados por mulheres em sua Igreja?

Número de batismos realizados pelo MM?

Recepção funciona bem em sua igreja?

A sua igreja possui uma equipe preparada para receber visitantes?

Faz anotações quanto a: End, tel, e-mail dos visitantes? Convida-os a um PG?

Realiza visitas aos interessados?

Foram realizadas atividades de Saúde/ Motivação / Bem-Estar para mulheres?

Foram realizados cursos como: Culinária, pinturas, geração de renda?

Foram realizadas palestras de saúde/ estética?

Foi realizada Feira de Saúde?

Foi realizado Chá Entre Amigas?

Foi realizado Café da Manhã?

Foram realizados passeios ciclísticos? Caminhada da Amizade? Aulas de ginástica?

Número de treinamentos, retiros, congressos, programas realizados pelo MM em sua Igreja?

São registrados, toda semana, a presença dos amigos visitantes e eles estão sendo envolvidos nas atividades promovidas pela
igreja durante o trimestre?

Foi realizado o programa do Dia de Oração Mundial? (10 dias de Oração e 10 horas de Jejum)?

Foi promovido e/ou realizado atividades para motivar a Comunhão com Deus? (Reavivados por Sua Palavra, Primeiro Deus, A
presença de Jesus em Minha Vida, Quartas de Poder, Grupo Permanente de Oração)?

Foram realizadas atividades para promover a saúde da mulher e desenvolvimento de suas habilidades?

O Sábado da Mulher Adventista foi realizado?

O Projeto Quebrando o Silêncio foi realizado na comunidade?

Foi realizada a semana de Evangelismo do Ministério da Mulher?

Número de campanhas evangelísticas realizadas pelo MM.

Número de atividades realizadas especificamente para evangelizar e desenvolver os dons? (Chá evangelístico, PG, entrega de
folheto Semeando Esperança, estudos Bíblicos, Projeto Reencontro)

Número de Retiros Espirituais/Congressos realizados pelo MM no Trimestre [Associação/Missão]

Número de mulheres presentes nos retiros espirituais/congressos. [Associação/Missão]

Número de mulheres adventistas presentes nos retiros espirituais/congressos. [Associação/Missão]

Número de seminários de capacitação e treinamento realizados pelo MM. [Associação/Missão]

Revista SOS Mulher 73


RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA IGREJA

#
MINISTÉRIO DA MULHER
Igreja: _______________________________ Distrito: ____________________________ Associação/Missão: __________

Líder: ______________________________ Coord. Distrital: ___________________________ 2º Trimestre

ATIVIDADE SIM NÃO


Foi promovida Devoção Pessoal, Estudo da Bíblia, (RPSP), LES, meditações? (Responder este item a cada trimestre)

Foram realizadas atividades como: Oração nas casas, nas ruas, nos hospitais, asilos, orfanatos?

Sua igreja possui um grupo de intercessão que se reúne a cada semana? (Projeto Comunhão Com Deus)

Você participa do projeto Orar para Salvar?

Você participa do projeto Amiga Secreta de Oração?

Foram realizadas atividades no Dia da Mulher Missionária?

Apresentação de testemunhos, batismos pelo MM?

Número de duplas missionárias na sua igreja?

Número de Mulheres envolvidas em Evangelismo público? Classes Bíblicas?

Números de mulheres líderes de PGs em sua igreja?

Número de Estudos bíblicos dados por mulheres em sua Igreja?

Número de batismos realizados pelo MM?

Sua igreja está envolvida no Impacto esperança?

Recepção funciona bem em sua igreja?

A sua igreja possui uma equipe preparada para receber visitantes?

Faz anotações quanto a: End, tel, e-mail dos visitantes? Convida-os a um PG?

Realiza visitas aos interessados?

Foram realizadas atividades de Motivação/ Saúde/ Bem-Estar para mulheres?

Foram realizados cursos como: Culinária, pinturas, geração de renda?

Foi realizada palestras de Saúde/ Estética?

Foi realizada Feira de Saúde?

Foi realizado Chá Entre Amigas?

Foi realizado Café da Manhã?

Foram realizados passeios ciclísticos? Caminhada da Amizade? Aulas de ginástica?

Número de treinamentos, retiros, congressos, programas realizados pelo MM em sua Igreja?

Foi realizado o Sábado Missionário da Mulher Adventista?

Foram promovidas e/ou realizadas atividades para motivar a Comunhão com Deus? (Reavivados por Sua Palavra, Primeiro

Deus, A presença de Jesus em Minha Vida, Quartas de Poder, Grupo Permanente de Oração)?

Foram realizadas atividades para promover a saúde da mulher e desenvolvimento de suas habilidades?

Número de campanhas evangelísticas realizadas pelo MM.

Número de atividades realizadas especificamente para evangelizar e desenvolver os dons? (Chá evangelístico, PG, entrega

de folheto Semeando Esperança, estudos Bíblicos, Projeto Reencontro)

Número de Retiros Espirituais/Congressos realizados pelo MM no Trimestre [Associação/Missão]

Número de mulheres presentes nos retiros espirituais/congressos. [Associação/Missão]

Número de mulheres adventistas presentes nos retiros espirituais/congressos. [Associação/Missão]

Número de seminários de capacitação e treinamento realizados pelo MM. [Associação/Missão]

74 Revista SOS Mulher


RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA IGREJA
#

MINISTÉRIO DA MULHER
Igreja: _______________________________ Distrito: ____________________________ Associação/Missão: __________

Líder: _______________________________ Coord. Distrital: __________________________ 3º Trimestre

ATIVIDADE SIM NÃO


Foi promovida Devoção Pessoal, Estudo da Bíblia, (RPSP), LES, meditações? (Responder este item a cada trimestre)

Foram realizadas atividades como: Oração nas casas, nas ruas, nos hospitais, asilos, orfanatos?

Sua igreja possui um grupo de intercessão que se reúne a cada semana? (Projeto Comunhão Com Deus)

Você participa do projeto Orar para Salvar?

Você participa do projeto Amiga Secreta de Oração?

Apresentação de testemunhos, batismos?

Número de duplas missionárias na sua igreja?

Número de Mulheres envolvidas em Evangelismo público? Classes Bíblicas?

Números de mulheres líderes de PGs em sua igreja?

Número de Estudos bíblicos dados por mulheres em sua Igreja?

Número de batismos realizados pelo MM?

Sua Igreja participa da campanha QS? Seminários, passeatas?

Sua igreja está envolvida no Impacto esperança?

Recepção funciona bem em sua igreja?

A sua igreja possui uma equipe preparada para receber visitantes?

Faz anotações quanto a: End, tel, e-mail dos visitantes? Convida-os a um PG?

Realiza visitas aos interessados?

Foram realizadas atividades de Saúde/ Motivação / Bem-Estar para mulheres?

Foram realizados cursos como: Culinária, pinturas, geração de renda?

Foram realizadas palestras de Saúde/ Estética?

Foi realizada Feira de Saúde?

Foi realizado Chá Entre Amigas?

Foi realizado Café da Manhã?

Foram realizados passeios ciclísticos? Caminhada da Amizade? Aulas de ginástica?

Foi realizado o Sábado Missionário da Mulher Adventista?

São registrados, toda semana, a presença dos amigos visitantes e eles estão sendo envolvidos nas atividades promovidas

pela igreja durante o trimestre?

Foi realizado o Projeto Quebrando o Silencio na congregação e/ou comunidade?

Foi promovidas e/ou realizadas atividades para motivar a Comunhão com Deus? (Reavivados por Sua Palavra, Primeiro

Deus / A Presença de Jesus em Minha Vida, Quartas do Poder, Grupo Permanente de Oração)?

Foram realizadas atividades para promover a saúde da mulher e desenvolvimento de suas habilidades?

Número de treinamentos, retiros, congressos, programas realizados pelo MM em sua Igreja

Número de campanhas evangelísticas realizadas pelo MM.

Número de atividades realizadas especificamente para evangelizar e desenvolver os dons? (Chá evangelístico, PG, entrega

de folheto Semeando Esperança, estudos Bíblicos, Projeto Reencontro)

Número de Retiros Espirituais/Congressos realizados pelo MM no Trimestre [Associação/Missão]

Número de mulheres presentes nos retiros espirituais/congressos. [Associação/Missão]

Número de mulheres adventistas presentes nos retiros espirituais/congressos. [Associação/Missão]

Número de seminários de capacitação e treinamento realizados pelo MM. [Associação/Missão]

Revista SOS Mulher 75


RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA IGREJA

#
MINISTÉRIO DA MULHER
Igreja: _____________________________ Distrito: __________________________ Associação/Missão: __________

Líder: ______________________________ Coord. Distrital: __________________________ 4º Trimestre

ATIVIDADE SIM NÃO


Foi promovida Devoção Pessoal, Estudo da Bíblia, (RPSP), LES, meditações? (Responder este item a cada trimestre)

Foram realizadas atividades do Dia Mundial de Oração? Oração nas casas, nas ruas, nos hospitais, asilos, orfanatos?

Sua igreja possui um grupo de intercessão que se reúne a cada semana? (Projeto Comunhão Com Deus)

Você participa do projeto Orar para Salvar?

Você participa do projeto Amiga Secreta de Oração?

Apresentação de testemunhos, batismos?

Número de duplas missionárias na sua igreja?

Número de Mulheres envolvidas em Evangelismo público? Classes Bíblicas?

Números de mulheres líderes de PGs em sua igreja?

Número de Estudos bíblicos dados por mulheres em sua Igreja?

Número de batismos realizados pelo MM?

Sua igreja está envolvida no Impacto esperança?

Recepção funciona bem em sua igreja?

A sua igreja possui uma equipe preparada para receber visitantes?

Faz anotações quanto a: Endereço, tel, e-mail dos visitantes? Convida-os a um PG?

Realiza visitas aos interessados?

Foram realizadas atividades de Saúde/ Motivação / Bem-Estar para mulheres?

Foram realizados cursos como: Culinária, pinturas, geração de renda?

Foram realizadas palestras de Saúde/ Estética?

Foi realizada Feira de Saúde?

Foi realizado Chá Entre Amigas?

Foi realizado Café da Manhã?

Foram realizados passeios ciclísticos? Caminhada da Amizade? Aulas de ginástica?

São registrados, toda semana, a presença dos amigos visitantes e eles estão sendo envolvidos nas atividades promovidas pela igreja

durante o trimestre?

Foi promovidas e/ou realizadas atividades para motivar a Comunhão com Deus? (Reavivados por Sua Palavra, Primeiro Deus / A

Presença de Jesus em Minha Vida, Quartas de Poder, Grupo Permanente de Oração)?

Foram realizadas atividades para promover a saúde da mulher e desenvolvimento de suas habilidades?

Número de treinamentos, retiros, congressos, programas realizados pelo MM em sua Igreja

Número de campanhas evangelísticas realizadas pelo MM.

Número de atividades realizadas especificamente para evangelizar e desenvolver os dons? (Chá evangelístico, PG, entrega de

folheto Semeando Esperança, estudos Bíblicos, Projeto Reencontro)

Número de Retiros Espirituais/Congressos realizados pelo MM no Trimestre [Associação/Missão]

Número de mulheres presentes nos retiros espirituais/congressos. [Associação/Missão]

Número de mulheres adventistas presentes nos retiros espirituais/congressos. [Associação/Missão]

Número de seminários de capacitação e treinamento realizados pelo MM. [Associação/Missão]

76 Revista SOS Mulher


,
LÍDERES DO Ministério da Mulher
Jeanete Lima
Líder MM - DSA

Soraia Braun Rosário Silva


Líder MM - MN Líder MM - UNeB

Rafella Matos
Líder MM - MisAl

Cristiane Barreto
Líder MM - ACe

Naielda Correia Cybelle Florêncio


Líder MM - APe Líder MM - MPi

Josiane Oliveira
Líder MM - APeC

Você também pode gostar