Você está na página 1de 69

COLEÇÃO AMARELINHA

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS


CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS

A organização dos conteúdos para se trabalhar o movimento deve


respeitar as diferentes capacidades das crianças em cada faixa etária
e as diferentes culturas presentes nas regiões do país. Os conteúdos
devem priorizar capacidades expressivas e instrumentais do movimento,
LIVRO DO PROFESSOR
permitindo que as crianças ajam cada vez mais com intencionalidade.
Devem ser organizados de maneira contínua e integrados, envolvendo
múltiplas atividades realizadas pela criança, sozinha e em situações CORPO, GESTOS
de interação, através de diferentes espaços e materiais.
E MOVIMENTOS
3 ANOS

Especificações ISBN: 978853395897-5


Formato: 200 mm x 270 mm
No de páginas: 68
Miolo: offset 75g
Capa: cartão 250g

Capas - Amarelinha - 3 anos - ED - LP - 3a Edicao.indd 1 2/5/20 12:19 PM


le
o oçã

C
a l n
am re i ha Educação
Infantil
Corpo, gestos e mov
imentos
3
no

s
a
Rose Elaine Sgroglia Machado

Cursou Pedagogia e Psicologia com especialização em


Psicopedagogia, na Faculdade OSEC, em São Paulo.

Autora de vários livros didáticos, paradidáticos e de


literatura infantil. Ministrou aulas na Educação Infantil e
no Ensino Fundamental.

Trabalha atualmente como Coordenadora Pedagógica


e Psicopedagoga, além de prestar consultoria para
várias escolas e ministrar cursos.

Atua na área desde 1979.

3a EDIÇÃO

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 1 2/3/20 3:4 PM


EXPEDIENTE

FUNDADOR Italo Amadio (in memoriam)


DIRETORA EDITORIAL Katia Amadio
EDITOR Eduardo Starke
DIAGRAMAÇÃO Leonel Luiz
ASSESSORIA PEDAGÓGICA Ana Paula Riquena
REVISÃO Patrícia Harumi
Roseli Simões
Valquíria Matiolli
ILUSTRAÇÕES Jaison Roberto Carvalho

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)


Angélica Ilacqua CRB-8/7057

Machado, Rose Elaine Sgroglia


Coleção Amarelinha : 3 anos / Rose Elaine Sgroglia Machado ;
ilustrado por Jaison R. Carvalho. –- 3. ed. -- São Paulo :
Rideel, 2020.
5 vol.

ISBN 978-85-339-5894-4 - Linguagem


ISBN 978-85-339-5895-1 - Matemática
ISBN 978-85-339-5896-8 - Interações naturais e sociais
ISBN 978-85-339-5897-5 - Corpo, gestos e movimentos
ISBN 978-85-339-5898-2 – Livro do professor
ISBN 978-85-339-5893-7 – Obra completa

1. Educação infantil 2. Alfabetização I. Títulos II. Carvalho,


Jaison R.
20-1211
CDD 372.2

Índices para catálogo sistemático:

1. Educação infantil

© Todos os direitos reservados à

Av. Casa Verde, 455 – Casa Verde


CEP 02519-000 – São Paulo – SP
e-mail: sac@rideel.com.br
www.editorarideel.com.br
Proibida a reprodução total ou parcial desta obra, por qualquer meio ou processo, especialmente
gráfico, fotográfico, fonográfico, videográfico, internet. Essas proibições aplicam-se também às
características de editoração da obra. A violação dos direitos autorais é punível como crime (art.
184 e parágrafos, do Código Penal), com pena de prisão e multa, conjuntamente com busca
e apreensão e indenizações diversas (artigos 102, 103, parágrafo único, 104, 105, 106 e 107,
incisos I, II e III, da Lei no 9.610, de 19-2-1998, Lei dos Direitos Autorais).

1 3 5 7 9 10 8 6 4 2
0220

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2 2/3/20 3:4 PM


Querido(a) professor(a),

Abrir um livro é sempre uma grande surpresa e uma grande


descoberta. Pensando nisso, quis criar um livro que tentasse suprir
a maioria das necessidades que temos durante o nosso dia a dia,
elaborando atividades que fossem fáceis de serem preparadas e,
ao mesmo tempo, que os alunos pudessem aprender brincando.
Todo o planejamento foi elaborado com embasamento na
BNCC – (Base Nacional Comum Curricular), contemplando os cin-
cos campos de experiência da Educação Infantil, bem como os
direitos de aprendizagem e desenvolvimento previstos nela.
Cada caixa contém um livro de Linguagem, um de Matemá-
tica, um de Interações Naturais e Sociais e um de Corpo, gestos e
movimentos, com abordagem interdisciplinar.
No Livro do Professor são contempladas informações impor-
tantes sobre a BNCC, como as competências gerais da Educa-
ção Básica, a estrutura da BNCC, os direitos de aprendizagem e
os campos de experiência da Educação Infantil, além dos obje-
tivos de aprendizagem e desenvolvimento em cada campo, se-
parados por faixa etária. Este livro apresenta, também, sugestões
de como montar sua sala de aula, a sala de artes e a de música.
O conteúdo é claro, de linguagem fácil e com sugestões de
atividades diversificadas e motivadoras, com temas abrangentes
de acordo com a realidade da criança e de cada faixa etária,
estimulando a aprendizagem do aluno.
É um instrumento valioso, que complementará seu trabalho
pedagógico, pois incorpora o conhecimento de uma equipe de
professores com ampla experiência em sala de aula.
Com esta Coleção, espero contribuir para que as crianças
tenham um desenvolvimento feliz.

Rose Elaine Sgroglia Machado

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 3 2/5/20 4:11 PM


Sumário

Primeiros
Passos Objetivos
6
8

Educação
Física
10

Jogos e Atividades
Brincadeiras com Música
38 60

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 4 2/3/20 3:4 PM


Jogos e Brincadeiras
EDUCAÇÃO INFANTIL - 3 ANOS

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 5 2/3/20 3:4 PM


PRIMEIROS PASSOS
As crianças se movimentam desde que nascem, adquirindo cada
vez mais controle sobre seu próprio corpo e se apropriando cada vez
mais das possibilidades de interação com o mundo.

Engatinham, caminham, manuseiam objetos, correm, saltam, brincam


sozinhas ou em grupo, com objetos ou brinquedos, experimentando
sempre novas maneiras de utilizar seu corpo e seu movimento.
Ao movimentarem-se, as crianças expressam sentimentos, emoções
e pensamentos, ampliando as possibilidades do uso significativo
de gestos e posturas corporais.

O movimento humano, portanto, é mais do que simples


deslocamento do corpo no espaço: constitui-se em uma
linguagem que permite às crianças agirem sobre o meio físico
e atuarem sobre o ambiente humano, mobilizando as pessoas por
meio de seu teor expressivo.

As maneiras de andar, correr, arremessar, saltar resultam das


interações sociais e da relação dos homens com o meio; são
movimentos cujos significados têm sido construídos em função
das diferentes necessidades, interesses e possibilidades corporais
humanas, presentes nas diferentes culturas e em diversas épocas
da história.

Esses movimentos incorporam-se aos comportamentos


dos homens, constituindo-se assim numa cultura corporal.
Dessa forma, diferentes manifestações dessa linguagem foram
surgindo, como a dança, o
jogo, as brincadeiras, as
práticas esportivas etc.,
nas quais se faz uso
de diferentes gestos,
posturas e expressões
corporais com
intencionalidade.

Ao brincar, jogar, imitar e criar ritmos e movimentos, as


crianças também se apropriam do repertório da cultura
corporal na qual estão inseridas.

Nesse sentido, as escolas de educação infantil devem


favorecer um ambiente físico e social onde as crianças se
sintam protegidas e acolhidas e, ao mesmo tempo, seguras
para se arriscar e vencer desafios.

Quanto mais rico e desafiador for esse ambiente, mais ele


lhes possibilitará a ampliação de conhecimentos acerca de si
mesmos, dos outros e do meio em que vivem.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
6 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2/3/20 3:4 PM


O trabalho com movimento contempla a multiplicidade de funções e manifestações do ato motor, propiciando um amplo
desenvolvimento de aspectos específicos da motricidade das crianças, abrangendo uma reflexão acerca das posturas
corporais implicadas nas atividades cotidianas, bem como atividades voltadas para a ampliação da cultura corporal de
cada criança.

O movimento para a criança pequena significa muito mais do que mexer partes do corpo ou deslocar-se no espaço.
A criança se expressa e se comunica por meio dos gestos e das mímicas faciais e interage utilizando fortemente o apoio do
corpo. A dimensão corporal integra-se ao conjunto das atividades da criança. O ato motor faz-se presente em suas funções
expressivas, instrumentais ou de sustentação às posturas e aos gestos. Quanto menor a criança, mais ela precisa de adultos
que interpretem o significado de seus movimentos e expressões, auxiliando-a na satisfação de suas necessidades.

À medida em que a criança cresce, o desenvolvimento de novas capacidades possibilita que ela atue de maneira cada vez
mais independente sobre o mundo à sua volta, ganhando maior autonomia em relação aos adultos.
Pode-se dizer que no início do desenvolvimento predomina a dimensão subjetiva da motricidade, que encontra
sua eficácia e sentido principalmente na interação com o meio social, junto às pessoas com quem a criança interage
diretamente. É somente aos poucos que se desenvolve a dimensão objetiva do movimento, que corresponde às
competências instrumentais para agir sobre o espaço e o meio físico.

CRIANÇAS DE TRÊS ANOS


Logo que aprende a andar, a criança parece tão encantada com sua nova capacidade que se diverte em locomover-se de
um lado para outro, sem uma finalidade específica. O exercício dessa capacidade, somado ao progressivo amadurecimento
do sistema nervoso, propicia o aperfeiçoamento do andar, que se torna cada vez mais seguro e estável, desdobrando-se nos
atos de correr, pular e nas suas variantes.

A grande independência que andar propicia na exploração do espaço é acompanhada também por uma maior
disponibilidade das mãos: a criança dessa idade é aquela que não para, mexe em tudo, explora e pesquisa.

Ao mesmo tempo em que explora, aprende gradualmente a adequar seus gestos e movimentos às suas intenções e às
demandas da realidade. Gestos como o de segurar uma colher para comer ou uma xícara para beber e o de pegar um lápis
para desenhar, embora ainda não muito seguros, são exemplos dos progressos no plano da gestualidade instrumental.
O fato de manipular objetos que tenham um uso cultural bem definido não significa que a manipulação se restrinja a esse
uso, já que o caráter expressivo do movimento ainda predomina.

Assim, se a criança dessa idade pode pegar uma xícara para beber água, pode também pegá-la simplesmente para brincar,
explorando as várias possibilidades de seu gesto.

Outro aspecto da dimensão expressiva do ato motor é o desenvolvimento dos gestos simbólicos, tanto aqueles ligados
ao faz-de-conta quanto os que possuem uma função indicativa, como apontar, dar tchau etc. No faz-de-conta podem-se
observar situações em que as crianças revivem uma cena recorrendo somente aos seus gestos, por exemplo, quando,
colocando os braços na posição de ninar, elas os balançam,
fazendo de conta que estão embalando uma boneca. Nesse
tipo de situação, a imitação desempenha um importante
papel.

No plano da consciência corporal, nessa idade a criança


começa a reconhecer a imagem de seu corpo, o que
ocorre principalmente por meio das interações sociais que
estabelece e das brincadeiras que faz diante do espelho.
Nessas situações, ela aprende a reconhecer as características
físicas que integram a sua pessoa, o que é fundamental para a
construção de sua identidade.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 7

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2/3/20 3:4 PM


OBJETIVOS
CRIANÇAS DE ZERO A TRÊS ANOS
A prática educativa deve ter a finalidade do desenvolvimento das seguintes capacidades das crianças:

É muito importante alongar antes e depois


da prática de qualquer atividade física.

- Reconhecimento do próprio corpo;

- Exploração das possibilidades de gestos e ritmos corporais para expressar-se em brincadeiras e outras interações;

- Segurança e confiança em suas capacidades motoras;

- Exploração e utilização dos movimentos de preensão, encaixe etc no uso de objetos diretos.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
8 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2/3/20 3:4 PM


CONTEÚDO
A organização dos conteúdos para se trabalhar o movimento deve respeitar as diferentes capacidades das crianças em cada
faixa etária e as diferentes culturas presentes nas regiões do país. Os conteúdos devem priorizar capacidades expressivas e
instrumentais do movimento, permitindo que as crianças ajam cada vez mais com intencionalidade.
Devem ser organizados de maneira contínua e integrados, envolvendo múltiplas atividades realizadas pela criança, sozinha
e em situações de interação, através de diferentes espaços e materiais.

Os conteúdos são organizados em dois blocos:

- Possibilidades expressivas do movimento;

- Caráter instrumental.

EXPRESSIVIDADE
As escolas de educação infantil devem possibilitar condições para que as crianças utilizem gestos, posturas e ritmos para
expressar-se e comunicar-se, e abrir oportunidades para a apropriação dos significados expressivos do movimento.
A expressividade do movimento engloba expressões e comunicações, relacionadas com a cultura.

CRIANÇAS DE TRÊS ANOS


- Exploração dos segmentos do próprio corpo;

- Expressão de sensações e ritmos corporais.

ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS
- A percepção rítmica, a identificação de segmentos do corpo e o contato físico podem ser desenvolvidos em brincadeiras
que envolvam o canto e o movimento simultaneamente. Para que a criança tenha um conhecimento maior do seu corpo e
de seus movimentos é importante ter, nas salas, espelhos situados ao lado de almofadas.

- As mímicas faciais e gestos são de grande importância na expressão de sentimentos e em sua comunicação, levando as
crianças ao conhecimento de suas próprias capacidades expressivas, assim como das outras pessoas, e a ampliação de sua
comunicação.

- Brincadeiras de roda ou de danças circulares proporcionam às crianças o desenvolvimento da noção de ritmo individual
e coletivo e as ajudam a expressar suas emoções.

- O professor deve cuidar de sua expressão e postura ao lidar com seus alunos, pois ele é um modelo para as crianças.

- O conhecimento sobre jogos e brincadeiras é condição importante para as crianças desenvolverem sua motricidade
harmoniosamente.

EQUILÍBRIO E COORDENAÇÃO
. O ato de brincar envolve aspectos ligados à coordenação do movimento e do equilíbrio.

. As instituições de ensino devem fornecer em seu cotidiano atividades que promovam a coordenação dos movimentos e
o equilíbrio das crianças.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 9

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2/3/20 3:4 PM


- Exploração através de diversificadas atividades e a exploração de diferentes posturas corporais.

- Ampliação da destreza em movimentar-se no espaço através de atividades onde haja a abertura de possibilidades.

- Aperfeiçoamento dos gestos relacionados com a preensão através de diversas situações onde haja o desenvolvimento das
habilidades manuais.

ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS
Quanto menor a criança, mais responsabilidade tem o adulto de lhe proporcionar atividades em que haja o
desenvolvimento de experiências posturais e motoras variadas.

O professor deve organizar seu ambiente de trabalho de maneira a oferecer às crianças diversos materiais, para lhes
proporcionar a descoberta, a exploração do movimento e seu aperfeiçoamento.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular


Nacional para educação infantil: conhecimento de mundo. Brasília: MEC/SEF, 1998. v. 3.

MOVIMENTO
IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES FÍSICAS

“Por sua natureza, a criança é um todo indivisível, uma entidade orgânica de corpo, espírito e coração. É, portanto,
indispensável que o desenvolvimento de cada um desses elementos não compreenda ações e direções simplesmente
conjuntas ou paralelas, mas um trabalho de interpretação realmente racional, cujos resultados se encontrarão
singularmente reforçados.”

Henri Pestalozzi

Durante os primeiros anos de escolaridade, as crianças sentem uma insaciável necessidade de movimento; ficam
felizes em realizar experiências novas e se entusiasmam com todos os jogos.

Do ponto de vista pedagógico, a educação física contribui numa larga medida para a formação do sentido
comunitário (auxílio recíproco, trabalho em grupos, jogos coletivos).

As aulas de Educação Física na Educação Infantil são importantes para o desenvolvimento da criança, fazendo
com que ela tenha experiências positivas que lhe proporcionem um crescimento sadio.

A criança, desde os seus primeiros anos de vida, engatinha, anda, corre e se movimenta de todas as maneiras.
Esse processo inicia-se em casa, no seu dia a dia. Na escola ela irá participar das aulas, aperfeiçoando esses
movimentos através de exercícios, jogos e brincadeiras.

A professora deverá prestar muita atenção ao realizar as atividades físicas, respeitando os limites de cada criança e
jamais forçá-la a fazer uma atividade que, pela sua faixa etária, ela não se encontre preparada.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
10 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 10 2/3/20 3:4 PM


O MOVIMENTO DOS ANIMAIS
As crianças dessa faixa etária gostam muito de animais e de imitá-los.

CANGURU
A criança deverá colocar os cotovelos encostados no corpo, levantar o antebraço, dobrar os punhos para baixo e dobrar
os joelhos.

SAPO
A criança deverá ficar de cócoras, esticar os braços e apoiar as mãos no chão.
GATO
A criança deverá engatinhar e levantar o tronco.
PATO
A criança deverá marchar e mover os quadris, quando movimentar cada pé.
URSO
A criança deverá colocar as mãos nos quadris e, enquanto anda, curvar o corpo para frente, para a direita e para a esquerda.
ELEFANTE
A criança deverá curvar o corpo para frente, pendendo os braços. Com as mãos juntas e os punhos dobrados, imitar a
tromba.

ATIVIDADES DE ESQUEMA CORPORAL


1 - INICIALMENTE, ENSINAR AS PARTES DO CORPO, COMO: CABEÇA, OLHOS,
NARIZ, BOCA, ORELHAS, PESCOÇO, BRAÇOS, MÃOS, DEDOS, PERNAS E PÉS.

2 - DEPOIS, A PROFESSORA DEVERÁ FALAR OS NOMES DE TODAS ESSAS PARTES


DO CORPO E, EM SEGUIDA, PEDIR PARA AS CRIANÇAS MOSTRAREM CADA
UMA DELAS. REPETIR A ATIVIDADE QUANTAS VEZES FOREM NECESSÁRIAS.

Cabeça Braço

Perna

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 11

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 11 2/3/20 3:4 PM


3 - PEDIR PARA AS CRIANÇAS SENTAREM NO CHÃO, FORMANDO
UM CÍRCULO E, EM SEGUIDA, PARA QUE IMITEM A PROFESSORA:

- ABAIXAR A CABEÇA;
- LEVANTAR A CABEÇA;
- INCLINAR A CABEÇA PARA TRÁS;
- INCLINAR A CABEÇA PARA UM LADO;
- INCLINAR A CABEÇA PARA OUTRO LADO;
- VOLTAR AO LUGAR.

4 - PEDIR PARA AS CRIANÇAS FICAREM DE PÉ, FORMANDO


UM CÍRCULO, E DAR OS SEGUINTES COMANDOS:

INCLINAR O CORPO:
- PARA FRENTE;
- VOLTAR PARA O LUGAR;
- PARA TRÁS;
- VOLTAR PARA O LUGAR;
- PARA O LADO;
- VOLTAR PARA O LUGAR;
- PARA O OUTRO LADO;
- VOLTAR PARA O LUGAR.

5 - PEDIR PARA AS CRIANÇAS FICAREM SENTADAS COM


AS PERNAS CRUZADAS E DAR OS SEGUINTES COMANDOS:

- TRONCO LEVANTADO E BRAÇOS ABERTOS;


- ABAIXAR O TRONCO;
- VOLTAR AO LUGAR;
- ABRIR AS MÃOS;
- FECHAR AS MÃOS;
- ABRIR A BOCA;
- FECHAR A BOCA.

6 - PEDIR PARA AS CRIANÇAS FORMAREM


UMA FILA E DAR OS SEGUINTES COMANDOS:

- ANDAR LIVREMENTE (NUM ESPAÇO OU PERCURSO


PREDETERMINADO).
- ANDAR LIVREMENTE BATENDO PALMAS;
- ANDAR PARA FRENTE;
- ANDAR COM AS MÃOS NA CABEÇA;
- ANDAR COM AS MÃOS NA CINTURA.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
12 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 12 2/3/20 3:4 PM


7 - PEDIR PARA AS CRIANÇAS FORMAREM UMA FILA E DAR
OS SEGUINTES COMANDOS:

- ANDAR LIVREMENTE;
- ANDAR NA PONTA DOS PÉS;
- ANDAR PARA FRENTE;
- ANDAR PARA FRENTE NA PONTA DOS PÉS;
- ANDAR PARA TRÁS;
- ANDAR PARA TRÁS NA PONTA DOS PÉS.

8 - PEDIR PARA AS CRIANÇAS SENTAREM


NO CHÃO, FORMANDO UM CÍRCULO,
E DAR OS SEGUINTES COMANDOS:

- ABRIR OS BRAÇOS;
- FECHAR OS BRAÇOS;
- LEVANTAR OS BRAÇOS;
- ABAIXAR OS BRAÇOS;
- BATER PALMAS;
- ABRIR AS PERNAS;
- FECHAR AS PERNAS;
- ENCOLHER AS PERNAS;
- ESTENDER AS PERNAS;
- DEITAR E PEDALAR.

9 - PEDIR PARA AS CRIANÇAS SEGUIREM O MESTRE, QUE SERÁ A PROFESSORA:

- ANDAR LIVREMENTE;
- ANDAR BATENDO PALMAS;
- ANDAR COM AS MÃOS NA CABEÇA;
- ANDAR NA PONTA DOS PÉS;
- PULAR NO LUGAR;
- PULAR PARA FRENTE;
- PULAR PARA TRÁS;
- ANDAR PARA TRÁS.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 13

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 13 2/3/20 3:4 PM


10 - PEDIR PARA AS CRIANÇAS FICAREM PERTO DE UMA PAREDE OU DE UM
LOCAL PREDETERMINADO, QUE SERÁ O PONTO DE PARTIDA DE UMA CORRIDA.
A PROFESSORA DEVERÁ ESCOLHER O PERCURSO E O PONTO DE CHEGADA.

INICIALMENTE, ESTE TIPO DE ATIVIDADE DEVE TER UM PERCURSO CURTO E, COM O PASSAR DO
TEMPO, O PERCURSO PODERÁ SE ALONGAR.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
14 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 14 2/3/20 3:4 PM


11 - COM GIZ A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR DUAS LINHAS PARALELAS NO
CHÃO, PARA QUE CADA UMA DAS CRIANÇAS ANDE DENTRO DELAS.

12 - COM GIZ A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR DUAS LINHAS CURVAS NO


CHÃO, PARA QUE CADA UMA DAS CRIANÇAS ANDE DENTRO DELAS.

13 – COM GIZ A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR UM CAMINHO ONDULADO NO


CHÃO, PARA QUE CADA UMA DAS CRIANÇAS ANDE DENTRO DELE.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 15

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 15 2/3/20 3:4 PM


14 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA QUE TODAS AS CRIANÇAS ANDEM
LIVREMENTE DEPOIS, AO SOM DE UMA MÚSICA, ELAS DEVERÃO PARAR
QUANDO A MÚSICA PARAR E SÓ ANDAR NOVAMENTE QUANDO ESCUTAREM
O MESMO SOM.

15 – COM GIZ DE LOUSA A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR UM CAMINHO NO


CHÃO E PEDIR QUE UMA CRIANÇA DE CADA VEZ O PERCORRA.
(O CAMINHO DEVERÁ TER RETAS, CURVAS E OBSTÁCULOS)

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
16 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 1 2/3/20 3:4 PM


16 – A PROFESSORA DEVERÁ FAZER UM CAMINHO COM RETAS PARALELAS
NÃO MUITO LARGAS, PARA QUE AS CRIANÇAS ANDEM DENTRO DELE, COM
UM PÉ NA FRENTE DO OUTRO.

17 – A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR UM CAMINHO COM DUAS LINHAS


CURVAS NÃO MUITO LARGAS, PARA QUE AS CRIANÇAS ANDEM DENTRO DELE,
COM UM PÉ NA FRENTE DO OUTRO.

18 – A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR DUAS LINHAS CURVAS NÃO MUITO


LARGAS, FORMANDO UM CAMINHO COM TRÊS CURVAS, PARA QUE AS
CRIANÇAS ANDEM DENTRO DELE, COM UM PÉ NA FRENTE DO OUTRO.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 17

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 1 2/3/20 3:4 PM


19 – PEDIR PARA AS CRIANÇAS ENGATINHAREM AO SOM DE UMA MÚSICA.

20 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR TODAS AS CRIANÇAS SENTADAS NO


CHÃO, COM AS PERNAS ABERTAS. UMA CRIANÇA DE CADA VEZ IRÁ ROLAR
UMA BOLA PARA OUTRA CRIANÇA.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
18 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 1 2/3/20 3:4 PM


21 – A PROFESSORA DEVERÁ ESTICAR UMA CORDA NO CHÃO, E AS CRIANÇAS
DEVERÃO ANDAR COM AS PERNAS ABERTAS.

22 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR TRÊS PNEUS NO CHÃO E ESTABELECER


UM PERCURSO. AS CRIANÇAS DEVERÃO ANDAR PELO CHÃO, ENTRAR NO
PNEU, SAIR, ANDAR PELO CHÃO NOVAMENTE E ENTRAR NO PNEU.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 19

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 1 2/3/20 3:4 PM


23 – A PROFESSORA DEVERÁ ESTABELECER UM PERCURSO PARA AS CRIANÇAS
ANDAREM CARREGANDO, CADA UMA DELAS, UMA BOLA.

24 – A PROFESSORA DEVERÁ ARRUMAR UM BANCO


NÃO MUITO ALTO, E ENSINAR AS CRIANÇAS
A PULAREM. INICIALMENTE, ELA VAI SEGURAR A MÃO
DE CADA UMA E, EM SEGUIDA, AS CRIANÇAS QUE
CONSEGUIREM PODERÃO PULAR SOZINHAS.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
20 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 20 2/3/20 3:4 PM


25 – A PROFESSORA DEVERÁ PROVIDENCIAR UM
BANCO COMPRIDO PARA ENSINAR AS CRIANÇAS
A ANDAREM EM CIMA DELE.

26 – A PROFESSORA DEVERÁ PROVIDENCIAR UMA ESCADA DE PINTOR, DEITÁ-


LA NO CHÃO E PEDIR PARA QUE, UMA CRIANÇA DE CADA VEZ, ANDE DENTRO
DELA.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 21

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 21 2/3/20 3:4 PM


27 – A PROFESSORA DEVERÁ PROVIDENCIAR UM BAMBOLÊ. DEPOIS, PEDIR QUE,
UMA CRIANÇA DE CADA VEZ, PULE DENTRO DELE, UTILIZANDO OS DOIS PÉS E,
EM SEGUIDA, PULE PARA FORA.

28 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR TODAS AS MESAS DA CLASSE UMA AO


LADO DA OUTRA E PEDIR PARA QUE CADA CRIANÇA PASSE POR BAIXO DELAS
ENGATINHANDO.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
22 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 22 2/3/20 3:4 PM


29 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA QUE
TODAS AS CRIANÇAS DEITEM NO CHÃO, DE
UMA FORMA QUE POSSA OBSERVAR TODAS
AO MESMO TEMPO. PEDIR PARA SEGUIREM AS
SEGUINTES ORDENS:

- LEVANTAR OS BRAÇOS;
- LEVANTAR AS PERNAS;
- FAZER BICICLETA;
- ROLAR DE UM LADO;
- ROLAR DO OUTRO LADO.

30 – A PROFESSORA DEVERÁ PROVIDENCIAR OBSTÁCULOS, QUE PODEM


SER PINOS OU GARRAFAS DE PLÁSTICO COM AREIA DENTRO. DISTRIBUIR OS
OBSTÁCULOS PELO CHÃO, ESTABELECENDO UM PERCURSO, E PEDIR QUE AS
CRIANÇAS FAÇAM O TRAJETO.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 23

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 23 2/3/20 3:4 PM


31 – A PROFESSORA DEVERÁ PROVIDENCIAR UMA BOLA PARA CADA DUAS
CRIANÇAS E ENSINÁ-LAS A JOGAREM A BOLA E A PEGAREM CORRETAMENTE.

32 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR UMA MÚSICA E ENSINAR AS CRIANÇAS


A FAZEREM O MOVIMENTO DE MARCHA.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
24 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 24 2/3/20 3:4 PM


33 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA AS CRIANÇAS DEITAREM NO CHÃO,
UMA SEPARADA DA OUTRA COM AS MÃOS NA BARRIGA, PARA SENTIREM A
RESPIRAÇÃO. EM SEGUIDA, PEDIR PARA FAZEREM OS SEGUINTES EXERCÍCIOS
RESPIRATÓRIOS.

- INSPIRAR PELO NARIZ E EXPIRAR PELA BOCA;


- INSPIRAR E EXPIRAR PELO NARIZ;
- INSPIRAR E EXPIRAR PELA BOCA.

34 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA AS CRIANÇAS DEITAREM NO CHÃO,


UMA SEPARADA DA OUTRA. EM SEGUIDA, PEDIR PARA ELAS ROLAREM, PARA
OS DOIS LADOS, COM OS PÉS JUNTOS E OS BRAÇOS AO LONGO DO CORPO.

35 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR ALGUMAS MESAS E CADEIRAS NO


LOCAL ONDE SERÁ DADA A AULA. O CAMINHO QUE ELAS IRÃO PERCORRER
DEVERÁ ESTAR MARCADO COM GIZ DE LOUSA OU FITA CREPE. FAZER OS
SEGUINTES EXERCÍCIOS: ENGATINHAR PARA FRENTE E PARA TRÁS, PASSANDO
SOBRE OBSTÁCULOS, POR BAIXO DAS MESAS E CADEIRAS E SOBRE O CAMINHO
MARCADO NO CHÃO.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 25

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 25 2/3/20 3:4 PM


36 – A PROFESSORA DEVERÁ PEGAR UMA CORDA, SEGURAR NUMA PONTA
E PEDIR PARA OUTRA PROFESSORA SEGURAR NA OUTRA. COM A CORDA BEM
ESTICADA E PRÓXIMA DO CHÃO, PEDIR PARA AS CRIANÇAS FAZEREM FILA E,
PARA QUE UMA DE CADA VEZ, PULE A CORDA. DEPOIS QUE PASSAREM TODAS
AS CRIANÇAS, A PROFESSORA DEVERÁ IR AUMENTANDO A ALTURA DA CORDA,
EM RELAÇÃO AO CHÃO. A CORDA NÃO PODE FICAR MUITO LEVANTADA
PARA QUE OS ALUNOS NÃO CAIAM.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
26 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2 2/3/20 3:4 PM


37 – A PROFESSORA DEVERÁ
PROVIDENCIAR UMA BOLA E PEDIR
QUE UMA CRIANÇA DE CADA VEZ
CHUTE-A. FAZER O EXERCÍCIO
VÁRIAS VEZES.

38 – A PROFESSORA DEVERÁ PROVIDENCIAR UMA BOLA E UMA CESTA DE


LIXO VAZIA E PEDIR QUE, UMA A UMA, AS CRIANÇAS JOGUEM A BOLA PARA
DENTRO DA CESTA DE LIXO.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 27

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2 2/3/20 3:4 PM


39 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR AS CRIANÇAS UMAS ATRÁS DAS
OUTRAS. QUANDO ELA FALAR “BONECO DE PAU”, AS CRIANÇAS DEVERÃO
ANDAR COM AS PERNAS DURAS, E QUANDO ELA FALAR “BONECO DE MOLA”,
DEVERÃO ANDAR COM AS PERNAS MOLES.

40 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR AS CRIANÇAS EM FILA, UMAS ATRÁS


DAS OUTRAS, E QUANDO DISSER “PASSOS LEVES”, ELAS DEVERÃO ANDAR
LENTAMENTE, E QUANDO DISSER “PASSOS PESADOS”, DEVERÃO ANDAR
BATENDO OS PÉS NO CHÃO.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
28 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2 2/3/20 3:4 PM


41 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR AS CRIANÇAS SENTADAS NO CHÃO
E PEDIR QUE IMITEM ALGUNS GESTOS, TAIS COMO: BATER PALMAS, BATER OS
PÉS, LEVANTAR OS BRAÇOS, ABAIXAR OS BRAÇOS, GIRAR A CABEÇA, BATER AS
PERNAS ETC.

42 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA AS CRIANÇAS FICAREM DE PÉ, UMA


DO LADO DA OUTRA, E EM SEGUIDA PEDIR:
- PULEM PARA FRENTE;
- PULEM PARA TRÁS;
- PULEM PARA UM LADO;
- PULEM PARA O OUTRO LADO.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 29

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2 2/3/20 3:4 PM


43 – COM GIZ DE LOUSA OU FITA CREPE A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR UMA
LINHA NO CHÃO E PEDIR:

- SALTEM DO LADO DIREITO DA LINHA;


- SALTEM DO LADO ESQUERDO DA LINHA.

44 – A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR UM GRANDE CÍRCULO NO CHÃO, FALAR


QUE É UM CÍRCULO E PEDIR PARA QUE CADA CRIANÇA:
- DIGA O NOME DA FORMA GEOMÉTRICA;
- ANDE EM CIMA DO CÍRCULO;
- PULE PARA DENTRO DO CÍRCULO;
- PULE PARA FORA DO CÍRCULO.

45 – A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR UM GRANDE QUADRADO NO CHÃO,


FALAR QUE É UM QUADRADO E PEDIR PARA QUE CADA CRIANÇA:
- DIGA O NOME DA FORMA GEOMÉTRICA;
- ANDE EM CIMA DO QUADRADO;
- PULE PARA DENTRO DO QUADRADO;
- PULE PARA FORA DO QUADRADO.

46 – A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR UM GRANDE


TRIÂNGULO NO CHÃO, FALAR QUE É UM
TRIÂNGULO E PEDIR PARA QUE CADA CRIANÇA:
- DIGA O NOME DA FORMA GEOMÉTRICA;
- ANDE EM CIMA DO TRIÂNGULO;
- PULE PARA DENTRO DO TRIÂNGULO;
- PULE PARA FORA DO TRIÂNGULO.

47 – A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR UM GRANDE


RETÂNGULO NO CHÃO, FALAR QUE É UM
RETÂNGULO E PEDIR PARA QUE CADA CRIANÇA:
- DIGA O NOME DA FORMA GEOMÉTRICA;
- ANDE EM CIMA DO RETÂNGULO;
- PULE PARA DENTRO DO RETÂNGULO;
- PULE PARA FORA DO RETÂNGULO.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
30 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 30 2/3/20 3:4 PM


48 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA QUE
OS ALUNOS FAÇAM AS SEGUINTES EXPRESSÕES:

- EXPRESSÃO DE TRISTEZA;
- EXPRESSÃO DE ALEGRIA;
- EXPRESSÃO DE CHORO.

49 – A PROFESSORA DEVERÁ COLOCAR NO CHÃO ALGUNS OBSTÁCULOS,


COMO GARRAFAS PETS COM AREIA, CADEIRINHAS E OUTROS. OS ALUNOS
DEVERÃO ANDAR NO ESPAÇO SEM ESBARRAR NOS OBJETOS.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 31

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 31 2/3/20 3:4 PM


50 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA AS CRIANÇAS FORMAREM UMA
FILA E, UMA DE CADA VEZ, DEVE SEGUIR UM TRAJETO PREDETERMINADO,
CARREGANDO UM OBJETO LEVE E DEPOIS UM OBJETO PESADO, COMO UM
LIVRO POR EXEMPLO.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
32 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 32 2/3/20 3:4 PM


51 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR
PARA AS CRIANÇAS PULAREM PARA
FRENTE:

- COM OS DOIS PÉS JUNTOS;


- COM OS DOIS PÉS SEPARADOS.

52 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA AS


CRIANÇAS PULAREM PARA TRÁS:

- COM OS DOIS PÉS JUNTOS;


- COM OS DOIS PÉS SEPARADOS.

53 – A PROFESSORA DEVERÁ LEVAR OS


ALUNOS PARA O PÁTIO DA ESCOLA E PEDIR:

- VOEM COMO UM AVIÃO;


- CORRAM COMO UM CARRO;
- ANDEM COMO UM TRENZINHO.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 33

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 33 2/3/20 3:4 PM


54 – A PROFESSORA DEVERÁ LEVAR AS CRIANÇAS PARA O PÁTIO DA ESCOLA,
ENTREGAR PARA CADA UMA UM CAVALINHO DE PAU E PEDIR:
- GALOPEM LIVREMENTE, COM O CAVALO DE PAU;
- GALOPEM RAPIDAMENTE, COM O CAVALO DE PAU;
- GALOPEM LIVREMENTE, EM DUPLAS.

55 – A PROFESSORA DEVERÁ LEVAR AS CRIANÇAS PARA O PÁTIO DA ESCOLA E


PEDIR QUE:
- IMITEM UMA PESSOA, DIRIGINDO UM CARRO;
- IMITEM UMA PESSOA, SUBINDO UMA ESCADA;
- IMITEM UMA LAVADEIRA, LAVANDO ROUPA;
- IMITEM UMA PASSADEIRA, PASSANDO ROUPA;
- IMITEM UM MARCENEIRO, SERRANDO A MADEIRA.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
34 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 34 2/3/20 3:4 PM


56 – A PROFESSORA DEVERÁ TRAÇAR VÁRIOS CÍRCULOS NO CHÃO, UM
PARA CADA CRIANÇA. TODAS AS CRIANÇAS DEVERÃO ANDAR LIVREMENTE
PELO PÁTIO E, QUANDO A PROFESSORA DISSER “ESTÁ CHOVENDO”, TODAS
CORRERÃO PARA AS CASINHAS (OS CÍRCULOS). DEPOIS A PROFESSORA DIRÁ
“A CHUVA PAROU” E TODAS SAIRÃO DAS CASINHAS. EM SEGUIDA, ELA DIRÁ
“ESTÁ TROVEJANDO” E AS CRIANÇAS CORRERÃO PARA AS CASINHAS. NA
SEQUÊNCIA, “A CHUVA PAROU”: TODAS SAIRÃO DAS CASINHAS; “CAIU UM
RAIO”: TODAS CORRERÃO PARA AS CASINHAS; “O RAIO FOI EMBORA”: TODAS
SAIRÃO DAS CASINHAS.

57 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR QUE AS CRIANÇAS:

- FAÇAM EXERCÍCIOS COM OS BRAÇOS, MOVIMENTANDO-OS PARA FRENTE E PARA TRÁS;


- FAÇAM MOVIMENTOS COM OS BRAÇOS, COMO SE ESTIVESSEM NADANDO.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 35

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 35 2/3/20 3:4 PM


58 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA QUE AS CRIANÇAS ANDEM
LIVREMENTE PELO PÁTIO E PARA QUE, QUANDO ESCUTAREM UMA MÚSICA,
FIQUEM PARADOS COMO ESTÁTUAS.

59 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA QUE AS CRIANÇAS ANDEM


LIVREMENTE PELO PÁTIO, SEGUINDO OS COMANDOS:
- ANDEM LIVREMENTE, RÁPIDO;
- ANDEM LIVREMENTE, DEVAGAR;
- ANDEM LIVREMENTE COM AS MÃOS SOBRE A CABEÇA;
- ANDEM LIVREMENTE COM A MÃO DIREITA SOBRE A CABEÇA;
- ANDEM LIVREMENTE COM A MÃO ESQUERDA SOBRE A CABEÇA.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
36 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 3 2/3/20 3:4 PM


60 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR PARA QUE AS CRIANÇAS CORRAM
LIVREMENTE PELO PÁTIO, SEGUINDO OS COMANDOS:

- CORRAM RÁPIDO;
- CORRAM DEVAGAR;
- CORRAM COM AS MÃOS SOBRE A CABEÇA;
- CORRAM COM A MÃO DIREITA SOBRE A CABEÇA;
- CORRAM COM A MÃO ESQUERDA SOBRE A CABEÇA.

61 – A PROFESSORA DEVERÁ PEDIR QUE AS CRIANÇAS DEITEM NO CHÃO E


RASTEJEM PARA FRENTE, IMITANDO UMA COBRA.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 37

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 3 2/3/20 3:4 PM


JOGOS E BRINCADEIRAS
Desenvolver atividades em Educação Infantil não é nada fácil, em razão de os alunos serem muito pequenos e ainda não
responderem de forma motora a muitas atividades. Assim, seguem algumas sugestões que poderão auxiliar o professor no
cotidiano da sala de aula, bem como fora dela.

1 - CORRE CUTIA

ANTAR
VA M OS C

Canção

Corre cutia
Na casa da tia
Corre cipó
Na casa da avó
Lencinho branco
Caiu no chão
Moça bonita
Do meu coração

Popular

A professora deverá formar uma roda com seus alunos e pedir que se sentem no chão. Um aluno deverá pegar um
lencinho e correr em volta da roda, enquanto todos cantam a canção. Este aluno irá deixar cair o lencinho atrás de um dos
alunos, e este deverá sair correndo, dar volta na roda e sentar no lugar de onde o aluno levantou. O aluno que for pego,
sairá do jogo.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
38 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 3 2/3/20 3:4 PM


2 – ELEFANTE COLORIDO
A professora deverá reunir as crianças e colocar na parede um elefante grande e colorido. Sugerir que as crianças corram
em uma direção predeterminada e toquem em uma cor do elefante já estabelecida, retornando em seguida ao local de
saída. Termina o jogo quando todos tiverem retornado.

3 – CAIXA DE SENSAÇÕES:
A professora deverá forrar uma caixa de sapatos fazendo um furo em forma de círculo do tamanho da mão de uma
criança. Em seguida, deverá organizar materiais como retalhos, flocos de algodão, pedaços de lixa, tampinhas, caixinhas e
outros objetos e ir colocando-os por uma das extremidades, mas sem que a criança veja. Uma criança de cada vez colocará
a mão na abertura e tentará identificar o material que pegou.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 39

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 3 2/3/20 3:4 PM


4 – CAMINHO COLORIDO
A professora deverá desenrolar um rolo de papel pardo, por mais ou menos 2 metros, e fazer um caminho. Pedir que as
crianças carimbem os pés descalços, com tintas coloridas, e saiam andando em cima do papel pardo.

5 – TOCA DO COELHO
A professora deverá colocar bambolês no pátio da escola, de forma que fiquem duas crianças em cada um deles e que
sobre uma criança fora do bambolê. Ao seu sinal, as crianças deverão trocar de toca, entrando duas em cada uma. Sempre
sobrará uma criança fora da toca.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
40 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 40 2/3/20 3:4 PM


6 – DE ONDE VEM O CHEIRO?
A professora irá passar perfume em um paninho e o esconderá na sala, num lugar fácil, e os alunos deverão descobrir de
onde vem o cheiro.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 41

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 41 2/3/20 3:4 PM


7 – ARREMESSO
A professora traçará uma linha no chão, usando fita crepe, e as crianças deverão arremessar garrafinhas plásticas cheias
de areia, para frente. A professora irá medir as distâncias e verificar quem conseguiu arremessar mais longe.

8 – QUE SOM É ESSE?


A professora deverá providenciar faixas de tecido preto; vendar os olhos das crianças e fazer diferentes barulhos usando
instrumentos musicais, latas, brinquedos etc, e pedir que as crianças identifiquem os mesmos.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
42 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 42 2/3/20 3:4 PM


9 – CAIXA SURPRESA
A professora irá encapar uma caixa de papelão, e
a dará para as crianças levarem para casa, a fim de
que os pais enviem algum material que possa ser
descoberto por elas.
A professora, no dia seguinte, pegará a caixa
e descreverá os objetos, até que as crianças
descubram o que é.

10 – ARCO-ÍRIS
A professora deverá desenhar um arco-íris no chão com giz ou tiras de papel crepom coloridas. Colocar no final do
arco-íris um baú (caixa de papelão) com brinquedos, bexigas, objetos ou fantasias que correspondam às cores do arco-íris
desenhado no chão.

EXECUÇÃO:

Formar fileiras, uma para cada cor, atrás de uma linha em frente
ao arco-íris à mais ou menos 1m de distância.

Ao sinal da professora, os primeiros de cada fila deverão sair


andando por cima da linha até o baú e trazer um objeto que
corresponda à cor de sua equipe.

Todos deverão repetir o mesmo processo; a próxima criança da


fila sairá somente quando seu companheiro ultrapassar a linha de
chegada. A equipe que primeiro completar o jogo será vencedora.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 43

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 43 2/3/20 3:4 PM


11 – CÃO E GATO
A professora deverá colocar os alunos sentados em círculo, colocar vendas nos olhos de dois alunos e colocá-los um
distante do outro. Um deverá latir e outro miar, o cachorro tentará pegar o gato ou vice-versa. Aquele que conseguir pegar
o outro escolhe as outras duas crianças para serem o gato e o cachorro. Os outros alunos só deverão torcer.

12 - QUEIMADINHA
A professora deverá levar os alunos para o pátio da escola e traçar duas linhas paralelas com uma distância de mais ou
menos 2 metros.
Dividir a classe em dois grupos que serão o Grupo A e o Grupo B.
Posicionar os grupos, frente a frente, cada um atrás de uma das linhas.
Dar uma bola para um aluno do Grupo A, que a jogará em direção ao Grupo B, tentando acertar algum de seus jogadores.
Se acertar e a bola cair ao chão, o jogador atingido sairá. Se não acertar ou se o jogador segurar a bola sem deixá-la cair, ele
a jogará em direção aos jogadores do Grupo A.
Ganha o jogo o grupo onde sobrar um aluno.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
44 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 44 2/3/20 3:4 PM


13 – BOLA ATRÁS
A professora deverá providenciar uma bola pequena. As crianças devem ficar bem juntinhas, uma do lado da outra. Uma
criança será escolhida para descobrir com quem está a bola. As outras crianças devem passar a bolinha por trás de si,
uma para outra. Quando a professora falar “pare”, a criança que estiver com a bolinha vai segurá-la atrás de si, e a criança
escolhida terá que descobrir quem está segurando a bolinha.

14 - CAÇA AO TESOURO
A professora deverá esconder dois brinquedos na sala de aula. Depois dará pistas dos brinquedos e dos possíveis lugares
em que eles estejam. Ganha o jogo quem achar um dos brinquedos.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 45

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 45 2/3/20 3:4 PM


15 – BRINCADEIRA DE PASSAR ANEL.
A professora deverá colocar todas as crianças sentadas numa roda e dar um anel de brinquedo para uma delas. Essa
criança fingirá passar o anel pelas mãos de seus colegas até que o deixe dentro de uma. As demais crianças devem
adivinhar com quem está o anel. O aluno que acertar é o próximo a passar. Enquanto passam o anel, as crianças cantam
a música.

ANTAR
VA M OS C

PASSA ANEL

Ele vai, ele vem,


Já passou por aqui,
Com seu cavalinho
Comendo capim.

O anel vai na mão,


Ele cairá ou não?
O anel vai na mão,
Ele cairá ou não?

Tradição popular

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
46 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 4 2/3/20 3:4 PM


16 – PEGUE SEU PAR.
A professora deve levar todas as crianças para o pátio da escola, pedir que cada uma escolha um par e, depois, que
todas cantem e dancem.

ANTAR
VA M OS C

FUI À ESPANHA Samba crioula que veio da Bahia


Pega esta criança e joga na bacia.
Fui à Espanha buscar o meu chapéu A bacia é de ouro,
Azul e branco da cor daquele céu. areada com sabão.
Olha palma, palma, palma. Depois de tudo pronto,
Olha pé, pé, pé. enxuga no roupão.
Olha roda, roda, roda. O roupão é de seda,
Caranguejo peixe é. Caminha de filó
Caranguejo não é peixe, Quem não pegar seu par
Caranguejo peixe é, Ficará para vovó
Caranguejo só é peixe A bênção vovó, a benção vovó!
Na vazante da maré Popular

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 47

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 4 2/3/20 3:4 PM


17 – ANEL DE PEDRA VERDE.
A professora deverá formar uma roda com as crianças e pedir que prestem atenção na letra da música, levando a roda
para frente e para trás quando a música pedir.

ANTAR
VA M OS C

Eu perdi meu anel


No buraco da parede
Quem achar me dá de volta
Meu anel de pedra verde.

Ora de frente, pra frente


Ora de trás, pra trás.

Ora de frente, pra frente


Ora de trás, pra trás.

Popular

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
48 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 4 2/3/20 3:4 PM


18 – BATATA QUENTE.
A professora deverá formar um círculo com as crianças, uma delas ficará no centro com uma bola de meia que será
a batata quente.

A criança do centro joga a batata quente para um colega e este, por sua vez, tem que jogar imediatamente para outro.
Todos devem participar, pegar na bola e ficar uma vez no centro. Quem deixar cair a bola no chão, sai do jogo.

19 – DETETIVE
A professora deverá formar um círculo com as crianças e uma delas ficará no centro com uma venda nos olhos.
A criança escolherá um colega da roda, passará a mão no seu rosto e falará o seu nome. Se ela acertar, este outro colega é
quem irá para o centro da roda.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 49

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 4 2/3/20 3:4 PM


20 – O LATIDO.
A professora deverá formar um círculo com as crianças e uma delas ficará no centro com uma venda nos olhos.
Elas deverão cantar uma música e, ao final, uma vai latir. Se a criança que estiver no centro acertar quem latiu, a outra
criança é quem vai para o meio da roda.

ANTAR
VA M OS C

Cachorrinho está latindo


Lá no fundo do quintal.
Cala a boca, cachorrinho,
Deixa o meu benzinho entrar.
Ô esquindô lê, lê!
Ô esquindô lê, lê, lá, lá!
Ô esquindô lê, lê!
Não sou eu que caio lá!
Cachorrinho está latindo
Lá no fundo do quintal.
Cala a boca, cachorrinho,
Deixa o meu benzinho entrar.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
50 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 50 2/3/20 3:4 PM


21 – PROCURAR SAPATOS
A professora deverá dividir a classe em dois grupos.
Depois, pedirá que todos tirem os sapatos, formando
um monte para cada grupo.

Uma criança de cada grupo vai tentar achar um par


combinado de sapatos. Quem achá-lo primeiro, ganhará
pontos para o grupo.

Outra versão para este jogo é vendar os olhos das duas


crianças.

22 – PEGA BOLA
A professora deverá colocar todos os alunos de pé e agrupados e dar uma bola a um deles. Ele dirá o nome de um colega
e jogará a bola para ele e este deverá pegá-la. Caso não consiga, sairá do jogo. Quem ficar por último, será o vencedor.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 51

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 51 2/3/20 3:4 PM


23 – O PIQUE SIMPLES
A professora deverá escolher uma criança para ser o perseguidor.

A criança escolhida deverá perseguir as outras e quem deixar-se pegar será o novo perseguidor.

24 - O ENFEITIÇADO
A professora deverá escolher uma criança que será o feiticeiro, ele tem um colar e persegue seus colegas.
A criança que for tocada, ficará enfeitiçada e deverá permanecer exatamente na posição em que foi surpreendida (ou
sentar-se ou ser transformada em bicho que uma fada boa pode liberar).

Os jogadores ainda livres podem soltar seus colegas enfeitiçados ao tocá-los com a mão. Podem brincar até que todos os
jogadores estejam enfeitiçados, ou por um tempo determinado (número de enfeitiçados). Uma das crianças será a fada.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
52 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 52 2/3/20 3:4 PM


25 - RAPOSA, SAIA DA SUA TOCA!
A professora deve escolher uma criança que será a raposa (se quiser, confeccione uma máscara de raposa para ela usar)
e as outras crianças serão os coelhos.

Os coelhos atraem a raposa, gritando: “Raposa, saia da sua toca!” Essa deve procurar apanhar os coelhos saltitando.
O primeiro jogador que for tocado torna-se a raposa.

Pode-se pedir que os coelhos andem pulando, andem nas pontas dos pés ou de outras formas.

26 – LOBO MAU
A professora deverá escolher uma criança para ser o Lobo Mau, e as outras vão cantar:
(se quiser, faça uma máscara para o lobo mau)

“Vamos passear na floresta...”

O lobo estará na sua toca, num canto da sala; as crianças estarão agrupadas, em sua casa, no ângulo oposto. Elas
atravessam a floresta cantando: “Vamos passear na floresta, enquanto seu Lobo não vem. - Seu Lobo está? Está. - Seu Lobo,
está pronto? - Não, estou vestindo minha calça.”

As crianças se aproximam ousadamente


do lobo e dançam debaixo do seu focinho.

Depois da palavra “calça”, gritam assustadas:

“Lobo! Lobo!” e fogem para casa, perseguidas


pelo lobo. Aquela que é apanhada torna-se
o lobo.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 53

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 53 2/3/20 3:4 PM


27 - CORRIDA DE CAVALINHO
A professora deverá formar uma fila com as crianças e colocar pequenos obstáculos como latinhas, saquinhos de areia,
espalhados pela área.

Ao sinal de um apito ou de palmas, as crianças saem correndo, procurando saltar os saquinhos.

28 – TÚNEL
Providencie caixas grandes de papelão, tire as tampas e prenda umas nas outras com fita crepe, formando um túnel. As
crianças devem passar engatinhando por dentro do túnel.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
54 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 54 2/3/20 3:4 PM


29 – CORRIDA DOS SAPOS
A professora deverá traçar no chão uma linha de partida e uma de chegada.
Coloque todas as crianças uma ao lado da outra, na linha de partida. Ao sinal, elas deverão correr imitando
sapos, saltando.
A criança que chegar primeiro na linha de chegada ganha a corrida.

30 – BOCA DE FORNO
Uma criança é eleita como chefe ou mestre. Ela deverá ser a única a dar ordens na brincadeira e as demais deverão cumpri-
las.

O MESTRE INICIA A BRINCADEIRA


DIZENDO:
MESTRE:
- BOCA DE FORNO.
CRIANÇAS:
- FORNO.
MESTRE:
- FAZEM O QUE EU MANDO?
CRIANÇAS:
- FAZEMOS!
MESTRE:
- SE NÃO FIZEREM?
CRIANÇAS:
- TOMAMOS BOLO.

O mestre deverá ditar a ordem que deve ser a de trazer um objeto como um lápis, um caderno, uma folha de árvore etc.
Se a criança não conseguir, deverá pagar uma prenda, que pode ser cantar uma música, dançar, imitar um bicho etc.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 55

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 55 2/3/20 3:4 PM


31 – A GATINHA PARDA
A professora forma uma roda com todas as crianças de pé. Ela escolhe uma criança para ficar no centro da roda com olhos
vendados e com uma varinha na mão. As crianças começam a girar na roda e a cantar:

“Ah, minha gatinha parda, que em janeiro me fugiu, quem roubou minha gatinha você sabe, você sabe, você viu?”

Todas se calam. A que está no centro da roda toca em alguém com a varinha. A que foi tocada deve miar como um gato.
Quem tocou tenta descobrir quem é. Se descobrir, diz o nome e quem miou vai para o centro recomeçar a brincadeira.
Se não acertar, continua sendo a do centro, e recomeça a brincadeira até adivinhar quem é.

32 - CAIXINHA DE SURPRESAS
Antes de iniciar o jogo, escrever em papeizinhos várias tarefas engraçadas e colocá-las dentro de uma caixinha.
As crianças ficarão sentadas em círculo. Ao som de uma música, a caixinha irá circular de mão em mão, até a música parar.
Quem estiver com a caixinha na mão, no momento em que a música parar, deverá tirar um papel da caixinha e executar a
tarefa. Continua até acabarem os papéis.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
56 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 5 2/3/20 3:4 PM


33 - CABRA-CEGA
A professora deverá escolher um local não muito grande nem muito pequeno.
Tire a sorte no par ou ímpar, no 0 ou 1 para ver quem será a cabra-cega.
A cabra-cega deverá ter os olhos vedados com um lenço.
Depois as crianças deverão rodar a cabra-cega e iniciar a brincadeira com as perguntas e respostas:

TODOS: CABRA-CEGA, DE ONDE VOCÊ VEIO?


CABRA-CEGA: VIM LÁ DO MOINHO.
TODOS: O QUE VOCÊ TROUXE?
CABRA-CEGA: UM SACO DE FARINHA.
TODOS: ME DÁ UM POUQUINHO?
CABRA-CEGA: NÃO.

Todos então saem correndo e a cabra-cega deverá


tentar pegar alguém. Quando conseguir, ela deverá
adivinhar quem é.

Se acertar, a presa deverá ser a próxima cabra-cega,


se errar, a cabra-cega continua sendo a mesma de
antes.

34 - ESTÁTUA

As crianças formam uma roda e todas vão rodando de mãos dadas e cantando a seguinte canção:

ANTAR
VA M OS C

“A casinha da vovó,
cercadinha de cipó,
o café tá demorando,
com certeza não tem pó!
Brasil! 2011!
Quem mexer saiu!”

Ao parar a música, todas ficam como estátuas e não vale rir, nem se mexer, nem piscar, nem se coçar. Quem aguentar mais
tempo como estátua, será o vencedor.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 57

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 5 2/3/20 3:4 PM


35 – SENHOR CAÇADOR
As crianças formam uma roda e uma delas será o caçador, que deverá ficar com os olhos vendados. Todas as outras
cantam:

ANTAR
VA M OS C

“Senhor caçador,
preste bem atenção!
Não vá se enganar,
Quando o galo cantar!
Canta, galo!”

Uma das crianças imita a voz do galo e o caçador deverá adivinhar quem é. Se não descobrir, pagará uma prenda que
o galo dirá qual é.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
58 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 5 2/3/20 3:4 PM


36 - AMARELINHA
A professora deverá desenhar no chão um campo de “amarelinha” como no desenho abaixo. Quem for jogar fica no
inferno e lança uma pedra, mirando no número 1.

Se acertar, pula num pé só no número 2 e depois no 3. Em seguida, pula colocando um pé no número 4 e o outro no
número 5 (as asas). Pula de novo com um pé só no número 6 (o pescoço) e pisa com os dois pés no céu (que também
pode ser chamado de lua).

Para voltar, faz a mesma coisa, abaixando um pouco no número 2 para pegar a pedra que ficou no número 1, pulando
depois para o inferno.

Começa tudo de novo, só que, dessa vez, tem de mirar a pedra no número 2 e pular num pé só, direto no número 3.
E assim vai a brincadeira, até que o jogador erre e passe a vez para o próximo companheiro. Quem sai do jogo, quando
volta, começa de onde saiu.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 59

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 5 2/3/20 3:4 PM


ATIVIDADES COM MÚSICA

A professora contará uma história e os alunos farão os


movimentos decorrentes da mesma e cantarão as canções.

1 – CONTAR A HISTÓRIA DA CHAPEUZINHO VERMELHO


Chapeuzinho era uma linda menina que adorava passear no bosque. Ela ia sempre à casa de sua vovozinha para levar
doces. Um dia, a mãe de Chapeuzinho pediu que ela fosse à casa de sua avó levar uma cesta com flores e doces e aí ela foi
(pedir que os alunos caminhem como a chapeuzinho e cantem a música).

Na floresta morava o Lobo Mau e ele já esperava pela Chapeuzinho (pedir aos alunos que caminhem como o Lobo Mau
e cantem a música). A caminho da casa de sua vovozinha, encontrou um lobo muito malvado que queria comer seus
docinhos. Chapeuzinho se recusou a dar os docinhos e fugiu.

O lobo, muito malvado, foi até a casa da vovozinha, escondeu-se e ficou à espera de Chapeuzinho. Chapeuzinho entrou na
casa da vovó e o Lobo Mau bateu na porta, querendo entrar. Enquanto isso, na floresta, caçadores andavam à procura de
onças (pedir aos alunos que andem como caçadores e cantem a música). Chapeuzinho e a vovó gritaram e os caçadores as
salvaram do Lobo Mau.

Chapeuzinho
Pela estrada fora eu vou bem sozinha
Levar estes doces para a vovozinha
Ela mora longe e o caminho é deserto
E o lobo mau passeia aqui por perto
Mas à tardinha, ao sol poente
Junto à mamãezinha dormirei contente
...
Lobo Mau
Eu sou o lobo mau, lobo mau, lobo mau
Eu pego as criancinhas pra fazer mingau
Hoje estou contente, vai haver festança
Tenho um bom petisco para encher a minha
pança
...
Caçadores
Nós somos os caçadores e nada nos amedronta
Damos mil tiros por dia, matamos feras sem
conta
Varamos toda floresta, por mares e serranias
Caçamos onça pintada, pacas, tatus e cutias

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
60 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 0 2/3/20 3:4 PM


2 – CONTAR A HISTÓRIA DA BRANCA DE NEVE
A Branca de Neve recebeu este nome porque tinha a pele branca como a neve, contrastando com os lábios bem vermelhos
e o cabelo muito preto.

A mãe de Branca de Neve morreu quando ela era muito jovem e seu pai casou-se novamente com uma mulher muito
bonita, mas muito malvada.

A madrasta da Branca de Neve quis matá-la por causa de sua beleza, mas o caçador que a mataria deixou-a fugir pela
floresta (pedir para os alunos correrem assustados pela floresta, como Branca de Neve).

Depois ela andou pela floresta e, quando ficou cansada, deitou-se para descansar. Ela foi acordada por muitos bichinhos
que a levaram até a casa dos sete anões: Soneca, Dengoso, Dunga, Feliz, Atchim, Mestre e Zangado (pedir para os alunos
andarem até a casa dos 7 anões).

Branca de Neve entrou na casa dos anões e, como estava cansada, dormiu. Quando eles chegaram, levaram um susto!

Branca de Neve acordou, contou toda sua história e os anões resolveram tomar conta dela e protegê-la de sua madrasta.
Quando a madrasta, que era também feiticeira, soube que a menina ainda estava viva, resolveu envenená-la com uma
maçã.

Os anões foram trabalhar e, quando voltavam para casa, cantavam uma música (cantar a música com os alunos).
Ela se disfarçou de velhinha e Branca de Neve comeu a maçã enfeitiçada.

Ficou adormecida até o dia em que um príncipe a encontrou e a beijou, quebrando o feitiço e permitindo que eles se
unissem para serem felizes para sempre…

Eu Vou
Eu vou, eu vou
para casa agora eu vou
parara-tim-bum
parara-tim-bum
eu vou
eu vou
eu vou
eu vou
eu vou
Para casa
agora eu vou
parara-tim-bum
parara-tim-bum

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 61

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 1 2/3/20 3:4 PM


3 – CONTAR A HISTÓRIA DA CIGARRA E DA FORMIGA
Era uma vez uma cigarra que vivia saltitando (pedir para os alunos pularem e dançarem) e cantando pelo bosque, sem se
preocupar com o futuro. Esbarrando numa formiguinha, que carregava uma folha pesada, perguntou (pedir para os alunos
imitarem a formiga carregando algo bem pesado):

- Ei, formiguinha, para que todo esse trabalho? O verão é para gente aproveitar! O verão é para gente se divertir!
- Não, não, não! Nós, formigas, não temos tempo para diversão. É preciso trabalhar agora para guardar comida para
o inverno.

Durante o verão, a cigarra continuou se divertindo e passeando por todo o bosque. Quando tinha fome, era só pegar uma
folha e comer.
Um belo dia, passou de novo perto das formiguinhas e as viu cantando e carregando outras folhas pesadas (cantar com os
alunos a música da formiga).

A cigarra então aconselhou:


- Deixa esse trabalho para as outras! Vamos nos divertir. Vamos, formiguinha, vamos cantar! Vamos dançar!
E cantou uma música para as formigas. (cantar a música da cigarra com os alunos)

A rainha das formigas falou então para a cigarra:


- Se não mudar de vida, no inverno você há de se arrepender, cigarra! Vai passar fome e frio.
A cigarra nem ligou, fez uma reverência para a rainha e comentou:
- Hum!! O inverno ainda está longe, querida!

Para a cigarra, o que importava era aproveitar a vida, e aproveitar o hoje, sem pensar no amanhã. Para que construir um
abrigo? Para que armazenar alimento? Pura perda de tempo.
Certo dia o inverno chegou, e a cigarra começou a tiritar de frio (imitar a cigarra sentindo frio). Sentia seu corpo gelado
e não tinha o que comer. Desesperada, foi bater na casa da formiga.

Abrindo a porta, a formiga viu na sua frente a cigarra quase


morta de frio. Puxou-a para dentro, agasalhou-a e deu-lhe uma CANTIGAS DE “A CIGARRA E A FORMIGA”
sopa bem quente e deliciosa. Naquela hora, apareceu a rainha (JOÃO DE BARRO)
das formigas que disse à cigarra: Formigas
- No mundo das formigas, todas trabalham. Se você quiser 1, 2, 3 sacos de farinha
ficar conosco, cumpra o seu dever: toque e cante para nós. 4, 5, 6 sacos de feijão
Para a cigarra e paras as formigas, aquele foi o inverno mais feliz
Trabalhando
das suas vidas.
Dona Formiguinha
Vai enchendo aos poucos seu porão

Cigarra
Sou feliz
Cigarra cantadeira
Canto a vida, canto a luz
Pois quem cantar
Canta a vida inteira
Faz dos sonhos mais azuis
De que vale um tesouro
Junto às flores do arrebol?
Quem quiser que junte todo o ouro
Eu prefiro a luz do sol

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
62 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2 2/3/20 3:4 PM


4 – CONTAR A HISTÓRIA DA DONA BARATINHA
Dona Baratinha era muito trabalhadeira, gostava de manter sua casinha sempre limpa, arrumada (pedir para os alunos
imitarem Dona Baratinha limpando e arrumando a casa) e com flores nas janelas. Um dia varrendo o sótão, encontrou
três moedas de ouro. Naquele tempo, esta quantia valia muito e Dona Baratinha ficou muito feliz. Com este dinheiro,
poderia reformar a casa (pedir para os alunos reformarem a casa) e comprar roupas novas (pedir para os alunos fingirem
comprar roupas novas).

O resto do dinheiro, ela guardou dentro de uma caixinha. Agora que estava rica e elegante, com a casa reformada e um
bonito enxoval, achou que estava na hora de se casar. Então, à tardinha, vestiu uma roupa bem bonita, fez um belo
penteado e foi para a janela esperar os pretendentes. (cantar a música da Dona Baratinha com os alunos)
O primeiro a aparecer foi o cavalo, o jovem mais fino da cidade. O cavalo achou Dona Baratinha muito graciosa. Dona
Baratinha então perguntou:
- Quer casar com Dona Baratinha tão bonitinha e com dinheiro na caixinha? Sim!!! - disse o cavalo.

Mas Dona Baratinha tinha um sono muito leve e queria saber se o cavalo roncava alto.
- Como é que você faz de noite? - perguntou Dona Baratinha.

O cavalo relinchou tão forte que Dona Baratinha o recusou. (pedir para os alunos relincharem)
Depois dele veio o boi, o galo, o cachorro, o burro etc. (pedir para os alunos fazerem o som dos outros animais)
Infelizmente todos eram muito barulhentos e não iam deixar Dona Baratinha dormir.
Já estava desistindo, quando apareceu Dom Ratão, muito elegante e charmoso. Ela então resolveu tentar mais uma vez.
Felizmente, Dom Ratão tinha uma voz suave e à noite seu ronco era fraquinho: Qui, Qui, Qui...

Dona Baratinha ficou muito satisfeita com o pretendente e ficaram noivos. Começaram os preparativos para o casamento.
Dona Baratinha, toda agitada, preparava um delicioso banquete para a festa do casamento e Dom Ratão ajudava nos
convites. Porém Dom Ratão era muito guloso e pediu à noiva que fizesse para a festa seu prato favorito: feijão com
toucinho.
Dona Baratinha e Dom Ratão, muito elegantes e felizes, estavam a caminho da Igreja (pedir para os alunos caminharem
até a igreja), porém o noivo só pensava na feijoada. Então disse para Dona Baratinha que tinha esquecido as alianças em
casa, e que assim que as pegasse a encontraria na igreja.

Dom Ratão voltou para casa e correu até a cozinha para comer um pouco do toucinho. Mas, na afobação, escorregou e
caiu dentro da panela do feijão, morrendo afogado. Dona Baratinha, ansiosa, esperava na igreja o noivo que não retornava.
Horas mais tarde, muito triste, Dona Baratinha e alguns convidados decidiram voltar para casa e comer o banquete.
Logo descobriram o fim trágico do seu noivo e todos lamentaram muito.

A pobre Dona Baratinha chorou a noite inteira e, desde aquele dia, nunca mais preparou feijão com toucinho!

CANTIGAS DE “A HISTÓRIA DA BARATINHA”


JOÃO DE BARRO

Quem quer casar com a senhora baratinha


Que tem fita no cabelo e dinheiro na caixinha
É carinhosa e quem com ela quiser se casar
Terá doces todo dia, no almoço e no jantar

Passem, passem, cavalheiros, passem todos sem parar


O mais belo com certeza minha mão irá ganhar
http://www.mpbnet.com.br/musicos/braguinha/

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 63

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 3 2/3/20 3:4 PM


DANÇAS COM DRAMATIZAÇÕES
1 – PEZINHO
A professora cantará a música juntamente com os alunos. Eles realizarão os movimentos sugeridos.

Ai bota aqui
Ai bota ali o seu pezinho
O seu pezinho bem juntinho com o meu

Ai bota aqui
Ai bota ali o seu pezinho
O seu pezinho bem juntinho com o meu

E depois não vá dizer


Que você se arrependeu
E depois não vá dizer
Que você se esqueceu

Musica folclórica

REPRESENTAÇÃO
Os alunos devem ficar em duas fileiras ou numa roda. Seguir os movimentos abaixo:

“Ai bota aqui” – colocar a ponta do pé direito para frente.

“Ai bota ali” – colocar a ponta do pé direito para trás.

“o seu pezinho” – bater 3 vezes o pé direito.

“o seu pezinho” – colocar a ponta do pé esquerdo para frente.

“bem juntinho” – colocar a ponta do pé esquerdo para trás.

“com o meu” – bater 3 vezes o pé esquerdo.

“E depois não vá dizer” – todos dão a mão e fazem uma roda.

“Que você se arrependeu” – giram a roda de um lado.

“E depois não vá dizer” – giram a roda do outro lado.

“Que você se esqueceu” – retornam aos seus lugares.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
64 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 4 2/3/20 3:4 PM


2 – A CANOA VIROU
A professora deverá colocar as crianças de mãos dadas, formando uma roda. Todas as crianças cantam uma música,
girando a roda para um lado. Quando falar o nome de alguma criança, o movimento passa a ser para o outro lado.

A canoa virou
Por deixá-la virar
Foi por causa do (a) ……. (nome)
Que não soube remar
Se eu fosse um peixinho
E soubesse nadar
Tirava o (a) ……. (nome)
Do fundo do mar

Música do Cancioneiro popular

3 – ATENÇÃO! CONCENTRAÇÃO!
Formação: Em círculo, sentados na sala de aula ou à vontade.
Desenvolvimento: Durante o jogo, a cada palavra dita, todos baterão.

palmas 3 vezes seguidas.


“Atenção” – 3 palmas
“Concentração” – 3 palmas
“Vai começar” – 3 palmas
“Já começou” – 3 palmas
“Diga o nome” – 3 palmas
“Nome de um animal” – 3 palmas
“que mais gosta” – 3 palmas

Música do Cancioneiro popular

Posteriormente a professora deverá pedir para as crianças substituírem o nome do animal pelo de uma fruta, de uma
comida, de um brinquedo, um passeio etc.

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 65

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 5 2/3/20 3:4 PM


4 – MARCHA SOLDADO
A professora deverá formar duas fileiras e pedir para as crianças marcharem e cantarem a música.

Marcha soldado,
cabeça de papel.
Quem não marchar direito,
vai preso pro quartel.
O quartel pegou fogo,
a polícia deu sinal.
Acode, acode, acode a bandeira nacional

Música do Cancioneiro popular

5 – A GALINHA DO VIZINHO
A professora deverá colocar as crianças de mãos dadas, formando uma roda. Enquanto as crianças cantam, devem ficar de
cócoras.

A galinha do vizinho
Bota ovo amarelinho.
Bota um, bota dois, bota três,
Bota quatro, bota cinco, bota seis,
Bota sete, bota oito, bota nove,
Bota dez!

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS eçã


Col o
66 3 anos ama rel in ha

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2/3/20 3:4 PM


6 – EU VI UMA BARATA
A professora deverá colocar as crianças de mãos dadas, formando uma roda. Depois, pedirá que coloquem as mãos na
cabeça e imitem a barata voando.

Eu vi uma barata,
Na careca do vovô
Assim que ela me viu
Bateu asas e voou.
“Seu” Joaquim-qui-rin-quim,
Da perna torta-ra-ta,
Dançando a conga-ra-ga,
Com a Maricota-ra-ta.

Música do Cancioneiro popular

7 – MEU GALINHO
A professora deverá colocar as crianças numa roda e elas devem girar e cantar.
Há três noites que eu não durmo, ola lá!
Pois perdi o meu galinho, ola lá!
Coitadinho, ola lá! Pobrezinho, ola lá!
Eu perdi lá no jardim.

Ele é branco e amarelo, ola lá!


Tem a crista vermelhinha, ola lá!
Bate as asas, ola lá! Abre o bico, ola lá!
Ele faz qui-ri-qui-qui.

Já rodei em Mato Grosso, ola lá!


Amazonas e Pará, ola lá!
Encontrei, ola lá! Meu galinho, ola lá!
No sertão do Ceará!

Música do Cancioneiro popular

eçã
Col o CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
ama rel in ha 3 anos 67

Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2/3/20 3:4 PM


Educação Fisica_3 anos BNCC.indd 2/3/20 3:4 PM

Você também pode gostar