Você está na página 1de 27

Serviço Público Federal

Ministério da Educação
Universidade Federal de Goiás - Faculdade de Medicina
Departamento de Patologia e Imagenologia

Programa da Disciplina Patologia Funcional


(Anatomia Patológica: Patologia Estrutural e Funcional Aplicada)
A N O DE 2011

Corpo Docente:
Prof. Élbio Cândido de Paula – Esp. /Adj. N2
elcanpa@yahoo.com.br

Prof. Luiz Fernando Fróes Fleury – Mst./Adj. N4


lffleury@medicina.ufg.br

Prof. Luiz Murilo Martins Araújo – Esp./Aux. N1


murilo@padrao.com.br

Prof. Manoel Santos Pereira – Esp./Ass. N4


m.santos@cultura.com.br

Profa. Marise Amaral Rebouças Moreira – Dt./Adj. N2


marise.moreira@atalaia.com.br

Prof. Maurício Barcelos Costa - Mst./Adj. N3


www.dermatobarcelos.com.br / mbarceloscosta@gmail.com

Prof. Sebastião Alves Pinto – Mst./Ass. 1


sebastiaoap@ingoh.com.br

Prof. Siderley Souza Carneiro -Mst/ Ass.1


siderley.carneiro@gmail.com

Secretaria Acadêmica:
Raquel Quirino Pereira
Preparação e conservação das peças anatômicas:
Jorge Alberto Danesi
Programa da Disciplina Patologia Funcional
(Anatomia Patológica:Patologia Estrutural e Funcional Aplicada)

Cópia desse programa atualizado periodicamente está disponível no site da Sociedade Goiana
de patologia: www.sgp.org.br

1- Objetivos específicos e gerais da Disciplina


1.1- Identificar as alterações anatômicas macroscópicas e correlacioná-las com a fisiopatologia e a
semiologia.
1.2- Possibilitar uma visão abrangente e sempre buscando uma abordagem multidisciplinar sobre as
principais doenças em nosso meio, discorrendo sobre os mecanismos fisiopatológicos,
etiopatogênicos, morfológicos (anatomopatológico e cito-histopatológico), imunopatológicos e de
patologia clínica, direcionada essencialmente à prática médica.
1.3- Estabelecer estreita correlação clínico-morfológica, possibilitando uma melhor interação e
harmonia com as disciplinas afins como a semiologia, a fisiologia, o diagnóstico por imagem, a
farmacologia e a medicina preventiva.

2- Ementa da Disciplina
Patologia Estrutural e Funcional Aplicada, Citopatologia e Patologia Clínica dos diversos sistemas,
aparelhos e órgãos com correlação clínico-morfológica associada ao método de investigação
diagnóstica por imagem.

3- Abrangências:
Patologia Clínica, Fisiopatologia, Citopatologia, Histopatologia e Imuno-Histoquímica.

4- Carga horária:
Curso teórico = 120h
Curso prático = 180h
Total = 300h

5- Instruções e informações sobre as atividades teóricas


5.1- Atividades Teóricas:
As aulas teóricas terão início, NO PRIMEIRO SEMESTRE, às 10:10 horas, às terças, quartas e
quintas-feiras. No SEGUNDO SEMESTRE, as aulas terão início às 7:10 e, excepcionalmente, aos
sábados às 8 horas, quando necessário, com duração média prevista de 100 minutos, exceto nos dias
programados para as sessões de correlação anátomo-clínicas.
Os assuntos teóricos serão ministrados sob a forma de aulas expositivas, seminários, mesas
redondas, sessões de correlação anátomo-clínica, sessões interativas (por vezes com quiz) e
trabalhos científicos de revisão da literatura sendo divididos em 4 (quatro) blocos:
Bloco 1:
Assuntos de patologia geral funcional e aplicada incluindo o Sistema Nervoso Central (revisão e
aplicação de PATOLOGIA GERAL) cujos mecanismos básicos já foram devidamente explanados e
enfocados pela disciplina de Patologia Geral.
Bloco 2:
Patologia Estrutural e Funcional Pulmonar, Cardíaca, dos Órgãos Linfóides e Medicina Legal.
Bloco 3:
Patologia Estrutural e Funcional Endocrinológica (glândula tiróide) e do Sistema Gênito-urinário.
Bloco 4:
Patologia Estrutural e Funcional do Sistema Digestivo, Patologia óssea e de partes moles.

Nota: os temas de Patologia Clínica, que compõe uma das abrangências da Disciplina Patologia
Funcional, serão ministrados intercaladamente com as aulas da Anatomia (ver programa de Patologia
Clínica).
As avaliações da disciplina incluirão os temas de todas as suas abrangências.

5.2- Avaliação da parte teórica:


5.2.1- Avaliação somativa: poderão ser feitas mediante provas teóricas (Anatomia patológica +
Patologia Clínica) que serão aplicadas ao final de cada bloco (quatro no total) conforme cronograma
em anexo. Estas valerão de zero a dez, sendo correspondente à metade da avaliação de cada
bimestre (peso 0,5). A outra metade é da avaliação das atividades práticas, conforme descrito no item
correspondente. Poderão ser aplicadas provas durante o transcorrer dos blocos, sem aviso
prévio, e neste caso, estas provas (ditas semiparciais) valerão até 20% das notas teóricas
bimestrais. As sessões interativas com Quiz, valerão até meio ponto para a equipe que apresentar
melhor avaliação de desempenho.
5.2.2- Avaliação formativa: nesta forma de avaliação não será atribuída nota. Far-se-á através de
testes objetivos e questões dissertativas que poderão ser aplicadas no início ou logo após o término
da aula expositiva.
5.2.3- Sessões Anátomo-clínicas: a apresentação de sessões de correlação anátomo-clínica, que
terão duração de 02:00h (das 10:00 às 12:00 horas) e serão feitas, oportunamente ao final de cada
bloco de assuntos teóricos. Neste dia não haverá aula expositiva. Antes do início da sessão um grupo
de alunos será sorteado, para relatá-la e cuja discussão será coordenada e complementada por um
elenco de professores, inclusive de outras disciplinas como Semiologia, Saúde Coletiva,
Farmacologia, Bioestatística, Clínica Médica, Ginecologia-Obstetrícia e Clínica Cirúrgica.
Nota: o grupo de alunos sorteado para fazer a apresentação da sessão (ver cronograma anexo),
que se ausentar da sala de aula, terá subtraído da nota final bimestral o equivalente a 0,5 (meio)
ponto.
Media bimestral = [Nota de Anatomia Patológica (AP) + Nota de Patologia Clínica (PC) ] + [Nota da
Prática (Prof1) + Nota da Prática (Prof2) .... ] /2

6- Instruções e informações sobre as atividades práticas:


6.1- Os alunos serão divididos em duas turmas para as atividades práticas, ditas A e B.
As turmas A e B serão subdivididas em A1, A2, B1 e B2 (com cerca de 27 alunos).
As aulas para a turma “A” serão às terças-feiras e quartas-feiras, com duração de duas horas e meia,
sempre iniciando às 13:30 horas.
As aulas da turma “B” serão às quintas-feiras e sextas-feiras, com duração de duas horas e meia,
também se iniciando às 13:30 horas.
6.2- O aluno que não comparecer à aula prática terá 02 faltas, dependendo do dia.
6.3- Os temas serão divididos em quatro blocos, correlacionando com os da parte teórica.
Para o desenvolvimento das atividades do bloco 1, dividiremos a aula em duas partes. A primeira
parte composta por uma preleção (explanação de assuntos de caráter prático, pelo respectivo
professor, conforme programa anexo) das 13:30 às 14:30 horas. A segunda parte das 14:30 às 16:00
horas, pelo estudo sistematizado de casos, com correlação entre os achados morfológicos
observados nas peças de anatomia patológica com as histórias clínicas contidas nas folhas textos,
sob orientação do professor. A seguir, findo o período prévio de estudo, serão apresentadas as
discussões destes respectivos casos sob a forma de explanações compartilhadas (seminários), com
um grupo de alunos fazendo a apresentação do caso previamente determinado e o professor
responsável fazendo a complementação com os comentários pertinentes e as correções que julgar
necessárias.
A partir do bloco 2 não haverá preleções pré-determinadas, podendo o horário ser inteiramente
destinado ao estudo e apresentação dos respectivos casos.
6.4- Este curso discorrerá sobre as doenças de maior relevância em nosso meio, sendo dividido em
duas fases:
Fase 1 - com enfoque especial à patologia geral aplicada.
Fase 2 em diante - com enfoque à patologia de órgãos e sistemas.
6.5- Para a realização destas atividades práticas (estudos das peças e apresentação dos casos -
Seminários) os alunos serão divididos em 8 grupos (de aproximadamente 7 alunos) em cada turma,
os quais serão formados oportunamente pelo coordenador da disciplina (prática). É necessário
que o grupo disponha de livros texto, na sala de aula, para este estudo. O estudo individual será
permitido apenas fora do horário das aulas.
6.6- As fotos das peças e as histórias clínicas correspondentes, estão disponíveis para download no
site da Sociedade Goiana de Patologia: www.sgp.org.br na seção ALUNOS/PEÇAS PARA ESTUDO.

7- Avaliação das atividades práticas:


7.1- A avaliação formativa será feita mediante provas práticas aplicadas conforme cronograma
detalhado no calendário das atividades práticas (ver abaixo), tendo peso 0.5 (meio).
7.2. Na prova prática, o aluno discorrerá sobre a peça ou diapositivo equivalente (descrição
macroscópica e/ou histomorfológica), fazendo suas hipóteses diagnósticas com correlação anátomo-
clínica e será inquirido a respeito do outros assuntos pertinentes (exames complementares
/bioquímica, fisiologia, embriologia, etc.).
7.3 - Todos os grupos terão que confeccionar e apresentar um pôster com história e exames reais,
sob a coordenação do Prof. Maurício Barcelos, que deverá ser entregue até o dia 09/07/2011, que
valerá de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) e entrará na composição da nota prática do terceiro bimestre (será
somada com a nota da prova prática deste bimestre e dividida por dois). Ver anexo 1.

8- OUTRAS INFORMAÇÕES:
8.1- O aluno que trocar de turma, após o período de adequação, receberá faltas.
8.2- É obrigatório o uso do uniforme (branco total ou jaleco) nas aulas práticas. Não será permitido
em sala de aulas o uso de bermudas, mini-saias ou vestimentas similares. Caso contrário o aluno
não poderá permanecer em sala e será apenado com falta, sendo que se for no dia da prova prática
o aluno perderá um ponto na nota da avaliação prática.
8.3- Terá direito a fazer prova de 2ª chamada, somente o aluno que apresentar atestado médico
(segundo as normas preconizadas pelo Conselho Regional de Medicina) que deverá ser convalidado
pelo Serviço Médico da UFG (Campus I e II). O requerimento para a 2ª chamada poderá ser feito até
72 horas após a realização da prova, devendo ser devidamente protocolado na Secretaria Acadêmica
(sala de Coordenação da Disciplina de Anatomia Patológica/ Departamento de Patologia).
8.4- Os alunos com aproveitamento insuficiente poderão ser chamados ao Departamento (sala da
Coordenação da Disciplina de Anatomia Patológica) para a devida orientação.
8.5) Os dias “livres para estudos” poderão ser utilizados, eventualmente, para reposição de aulas
expositivas (seminários, sessões, aulas teóricas, etc.).
8.6) Os dias reservados para o ECAM (“Encontro Científico dos Acadêmicos de Medicina”) serão
considerados letivos; todos os alunos estarão liberados para comparecimento ao evento (e os temas
previamente agendados nesta data serão repostos no final, conforme cronograma anexo).
8.7) Caso haja suspensão de aulas por motivos não previstos, estas serão repostas de acordo com a
reprogramação geral da Faculdade de Medicina.
8.8) Outros assuntos relativos as aulas e provas serão explicitados oportunamente e a coordenação
se encontra à disposição dos alunos para discutir qualquer dúvida durante todo o curso.
8.9) No segundo semestre será realizada uma Jornada com os Residentes e ex residentes da
patologia. Os casos serão apresentados na jornada, pelos residentes e serão selecionados entre os
pôsteres elaborados pelos grupos.

9- Resumo das avaliações e Critérios de aprovação:


9.1- O aluno para ser aprovado tem que ter no mínimo 75% (setenta e cinco) de freqüência às aulas
(abaixo disto ele está automaticamente reprovado).
9.2- Serão publicadas quatro notas bimestrais (resultante da média aritmética das provas práticas e
teóricas, de cada bimestre).
9.3- Será calculado a média aritmética destas quatro notas bimestrais e o aluno que alcançar nota
igual ou superior a 5,0 (Cinco) nesta média, está aprovado.

Bibliografia básica:

*Brasileiro Filho, G. Patologia. Bogliolo. 7ª ed, Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2006.
*Vinay Kumar, Abul K. Abbas, Nelson Fausto. Robbins e Cotran: Patologia: Bases Patológicas das
Doenças . 7ª ed, Elsevier, 2005.
*Kumar, V., et al., Robbins and Cotran pathologic basis of disease. 8th ed. 2010, Philadelphia: Elsevier
Saunders. xv, 1525 p.
*Rubin, F. and Farber, J.L. Patologia. 4ª Edição, Ed Guanabara-Koogan Rio de Janeiro, RJ. 2006.
a
*Stevens, A. Patologia. 2 ed, Rio de Janeiro, Manole, 1998.
Ravel, R. Laboratório Clínico. 5ª ed, Rio de Janeiro, Guanabara-Koogan, 1996.
Sacher, Ronald A e McPherson,Richard A. Interpretação Clínica dos Exames Laboratoriais.Widmann
a
.11 ed.São Paulo. Manole.2002
Xavier R.M, Albuquerque G.C., Barros E. Laboratório na Prática Clínica, Porto Alegre, ARTMED,
2005
Porto, CC. Semiologia Médica. 6ª ed, Rio de Janeiro, Guanabara-Koogan, 2009.
Medicina Laboratorial para o clínico. Elza Santiago Erichsen et al.Belo Horizonte, COOPMED, 2009

*Livros de Anatomia Patológica.


Programa da Disciplina de Anatomia Patológica
(Patologia Estrutural e Funcional Aplicada)

ANO DE 2 0 11
Anexo 1 - Pôster
Prof. Maurício Barcelos Costa - Mst./Adj. N3
Como fazer um pôster:
1- Escolha um caso clínico, de um paciente que você conhece, com boa história clínica,
exame físico e exames complementares, que tenha obrigatoriamente exame
histopatológico.
2- Pegue cópia do exame histopatológico na Secretaria do Departamento de Patologia
(leve nome completo do paciente e número do prontuário) e procure o Prof. Maurício
Barcelos no Departamento de Patologia, no período da tarde.
3- Este verificará a real situação das lâminas histopatológicas e dará a você um sim ou
não quanto à documentação fotográfica.
4- A confecção do pôster pode ser orientada por qualquer Professor do Departamento de
Patologia.
5- Preferencialmente que o caso seja do HC-FM-UFG e com exame anatomopatológico
feito pelo Departamento de Patologia.
6- Faça uma apresentação em PowerPoint, montando um pôster de seu caso clínico-
patológico. Pegue modelo com o Prof. Maurício Barcelos. Para isto leve um CD virgem.
7- As fotos microscópicas ficarão prontas após 30 (trinta) dias da definição do caso. Estas
serão feitas pelo Prof. Maurício Barcelos. As fotomicrografias podem ser feitas também
pelo Professor que deu o laudo histopatológico. Data limite para solicitar fotos (15 dias
antes do prazo final para a entrega do pôster). As fotografias devem ser solicitadas em
formulário específico (Anexo 2).
8- Poderão ser incluídas no pôster fotos macroscópicas das peças cirúrgicas ou mesmo
de lesões dos pacientes. Estas deverão ser providenciadas pelos próprios alunos.
9- Poderá ser apresentado para qualquer professor rascunho em Word ou PowerPoint
para correção e sugestões até 15 dias antes do prazo final para a entrega do trabalho.
10- A data final para entrega do pôster será dia 09 de julho de 2010. Entregar para Raquel
no Departamento de Patologia, no período da tarde. Todo o material deverá estar
gravado em CD, com capa devidamente identificada com o nome dos participantes e
número do grupo.
11- A avaliação será feita por comparação entre os diferentes pôsteres apresentados,
incluindo a avaliação de apresentação do CD. O trabalho deve ser feito em
PowerPoint. Não será aceito outras versões.
12- Todo CD deverá ter identificação do Grupo e Nome dos Componentes.
13- O nome do arquivo será o do grupo + assunto abordado. Ex.: A3- Adenocarcinoma de
próstata.

Observação:
1- O nome de Professores (Maurício Barcelos e outros) não deverá constar em nenhum
pôster, ou seja, os autores são apenas alunos. Se futuramente você quiser levar o
pôster em alguma jornada ou congresso científico, nos nomes de autores devem
obrigatoriamente constar àqueles profissionais que assistiram ao paciente, inclusive o
nome do Médico Patologista e do Médico Residente da Patologia que emitiu o laudo.
2- Os 08 (oito) melhores pôsteres serão apresentados na III Jornada dos Residentes e
Ex-Residentes da Patologia do Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina – UFG.
Os autores destes receberão certificados.
3- A Jornada fará parte do calendário da Disciplina de Anatomia Patológica, sendo mais
provavelmente em outubro, na época dos Jogos do Intermed.
4- Os assuntos dos pôsteres serão temas da 3ª. avaliação teórica (28/09/2010) dos
respectivos grupos.
Anexo 2 – Pôster

Goiânia, / / 2011.

REQUISIÇÃO DE FOTOMICROGRAFIAS

Solicitante: ..............................................................................................................................................
Serviço: ...................................................................................................................................................
Paciente: .................................................................................................................................................
Prontuário: ...................................................................... N°. Biópsia: ................................................
Finalidade: ( ) Sessão Anatomoclínica ( ) Congresso ( ) Jornada e outros
Autor: ......................................................................................................................................................
Co-autores: ............................................................................................................................................
.................................................................................................................................................................
.................................................................................................................................................................
.................................................................................................................................................................

_________________________________ __________________________________
Assinatura e Nome do Solicitante Assinatura e Nome do Chefe do Serviço

Observações:
1- Anexar resumo do trabalho;
2- Anexar cópia do laudo histopatológico;
3- Solicitação deverá ser feita com 15 (quinze) dias de antecedência;
4- Cópia do arquivo das fotomicrografias será fornecido em pdf;
5- Anexar cópia da apresentação em PowerPoint;
6- Solicitante assume compromisso ético de entregar aos co-autores cópia do Certificado de
apresentação do caso;
7- Solicitante assume compromisso ético de sempre que usar as fotomicrografias manter a
legenda de identificação ou fazer referência aos autores das mesmas e de não repassá-las a
qualquer um, bem como excluir o arquivo do computador onde as mesmas forem
apresentadas.

___________________________________ ____________________________________
Assinatura e Nome do Executante Assinatura e Nome do Solicitante

Recebi em / /
TÓPICOS DE PATOLOGIA FUNCIONAL – AULAS EXPOSITIVAS.2010
HORÁRIO: 10:10h às 11:40 (primeiro semestre) 7:10 às 8:40 (segundo semestre)
AULA INAUGURAL (2010) DO TERCEIRO ANO DA PATOLOGIA
1 08/02/2011
terça-feira prof. Maurício
Doenças bacterianas: etiopatogenia e anatomia patológica da hanseníase.
6 17/02/2011
quinta-feira prof. Maurício INF
Doenças causadas por protozoários: Etiopatogenia com ênfase em “leishmaniose tegumentar
7 22/02/2011 americana”.
terça-feira prof. Sebastião INF
Doenças fúngicas: etiopatogenia e patologia.
10 01/03/2011
terça-feira prof. Maurício INF
Doenças virais: Etiopatogenia com ênfase a dengue e febre amarela.
12 03/03/2011
quinta-feira prof. Maurício INF
Doenças infecciosas: meningites e meningoencefalites de etiologias diversas.
13 10/03/2011
quinta-feira prof. Siderley SNC
Doenças causadas por metazoários: Etiopatogenia com ênfase a Strongiloidíase.
14 15/03/2011
terça-feira prof. Maurício INF
MESA REDONDA: Síndrome de imunodeficiência adquirida (SIDA/AIDS).
17 22/03/2011 Etiopatogenia, abordagem clínica e abordagem anatomopatológica.
terça-feira prof. Maurício INF
Neoplasia do S.N.C.: Anatomia patológica topográfica.
22 31/03/2011
quinta-feira prof. Siderley SNC
PRIMEIRA SESSÃO de correlação anátomo-clínica; Doenças infecciosas e parasitárias.
23 05/04/2011
terça-feira prof. Maurício INF
Neoplasia do Sistema Nervoso: Histogênese e anatomia patológica.
26 12/04/2011
terça-feira prof. Siderley INF
Síndrome de condensação pulmonar II: Pneumonias bacterianas.
27 13/04/2011
quarta-feira prof. Sebastião RES
Síndrome de condensação pulmonar I: TB pulmonar.
29 19/04/2011
terça-feira prof. Maurício RES
Síndrome de condensação pulmonar III: Neoplasias pulmonares e das vias respiratórias inferiores.
30 20/04/2011
quarta-feira prof. Marise
PROVA TEÓRICA PARCIAL (1ª bimestral).
31 26/04/2011 Turma A1 - prof. Sebastião e prof. Manoel
terça-feira RES
PROVA TEÓRICA PARCIAL (1ª bimestral).
31 26/04/2011 Turma A2 - prof. Maurício Barcelos e profa. Marise
terça-feira RES
PROVA TEÓRICA PARCIAL (1ª bimestral).
31 26/04/2011 Turma B1 - prof. Luiz Murilo e prof. Élbio
terça-feira RES
PROVA TEÓRICA PARCIAL (1ª bimestral).
31 26/04/2011 Turma B2 - prof. Siderley
terça-feira RES
SESSÃO DE APRENDIZAGEM FORMATIVA COM DISCUSSÃO E RESOLUÇÃO DAS
32 27/04/2011 QUESTÕES DA PRIMEIRA AVALIAÇÃO.
quarta-feira Todos
TÓPICOS DE PATOLOGIA FUNCIONAL – AULAS EXPOSITIVAS.2010
HORÁRIO: 10:10h às 11:40 (primeiro semestre) 7:10 às 8:40 (segundo semestre)
Pneumopatias intersticiais.
35 04/05/2011
quarta-feira prof. Marise RES
Doenças vasculares degenerativas (com ênfase na ateroesclerose); Cardiopatia isquêmica.
36 05/05/2011
quinta-feira prof. Manoel CAR
Segunda Sessão de correlação anátomo-clínica : Patologia pulmonar.
40 17/05/2011
terça-feira prof. Sebastião CAR
Cardiopatia Tripanosomótica.
41 18/05/2011
quarta-feira prof. Maurício CAR
Órgãos linfóides: Alterações reacionais e inflamatórias (linfadenopatias).
42 19/05/2011
quinta-feira prof. Siderley LIN
Cardiopatia reumática
44 26/05/2011
quinta-feira prof. Maurício CAR
Órgãos linfóides: Linfomas Não-Hodgkin.
45 31/05/2011
terça-feira prof. Élbio Cândido LIN
Órgãos linfóides: Linfomas Hodgkin.
46 01/06/2011
quarta-feira prof. Élbio Cândido LIN
Anatomia Patológica aplicada à Medicina Legal (I).
48 07/06/2011
terça-feira prof. Sebastião FOR
A Anatomia Patológica Aplicada à Medicina Legal (II).
50 09/06/2011
quinta-feira prof. Sebastião FOR
Sessão Interativa, com Quiz
51 14/06/2011
terça-feira prof. Siderley
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC).
52 15/06/2011
quarta-feira prof. Sebastião RES
Livre para reposição, complementação ou estudo
53 16/06/2011
quinta-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (2ª Bimestral).
54 21/06/2011 Turma A1 - prof. Sebastião e prof. Manoel
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (2ª Bimestral).
54 21/06/2011 Turma A2 - prof. Maurício Barcelos e profa. Marise
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (2ª Bimestral).
54 21/06/2011 Turma B1 - prof. Luiz Murilo e prof. Élbio
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (2ª Bimestral).
54 21/06/2011 Turma B2 - prof. Siderley
terça-feira
SESSÃO DE APRENDIZAGEM FORMATIVA COM DISCUSSÃO E RESOLUÇÃO DAS
55 22/06/2011 QUESTÕES DA SEGUNDA AVALIAÇÃO
quarta-feira Todos
Tireoidites e hiperplasias (bócios)
57 29/06/2011
quarta-feira prof. Élbio Cândido END
TÓPICOS DE PATOLOGIA FUNCIONAL – AULAS EXPOSITIVAS.2010
HORÁRIO: 10:10h às 11:40 (primeiro semestre) 7:10 às 8:40 (segundo semestre)
Neoplasias da glândula tiróide
58 30/06/2011
quinta-feira prof. Élbio Cândido END
Rim e vias urinárias: Inflamação, litíase e hidronefrose.
59 05/07/2011
terça-feira prof. Sebastião URO
Ovários: Doenças funcionais e neoplásicas I
64 14/07/2011
quinta-feira Maria Helena GIN
Ovários: Doenças funcionais e neoplásicas II
65 02/08/2011
terça-feira Maria Helena GIN
Corpo Uterino: Hiperplasia e neoplasia.
66 03/08/2011
quarta-feira Maria Helena GIN
Próstata: inflamação, hiperplasia e neoplasias
67 04/08/2011
quinta-feira prof. Sebastião GIN
Mama: Mastopatias não neoplásicas
70 11/08/2011
quinta-feira prof. Marise GIN
Mama: Neoplasia (diagnóstico citológico/PBAAF).
74 23/08/2011
terça-feira prof. Marise URO
Colo uterino: Citopatologia.
75 24/08/2011
quarta-feira prof. Marise GIN
Colo uterino: Lesões intraepiteliais: terminologia diagnóstica, nomenclatura; carcinoma invasor;
77 30/08/2011 associação das lesões com infecção por PVH (HPV do inglês). Parte I
terça-feira prof. Marise GIN
Neoplasias das vias urinárias.
78 31/08/2011
quarta-feira prof. Sebastião URO
Colo uterino: Lesões intraepiteliais: terminologia diagnóstica, nomenclatura; carcinoma invasor;
79 01/09/2011 associação das lesões com infecção por PVH (HPV do inglês). Parte II
quinta-feira prof. Marise GIN
QUARTA SESSÃO de correlação anátomo-clínica: Patologia genital.
80 08/09/2011
quinta-feira prof. Marise GIN
ECAM
83 15/09/2011
quinta-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (3ª Bimestral).
84 20/09/2011 Turma A1 - prof. Sebastião e prof. Manoel
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (3ª Bimestral).
84 20/09/2011 Turma A2 - prof. Maurício Barcelos e profa. Marise
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (3ª Bimestral).
84 20/09/2011 Turma B1 - prof. Luiz Murilo e prof. Élbio
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (3ª Bimestral).
84 20/09/2011 Turma B2 - prof. Siderley
terça-feira
SESSÃO DE APRENDIZAGEM FORMATIVA COM DISCUSSÃO E RESOLUÇÃO DAS
85 21/09/2011 QUESTÕES DA TERCEIRA AVALIAÇÃO
quarta-feira Todos DIG
TÓPICOS DE PATOLOGIA FUNCIONAL – AULAS EXPOSITIVAS.2010
HORÁRIO: 10:10h às 11:40 (primeiro semestre) 7:10 às 8:40 (segundo semestre)
Intestino grosso: diagnóstico diferencial das colites de etiologias diversas
87 27/09/2011
terça-feira prof. Manoel DIG
Esôfago e estômago: inflamação e úlcera.
88 28/09/2011
quarta-feira prof. Sebastião DIG
Doença diverticular e diverticulose
89 29/09/2011
quinta-feira prof. Manoel DIG
Neoplasias do trato gastrointestinal
90 04/10/2011
terça-feira prof. Manoel DIG
Patologia das hepatites agudas e crônicas
91 05/10/2011
quarta-feira prof. Manoel DIG
Cirroses
95 18/10/2011
terça-feira prof. Manoel DIG
Hepatopatias fibrosantes com ênfase na esquistossomose hépato–esplênica
97 20/10/2011
quinta-feira prof. Manoel DIG
Patologia de partes moles: Neoplasias I
100 27/10/2011
quinta-feira prof. Élbio Cândido MUS
Patologia de partes moles: Neoplasias II
101 03/11/2011
quinta-feira prof. Élbio Cândido MUS
Patologia óssea: Princípios diagnósticos com ênfase em neoplasias I.
107 17/11/2011
quinta-feira prof. Sebastião MUS
Patologia óssea: Princípios diagnósticos com ênfase em neoplasias II.
109 23/11/2011
quarta-feira prof. Sebastião MUS
Biologia Molecular em Patologia - Citogenética de Interfase, PCR
110 24/11/2011
quinta-feira prof. Siderley
Pólipo e polipose do trato gastrointestinal.
111 30/11/2011
quarta-feira prof. Sebastião
PROVA TEÓRICA PARCIAL (4ª Bimestral)
112 06/12/2011 Turma A1 - prof. Sebastião e prof. Manoel
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (4ª Bimestral)
112 06/12/2011 Turma A2 - prof. Maurício Barcelos e profa. Marise
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (4ª Bimestral)
112 06/12/2011 Turma B1 - prof. Luiz Murilo e prof. Élbio
terça-feira
PROVA TEÓRICA PARCIAL (4ª Bimestral)
112 06/12/2011 Turma B2 - prof. Siderley
terça-feira
SESSÃO DE APRENDIZAGEM FORMATIVA COM DISCUSSÃO E RESOLUÇÃO DAS
113 07/12/2011 QUESTÕES DA QUARTA AVALIAÇÃO
quarta-feira Todos
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 
População Alvo

x Conteúdo ofertado para os alunos do terceiro (30) ano da Faculdade de


Medicina da UFG como abrangência da disciplina Patologia
Funcional/Anatomia Patológica.

Responsável pela Abrangência Patologia Clínica/Medicina Laboratorial:


Prof. Luiz Murilo Martins de Araujo, CRMGo 4554
murilo@padrao.com.br
lmmaraujo@hotmail.com
www.padrao.com.br (Aulas; MEDICINA.UFG.3º ANO.MEDICINA
LABORATORIAL 2011.Prof. Luiz Murilo)

1- Objetivos específicos da abrangência de Patologia Clínica


1.1- Possibilitar uma visão abrangente sobre o diagnóstico médico, sempre
buscando uma abordagem multidisciplinar sobre as principais doenças em
nosso meio, discorrendo sobre os mecanismos fisiopatológicos,
etiopatogênicos, com ênfase da Medicina Laboratorial no Auxílio ao
Diagnóstico Médico.
1.2- Rever os conceitos estatísticos que fundamentam as características dos
vários testes de laboratório, sua dependência da prevalência da patologia
em estudo e a determinação de valores de referência e níveis de decisão
diagnostica. Estes conhecimentos são indispensáveis à selecção de
qualquer meio auxiliar para o diagnóstico e monitorização das várias
patologias.
1.3- Estabelecer estreita correlação clínico-laboratorial, possibilitando uma
melhor interação e harmonia com as disciplinas afins como a semiologia, a
fisiologia, a farmacologia, a imuno-genética, a biologia molecular e as
disciplinas da Clínica Médica e Cirúrgica.
1.4- Discutir os diversos fatores (principalmente os coeficientes de variação
biológica, as interferências medicamentosas, a precisão e a exatidão) que
interferem nas diversas fases do exame laboratorial (pré-analítico, analítico
e pós-analítico) e seu impacto na interpretação dos ensaios laboratoriais,
com ênfase a Gerência de riscos.
1.5- No final os alunos devem estar aptos a seleccionar e interpretar os
exames laboratoriais adequados ao diagnóstico e monitorização dos temas
abordados, avaliar os riscos inerentes a cada um dos ensaios, bem como a
interpretar as referências bibliográficas que constituem a base científica da
prática da medicina baseada na evidência.

2- Ementa da Disciplina (é uma abrangência da Patologia Funcional)


Patologia Estrutural e Funcional Aplicada, Citopatologia e Patologia Clínica dos
diversos sistemas, aparelhos e órgãos com correlação clínico-morfológica
associada ao método de investigação diagnóstica por imagem.
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 
3- Abrangências da Patologia Funcional:
Patologia Clínica, Fisiopatologia, Citopatologia, Histopatologia e Imuno-
Histoquímica.

4- Carga horária (será ministrada conforme cronograma no final deste


programa, dentro das atividades teóricas da Disciplina Patologia
Funcional, intercaladas com as aulas de Anatomia Patológica) que
apresenta:
Curso teórico = 120h
Curso prático = 180h
Total = 300h

5- Informações sobre as atividades da abrangência Medicina Laboratorial


(teórica)
As aulas da abrangência de Patolologia Clínica/Medicina Laboratorial são
teóricas e terão início, NO PRIMEIRO SEMESTRE, às 10:10 horas, às terças,
quartas e quintas-feiras (conforme programa anexo) e NO SEGUNDO
SEMESTRE, as aulas terão início às 7:10 e, excepcionalmente, aos sábados
às 8 horas, quando necessário.
Os assuntos teóricos serão ministrados sob a forma de aulas expositivas,
seminários, mesas redondas, sessões de correlação anátomo-clínica, sessões
interativas (por vezes com quiz) e discussão com correlação de exames e
histórias clínicas.
Os temas de Patologia Clínica, que compõe uma das abrangências da
Disciplina Patologia Funcional, serão ministrados intercaladamente com as
aulas da Anatomia Patológica e cuja finalidade explicita será a de promover
uma estreita correlação entre esta abrangência e as disciplinas clínico-
cirúrgicas da Medicina.

6- Avaliações da Disciplina Patologia Funcional:


As avaliações da disciplina Patologia Funcional/Anatomia Patológica
incluirão os temas de todas as suas abrangências.
As avaliações teóricas deverão ser feitas mediante provas que serão
aplicadas ao final de cada bloco (quatro no total) conforme cronograma em
anexo. Estas valerão de zero a dez, sendo correspondente à metade da
avaliação de cada bimestre (peso 0,5).
A outra metade é da avaliação das atividades práticas, conforme descrito no
item correspondente do programa de Anatomia Patológica.
Poderão ser aplicadas provas durante o transcorrer dos blocos, sem aviso
prévio, e neste caso, estas provas (ditas semiparciais) valerão até 20% das
notas teóricas bimestrais.
Além disto, o trabalho de revisão bibliográfica (com apresentação) sobre
Patologia Ambiental vale até um (1.0) ponto na avaliação do segundo bloco. As
sessões interativas com Quiz, valerão até meio ponto para a equipe que
apresentar melhor avaliação de desempenho.
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 

A avaliação da abrangência de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial entra


na composição da Nota teórica, como componente da média aritimética, sendo
aplicado quatro provas (bimestrais, ao final de cada bloco), que poderão conter
questões objetivas e descritivas, sendo feito a média aritimética entre cada
uma destas avaliações com a nota da avaliação teórica da abrangência da
Anatomia Patológica do bloco correspondente (1, 2, 3 e 4, conforme
cronograma em anexo, ao final deste programa).

NOTAS MPORTANTES:
Terá direito a fazer prova de 2ª chamada, somente o aluno que apresentar
atestado médico (segundo as normas preconizadas pelo Conselho Regional de
Medicina) que deverá ser convalidado pelo Serviço Médico da UFG (Campus I
e II). O requerimento para a 2ª chamada poderá ser feito até 72 horas após a
realização da prova, devendo ser devidamente protocolado na Secretaria
Acadêmica (sala de Coordenação da Disciplina de Anatomia Patológica/
Departamento de Patologia).
Os alunos com aproveitamento insuficiente poderão ser chamados ao
Departamento (sala da Coordenação da Disciplina de Anatomia Patológica)
para a devida orientação.
Os dias reservados para o ECAM (“Encontro Científico dos Acadêmicos de
Medicina”) serão considerados letivos; todos os alunos estarão liberados para
comparecimento ao evento (e os temas previamente agendados nesta data
serão repostos no final, conforme cronograma anexo).
Caso haja suspensão de aulas por motivos não previstos, estas serão
repostas de acordo com a reprogramação geral da Faculdade de Medicina.
Outros assuntos relativos as aulas e provas serão explicitados
oportunamente e a coordenação se encontra à disposição dos alunos para
discutir qualquer dúvida durante todo o curso.

7- Resumo das avaliações e Critérios de aprovação:


9.1- O aluno para ser aprovado tem que ter no mínimo 75% (setenta e cinco)
de freqüência às aulas (abaixo disto ele está automaticamente reprovado).
9.2- Serão publicadas quatro notas bimestrais (resultante da média aritmética
das provas práticas e teóricas, de cada bimestre).
9.3- Será calculado a média aritmética destas quatro notas bimestrais e o aluno
que alcançar nota igual ou superior a 5,0 (Cinco) nesta média, está aprovado.
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 
8- BIBLIOGRAFIA BÁSICA PARA A ABRANGÊNCIA DE PATOLOGIA
CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL
1) Medicina Laboratorial para o Clínico.Elza Santiago Erichsen;
Luciana de Gouvêa Viana; Rosa Malena Delbone de Faria;
Silvana Maria Eloi Santos. 1ª ed. Coopmed.2009
2) Laboratório na Prática Clínica: Consulta Rápida .Ricardo M.
Xavier & José Miguel Dora & Carolina Fischinger Soura de Suza .
2ª.ed. ARTMED.2010
3) Laboratório Clínico: Aplicações Clínicas dos Dados Laboratoriais.
Ravel, R.2a ed.Guanabara Koogan.1997
4) WIDMANN: Interpretação Clínica dos Exames Laboratoriais.
Richard A. Mcpherson, Ronald A. Sacher. 11a ed. Manole. 2001
5) Guias de Medicina Ambulatorial e Hospitalar - Medicina
Laboratorial. Adagmar Andriollo. 2a ed. Manole.2008
6) Bioquímica Clínica . Maria Alice Terra Garcia . 1a ed. Atheneu
editora. 2008
7) Bioquímica Clínica para o Laboratório. Vater T. Motta. 5a ed.
Medbook. 2009

9- CRONOGRAMA DOS TÓPICOS DA ABRANGÊNCIA DE PATOLOGIA


CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL – 2011
HORÁRIO:  10:10h  às  11:40  (primeiro  semestre)  7:10  às  8:40  (segundo  semestre)    

2 09/02/2011 quarta-feira
O Hemograma- Manual e automatizado. Series: Vermelha, Branca e plaquetária
PCL Luiz Murilo

3 10/02/2011 quinta-feira
Hemograma – Série vermelha.Alterações e critérios de interpretação.Classificação das
anemias.
PCL Luiz Murilo

4 15/02/2011 terça-feira
Hemograma – Série branca: contagem global e diferencial de leucócitos.Alterações e critérios
de interpretação.
PCL Luiz Murilo

5 16/02/2011 quarta-feira
Correlação das alterações do leucograma. Principios de Sorologia
PCL Luiz Murilo

8 23/02/2011 quarta-feira
A Sorologia no laboratório clínico.
PCL Luiz Murilo
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 
9 24/02/2011 quinta-feira
Metodologias Laboratoriais nas Sorologias: ELISA, Quimioluminescência, Eletroquimio, ELFA,
nefelometria e PCR na Medicina Laboratorial.
PCL Luiz Murilo

11 02/03/2011 quarta-feira
O Laboratório no Diagnóstico de Sífilis e Toxoplasmose.
PCL Luiz Murilo

15 16/03/2011 quarta-feira
O Laboratório no Diagnóstico da Rubéola , Citomegalovirose e Herpes.
PCL Luiz Murilo

16 17/03/2011 quinta-feira
O Laboratório Clínico no auxílio diagnóstico e avaliação da SIDA (AIDS).
PCL Luiz Murilo

18 23/03/2011 quarta-feira
Marcadores de Atividade Inflamatória: Proteína C Reativa us, VHS, Alfa glicoproteína acida,
etc.
PCL Luiz Murilo

19 24/03/2011 quinta-feira
O Laboratório Clínico no diagnóstico e controle do Diabetes Mellitus I.
PCL Luiz Murilo

20 29/03/2011 terça-feira
O Laboratório Clínico no diagnóstico e controle do Diabetes Mellitus II.
PCL Luiz Murilo

21 30/03/2011 quarta-feira
Sessão Interativa com discussão de casos: Correlação clínica laboratorial de hemogramas e o
laboratório nas doenças infecciosas., anemias e leucoses.
PCL Luiz Murilo

24 06/04/2011 quarta-feira
O Laboratório Clínico no acompanhamento do Diabético, da Síndrome Metabólica e
Correlação Clínica.
PCL Luiz Murilo

25 07/04/2011 quinta-feira
Metabolismo Lipidico e Doenças Vasculares degenerativas
PCL Luiz Murilo

28 14/04/2011 quinta-feira
Avaliação Laboratorial do Perfil Lípidico I.
PCL Luiz Murilo
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 
20/04-qua PROVA TEÓRICA PARCIAL (1ª bimestral).TODAS AS ABRANGÊNCIAS.
10:10 a 11:50 - Todos

27/04-qua SESSÃO DE APRENDIZAGEM FORMATIVA COM DISCUSSÃO


10:10 a 11:50 E RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DA PRIMEIRA AVALIAÇÃO

33 28/04/2011 quinta-feira
Avaliação Laboratorial do Perfil Lípidico II.
PCL Luiz Murilo

34 03/05/2011 terça-feira
O Laboratório Clínico nas Doenças Isquêmicas (IAM).
PCL Luiz Murilo

37 10/05/2011 terça-feira
O Laboratório Clínico na Reumatologia.
PCL Luiz Murilo

38 11/05/2011 quarta-feira
Exame de urina (EAS); Elementos anormais.
Luiz Murilo PCL

39 12/05/2011 quinta-feira
Sedimentoscopia urinária
Luiz Murilo PCL

43 25/05/2011 quarta-feira
O laboratório nas enfermidades do trato urinário
Luiz Murilo PCL

47 02/06/2011 quinta-feira
Contagem de colônia, cultura e antibiograma.
Luiz Murilo PCL

49 08/06/2011vquarta-feira
Sessão de correlação de casos clínicos e o laboratório nas enfermidades do trato urinário.
Luiz Murilo PCL

10:10 a 11:50 Todos


21/06-ter PROVA TEÓRICA PARCIAL (2ª Bimestral).
10:10 a 11:50 Todos

22/06-qua SESSÃO DE APRENDIZAGEM FORMATIVA COM DISCUSSÃO


10:10 a 11:50 E RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DA SEGUNDA AVALIAÇÃO
56 28/06/2011 terça-feira
Avaliação laboratorial da função renal
Luiz Murilo PCL
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 
60 06/07/2011 quarta-feira
O laboratório clínico nas doenças tiroideanas.
Luiz Murilo PCL

61 07/07/2011 quinta-feira
Enzimologia nos estudos das doenças hepáticas
Luiz Murilo PCL

62 12/07/2011 terça-feira
Diagnóstico sorológico das hepatites virais
Luiz Murilo PCL

63 13/07/2011 quarta-feira
Proteinograma; fracionamento das proteínas; eletroforese das proteínas séricas.
Prof. Luiz Murilo

68 09/08/2011 terça-feira
Patogenia da hemostasia.
Luiz Murilo PCL

69 10/08/2011 quarta-feira
Estudo laboratorial da hemostasia.
Luiz Murilo PCL

71 16/08/2011 terça-feira
O laboratório nas doenças hemorrágicas
Luiz Murilo PCL

72 17/08/2011 quarta-feira
Trombofilias e CIVD
Luiz Murilo PCL

73 18/08/2011 quinta-feira
Correlação entre a Medicina Laboratorial e as Enfermidades no Aparelho digestivo.
Luiz Murilo PCL

76 25/08/2011 quinta-feira
Discussão de casos – Correlação clínico-laboratorial das doenças hemorrágicas
Luiz Murilo PCL

15/09-qui PROVA TEÓRICA PARCIAL (3ª Bimestral).


7:10 a 8:50 Todos

20/09-ter SESSÃO DE APRENDIZAGEM FORMATIVA COM DISCUSSÃO


7:10 a 8:50 E RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DA TERCEIRA AVALIAÇÃO

86 22/09/2011 quinta-feira
Fisiopatologia do L.C.R.
Luiz Murilo PCL
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 
92 06/10/2011 quinta-feira
O laboratório clínico no estudo do L.C.R..
Luiz Murilo PCL

93 11/10/2011 terça-feira
O laboratório na Pancreatite aguda.
Luiz Murilo PCL

94 13/10/2011 quinta-feira
O laboratório no estudo das Pancreatites crônicas
Luiz Murilo PCL

96 19/10/2011 quarta-feira
Diagnóstico laboratorial das doenças sexualmente transmissíveis.
Luiz Murilo PCL

98 25/10/2011 terça-feira
Diagnóstico laboratorial da gravidez e maturidade fetal.
Luiz Murilo PCL

99 26/10/2011 quarta-feira
O Laboratório Clínico No Rastreamento de enfermidades neonatais (Exame do pezinho)
Luiz Murilo PCL

102 08/11/2011 terça-feira


O Laboratório clínico na Neonatologia
Luiz Murilo PCL

103 09/11/2011 quarta-feira


O laboratório clínico na Tripanossomíase Americana.
Luiz Murilo PCL

104 10/11/2011 quinta-feira


Exame de escarro e derrame pleural: Coleta e tipos de exames; microbiologia.
Luiz Murilo PCL

105 16/11/2011 quarta-feira


Correlação clinica com casos de líquor e sorologias
Luiz Murilo PCL

106 22/11/2011 terça-feira


Marcadores Tumorais - Aspectos práticos na Patologia clínica
Luiz Murilo PCL

108 29/11/2011 terça-feira


A Biologia molecular no estudo do Genoma e Proteoma
Luiz Murilo PCL
PROGRAMA DA DISCIPLINA PATOLOGIA FUNCIONAL
ABRANGÊNCIA PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL 2011
 
30/11-qua PROVA TEÓRICA PARCIAL (4ª Bimestral)
7:10 a 8:50 Todos

01/12-qui SESSÃO DE APRENDIZAGEM FORMATIVA COM DISCUSSÃO


7:10 a 8:50 E RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DA QUARTA AVALIAÇÃO
Patologia Funcional - Discussões de Casos

09/02-qua prof. Siderley Carneiro Instruções e informações sobre as atividades práticas


Turma A
13:30 a 16:00

11/02-sex prof. Siderley Carneiro Instruções e informações sobre as atividades práticas


Turma B
13:30 a 16:00

15/02-ter prof. Sebastião Alves Preenchimento de “Pedido de exame histopatológico”


Turma A
13:30 a 16:00

16/02-qua prof. Élbio Cândido Metodologia das descrições macroscópicas


Turma A
13:30 a 16:00

17/02-qui prof. Sebastião Alves Preenchimento de “Pedido de exame histopatológico”


Turma B
13:30 a 16:00

18/02-sex prof. Élbio Cândido Metodologia das descrições macroscópicas


Turma B
13:30 a 16:00

22/02-ter prof. Siderley Carneiro Acondicionamento e fixação de espécimes cirúrgicos e esfregaços


Turma A
13:30 a 16:00 citológicos

23/02-qua prof. Élbio Cândido Aspectos Macroscópicos; ectasia, atelectasia, cisto, nódulo, pólipo,
Turma A
13:30 a 16:00 divertículos, fistulas

24/02-qui prof. Siderley Carneiro Acondicionamento e fixação de espécimes cirúrgicos e esfregaços


Turma B
13:30 a 16:00 citológicos

25/02-sex prof. Élbio Cândido Aspectos Macroscópicos; ectasia, atelectasia, cisto, nódulo, pólipo,
Turma B
13:30 a 16:00 divertículos, fístulas

01/03-ter prof. Sebastião Alves Autólise, necrose e necrobiose: aspecto macro e microscópicos;
Turma A
13:30 a 16:00 neoplasias benignas: abordagem macroscópica.

02/03-qua prof. Manoel Santos Abscesso, flegmão, empiema; exemplificação com casos práticos;
Turma A
13:30 a 16:00 neoplasias malignas: abordagem macroscópica

03/03-qui prof. Sebastião Alves Autólise, necrose e necrobiose: aspecto macro e microscópicos;
Turma B
13:30 a 16:00 neoplasias benignas: abordagem macroscópica.

04/03-sex prof. Manoel Santos Abscesso, flegmão, empiema; exemplificação com casos práticos;
Turma B
13:30 a 16:00 neoplasias malignas: abordagem macroscópica

15/03-ter prof. Siderley Carneiro Apresentação das Peças


Turma A
13:30 a 16:00

16/03-qua prof. Manoel Santos Grupos Estudam as Peças a Apresentar


Turma A
13:30 a 16:00

17/03-qui prof. Siderley Carneiro Apresentação das Peças


Turma B
13:30 a 16:00

18/03-sex prof. Manoel Santos Grupos Estudam as Peças a Apresentar


Turma B
13:30 a 16:00

22/03-ter prof. Sebastião Alves Grupos pares estudam peças pares


Turma A
13:30 a 16:00

23/03-qua prof. Élbio Cândido Grupos pares estudam peças ímpares


Turma A
13:30 a 16:00

24/03-qui prof. Sebastião Alves Grupos pares estudam peças pares


Turma B
13:30 a 16:00

25/03-sex prof. Élbio Cândido Grupos pares estudam peças ímpares


Turma B
13:30 a 16:00

29/03-ter Grupo 2 prof. Siderley Carneiro Pneumonia


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 2

29/03-ter A1 prof. Siderley Carneiro Tumores ósseos


Turma A
14:30 a 16:00 A2 prof. Sebastião Alves Pneumonia de resolução lenta

30/03-qua Grupo 4 prof. Manoel Santos Pulmao TB miliar e paquipleuriz


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 4

30/03-qua A2 prof. Siderley Carneiro Tumores ósseos


Turma A
14:30 a 16:00 A1 prof. Sebastião Alves Pneumonia de resolução lenta

31/03-qui Grupo 2 prof. Siderley Carneiro Pneumonia


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 2

31/03-qui B1 prof. Siderley Carneiro Tumores ósseos


Turma B
14:30 a 16:00 B2 prof. Sebastião Alves Pneumonia de resolução lenta
01/04-sex Grupo 4 prof. Manoel Santos Pulmao TB miliar e paquipleuriz
Turma B
13:30 a 14:30 Peça 4

01/04-sex B2 prof. Siderley Carneiro Tumores ósseos


Turma B
14:30 a 16:00 B1 prof. Sebastião Alves Pneumonia de resolução lenta

05/04-ter Grupo 3 prof. Sebastião Alves Colangite


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 3 + Avaliação prática

06/04-qua Grupo 6 prof. Élbio Cândido Paracoccidioidomicose intestinal


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 6 + Avaliação prática

07/04-qui Grupo 3 prof. Sebastião Alves Colangite


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 3 + Avaliação prática

08/04-sex Grupo 6 prof. Élbio Cândido Paracoccidioidomicose intestinal


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 6 + Avaliação prática

12/04-ter Grupo 5 prof. Siderley Carneiro Tuberculose renal


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 5 + Avaliação prática

12/04-ter A1 prof. Siderley Carneiro Tumor de sistema nervoso central


Turma A
14:30 a 16:00 A2 prof. Marise Moreira Colpocitologia (ASC-US, Lesão de alto e baixo grau)

13/04-qua Grupo 1 prof. Manoel Santos Apendicite


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 1

13/04-qua A2 prof. Siderley Carneiro Tumor de sistema nervoso central


Turma A
14:30 a 16:00 A1 prof. Marise Moreira Colpocitologia (ASC-US, Lesão de alto e baixo grau)

14/04-qui Grupo 5 prof. Siderley Carneiro Tuberculose renal


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 5

14/04-qui B1 prof. Siderley Carneiro Tumor de sistema nervoso central


Turma B
14:30 a 16:00 B2 prof. Marise Moreira Colpocitologia (ASC-US, Lesão de alto e baixo grau)

15/04-sex Grupo 1 prof. Manoel Santos Apendicite


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 1

15/04-sex B2 prof. Siderley Carneiro Tumor de sistema nervoso central


Turma B
14:30 a 16:00 B1 prof. Marise Moreira Colpocitologia (ASC-US, Lesão de alto e baixo grau)

26/04-ter Grupo 7 prof. Sebastião Alves Linfoma/GIST (tumores intestinais não epiteliais)
Turma A
13:30 a 16:00 Peça 7 + Avaliação prática

27/04-qua Grupo 8 prof. Élbio Cândido Neurocisticercose


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 8 + Avaliação prática

28/04-qui Grupo 7 prof. Sebastião Alves Linfoma/GIST (tumores intestinais não epiteliais)
Turma B
13:30 a 16:00 Peça 7 + Avaliação prática

29/04-sex Grupo 8 prof. Élbio Cândido Neurocisticercose


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 8 + Avaliação prática

03/05-ter prof. Siderley Carneiro Apresentação das Peças


Turma A
13:30 a 16:00

04/05-qua prof. Manoel Santos Grupos Estudam as Peças a Apresentar


Turma A
13:30 a 16:00

05/05-qui prof. Siderley Carneiro Apresentação das Peças


Turma B
13:30 a 16:00

06/05-sex prof. Manoel Santos Grupos Estudam as Peças a Apresentar


Turma B
13:30 a 16:00

10/05-ter prof. Sebastião Alves Grupos pares estudam peças pares


Turma A
13:30 a 16:00

11/05-qua prof. Élbio Cândido Grupos pares estudam peças ímpares


Turma A
13:30 a 16:00

12/05-qui prof. Sebastião Alves Grupos pares estudam peças pares


Turma B
13:30 a 16:00

13/05-sex prof. Élbio Cândido Grupos pares estudam peças ímpares


Turma B
13:30 a 16:00

17/05-ter Grupo 1 prof. Siderley Carneiro Cardiopatia Chagásica


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 1

17/05-ter A1 prof. Élbio Cândido Punção aspirativa


Turma A
14:30: a 16:00 A2 prof. Maurício Barcelos Melanoma (tumores de pele)
18/05-qua Grupo 2 prof. Élbio Cândido Hipertrofia miocárdica
Turma A
13:30 a 14:30 Peça 2

18/05-qua A2 prof. Élbio Cândido Punção aspirativa


Turma A
14:30 a 16:00 A1 prof. Maurício Barcelos Melanoma (tumores de pele)

19/05-qui Grupo 1 prof. Siderley Carneiro Cardiopatia Chagásica


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 1

19/05-qui B1 prof. Élbio Cândido Punção aspirativa


Turma B
14:30 a 16:00 B2 prof. Maurício Barcelos Melanoma (tumores de pele)

20/05-sex Grupo 2 prof. Élbio Cândido Hipertrofia miocárdica


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 2

20/05-sex B2 prof. Élbio Cândido Punção aspirativa


Turma B
14:30 a 16:00 B1 prof. Maurício Barcelos Melanoma (tumores de pele)

31/05-ter Grupo 3 prof. Siderley Carneiro Infarto do Miocárdio


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 3

31/05-ter A1 prof. Élbio Cândido Nódulo tiroideano


Turma A
14:30 a 16:00 A2 prof. Sebastião Alves Embolia pulmonar

01/06-qua Grupo 7 prof. Manoel Santos Enfisema Pulmonar


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 7

01/06-qua A2 prof. Élbio Cândido Nódulo tiroideano


Turma A
14:30 a 16:00 A1 prof. Sebastião Alves Embolia pulmonar

02/06-qui Grupo 3 prof. Siderley Carneiro Infarto do Miocárdio


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 3

02/06-qui B1 prof. Élbio Cândido Nódulo tiroideano


Turma B
14:30 a 16:00 B2 prof. Sebastião Alves Embolia pulmonar

03/06-sex Grupo 7 prof. Manoel Santos Enfisema Pulmonar


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 7

03/06-sex B2 prof. Élbio Cândido Nódulo tiroideano


Turma B
14:30 a 16:00 B1 prof. Sebastião Alves Embolia pulmonar

07/06-ter Grupo 4 prof. Sebastião Alves Cardite Reumática


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 4 + Avaliação prática

08/06-qua Grupo 6 prof. Élbio Cândido Tuberculose Pulmonar


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 6 + Avaliação prática

09/06-qui Grupo 4 prof. Sebastião Alves Cardite Reumática


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 4 + Avaliação prática

10/06-sex Grupo 6 prof. Élbio Cândido Tuberculose Pulmonar


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 6 + Avaliação prática

14/06-ter Grupo 5 prof. Sebastião Alves Bronquiectasia


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 5 + Avaliação prática

15/06-qua Grupo 8 prof. Manoel Santos Neoplasia Pulmonar


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 8 + Avaliação prática

16/06-qui Grupo 5 prof. Sebastião Alves Bronquiectasia


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 5 + Avaliação prática

17/06-sex Grupo 8 prof. Manoel Santos Neoplasia Pulmonar


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 8 + Avaliação prática

28/06-ter prof. Siderley Carneiro Apresentação das Peças


Turma A
13:30 a 16:00

29/06-qua prof. Manoel Santos Grupos Estudam as Peças a Apresentar


Turma A
13:30 a 16:00

30/06-qui prof. Siderley Carneiro Apresentação das Peças


Turma B
13:30 a 16:00

01/07-sex prof. Manoel Santos Grupos Estudam as Peças a Apresentar


Turma B
13:30 a 16:00

05/07-ter prof. Sebastião Alves Grupos pares estudam peças pares


Turma A
13:30 a 16:00

06/07-qua prof. Élbio Cândido Grupos pares estudam peças ímpares


Turma A
13:30 a 16:00
07/07-qui prof. Sebastião Alves Grupos pares estudam peças pares
Turma B
13:30 a 16:00

08/07-sex prof. Élbio Cândido Grupos pares estudam peças ímpares


Turma B
13:30 a 16:00

02/08-ter Grupo 2 prof. Siderley Carneiro Hidronefrose


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 2

02/08-ter A1 prof. Siderley Carneiro PSA elevado (ASAP e Adenocarcinoma)


Turma A
14:30 a 16:00 A2 prof. Élbio Cândido Nódulo de mama (palpável e não palpável)

03/08-qua Grupo 1 prof. Élbio Cândido Massa Renal Sólida


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 1

03/08-qua A2 prof. Siderley Carneiro PSA elevado (ASAP e Adenocarcinoma)


Turma A
14:30 a 16:00 A1 prof. Élbio Cândido Nódulo de mama (palpável e não palpável)

04/08-qui Grupo 2 prof. Siderley Carneiro Hidronefrose


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 2

04/08-qui B1 prof. Siderley Carneiro PSA elevado (ASAP e Adenocarcinoma)


Turma B
14:30 a 16:00 B2 prof. Élbio Cândido Nódulo de mama (palpável e não palpável)

05/08-sex Grupo 1 prof. Élbio Cândido Massa Renal Sólida


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 1

05/08-sex B2 prof. Siderley Carneiro PSA elevado (ASAP e Adenocarcinoma)


Turma B
14:30 a 16:00 B1 prof. Élbio Cândido Nódulo de mama (palpável e não palpável)

09/08-ter Grupo 6 prof. Sebastião Alves Cisto de Ovário


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 6

09/08-ter A1 prof. Manoel Santos Hepatite viral


Turma A
14:30 a 16:00 A2 prof. Élbio Cândido Tumores de partes moles

10/08-qua Grupo 3 prof. Manoel Santos Próstata - Hiperplasia


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 3

10/08-qua A2 prof. Manoel Santos Hepatite viral


Turma A
14:30 a 16:00 A1 prof. Élbio Cândido Tumores de partes moles

11/08-qui Grupo 6 prof. Sebastião Alves Cisto de Ovário


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 6

11/08-qui B1 prof. Manoel Santos Hepatite viral


Turma B
14:30 a 16:00 B2 prof. Élbio Cândido Tumores de partes moles

12/08-sex Grupo 3 prof. Manoel Santos Próstata - Hiperplasia


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 3

12/08-sex B2 prof. Manoel Santos Hepatite viral


Turma B
14:30 a 16:00 B1 prof. Élbio Cândido Tumores de partes moles

16/08-ter Grupo 4 prof. Siderley Carneiro Carcinoma Peniano


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 4 + Avaliação prática

17/08-qua Grupo 5 prof. Élbio Cândido Tumores de Testículo


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 5 + Avaliação prática

18/08-qui Grupo 4 prof. Siderley Carneiro Carcinoma Peniano


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 4 + Avaliação prática

19/08-sex Grupo 5 prof. Élbio Cândido Tumores de Testículo


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 5 + Avaliação prática

23/08-ter Grupo 8 prof. Sebastião Alves Tumores de colo uterino


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 8 + Avaliação prática

24/08-qua Grupo 7 prof. Manoel Santos Tumores endometriais


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 7 + Avaliação prática

25/08-qui Grupo 8 prof. Sebastião Alves Tumores de colo uterino


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 8 + Avaliação prática

26/08-sex Grupo 7 prof. Manoel Santos Tumores endometriais


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 7 + Avaliação prática

30/08-ter prof. Siderley Carneiro Apresentação das Peças


Turma A
13:30 a 16:00

31/08-qua prof. Élbio Cândido Grupos Estudam as Peças a Apresentar


Turma A
13:30 a 16:00
01/09-qui prof. Siderley Carneiro Apresentação das Peças
Turma B
13:30 a 16:00

02/09-sex prof. Élbio Cândido Grupos Estudam as Peças a Apresentar


Turma B
13:30 a 16:00

08/09-qui prof. Sebastião Alves Grupos pares estudam peças pares


Turma B
13:30 a 16:00

09/09-sex prof. Manoel Santos Grupos pares estudam peças ímpares


Turma B
13:30 a 16:00

13/09-ter prof. Sebastião Alves Grupos pares estudam peças pares


Turma A
13:30 a 16:00

14/09-qua prof. Manoel Santos Grupos pares estudam peças ímpares


Turma A
13:30 a 16:00

20/09-ter Grupo 2 prof. Sebastião Alves Tumores Pancreáticos


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 2

20/09-ter A1 prof. Manoel Santos Glomerulonefrite (nefrítica e nefrotica)


Turma A
14:30 a 16:00 A2 prof. Sebastião Alves Adenoma colônico (com adenocarcinoma)

21/09-qua Grupo 1 prof. Manoel Santos Tumores de Cólon


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 1

21/09-qua A2 prof. Manoel Santos Glomerulonefrite (nefrítica e nefrotica)


Turma A
14:30 a 16:00 A1 prof. Sebastião Alves Adenoma colônico (com adenocarcinoma)

22/09-qui Grupo 2 prof. Sebastião Alves Tumores Pancreáticos


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 2

22/09-qui B1 prof. Manoel Santos Glomerulonefrite (nefrítica e nefrotica)


Turma B
14:30 a 16:00 B2 prof. Sebastião Alves Adenoma colônico (com adenocarcinoma)

23/09-sex Grupo 1 prof. Manoel Santos Tumores de Cólon


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 1

23/09-sex B2 prof. Manoel Santos Glomerulonefrite (nefrítica e nefrotica)


Turma B
14:30 a 16:00 B1 prof. Sebastião Alves Adenoma colônico (com adenocarcinoma)

27/09-ter Grupo 3 prof. Siderley Carneiro Vesícula Biliar


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 3

27/09-ter A1 prof. Manoel Santos Esôfago de Barrett – Manoel Santos


Turma A
14:30 a 16:00 A2 prof. Sebastião Alves Linfonodomegalia (linfoma)

28/09-qua Grupo 7 prof. Élbio Cândido Megacólon


Turma A
13:30 a 14:30 Peça 7

28/09-qua A2 prof. Manoel Santos Esôfago de Barrett – Manoel Santos


Turma A
14:30 a 16:00 A1 prof. Sebastião Alves Linfonodomegalia (linfoma)

29/09-qui Grupo 3 prof. Siderley Carneiro Vesícula Biliar


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 3

29/09-qui B1 prof. Manoel Santos Esôfago de Barrett – Manoel Santos


Turma B
14:30 a 16:00 B2 prof. Sebastião Alves Linfonodomegalia (linfoma)

30/09-sex Grupo 7 prof. Élbio Cândido Megacólon


Turma B
13:30 a 14:30 Peça 7

30/09-sex B2 prof. Manoel Santos Esôfago de Barrett – Manoel Santos


Turma B
14:30 a 16:00 B1 prof. Sebastião Alves Linfonodomegalia (linfoma)

04/10-ter Grupo 5 prof. Sebastião Alves Tumores Gástricos


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 5 + Avaliação prática

05/10-qua Grupo 4 prof. Manoel Santos Cirrose Hepática


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 4 + Avaliação prática

06/10-qui Grupo 5 prof. Sebastião Alves Tumores Gástricos


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 5 + Avaliação prática

07/10-sex Grupo 4 prof. Manoel Santos Cirrose Hepática


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 4 + Avaliação prática

18/10-ter Grupo 6 prof. Siderley Carneiro Lesão Ulcerada Gástrica


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 6 + Avaliação prática

19/10-qua Grupo 8 prof. Élbio Cândido Tumores de Esôfago


Turma A
13:30 a 16:00 Peça 8 + Avaliação prática
20/10-qui Grupo 6 prof. Siderley Carneiro Lesão Ulcerada Gástrica
Turma B
13:30 a 16:00 Peça 6 + Avaliação prática

21/10-sex Grupo 8 prof. Élbio Cândido Tumores de Esôfago


Turma B
13:30 a 16:00 Peça 8 + Avaliação prática
PATOLOGIA FUNCIONAL - TURMA A

Turma A1 = Grupos 1 a 4 Turma A2 = Grupos 5 a 8

GRUPO 1 GRUPO 5

1. Juscelino Afonso 1. Fagner


2. Fernanda de Oliveira 2. Alessandra
3. Fernando Gratão 3. Davyd
4. Flávio Campos 4. Deniel
5. Fillipe Thiago 5. Danilo Batista
6. Tainá Melo 6. Danilo Mota
7. Ana Flávia 7. Alex Alvarenga

GRUPO 2 GRUPO 6

1. Alinne Rodrigues 1. Leidiane Nonato


2. Aline Pacheco 2. Gabriel Andraos
3. André Rodrigues 3. Luís Carlos
4. Ana Virgínia 4. Bruna Priscila
5. Camila Caetano 5. Débora Ferreira
6. Higor Gomes 6. Paulo Vittor
7. José Augusto 7. Ana Paula

GRUPO 3 GRUPO 7

1. Gustavo Alvarenga 1. Letícia Borba


2. Guilherme Teixeira 2. Norami
3. Danilo Valadão 3. Isabela
4. Yara de Paula 4. Rodolfo Evangelista
5. Patrícia Fernandes 5. Roseana
6. Amanda Dominience 6. Sandra
7. Ana Carolina 7. Juliana

GRUPO 4 GRUPO 8

1. Caroline Lopes 1. Felipe Sales


2. Gustavo Kamenach 2. Rodolfo Cristino
3. Aylla Keiner 3. Alysson
4. Guilherme Falcão 4. Ariane
5. Nayara Matos 5. Júlio Júnior
6. Yasminne Marinho 6. Itzumy
7. André Rosetti 7. Jorge

 
Patologia Funcional - Turma B
 

Turma B1 = grupos 1 a 4 Turma B2 = grupos 5 a 8

Grupo 1 Grupo 5

1. Raissa Hemerly 1. Maria Júlia Ávila


2. Rejiane Caldeira 2. Wildlay Lima
3. Yasmim Theodoro 3. Fernanda Caixeta
4. Myrian Ortiz 4. Marília Borges
5. Tiago Jyun Hoshino 5. Marília Moreira
6. Wilsterman Correia 6. Mayra Feliciano
7. Lucian Della Flora 7. Mariana Vieira
8. Lucas Costa
Grupo 6
Grupo 2
1. Luana Rabelo
1. William Helrigle 2. Luana Maria
2. Guilherme Horbilon 3. Priscila Ruwer
3. Vinícius Martins 4. Raquel Ferreira
4. Thiago Jayme 5. Nilo Guimarães
5. Bruno Cordeiro 6. Reinaldo Gonzaga
6. Rogerio Pinheiro 7. Ricardo Augusto
7. Lafayette Morais 8. Pedro Israel

Grupo 3 Grupo 7

1. Sávio Teixeira 1. Valéria Daher


2. Said Rassi 2. Rayane Couto
3. Saul Ezrom 3. Felipe Malta
4. Rodrigo Bocchi 4. Verônica Soares
5. Mateus da Silva 5. Lorena Abrão
6. Laura Mendonça 6. Juliana Andrade
7. Gabriel Brom 7. Alexandra Freire
8. Raíssa Valletta
Grupo 8
Grupo 4
1. Amanda Castro
1. Maria Cláudia 2. Alexandre Amaral
2. Xênia Larissa 3. Pedro Pinto
3. Márlen Lia 4. Pedro Neviani
4. Natália Matias 5. Marcos Henrique
5. Tauana Coimbra 6. Marcos Vinícius Couto
6. Luciana Carvalho
7. Dyenys Deivid