Você está na página 1de 34

Previdência

Complementar
:
o futuro começa agora!
Secretaria de Políticas de
Previdência Complementar
1
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

2
Subsecretaria do Regime de
Previdência Complementar

Expediente

Michel Miguel Elias Temer Lulia Revisão e Diagramação:


Presidente da República Assessoria de Comunicação Social / MPS

Eduardo Guardia Subsecretaria do Regime de Previdência


Ministro de Estado da Previdência Social Complementar
Esplanada dos Ministérios,
Bloco F, sala 604
Marcelo Abi-Ramia Caetano CEP 70059-900
Secretário de Previdência Brasília/DF
e-mail: sppc.gab@previdencia.gov.br

Paulo Cesar dos Santos


Subsecretário do Regime de Previdência
Complementar
Elaboração:
Ciro Miranda Caetano Milliole
Denise Viana da Rocha
Elaine Cristina Cavalcanti
Eldimara Custodio Ribeiro Barbosa

Julho/2018

3
As informações contidas nesta cartilha podem
ser reproduzidas desde que citada a fonte.
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

4
Sumário

Expediente ............................................................................................................................................ 3
Sumário.................................................................................................................................................. 5
Apresentação ....................................................................................................................................... 7
Introdução ............................................................................................................................................. 9
Sistema de Previdência no Brasil.............................................................................................. 10
Regime de Previdência Complementar ................................................................................... 12
Tipos de planos de benefícios oferecidos............................................................................... 15
Agentes importantes nos Fundos de Pensão ......................................................................... 16
Dados gerais sobre o Regime de Previdência Complementar ........................................ 17
Vantagens e benefícios do Regime de Previdência Complementar ............................. 18
Vantagens para a Empresa ........................................................................................................... 24
Vantagens para a Entidade/Associação de Classe .............................................................. 26
Legislação Correlata ...................................................................................................................... 28

5
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

6
Apresentação

O presente material, elaborado pela meio de diversos canais de divulgação,


Secretaria de Políticas de Previdência conscientizando o cidadão/trabalhador
Complementar (SPPC), órgão do acerca da importância da Previdência
Ministério da Previdência Social (MPS), Social como instrumento de proteção
tem como objetivo informar acerca do para a sociedade. De igual maneira,
Regime de Previdência Complementar, promover a educação previdenciária
com enfoque nas Entidades Fechadas de também se apresenta como uma das
Previdência Complementar (Fundos de diretrizes da SPPC e como um dos meios
Pensão) e apresentar suas principais para se alcançar a ampliação da
características, composição, organização, cobertura previdenciária complementar.
ressaltando sua importância, benefícios e
vantagens para o empregado, bem como No material serão abordados os
para o empregador/instituidor na for principais temas relativos aos fundos de
mação de uma poupança previdenciária de pensão, com tópicos acerca da
longo prazo. composição de uma Entidade Fechada de
Previdência Complementar, modalidades
O Plano Estratégico do Ministério da de planos oferecidos, agentes integrantes,
Previdência Social para o período dados sobre o Regime, além de descrever
compreendido entre 2009 e 2015 possui as vantagens para o cidadão, para a
como um de seus objetivos estratégicos empresa e para as entidades/associações
fortalecer a educação previdenciária, por de classe, dentre outros.

7
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

8
Introdução

ORegimedePrevidência Fechadas de Previdência Complementar


Complementar - RPC, integrante do (EFPC), representam 17% do Produto
Sistema de Previdência Social, apresenta- Interno Bruto – PIB brasileiro. Por esse
se como uma das formas de proteção ao motivo, são de considerável importância
trabalhador brasileiro. É desvinculado do para o desenvolvimento econômico e
Regime Geral de Previdência Social e social do país.
facultativo. Tendo como principal
objetivo ajudar os trabalhadores a Ao longo dos anos, vem crescendo a
complementarem seu nível de renda necessidade de se planejar melhor o
quando da inatividade ou em situações futuro. Uma maior parte dos cidadãos
adversas como invalidez ou morte. passa a ter consciência da importância de
se poupar hoje para garantir melhores
É composto por 369 entidades, sendo condições de vida amanhã.
339 patrocinadores e 30 instituidores,
tem 2,74 milhões de participantes e A Previdência Complementar, como
assistidos e possui um patrimônio de mecanismo de proteção social, proporciona
aproximadamente 513 bilhões de reais. mais segurança aos trabalhadores que
Os Fundos de Pensão, como são querem planejar e garantir padrão de vida. O
popularmente conhecidas as Entidades futuro é logo ali!

9
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Sistema de Previdência no Brasil

A Previdência Social em conjunto condições de desempenhar sua atividade


com a saúde pública e a assistência profissional, necessitando, desta forma,
social integram a Seguridade Social. A de um mecanismo que garanta a base
Constituição Federal, ao tratar do para a sua subsistência.
Sistema Previdenciário, dispõe em seu
artigo 201 que a previdência buscará A Previdência Social Brasileira é
proteger o empregado em eventos de composta por três grandes Regimes
doença, invalidez, morte e idade Previdenciários: Regime Geral de
avançada. Se trata de uma alternativa Previdência Social (RGPS), Regime
criada pela sociedade, já que o Próprio de Previdência Social (RPPS) e
trabalhador, em determinado momento Regime de Previdência Complementar
da vida, não possui mais plenas (RPC), conforme ilustrado abaixo:

Figura 1: Organograma do Sistema de


Previdência Social no Brasil.
10
Os dois primeiros Regimes - Geral e Próprio - compõem o que
chamamos de Previdência Pública. Nela, o sistema de contribuição 1Regime de Repartição
O Regime de Repartição Simples tem
é mensal e obrigatório. Além disso, as contribuições incidentes
como característica principal a
sobre as remunerações dos trabalhadores ativos é o que suporta o solidariedade entre os segurados do
pagamento dos benefícios dos que estão em inatividade, sistema: os que estão trabalhando
caracterizando o que se denomina Regime de Repartição Simples1. contribuem para o pagamento dos
aposentados . Q uando os
trabalhadores, hoje na ativa ,
O Regime Geral, operado pelo INSS (Instituto Nacional do conquistarem a aposentadoria, novos
Seguro Social) destina-se aos trabalhadores do setor privado. Para empregados estarão contribuindo e
seus segurados há um teto fixado para o recebimento do benefício, arcando com o pagamento destes
benefícios e assim por diante.
atualmente no valor de R$ 3.691,74.

Visando proporcionar ao trabalhador uma proteção


previdenciária adicional é que existe o Regime de Previdência 2Regime de Capitalização
As contribuições são capitalizadas de
Complementar. Nele o sistema de contribuição é facultativo e
modo a criarem uma reserva
desvinculado da Previdência Pública. O benefício de aposentadoria (poupança) que futuramente, quando
será pago com base nas reservas acumuladas ao longo dos anos, ou da aposentadoria, será transformada
seja, o que é depositado hoje formará uma poupança e será utilizado em benefício.
Característica principal:
no futuro para pagamento de seu benefício, é o que chamamos de
Individualidade: Cada trabalhador
Regime de Capitalização2. Portanto, na Previdência Privada, ao contribui e forma uma poupança para
contrário da Previdência Pública, o pagamento do benefício dos o seu próprio benefício futuro.
aposentados não se vincula diretamente às contribuições pagas
pelos trabalhadores ativos.

“Quanto maior for a remuneração do trabalhador, maior será a


vantagem de obter uma previdência complementar”
11
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Regime de Previdência
Complementar
A Previdência Complementar Fundos de Pensão
Adesão Facultativa
O Regime de Previdência Complementar (RPC) Administrador O próprio fundo criado
é composto de dois segmentos: o fechado, também Contribuição Empresa, trabalhador ou ambos
conhecido como Fundos de Pensão, operado pelas Secretaria de Políticas de
Entidades Fechadas de Previdência Complementar Previdência Complementar – SPPC
Normatização
e Conselho Nacional de
(EFPC) e o aberto, operado pelas Entidades Abertas Previdência Complementar - CNPC
de Previdência Complementar. Em ambos, a adesão Superintendência Nacional de
é facultativa. Fiscalização
Previdência Complementar - Previc
Câmara de Recursos da Previdência
Julgamento
As Entidades Abertas de Previdência Complementar - CRPC
Complementar, em geral, são operadas por bancos Permitido a profissionais ligados a
comerciais ou seguradoras e atuam sob a forma de Ingresso empresas, sindicatos ou entidades de
sociedade anônima com finalidade lucrativa. classe

Legislação Lei Complementar nº 108, de 2001


Lei Complementar nº 109, de 2001
As Entidades Fechadas de Previdência
Natureza Privada
Complementar atuam sob a forma de fundações de
direito privado ou de sociedade civil e não possuem Objetivo de Lucro Sem fins lucrativos (sociedade
civil ou fundação)
fins lucrativos, logo, todos os recursos aplicados
são revertidos para o próprio fundo. São acessíveis Os Fundos de Pensão são regulados e
exclusivamente a empregados vinculados a algum fiscalizados, respectivamente, pelo Conselho
empregador (patrocinador) ou a associados/ Nacional de Previdência Complementar (CNPC) e
membros de pessoas jurídicas de caráter pela Superintendência Nacional de Previdência
profissional, classista ou setorial (instituidor). Complementar (Previc). As políticas públicas são
12
formuladas pela Secretaria de Políticas social e a educação previdenciária,
de Previdência Complementar (SPPC), estimular a participação e o diálogo dos
órgão do Ministério da Previdência agentes integrantes do sistema, e,
Social (MPS), que tem como diretrizes principalmente, garantir a segurança e a
principais fortalecer a governança das sustentabilidade do Regime.
entidades, promover a responsabilidade

Dispositivos legais e a ação do O Estado cuida da regulação, supervisão e


Estado da sanção, ao mesmo tempo em que as
entidades cuidam da operação, ou seja, o
Os Fundos de Pensão são baseados na próprio fundo de pensão é quem recolhe,
constituição de reservas que são feitas por capitaliza e paga os benefícios. Cabe também
meio de contribuições mensais dos ao Estado a formulação das políticas de
empregados e também empregadores. previdência complementar compatibilizando-
Essas reservas são capitalizadas e servirão as com o desenvolvimento econômico e social
para o pagamento dos benefícios aos do país, assegurando a sustentabilidade do
participantes. regime.

As Leis Complementares nº 108 e 109,


de 29 de maio de 2001, regulamentam a
previdência complementar, sendo a LC nº
108, de 2001, específica para os Fundos de
Pensão patrocinados pelos órgãos
governamentais, enquanto a LC nº 109, de
2001, é aplicada a todas as entidades de
previdência complementar.

13
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Estrutura de Organização Custeio das despesas da


entidade
A estrutura mínima organizacional de
um fundo de pensão é integrada por um Os recursos para cobertura das
Conselho Deliberativo, um Conselho despesas administrativas da entidade
Fiscal e uma Diretoria Executiva com as advêm, basicamente, da arrecadação de
seguintes características e atribuições: taxas cobradas sobre os recursos
garantidores dos planos de benefícios
Conselho Deliberativo: Órgão (taxa de administração) e sobre as
colegiado representativo, com a contribuições mensais (taxa de
finalidade de deliberar sobre as diretrizes carregamento). Nos Fundos de Pensão, a
administrativas da entidade e definir a taxa de administração é limitada a 1%,
política de investimento para aplicação sendo de 0,45% em média.
do patrimônio administrado pelo fundo
Para ser dirigente e
conselheiro é necessário
de pensão. É a instância máxima de
ter competência técnica decisão da entidade.
para desempenhar as
funções e ter reputação Conselho Fiscal : Órgão de
ilibada. Ademais, os
membros da Diretoria
controle.Fiscaliza internamente as
Executiva deverão ter atividades do Fundo de Pensão.
curso superior.
Diretoria Executiva: Ó
r g ã o re s p o n s áv e l
pela administração
financeira e patrimonial
Figura 2: Estrutura mínima de
da entidade. organização

14
Tipos de planos de
benefícios oferecidos
O plano de benefícios dispõe sobre a elaborado pelas entidades, havendo três
forma de financiamento e pagamento de modalidades, sendo elas:
diferentes benefícios previdenciários. É

Beneficio Definido - BD Contribuição Contribuição


Neste tipo de plano o valor da Definida – CD Variável – CV
contribuição vai variar ao longo dos São planos de poupança individual
Nessa modalidade de plano, os
anos para garantir o valor do formados por contribuições definidas
benefícios programados
benefício. Quando o participante previamente e depositadas pela
apresentam a junção das
reunir as condições para se características das modalidades de
empresa (patrocinador) e pelo
aposentar, o benefício será contribuição definida e benefício
participante. O valor que o
calculado de acordo com as regras definido. Suas características estão
participante irá receber na época de
estabelecidas no contrato descritas nos regulamentos de cada
sua aposentadoria dependerá
previdenciário (regulamento do plano, contidos nos estatutos d as
diretamente dos montantes
plano). entidades.
depositados à conta individual, do
período nos quais os depósitos são
efetuados e da rentabilidade obtida
nas aplicações financeiras.

“Todos os recursos financeiros aplicados, na modalidade de plano


Contribuição Definida vão para uma conta individual e o
participante pode acompanhar a evolução das informações da sua
conta e do seu benefício”.
15
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Agentes importantes nos


Fundos de Pensão
Patrocinador Empresa que, de forma oferecer exclusivamente planos de benefícios na
facultativa, celebra um convênio de adesão com modalidade de Contribuição Definida. No Brasil,
a Entidade Fechada de Previdência existem atualmente, 30 instituidores, que operam
Complementar, com o intuito de oferecer aos 51 planos de benefícios. Como exemplos: OAB,
seus empregados um plano de benefício. Unimed, Conselho Federal de Estatística e
Conselhos Regionais de Administração.
Instituidor A figura do Instituidor é uma
inovação trazida pela Lei Complementar nº 109, Participante Pessoa que, de maneira
de 2001, que consiste em implantar planos de facultativa, adere ao plano de benefício oferecido
benefícios voltados para associados ou membros por uma Entidade Fechada da Previdência
de pessoas jurídicas de caráter profissional, Complementar.
classista ou setorial, com base na identidade de
grupo já existente. As entidades fechadas Assistido Participante ou seu beneficiário
constituídas por instituidores deverão terceirizar que está recebendo benefício.
a gestão dos recursos e

Alguns Fundos de Pensão de Instituidores:


Fundação Fecomercio de Previdência, OABPrev -RJ e OABPrev -
SP, HSBCInstituidor, JUSPREV (Fundo de Pensão de
Associações do Ministério Público e da Justiça).
16
Dados gerais sobre o Regime
de Previdência Complementar
Vejamos abaixo alguns dados sobre o A credibilidade e as vantagens do
Regime de Previdência Complementar, Regime podem ser comprovadas, ainda,
os quais demonstram o quanto são quando analisamos a quantidade de
importantes para a sociedade e para a empresas e entidades que já oferecem
economia do país. aos seus empregados/associados a
oportunidade de aderirem a uma
Total geral: 369
Número de previdência privada, recompondo
entidades Patrocinadores: 339 Instituidores:
entidades 30 entidades o nível de renda, garantindo
Participantes e uma aposentadoria tranqüila e
Assistidos 2,74 milhões proporcionando a manutenção
Patrocinadores 2.728 empresas do padrão de vida de sua família.
Instituidores 469
Dentre as empresas que já fazem
1.068 parte do Regime de Previdência
Nº de planos Patrocinadores: Instituidores:
1.017 planos 51 planos Complementar estão: a Petrobrás,
Valor médio dos Banco do Brasil, Caixa Econômica
R$ 3.178,00 Federal, Coca-Cola, Companhia
benefícios pagos*
Patrimônio R$ 513 bilhões Vale, Volkswagen, Toyota, Grupo
Percentual do Abril, Avon Cosméticos, Motorola,
17% aproximadamente Sebrae e Johnson & Johnson.
PIB*

Fonte: ABRAPP* / Relatório Anual – Previc (2010).

17
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Vantagens e benefícios do Regime


de Previdência Complementar
Vantagens para o obter um nível mais elevado de remuneração é
Cidadão / Participante necessária uma complementação. Quanto maior
a renda do trabalhador em atividade, maior será o
Todo trabalhador quando não pode mais decréscimo dos rendimentos pós aposentadoria,
suprir suas necessidades com o produto do seu como demonstra o gráfico a seguir:
trabalho (por motivo de
doença ou idade) pode
Decréscimo de Rendimento por Faixa Salarial
contar com a renda da
70%
aposentadoria . Para 64%
garantir tranqüilidade 60% 62% 66%
é importante manter
de Decréscimo

58% 60%
55%
52%
uma renda ao menos 50% 48%
aproximada da que 44%
40%
s e t i n h a e n q u a n to 38%
Percentu

trabalhador da ativa. 32%


30%
al

25%
Atualmente, o Regime 20%
15%
Geral de Previdência
10%
Social tem como teto
3%
para o pagamento de 0%
aposentadoria o valor 3.5004.5005.500 6.5007.5008.500 9.50010.500 11.500
de R$ 3.691,74. Para Faixa Salarial

18
É exatamente com o objetivo de
possibilitar um benefício adicional para
estes trabalhadores que os Fundos de
Pensão existem. O benefício do INSS
somado ao benefício adicional busca
proporcionar ao trabalhador aposentado um
padrão de renda próximo ao que tinha
quando estava em atividade.

As vantagens para o trabalhador que


adere a esse tipo de mecanismo de renda
adicional são inúmeras:

Qualidade de vida

Com a previdência complementar, a


poupança formada, pouco a pouco, ao longo
dos anos, é somada ao benefício oficial do
INSS. Os dois benefícios juntos
proporcionam melhor qualidade de vida e
tranquilidade financeira na velhice.

“Viver bem depende das


nossas escolhas.”
19
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

pensão garantem sensação de


segurança para o amanhã. Vive-
se o presente, com os olhos no
futuro!

Além disso, as entidades são


constantemente fiscalizadas
com o objetivo de garantir a
segurança e a liquidez do
patrimônio em atendimento
à legislação, gerando, desse
modo, mais confiança para o
participante dos Fundos de
Pensão.

Proteção familiar Incentivos fiscais


Em caso de algum evento futuro adverso, o A Lei nº 11.053/2004 com o objetivo de
participante tem garantido a proteção de seus incentivar a poupança previdenciária de longo
beneficiários, pois os planos de benefícios, em prazo oferece incentivos fiscais aos que
geral, asseguram a proteção à família dos depositam seus recursos nos fundos de pensão.
participantes com a aposentadoria por invalidez e
a pensão por morte.
“Os Fundos de Pensão dão aos
Segurança participantes uma sensação de
segurança para o amanhã. Vive-se o
Como proporciona ao participante a formação
de uma poupança de longo prazo, os fundos de presente, com os olhos no futuro!”
20
A lógica é simples, “Previdência rendimentos reduzidos. Os
quanto mais tempo o Fundos de Pensão são um
participante mantiver seus Complementar: mecanismo para que esses
recursos em um Fundo de Proteção trabalhadores se protejam da
Pensão, menos incidência de perda de poder aquisitivo.
imposto de renda haverá sobre
previdenciária
eles. Para prazos superiores a adicional e Empréstimos e
10 (dez) anos, por exemplo, o manutenção do financiamentos com
participante deixará de pagar
até 27,5% de imposto de padrão de vida.” taxas menores
renda sobre estes valores para Algumas entidades fechadas
recolher apenas 10% quando do de previdência complementar
recebimento dos benefícios. oferecem aos participantes de
seus planos a possibilidade de
Durante a fase empréstimos e financiamentos
contributiva não há incidência com juros bem menores dos que
de imposto de renda sobre os os praticados no mercado, visto
rendimentos do participante, que não possuem finalidade
somente quando realizar lucrativa, cobrando apenas o
o resgate ou se tornar elegível ao plano de necessário para capitalização do plano.
benefícios.
Baixas taxas de administração
Recomposição do poder aquisitivo
Os Fundos de Pensão, por não possuírem fins
Como bem demonstrou o gráfico “Decréscimo lucrativos, têm taxas de administração bem
de Rendimentos por Faixa Salarial”, os menores do que as cobradas por instituições
trabalhadores que recebem acima do teto da financeiras (bancos, seguradoras, etc.), o que gera
previdência social ao se aposentar têm seus ainda mais rentabilidade ao participante.
21
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Participação democrática na disso, haverá a perda do benefício futuro


gestão dos fundos e a incidência de impostos devidos sobre
o valor recebido.
A Lei Complementar nº 109, de 2001,
que dispõe sobre o Regime de Poupança de longo prazo
Previdência Complementar, resguarda
aos participantes e assistidos do plano de Com as contribuições do participante
previdência complementar a e da empresa (patrocinadora) há a
representação nos Conselhos formação de uma poupança de longo
Deliberativo e Fiscal, assegurando aos prazo, que garantirá uma boa cobertura
mesmos um terço das vagas e o no futuro. A contribuição já é descontada
mensalmente do salário, o que é um
acompanhamento da gestão do seu plano
ponto positivo para investidores
de previdência.
indisciplinados.
Resgate

Ao participante é permitido resgatar


(sacar) os recursos, por ele depositados,
de sua poupança previdenciária, em caso
de desligamento do plano e perda de
vínculo empregatício.

Deve-se ressaltar que permanecer no


plano, para no futuro receber o benefício
integralmente, é a opção mais vantajosa
Portabilidade
para o participante, já que, ao se retirar da
previdência complementar não mais serão
Aportabilidadepermitea
concedidos incentivos fiscais. Além o participante a mudança para outro
22
plano que lhe seja mais atraente ou mais associativo com o instituidor, antes da
vantajoso. Assegurando que ao sair do aquisição do direito ao benefício pleno,
plano, por ter cessado o vínculo é facultado ao participante permanecer
empregatício, possa transferir seus vinculado ao plano e optar por receber,
recursos acumulados para uma nova no futuro, um benefício proporcional
entidade fechada de previdência àquele que teria direito caso continuasse
complementar e, até mesmo, para uma contribuindo. A escolha do participante
instituição financeira. Seu objetivo pelo benefício proporcional diferido não
é proteger o interesse e os recursos impede uma futura opção pela
acumulados, dando a liberdade de portabilidade ou resgate.
permanecer ou não no plano de
previdência ao qual está vinculado. Autopatrocínio

Contribuição da empresa Pormeiodoinstitutodo


(patrocinadora) autopatrocínio, o participante que tiver
seu vínculo empregatício cessado com o
Como dito anteriormente, a empresa patrocinador, ou em caso de perda
também contribui para o plano de parcial da remuneração recebida, terá a
benefícios. Isso representa mais uma faculdade de manter o valor de sua
vantagem para o participante, já que aos contribuição e a do patrocinador, para,
recursos por ele depositados serão deste modo, assegurar a percepção dos
somadas as contribuições do empregador. benefícios nas condições em que foram
pactuadas. Lembrando que a opção pelo
Benefício Proporcional autopatrocínio não impede ao
Diferido participante uma posterior opção pelo
benefício proporcional diferido,
Em caso de rompimento do vínculo portabilidade ou resgate.
empregatício com o patrocinador ou
23
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Vantagens para a Empresa

Instituir um fundo de pensão em uma sendo um fator de atração e manutenção


empresa gera vantagens tanto para o de funcionários capacitados.
empregado quanto para o empregador.
Criar um Fundo de Pensão demonstra Incentivos fiscais
preocupação com os empregados mesmo
na inatividade, após a aposentadoria. Isso Os pagamentos destinados pela
reforça a boa imagem junto aos seus empresa aos Fundos de Pensão são
empregados e ao público em geral. considerados como despesas para fins de
É um benefício que gera vontade de imposto de renda. Desse modo, a
permanecer na empresa. empresa deixa de recolher tributos sobre
esses valores.
Veja algumas das vantagens:

Diminuição da rotatividade Boa imagem perante o público

Umplanodebenefíciosde Empresas que se preocupam com o


previdência complementar aumenta as bem estar de seus funcionários são bem
chances de manter e angariar talentos, vistas aos olhos da sociedade, e servem
complementando a renda de muitas vezes como exemplo positivo
funcionários. O benefício é um forte para outras iniciativas do mesmo porte.
aliado no momento da contratação,

24
Valorização do corpo funcional

Aofazerumplanode
previdência complementar a
empresa demonstra preocupação
com a qualidade de vida do
funcionário, garantindo segurança
para ele e sua família. Ao realizar a
contribuição para o plano de
benefício, a empresa ressalta o
valor do funcionário e melhora as
relações empregado/empresa.

25
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Vantagens para a Entidade/


Associação de Classe
Oferta de benefícios aos associados instituidores poderá ser acelerado pelo exercício
da portabilidade, pois os trabalhadores de
Ao optar por oferecer um Plano de Previdência determinada categoria, ao se desligarem de
Associativa, o instituidor proporciona aos seus empresas que patrocinam planos de previdência
associados o que eles mais desejam: tranqüilidade, complementar, poderão transferir o seu
manutenção da qualidade de vida no futuro e patrimônio previdenciário para o plano gerido por
segurança para si e para sua família. sua entidade representativa.

Fortalecimento do vínculo Controle estratégico de recursos

O F u n d o d e Pe n s ão p ro p o rc i o n a rá Do ponto de vista do controle estratégico dos


fortalecimento do vínculo entre o instituidor e seus investimentos do plano, a entidade estará
associados, diante da vantagem do benefício que fortalecida por ser responsável por decisões de
esses terão enquanto estiverem vinculados. O fundo gestão que determinam para quais setores os
de pensão incentiva a filiação. Esse número pode vultosos investimentos serão direcionados. Além
atingir a totalidade do público-alvo. disso, a entidade também estará inserida na
discussão dos grandes projetos de financiamento
do desenvolvimento, por representar investidor
Rápido crescimento dos recursos institucional com alta capacidade de
acumulados investimento, ampliando sua representatividade
perante os associados e perante as classes
O acúmulo patrimonial dos planos de empresariais e políticas.
26
“O futuro dependerá
daquilo que fazemos no
presente.”

Mahatma Gandhi

27
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Legislação Correlata

Lei Complementar nº 108, de Lei nº 12.154, de 23 de


29 de maio de 2001 dezembro de 2009

Dispõe sobre a relação entre a União, Cria a Superintendência Nacional de


os Estados, o Distrito Federal e os Previdência Complementar (PREVIC) e
Municípios, suas autarquias, fundações, dispõe sobre o seu pessoal; inclui a
sociedades de economia mista e outras Câmara de Recursos da Previdência
entidades públicas e suas respectivas Complementar na estrutura básica do
entidades fechadas de previdência Ministério da Previdência Social; altera
complementar, e dá outras providências. disposições referentes a auditores-fiscais
da Receita Federal do Brasil; altera as
Lei Complementar nº 109, de Leis nºs 11.457, de 16 de março de 2007,
29 de maio de 2001 e 10.683, de 28 de maio de 2003; e dá
outras providências.
Dispõe sobre o Regime de Previdência
Complementar e dá outras providências. Decreto nº 7.123, de 03 de
março de 2010
Lei nº 11.053, de 29 de
dezembro de 2004 Dispõe sobre o Conselho Nacional de
Previdência Complementar (CNPC) e
Dispõe sobre a tributação dos planos sobre a Câmara de Recursos da
de benefícios de caráter previdenciário e Previdência Complementar (CRPC), e
dá outras providências. dá outras providências.
28
Resolução CGPC nº 12, de 17 de caráter previdenciário nas modalidades
setembro de 2002 de benefício definido, contribuição
definida e contribuição variável, e dá
Regulamenta a constituição e outras providências.
funcionamento das Entidades Fechadas
de Previdência Complementar e planos Resolução CGPC nº 29, de 31 de
de benefícios constituídos por agosto de 2009
Instituidor.
Dispõe sobre os critérios e limites para
Resolução CGPC nº 06, de 30 de custeio das despesas administrativas pelas
outubro de 2003 entidades fechadas de previdência
complementar, e dá outras providências.
Dispõe sobre os institutos do
benefício proporcional diferido, A íntegra da legislação aplicável aos
portabilidade, resgate e autopatrocínio Fundos de Pensão pode ser encontrada na
em planos de entidade fechada de página do Ministério da Previdência
previdência complementar. Social, no endereço: www.previdencia.
gov.br, navegando por Previdência
Resolução CGPC nº 16, de 22 de Complementar/ Políticas de Previdência
novembro de 2005 Complementar/ Coletânea e Suplemento;
ou, diretamente, pelo link: http://www.
Normatiza os planos de benefícios de mps.gov.br/sppc.php?id_spc=1027.

29
Previdência Complementar: o futuro começa agora!

Buscando estreitar sua relação com a sociedade, a SPPC


disponibiliza um canal de comunicação por meio do e-
mail eduprev.sppc@previdencia.gov.br para que o leitor
encaminhe sugestões, críticas, dúvidas, avisos de erros
relacionados ao conteúdo, idéias e comentários,
permitindo, assim, a contribuição para futuras edições.

30
31
Assessoria de Comunicação Social / MPS

Previdência Complementar: o futuro começa agora!

32

Você também pode gostar