Você está na página 1de 2

Diálogo Diário de Segurança – DDS

Ergonomia no Trabalho
A ergonomia é a ciência que relaciona o homem ao ambiente de trabalho, buscando adaptar o trabalho ao
homem, tendo em vista tornar as tarefas, empregos, organizações e sistemas compatíveis com as
necessidades, capacidades e limites das pessoas.

Segundo a NR-17, que trata da ergonomia, as condições de trabalho devem adaptar-se às condições
psicofisiológicas do trabalhador, de modo a proporcionar conforto, segurança, saúde e desempenho eficiente.

Falar de ergonomia é de extrema importância, visto que de acordo com o Ministério da Saúde, as Lesões por
Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) estão entre as
doenças que mais afastam trabalhadores de suas atividades profissionais.

A ergonomia existe para tornar o trabalho confortável, evitar o surgimento de doenças ocupacionais. Outrora
considerava-se o trabalho como um sacrifício, hoje a ergonomia visa erradicar essa visão, buscando o
conforto no ambiente de trabalho. Não é normal chegar em casa, após um dia de trabalho, com dores nas
costas, dores de cabeça, ansioso. Não atentar-se às condições de trabalho causam prejuízos que podem ser
irreversíveis.

A ergonomia divide-se em três aspectos:


Ergonomia física: atua nas posturas de trabalho, na manipulação de objetos, nos movimentos repetitivos,
nos problemas osteomusculares, no arranjo físico dos postos de trabalho, na segurança e na saúde dos
trabalhadores.
Ergonomia cognitiva: atua no estabelecimento do processo mental do trabalhador na relação
prazer/sofrimento do trabalho, no estresse profissional e na formação profissional e pessoal.
Ergonomia organizacional: atua nos sistemas e processos de comunicação dentro da organização, na
concepção dos horários de trabalho, no trabalho em equipe, no trabalho cooperativo e na gestão pela
qualidade.

Todos os três aspectos são importantes e devem ser aplicados em toda atividade laboral. Especial atenção
deve ser dada à postura, visto que há situações em que a má postura pode produzir consequências danosas.

Principais situações:
• Trabalhos estáticos que envolvem postura parada por longos períodos;
• Trabalhos que exigem muita força; e
• Trabalhos que exigem posturas desfavoráveis, como tronco inclinado e torcido.

Uma postura inadequada pode trazer, além de fadiga muscular, efeitos de longo prazo, sobrecarga imposta
ao aparelho respiratório, formação de edemas, varizes e afecções nas articulações, principalmente na coluna
vertebral (provocando artrose, bursite, sinovite, hérnias de disco – as lesões por esforço repetitivo – LER ou
doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho – DORT).

Além da postura inadequada, podemos enumerar outros riscos ergonômicos no ambiente de trabalho:

• Repetição de movimentos;
• Iluminação deficiente;
• Ritmo acelerado de trabalho;
• Monotonia de atividades;
• Longas jornadas de trabalho;
• Levantamento de cargas pesadas.

Para reduzir o risco de lesões e acidentes, algumas medidas simples podem ser praticadas diariamente.

• Faça alongamentos;
• Faça pausas durante alguns minutos, conforme recomendação da equipe de segurança do trabalho;
• Atente-se à sua postura: costas eretas, ombros para trás. Caso trabalhe sentado, ajuste a cadeira de
maneira que você não fique com os braços encolhidos ou esticados; use um descanso para os pés
para apoiar as pernas no caso de precisar deixar sua cadeira alta para usar o descanso dos pulsos;
• Caso trabalhe usando o computador, alterne o uso do mouse com o teclado, deixando-os próximos;
lembre-se de que a distância entre o monitor e os olhos é de 45 a 75 cm. Não fique muito tempo
olhando para a tela do computador. Desvie o olhar por alguns minutos.
• Em caso de ambientes fechados, mantenha a temperatura do local agradável, atentando à umidade;
• Use os equipamentos de proteção individual, como protetores auriculares;
• Sempre siga as normas de segurança.

Realize seu trabalho com presteza, não descuidando da sua saúde.

Declaro que li e estou ciente das condições acima.


Nome da Unidade: Data: 04/04/2022
Nome Completo RG Assinatura
Gerente
Encarregado

Você também pode gostar