Você está na página 1de 16

Alexandre Amane Celiano

Ângelo Antonio Bola


Edson Rogério Albino
Elvira Manuel Vinte
Jonas José Jonas Nakwimba

Cálculo de Densidade de Corpos Regulares e Irregulares

Universidade Rovuma
Nampula
2022

1
Alexandre Amane Celiano

Ângelo António Bola

Edson Rogério Albino

Elvira Manuel Vinte

Jonas José Jonas Nakwimba

Cálculo de Densidade de Corpos Regulares e Irregulares

Trabalho de carácter avaliativo da


cadeira de Laboratório de Mecânica,
Ensino de Física, 1o ano.

Docente: Fernando Murrula Oface

Universidade Rovuma

Nampula

2022
2
Índice
1. Introdução.................................................................................................................. 4

2. Objectivos: ................................................................................................................ 5

2.1. Objectivos gerais: .................................................................................................. 5

2.2. Objectivos específicos: .......................................................................................... 5

3. Resumo Teórico: ....................................................................................................... 6

3.1. Densidade dos corpos: ....................................................................................... 6

3.2. Princípio de Arquimedes: .................................................................................. 6

4. Material necessários: ................................................................................................. 7

5. Procedimentos: .......................................................................................................... 8

6. Incertezas absolutas e relativas: ................................................................................ 9

6.1. Incertezas absolutas e relativas do Bloco de madeira ........................................ 9

6.2.Incertezas absolutas e relativas do Bloco de pedra: ................................................ 6

7. Conclusão: ...................................................................................................................

8. Bibliografia: ............................................................................................................ 16

3
1. Introdução

O presente relatório tem como objectivo introduzir aspectos básicos de como determinar a
densidade de um corpo regular e irregular, uso de instrumentos do laboratoriais de Física.

4
2. Objectivos:

2.1. Objectivos gerais:

 Determinar a densidade dos corpos sólidos regulares;


 Determinar o volume dos corpos irregulares através do Princípio de Arquimedes.

2.2. Objectivos específicos:


 Calcular a densidade do Bloco de madeira;
 Calcular a densidade do Bloco da pedra;
 Calcular a incerteza absoluta e relativa das medições dos corpos.

5
3. Resumo Teórico:
3.1.Densidade dos corpos:

Densidade de uma substância ou massa especifica é a razão entre a sua massa e o seu
volume.

Fórmula:

Onde:

 Densidade do corpo (kg/ ;


 é a massa do corpo (kg);
 é o volume do corpo ( ).

Usual: A densidade é medida em g/cm3.

3.2.Princípio de Arquimedes:

Os corpos mergulhados totalmente ou parcialmente num fluido, recebem do mesmo de


uma força de baixo para cima, na vertical, denominada Empuxo ou Força Impulsão.

Arquimedes estabeleceu a perda aparente do peso do corpo, devida ao empuxo, quando


mergulhado num líquido:

"Todo corpo mergulhado, total ou parcialmente, num fluido em repouso, recebe um


empuxo, de baixo para cima, de intensidade igual ao peso deslocado".

Onde:

˗˗ Empuxo (N)

Densidade do líquido (kg/m3)

Volume (m3)

Aceleração de gravidade

6
4. Material necessários:
1. Régua graduada;
2. Corpos regulares;
3. Balança electrónica
4. Paquímetro
5. Proveta graduada
6. Bloco de madeira
7. Pedra regular

7
5. Procedimentos:

1. Utilizamos régua graduada para medir o comprimento, largura e a altura do


Bloco de madeira;
2. Utilizamos balança electrônica para medir a massa do Bloco de madeira
3. No processo efectuamos quatro (4) leituras, conforme a tabela ilustra abaixo:

Bloco de madeira
No Comprimento Altura Largura Volume Massa Densidade
(cm) (cm) (cm) (cm3) (g) (g/cm3)
1 16,2 2,3 5,53 206,0478 215 1,04345
2 16,3 2,2 5,53 198,3058 215 1,08418
3 16,2 2,3 5,5 204,93 215 1,04914
4 16,2 2,4 5,73 222,7824 215 0,965067

4. Utilizamos uma provecta graduada de 250 mL;


5. Utilizamos balança electrônica para medir a massa do bloco da pedra;
6. No processo efectuamos quatro (4) leituras, conforme a tabela ilustra abaixo:

Bloco de pedra
No Volume (cm3) Massa (g) Densidade (g/cm3)
1 37,5 95 2,5333...
2 37,5 95 2,5333...
3 37,5 95 2,5333...
4 37,5 95 2,5333...

8
6. Incertezas absolutas e relativas:

6.1.Incertezas absolutas e relativas do Bloco de madeira

 Altura:


̅

̅
̅

∑ | ̅|

| | | | | | | |

 Incerteza relativa:

9
 Comprimento:


̅

̅
̅

∑ | ̅|

| | | | | | | |

 Incerteza relativa:

10
 Largura:


̅

̅
̅

∑ | ̅|

| | | | | | | |

 Incerteza relativa:

4
 Massa:


̅

̅
̅

∑ | ̅|

| | | | | | | |

 Incerteza relativa:

5
6.2.Incertezas absolutas e relativas do Bloco de pedra:
 Massa:


̅

̅
̅

∑ | ̅|

| | | | | | | |

 Incerteza relativa:

6
 Volume:


̅

̅
̅

∑ | ̅|

| | | | | | | |

 Incerteza relativa:

7
7. Conclusão:

Terminado o presente trabalho, chegamos a conclusão que a densidade é a razão entre a


massa um determinado material de referencia do volume, contudo para calcular o
volume aplicamos o Princípio de Arquimedes.

8
8. Bibliografia:

Autores: Maurício Ruv Lemes & Luiz Fernando Sbruzzi

 Colégio IDESA
 Apostila de Mecânica ˗ (Pág. 11, Hidrostática ˗ Princípio de Arquimedes)

Você também pode gostar