Você está na página 1de 2

Questão 1 Faça uma pesquisa e identifique ao menos dois sistemas operacionais que

podem ser utilizados em computadores pessoais, servidores e dispositivos móveis (smartphones


e tablets).

WINDOWS

IOS

Questão 2 Construa uma tabela com os sistemas operacionais encontrados na questão


1 e descreva as características e principais funcionalidades de cada sistema operacional.

WINDOWS IOS
O Windows é um sistema operacional O sistema operacional iOS dispõe de
de interface gráfica multitarefa. Isso significa recursos para atender às necessidades
que podemos trabalhar com vários específicas de um dispositivo móvel da Apple,
programas simultaneamente. Por exemplo considerando a entrada e a saída de dados
poderíamos escutar um CD colocado no CD- armazenados.
ROM enquanto escrevemos um documento,
imprimimos um outro e recebemos um fax, O iOS é um software e já vem da
todos ao mesmo tempo. fábrica com aplicativos nativos — Música,
Podcasts, TV, Mapas, Notas, FaceTime, iBook,
O Windows 7 está instalado, segundo iTunes, Contatos, Livros, Safari, assistente de
a pesquisa, em 51% dos computadores do voz “Siri” e serviço de nuvem “iCloud”.
mundo. Em segundo lugar está a mais nova
versão do software, o Windows 10, lançado A segurança é a marca registrada da
pela Microsoft como uma atualização Apple, que conta com um rigoroso controle
gratuita no ano passado para usuários de de todas as operações realizadas no sistema.
Windows 8 e 7.
Na tela inicial, é possível criar pastas
com diversos aplicativos para facilitar a
visualização dos ícones.

O design simples colabora para que o


usuário tenha uma experiência agradável e
sem maiores dificuldades de
operacionalização.

Questão 3 Instruções relacionadas ao acesso a dispositivos de E/S são tipicamente


instruções privilegiadas, isto é, podem ser executadas em modo núcleo, mas não em modo
usuário. Explique por que essas instruções são privilegiadas.

O acesso a dispositivos de E / S (por exemplo, uma impressora) normalmente é restrito


para diferentes usuários. Alguns usuários podem imprimir quantas páginas quiserem, outros
podem não imprimir, enquanto alguns podem se limitar a imprimir apenas um determinado
número de páginas. Essas restrições são definidas pelos administradores do sistema com base
em algumas políticas. Essas políticas precisam ser aplicadas para que os programas no nível do
usuário não possam interferir com eles.
Questão 4 Qual é a diferença entre modo núcleo e modo usuário (do inglês kernel space
e user space)? O professor da disciplina de SO, Ramon Fontes, é contribuidor do Kernel do Linux.
Se X’você é usuário do SO Linux e tem pelo menos a versão 5.5 do Kernel, você tem código do
prof. Ramon em seu computador. Algumas das contribuições foram realizadas para o módulo
mac80211_hwsim e podem ser conferidas em
https://github.com/torvalds/linux/commits/master/drivers/net/wireless/mac80211_hwsim.c.
Neste contexto de kernel/user space, descreva como o user space pode realizar comunicação
com o módulo mac80211_hwsim que está no Kernel do SO. Dica: acesse a arquitetura que
compõe o mac80211_hwsim que está disponível em
https://mnwifi.readthedocs.io/en/latest/#architecture-and-components.

No modo núcleo a CPU pode executar qualquer instrução de sua arquitetura, já


no modo usuário somente um sub-conjunto das instruções é permitido. Desta forma,
programas criados pelos usuários rodaram no modo usuário e não terão acesso a recursos
críticos do sistema diretamente.

Questão 5 Máquinas virtuais tornaram-se muito populares por uma série de razões.
Com máquinas virtuais é possível iniciar diferentes sistemas operacionais em um computador.
Por exemplo, se você estiver utilizando o Windows 10, poderá instalar e iniciar o Ubuntu através
de uma máquina virtual. Para tanto, é necessário utilizar um hypervisor - o virtualbox é um dos
mais populares. Diferencie virtualização total de para-virtualização.

A camada de virtualização apresenta maior uso de memória e sobrecarga do


processador, além de maior sobrecarga de desempenho.

Questão 6 Outra tecnologia alternativa à virtualização e bastante disseminada


atualmente é a de containers - sendo o Docker um dos mais populares. Faça uma comparação
entre máquinas virtuais e containers, e apresente características que fazem dos containers
terem melhor desempenho se comparado à virtualização.

Os containers Linux® e as máquinas virtuais são ambientes de computação empacotados


que combinam vários componentes de TI e os isolam do restante do sistema. As principais
diferenças entre eles tema ver com escala e portabilidade.

Geralmente, os containers são medidos em megabyte. Eles contêm, no máximo, a


aplicação e os arquivos necessários para executá-la. Além disso, eles costumam ser usados para
empacotar funções individuais que realizam tarefas específicas, os famosos microsserviços.
Como são leves e têm um sistema operacional compartilhado, os containers são muito fáceis de
migrar entre vários ambientes.

As máquinas virtuais são medidas em gigabyte. Eles costumam ter seu próprio sistema
operacional, o que possibilita a execução simultânea de várias funções com uso intenso de
recursos. Por terem um número maior de recursos à disposição, as máquinas virtuais são
capazes de abstrair, dividir, duplicar e emular por inteiro servidores, sistemas operacionais,
desktops, bancos de dados e redes.

Você também pode gostar