Você está na página 1de 8

O IKONOS é o primeiro satélite gerador de imagens de alta resolução (1 m).

IKONOS Lançado
em 1999, está ativo até hoje e possui amplo catalogo histórico. Para os clientes que precisam
recorrer a dados históricos para um estudo retrospectivo no quadro de um processo judicial ou
para o CAR, ou até mesmo uma perícia em área urbana, o IKONOS é uma boa escolha.
Disponível: de Setembro de 1999.até: Dezembro de 2014

CARACTERÍSTICAS

Órbita

Circular, heliossíncrona, descendente, 98,1º de inclinação, período de 98.46 minutos e altitude de 681
Km.

Horário de Imageamento

10 h 30 min AM.

Bandas do Sensor

Pancromático P&B; Multiespectral: Azul, Verde, Vermelho, e Infravermelho próximo.

Resolução Espacial

Pan P&B: 1,0 m; MS: 4,0 m. Reamostrado a 0,80 m no PAN e PSM.

Sensibilidade Espectral

Pancromático: 450-900 nm; Multiespectral: 450-520 nm (Azul), 520-600 nm (Verde), 630-690 nm


(Vermelho) e 760-900 nm (Infravermelho próximo).

Resolução Radiométrica – Quantificação

11 bits por píxel.


Tamanho de Cena Básica

11,3 x 11,3 km.

Largura de Faixa Imageada

11,3 km em nadir.

Capacidade de Visada Lateral

Sim, +/- 30º fora do nadir.

Estereoscopia

Sim, gerando ótimos resultados: Curvas de 5 em 5 m , PEC A 1:10.000.

Precisão de Localização

15 m de erro circular especificado e 9 m de erro circular medido em 90% dos casos, sem uso de pontos
de controle.

Frequência de Revisita

Aproximadamente 3 dias, dependendo da latitude.

Programação de Imageamento

Não mais pois mesmo em órbita, está com suas especificações degradadas, e portanto não está mais
produtivo
O satélite IKONOS foi lançado a 24 de Setembro de 1999 da Base da Força Aérea de Vandenberg, na
Califórnia. Juntos, os sensores pancromáticos e multiespectrais de muito alta resolução podem
diferenciar objectos a menos de um metro quadrado do solo – o suficiente para distinguir um carro de
um camião. Esta capacidade, a uma altitude orbital de 680 km, representou um aumento significativo na
resolução de imagens relativamente aos anteriores sistemas comerciais de satélites de detecção
remota. O IKONOS é gerido pela empresa GeoEye, cuja frota de satélites inclui também as séries
OrbView e GeoEye.

O conjunto de telescópios ópticos capta as imagens numa faixa de 11 a 13 km da superfície da Terra e


reflecte-as para os sensores de imagem digitais.

As imagens do IKONOS são das mais pormenorizadas disponíveis para fins não militares.

Transporta também um sensor multi-espectral com uma resolução de 4 metros, com 3 canais visíveis e
um de infravermelhos próximos, à semelhança dos Landsat 4 e 5, o que permite realizar uma cartografia
detalhada da utilização do solo.
bom

O IKONOS é um satélite de alta resolução espacial operado por empresa privada. O primeiro satélite da
série (IKONOS-I) não obteve sucesso no lançamento em abril de 1999 e com isso, o projeto do IKONOS-II
foi adiantado, para entrar em órbita em setembro de 1999.

Em janeiro de 2000 o IKONOS tornou-se o primeiro Satélite de Observação da Terra a oferecer imagens
de alta resolução para uso comercial e além das aplicações comerciais, possui uma ampla aplicabilidade
em trabalhos científicos que necessitam de dados e informações detalhadas da superfície terrestre.

O IKONOS possui sensores que operam no visível e infravermelho próximo e obtém imagens
pancromáticas e multiespectrais com resolução espacial de 1 metro e 4 metros, respectivamente.
Podem ser programados para adquirir imagens stereo visando a elaboração de Modelos de Elevação
Digital (DEM) ou Modelos Digitais de Superfície (MDS). 

Vida Útil dos Satélites IKONOS

Satélite 1970 1980 1990 2000 2010


01234567890123456789012345678901234567890123456789
IKONOS-I
IKONOS-
II
Lançamento/Operação
Operação
Operação/Término
Falha no Lançamento
Característica dos Satélites IKONOS

IKONOS

Instituições Responsáveis GeoEye

País/Região Estados Unidos

Satélite IKONOS-I IKONOS-II

Lançamento 27/4/1999 24/09/1999

Local de Lançamento Base da Força Aérea de Vandenberg

Veículo Lançador Athena Athena

Situação Atual Falha no Lançamento ativo

Órbita Polar, circular, heliossíncrona

Altitude 681 km

Inclinação 98,1º

Tempo de Duração da Órbita 98 min

Horário de Passagem 10:30 A.M.

Período de Revisita 3 dias

Tempo de Vida Projetado 8,5 anos

Instrumentos Sensores PAN e MS

Sensores PAN e MS
Satélite IKONOS

Os sensores a bordo do IKONOS operam no modo pancromático e multiespectral. Adicionalmente, há a


possibilidade de fusão de imagens preto e branco com dados multiespectrais para a geração de imagens
coloridas, o que pode facilitar a interpretação visual e substituir em muitos casos, o uso de fotografias
aéreas. O período máximo de revisita oferecido pelo sensor é de três dias para latitudes próximas a 40º,
mas o período de revisita pode ser menor em latitudes superiores. O sensor também é capaz de realizar
visadas inclinadas e laterais para obter imagens de forma mais ágil e também possibilitar a geração de
pares estereoscópicos.

Resolução
Bandas  Resolução Resoluçã Resolução Área
sensor Radiométric
Espectrais Espectral o Espacial Temporal Imageada
a

PAN PAN 0,45 - 0,90µm 1 metro 2,9 dias

AZUL 0,45 - 0,52µm faixas de


11 x 100 km
VERDE 0,52 - 0,60µm
11 bits até 
MS 4 metros 1,5 dia 11 x
VERMELHO 0,63 - 0,69µm
1000km
INFRAVERMELHO
0,76 - 0,90µm
PRÓXIMO

Principais Aplicações

 Cartografia de precisão;

 Planejamento urbano e regional;

 Monitoramento de desastres naturais;

 Levantamento de recursos naturais;

 Mapeamento de uso e cobertura das terras.

Exemplos de aplicações na Embrapa Monitoramento por Satélite

 A Embrapa Monitoramento por Satélite utilizou os dados dessa plataforma orbital na


Tipificação de Produtores Rurais no município de Holambra/SP. As imagens do satélite
IKONOS serviram de suporte à Embrapa Monitoramento por Satélite, na elaboração do
mapa de uso e cobertura das terras municipal.

Para saber mais sobre esse projeto, consulte:

Exemplos de Imagens

Imagem do município de
Holambra/SP, obtida pelo Satélite
IKONOS em dezembro/2000.
Imagem do Porto do Rio de Janeiro
obtida em abril de 2002 pelo
satélite IKONOS.

Para consultar as fontes de pesquisa navegue nos links abaixo

 JAPAN AEROSPACE EXPLORATION AGENCY. Advanced Land Observing Satellite "Daichi" (ALOS):
start of operations phase and data provision to the public. Disponível
em: <http://www.jaxa.jp/press/2006/10/20061023_alos_e.html>. Acesso em: 08 ago. 2013. 

 EUROPEAN SPACE AGENCY. ESA portal: ALOS satellite snaps europe. Disponível
em: <http://www.esa.int/esaCP/SEMOK69ATME_index_0.html>. Acesso em: 08 ago. 2013.

 ALOS DATA. What you can do with ALOS data. Disponivel


em: <http://en.alos-pasco.com/case/> . Acesso em: 08 ago. 2013.

Você também pode gostar