Você está na página 1de 16

1- Conceitos Gerais

Atuação Comercial:
- Foco na oferta de soluções empresariais, geralmente relacionadas à melhor aplicação de
expressivos montantes de investimentos;
- Há relação fornecedor/cliente com alto nível de criticidade – relação comercial contratual – o resultado
previsto é passível de cobrança judicial;
- Para o executor, o exercício da atividade prevê lucro como obrigação de conquista;
- Obrigatoriamente deve se utilizar de métodos/procedimentos sustentados pelo teste, aprovação e
aceitação da atuação acadêmica.
Atuação Acadêmica:
- Foco no desenvolvimento de conhecimentos para disseminação
pública, formação de profissionais e evolução da ciência;
- Não há relação empresarial fornecedor-cliente;
- Não há objetivo financeiro como obrigação de conquista;
- Oferece como resultado “fatias” importantes para a construção e
fortalecimento de novos métodos a serem aplicados na atuação
profissional/comercial.
1- Conceitos Gerais

Existem várias formas de pesquisa: bibliográfica,


descritiva, laboratorial, empírica, de campo,
acadêmica, científica, de humanidades, artística,
econômica, social, de negócios, de mercado,
pesquisa praticante, estatística, etc.
3- Técnicas e metodologias para uma pesquisa credível
PRINCIPAIS CLASSIFICAÇÕES DE PESQUISA COMERCIAL
QUANTO À/AO: MÉTODO:
Abordagem Indutivo / dedutivo
Histórico / Comparativo / Observacional / Estatístico / Experimental /
Procedimentos
Monográfico / Clínico / Tipológico
Natureza Aplicada / Básica
Forma de abordagem Quantitativa / Qualitativa / Quali-quantitativa
Objetivos Exploratória / Descritiva / Explicativa
Bibliográfica / Documental / Experimental / Quase Experimental / Coorte /
Procedimentos técnicos Survey / Estudo de campo / Estudo de Caso / Avaliação / Ação / Participante /
Análise de Conteúdo
NÃO PROBABILÍSTICAS:
Por saturação / Bola de neve / Por variedade de tipos
Universo e amostragem
PROBABILÍSTICAS:
Estratificada / Por conglomerados / Por cotas / Aleatória simples / Sistemática
5- Passo a passo da pesquisa de mercado
1º Passo: Orçamento/Projeto SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA ORÇAMENTO / PROJETO:

Na formatação da proposta / orçamento o 1. DADOS DO PROPONENTE


planejamento macro já deve ter sido pensado 2. PROBLEMA DA PESQUISA
e esboçado, evitando falhas em cronogramas, 3. OBJETIVOS DA PESQUISA
metodologias e na definição das frentes. a. Objetivo Geral
b. Objetivos Específicos
Recomenda-se margem de segurança entre 15% e 4. METODOLOGIA DA PESQUISA
20% ao orçamento realizado. Motivos: alterações a. Classificação da Pesquisa
de valores no período, eventualidades com equipe,
b. Frentes de Pesquisa
dificuldades logísticas, questões climáticas com
interferência no cronograma, entre outros.
5. EQUIPE TÉCNICA
6. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO
7. PREÇO
8. CONFIDENCIALIDADE

Por quê projetar formalmente: Previsão de métodos e cronogramas;


Facilitar visão global de correlação de dados; Vincular ações à fundamentos
científicos; Tornar o trabalho acessível à diversos profissionais; Aumentar
nível de credibilidade das ações.
1º Passo: Orçamento/Projeto

Frente: Frente:
Frente: Frente: Frente: Frente:
Ambiente Ambiente
Ambiente Ambiente Ambiente Ambiente
Geral / Geral /
Interno / Setorial / Setorial / Setorial /
Referências de Agentes da
Empresarial Clientes Concorrentes Fornecimento
Mercado Cadeia
. Estrutura
organizacional; . Ativos; . Empresas . Órgãos /
. Diretos; .Representantes
modelo; secretarias;
. Estrutura Comerciais;
produtivo -
operacional; . Inativos; . Agentes de
. Atacados / . Consultores
. Quadro . Indiretos; fomento, apoio
Distribuidores; especialistas;
diretivo; e assessoria;
. Potenciais;
. Quadro . Conselhos,
funcional; . Novos . Gestores em
. Indústrias; associações e
Entrantes; destaque;
. Quadro . Concorrenciais; federações;
terceirizado;
. Outros. . Outros. . Outros. . Outros. . Outros.
. Outros.
1º Passo: Orçamento/Projeto
Atividades Tempo Médio
Coleta Quantitativa Simples (rua) Entre 5 e 10 minutos
Coleta Quantitativa Complexa Entre 30 e 60 minutos
Coleta Qualitativa Simples Entre 20 e 40 minutos
Coleta Qualitativa Complexa Entre 60 e 100 minutos

Função Valor Médio / Hora Técnica


Consultores coordenadores Entre R$ 120 e R$ 150
Consultores especialistas Entre R$ 90 e R$ 120
Entre R$ 35 e R$ 50
Assistentes de Pesquisa
ou p/ uni pesquisada
2º Passo: Instrumentos de Pesquisa
Instrumentos
Quantitativos

Instrumentos Instrumentos
Quali-Quanti Qualitativos

Coletas
Secundárias
- Roteiros -

Em geral, preza-se pela elaboração de 01 instrumento


por sub-frente, tornando a pesquisa mais objetiva e
prática. Contudo, havendo necessidade informacional
de maior amplitude, outros instrumentos podem ser
considerados em cada fatia do estudo.
3º Passo: Bancos de Dados
Dados qualitativos
Tabulação analítica em matrizes e
tabelas de interpretação direta
(Tabelas simples, SWOT, Nvivo, etc.)
Dados quantitativos
Tabulação sistemática em
bancos com conversão gráfica
(Excel, Access, Spss, etc.)

Dados Quali-Quanti
Tabulação separada, com
análise relacional posterior.
3º Passo: Bancos de Dados Dados Quantitativos
3- Principais fórmulas
=MÉDIA
Calcula a média aritmética dos argumentos, =SOMA
sejam estes números, nomes, etc. Soma todos os números
num intervalo de células.
=CONT.NÚM
Calcula o número de células que contem =CONT.SE
algum número num determinado intervalo. Soma o total de células que
apresentam determinado critério.

=CONT.SES
Soma o total de células que apresentam
determinados critérios (mais de 01).

=CONT.VALORES
Calcula o número de células não
vazias num determinado intervalo.
- Atenção as informações sobre condutas,
4º Passo: Coleta de Dados postura, abordagem e demais orientações
definidas no planejamento das sub-
frentes.
- Realizar reuniões de
nivelamento para esclarecer as
- Exigir informações contínuas sobre as ações previstas,
questões gerais do trabalho, ao
realizadas e à realizar por parte da equipe de campo,
menos 01 ocorrência entre 30 e
evitando prejuízos de qualidade temporal e retrabalhos.
15 dias antes do início das ações;

5º Passo: Sistematização de Dados


- Responsabilize o profissional que coletou os dados para realizar o
lançamento no banco desenvolvido: ele conhece o teor das
informações e entende a necessidade de possíveis revisões;

- Por questão de segurança das informações, nunca disponibilize as


matrizes completas de dados aos profissionais envolvidos: ofereça
apenas tabelas com área de plotagem para digitação.
6º Passo: Relatório – Análises e Resultados
Importante: as empresas não
Apresente os dados de encomendam uma pesquisa apenas Foco nos resultados,
maneira direta e para receber um emaranhado de orientações e recomendações.
objetiva. O trabalho deve escritas, números e tabelas. Eles O objetivo da pesquisa sempre
ser sustentado por eles. precisam de resultados objetivos e visa a oferta de soluções.
claros. Portanto:
SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA O RELATÓRIO:
1- CONSIDERAÇÕES INICIAIS
2- MÉTODOS
a) Classificação da Pesquisa
b) Frentes de Pesquisa
3- DADOS COLETADOS
a) Frente A
b) Frente B
c) Frente C
4- ANÁLISES DE DADOS
5- RESULTADOS
6- CONSIDERAÇÕES FINAIS
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ANEXOS
7º Passo: Apresentação Final - Soluções Algumas dicas:
A- Métodos, teorias e técnicas de pesquisa
B- Apresente os “dados coletados” utilizando-se de imagens
são importantes... Para o pesquisador!
e instrumentos analíticos (tabelas, matrizes e fluxos).
Reserve até 10% da apresentação para
Reserve até 15% da apresentação para estas questões.
estas questões.

C- Após apresentação dos dados coletados, D- Foco primordial da apresentação final, a


aborde as principais correlações e análises discussão dos RESULTADOS, CONCLUSÕES
que resultaram da etapa anterior. Reserve até e ORIENTAÇÕES deve manter link ordenado à
20% da apresentação para estas questões. linha de raciocínio traçada nas etapas
anteriores. Reserve até 35% da apresentação
para estas questões.

E- Para ilustrar as principais informações apresentadas, selecione


um acervo objetivo de imagens, vídeos e/ou listas de contatos
abordados. Reserve até 5% da apresentação para estas questões.

F- Reserve até 15% da apresentação


para questionamentos, esclarecimentos
e considerações.

Você também pode gostar