Você está na página 1de 2

Questão 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE ITÁ (SC) seu retorno para Portugal. Em 09 de janeiro de 1822, D.

AMAUC 2019 Pedro negou o chamado e afirmou que ficaria no Brasil;


E. Após a independência do Brasil. D. Pedro I foi coroado
A partir de 1821, com a volta do rei e da corte para imperador do Brasil em dezembro de 1821, bem como
Portugal, o Brasil passou a ser governado pelo príncipe não houve registros de manifestações de portugueses
regente D. Pedro. Atendendo principalmente aos contrárias á independência do Brasil;
interesses dos grandes proprietários rurais, contrários à
política das Cortes portuguesas, que desejavam
recolonizar o Brasil, bem como pretendendo libertar-se da 5. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACAÇUMÉ (MA)
tutela da metrópole, que visava diminuir-lhe a autoridade. IMA 2016
D. Pedro proclamou a independência do Brasil, em 07 de Após treze anos vivendo no Brasil, Dom João VI se vê
setembro de 1822, nesse contexto frente ao Ministério da forçado a voltar a Portugal por pressão dos políticos
Independência, figura importante da historiografia lusitanos, mas o então príncipe Pedro decide permanecer
brasileira, recebeu o título de Patriarca da Independência, no Brasil no dia 9 de janeiro de 1822, esse dia é
indique entre as opções abaixo o nome do Patriarca. comumente chamado de: 
A. José Maria da Silva Paranhos. A. Proclamação da República.  
B. José Bonifácio de Andrada e Silva. B. Independência do Brasil.
C. Honório Hermeto Carneiro Leão. C. Dia do Fico. 
D. Luís da Cunha Moreira. D. Revolução Constituinte.  
E. Martin Francisco Ribeiro de Andrada.

6. PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGES (SC) – FEPESE


2. CÂMARA MUNICIPAL DE CANDÓI (PR) EXATUS 2013
2019 Entre 1821 e 1822, nos fatos que antecederam à
 Local onde a Família Real Portuguesa desembarcou independência do Brasil, pode se perceber a ação das
inicialmente no Brasil, no início do século XIX em sua fuga chamadas Cortes Portuguesas, criadas com a Revolução
da Europa, diante das ameaças de Napoleão Bonaparte:  Liberal do POrto.
A. Fernando de Noronha. 
B. Ilha das Cobras.  Estavam entre os objetivos das Cortes:
C. Rio de Janeiro.  A. O fim do monopólio português sobre o comércio do Brasil.
D. Salvador.  B. O restabelecimento do monopólio português sobre o
E. São Paulo.  comércio do Brasil.
F. C. A criação de um governo brasileiro independente de
3. PREFEITURA MUNICIPAL DE VIRADOURO (SP) – Portugal.
CONSULTORIAEG 2017 D. A independência política do Brasil, mas a manutenção da
Ontem, 22 de abril de 2017, o Brasil comemorou 517 anos dependência econômica de Portugal.
da chegada oficial dos portugueses ao Brasil, porém o dia E. A instalação de uma Assembleia Constituinte no Brasil e o
22 de abril não faz parte do calendário de feriados, apesar definitivo rompimento dos laços políticos com Portugal.
de ser uma data importantíssima. Já o dia 7 de setembro,
outra data histórica para o Brasil faz parte do calendário 7. (Unifesp) Realizada a emancipação política em 1822, o
nacional de feriados. Qual foi a circunstância que tornou Estado no Brasil:
essa data, 7 de setembro, importante?
A. Nascimento de Jesus Cristo. a) surgiu pronto e acabado, em razão da continuidade
B. O retorno de Pedro Alvares Cabral para Portugal. dinástica, ao contrário do que ocorreu com os demais
C. Enforcamento de Tiradentes.  países da América do Sul.
D. A chegada da família Real para o Brasil. b) sofreu uma prolongada e difícil etapa de consolidação,
E. O grito de D. Pedro I nas margens do Rio Ipiranga.  tal como ocorreu com os demais países da América do
Sul.
4. MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS - c) vivenciou, tal como ocorreu com o México, um longo
COM. EXAM. (MP GO) 2016 período monárquico e uma curta ocupação estrangeira.
Acerca do processo de independência do Brasil, é correto d) desconheceu, ao contrário do que ocorreu com os
afirmar: Estados Unidos, guerras externas e conflitos internos.
A. A independência do Brasil é um processo que se estende e) adquiriu um espírito interior republicano muito
de 1821 a 1850 e fora marcado por não haver oposição semelhante ao argentino, apesar da forma exterior
alguma do Reino de Portugal; monárquica.
B. Oficialmente, a data comemorada para independência do
Brasil é a de 07 de setembro de 1822 em que ocorreu o 8. (UPF-RS) A Independência do Brasil, em 1822, foi fruto
chamado "'grito do Ipiranga", ato de proclamação feita por de uma série de fatores cujo ponto de partida se pode
D. Pedro II, às margens do riacho Ipiranga (atual cidade localizar na vinda da família real para o Brasil, em 1808.
de São Paulo); Com a Corte no Brasil e a sede da monarquia para cá
C. Entre as causas que fizeram eclodir o processo de transmutada, deflagrou-se uma verdadeira inversão de
independência do Brasil estão: vontade de grande parte papéis, tornando-se Portugal uma “colônia de uma colônia
da elite política brasileira em conquistar a autonomia sua”. A tentativa de Portugal de reverter essa situação e
política; desgaste do sistema de controle econômico com tornar-se novamente metrópole do Brasil foi revelada de
restrições e altos impostos, exercido pela Coroa forma mais contundente através da:
Portuguesa no Brasil e tentativa da Coroa Portuguesa em a) Inconfidência Mineira, de 1789.
recolonizar o Brasil; b) Revolução do Porto, de 1820.
D. O chamado "dia do fico" foi um ato posterior à c) Revolução Pernambucana, de 1817.
independência do Brasil em que D. Pedro não acatou as d) Revolução Francesa, de 1789.
determinações feitas pela Coroa Portuguesa que exigia
e) Revolução Praieira, de 1848. um povo livre vive num país livre
na cidade livre, na rua livre, na casa livre
9. (UFPE) Processo político de emancipação do Brasil colônia e escravidão
desenvolveu-se dentro de condições bastante especiais, caminham na mesma direção
dentre as quais é correto assinalar: quem declara independência
e não declara abolição
a) a presença de D. Pedro I, como regente do trono, vai ver não é livre nada
estabelecia a possibilidade de uma separação entre apenas mudou de patrão
Portugal e Brasil, sem, contudo, romper radicalmente com A Liberdade da Nação é a
o regime monárquico. Soma das liberdades de cada cidadão”.
b) as primeiras notícias chegadas ao Brasil dos
acontecimentos do Porto deflagraram, em todas as Milton Nascimento e Fernando Brant
províncias brasileiras, movimentos de repúdio à revolução
lusa, formando-se “Juntas Constitucionais”. Com relação ao dia 7 de setembro, pode-se afirmar que:
c) a Revolução do Porto, fundamentada em ideias a) A independência demonstrou que, mesmo não
liberais, tinha entre seus objetivos a reforma constitucional havendo abolição da escravidão, houve ganhos,
portuguesa e a emancipação política das suas colônias, especialmente para o povo, com a separação de Portugal.
entre elas, o Brasil. b) Dom Pedro I mudou os moldes da economia brasileira,
d) nas Juntas Constitucionais formadas por brasileiros e não permitindo que se reproduzissem as mesmas
portugueses, nas quais os brasileiros eram em maior características do período colonial.
número, havia a firme decisão de não se acatarem as c) Ao se instaurar a Monarquia do Brasil, seguindo o
resoluções tomadas pelas cortes em Lisboa, o que modelo da monarquia norte-americana, rompiam-se os
contrariava os interesses lusos. acordos econômicos com a Inglaterra.
e) Com relação ao Brasil, os revolucionários portugueses d) A Monarquia Brasileira passou a ser organizada a partir
do Porto, mantinham a coerência com os postulados dos ideais populares e não dos interesses da aristocracia
liberais, mostrando-se intransigentes defensores da rural.
emancipação política brasileira. e) A independência concretizou as aspirações da elite
agrária brasileira.
10. (PUC) A transferência da corte portuguesa para o
Brasil conferiu à nossa independência política uma 13. (UFMA) A independência política do Brasil não
característica singular, pois favoreceu a: representou alteração qualitativa no sistema social.
a) Ruptura do pacto colonial, sem graves convulsões Isto porque foi mantido(a):
sociais e, também, sem a fragmentação territorial. a) A proibição da vinda de imigrantes de qualquer país.
b) Manutenção do exclusivo colonial e a continuidade dos b) A predominância de brasileiros nos principais cargos
investimentos portugueses. da burocracia estatal.
c) Coesão partidária sem contestação e a unidade c) A liberdade de culto e de imprensa.
provincial em torno do novo regime. d) O livre acesso à propriedade da terra às pessoas de
d) Alteração da estrutura social anterior e, também da qualquer classe social.
organização econômica e) O trabalho escravo, presente em todas as atividades
e) Permanência dos funcionários ligados à corte e, produtivas.
também, dos burocratas lusos.

11. (UFJF) Sobre o processo histórico que culminou com 14. (UFMG) Todas as alternativas apresentam afirmações
a Independência política do Brasil, assinale a alternativa corretas sobre a Independência do Brasil, EXCETO:
INCORRETA:
a) A crença no liberalismo do D. Pedro I e a expectativa
a) A transferência da Corte portuguesa para o Brasil positiva quanto a uma constituição brasileira estavam
favoreceu o início do processo de separação política. presentes em 1822.
Duas das principais medidas de caráter econômico b) A declaração de independência estava diretamente
adotadas foram: a abertura dos portos às nações amigas relacionada às determinações das Cortes de Lisboa
e a revogação do alvará que proibia as manufaturas no enviadas D. Pedro.
país.  c) A ideologia monárquica enraizada fez com que o povo
b) A Revolução Liberal do Porto, de caráter e os políticos apoiassem o príncipe.
antiabsolutista, exigiu o retorno de D. João a Portugal. d) A ideia do federalismo era mais importante para os
Propunha a recolonização do Brasil, o que gerou, radicais do que a defesa da República.
internamente, a formação de vários grupos: o "Partido e) A participação popular determinou os rumos da
Português", que defendia a recolonização; o "Partido constituição do novo Estado Nacional.
Brasileiro" e os liberais radicais, que eram contrários.
c) A emancipação política do Brasil alterou as bases da
estrutura política e social do país. As elites nordestinas
em ascensão conduziram à formação do Estado Nacional,
baseado na unidade territorial e linguística.
d) A insistência das Cortes em recolonizar o Brasil acabou
por forçar as elites brasileiras a se unirem em torno de D.
Pedro I pela emancipação definitiva, na tentativa de
preservar seus interesses econômicos.

12. (UFLA) Observe o seguinte texto:


“Ser livre

Você também pode gostar