Você está na página 1de 2

INDICADORES DE FATORES PARA HOMOGENEIZAÇÃO

Documento complementar à NBR 14.653 – Parte 2 – da ABNT

Considerando que, conforme preconizado na Norma Brasileira de Avaliação de Bens -


Parte 2 : Imóveis Urbanos (NBR 14.653-2), os critérios a serem utilizados no
tratamento por fatores devem ser indicados periodicamente pelas entidades técnicas
regionais reconhecidas.

Considerando que no âmbito territorial do Estado de Minas Gerais o IBAPE-MG


(Instituto Mineiro de Avaliações e Perícias de Engenharia) é a entidade que preenche
os requisitos supra mencionados.

Considerando o estágio inicial de estudos referentes à aplicação do texto normativo,


recentemente aprovado e em vigor, entende o IBAPE-MG a necessidade de expedir
regras iniciais de utilização do tratamento por fatores.

Os fatores a serem utilizados, ainda sem memória de cálculo, devem ser aqueles de
consagrada aplicação na bibliografia técnica especializada, conforme segue:

1) O intervalo de ajuste para cada fator deverá estar contido entre 0,80 e 1,20. É
vedada a utilização de fatores que estejam fora desse intervalo; caso ocorra a
extrapolação o elemento amostral deverá ser desconsiderado. Para se utilizar
fatores contidos no intervalo de 0,50 a 1,50, deve-se apresentar o estudo de
mercado específico, calculado pelo engenheiro avaliador através de metodologia
científica, que deverá ser anexado ao laudo, conforme os itens 8.2.1.4.2 , B.1.1 e
B.2.1.

2) O intervalo de ajuste especificado no item 1, nesse estágio inicial, deverá ser


utilizado somente quando não houver elementos suficientes para utilização de
metodologia científica ou quando não houver tempo suficiente para coleta dos
elementos de mercado. Tal condição deve ser explicitada no trabalho;

3) Deve ser indicada a fonte completa da bibliografia técnica de onde foram retirados
os fatores que embasaram o trabalho;

4) Fica expressamente vedada a utilização de fatores diferentes em uma mesma


situação, dentro de uma mesma avaliação, ou seja, exige-se do Engenheiro de
Avaliações coerência na aplicação do tratamento por fatores.

Av.Álvares Cabral, 1600 11º andar – 30170-001 – Belo Horizonte – MG


(31) 3275-0101 / 3275-0102 – ibape-mg@ibape-mg.com.br - www.ibape-mg.com.br
5) Conforme preconizado no item B.6 da Norma: “Os fatores de homogeneização que
resultem em aumento de heterogeneidade dos valores não devem ser utilizados.”
Deverá ser feita a aferição da homogeneidade através do cálculo do CV (coeficiente
de variação).

6) É vedada a utilização de fatores que contrariem as características intrínsecas de


mercados específicos;

7) O intervalo de fatores aqui explicitado é válido para todo o Estado de Minas Gerais;

8) Este procedimento é válido para o período compreendido entre 15/02/2005 e


31/08/2005.

Belo Horizonte, 14 de fevereiro de 2005.

Av.Álvares Cabral, 1600 11º andar – 30170-001 – Belo Horizonte – MG


(31) 3275-0101 / 3275-0102 – ibape-mg@ibape-mg.com.br - www.ibape-mg.com.br

Você também pode gostar