Você está na página 1de 6

Ficha Formativa- Estatística

Variáveis Estatísticas

Turma: 10ºFAR Ano letivo: 2021/2022

Variáveis estatísticas
Os caracteres estatísticos ou atributos ou variáveis estatísticas podem ser:

• Qualitativas
relacionadas com uma qualidade, por exemplo: a cor dos olhos, o sexo….

• Quantitativas
pode-se-lhes atribuir uma medida, por exemplo: a altura, a idade, o peso, o número de irmãos.

Discretas (toma valores numéricos isolados: número de irmãos; nº de filhos de um casal; conta de telefone
paga mensalmente por uma família…)

Contínuas (podem tomar qualquer valor de um intervalo: a altura, a distância, o peso…)

Após a recolha dos dados, o resultado é um amontoado de informação dispersa.Qualquer estudo estatístico implica a
organização, o tratamento e a representação de dados. Este tratamento passa pela contagem, construção de tabelas de
frequências onde são efectuados os registos dessas contagens e a construção de gráficos que facilitam a visualização e
interpretação desse estudo.

Tabelas de frequências e gráficos para dados qualitativos ou quantitativos discretos


1. Problema
Organizar a informação recolhida .

2. Estratégia
Construir uma tabela de frequências onde possas contar, distribuir e agrupar os resultados.

Informação
Frequência absoluta de um acontecimento é o número de vezes que cada que esse acontecimento
foi observado (ocorreu), ou seja, o número de vezes que uma mesma resposta é dada pelos inquiridos.
Frequência relativa de um acontecimento é o quociente entre a frequência absoluta desse
acontecimento e o número de elementos da amostra (dimensão da amostra)

Estatística- Variáveis Estatísticas Professora Sandra Cristina Fernandes


3. Execução
Para organizar e condensar os dados recolhidos, registam-se numa tabela de frequências, como por exemplo:rte de casa
à escola
Meio de Frequência Frequência relativa
Contagem Frequência relativa
transporte absoluta em percentagem
Carro 3 3 : 20 = 0,15 15 %
A pé 5 5 : 20 = 0,25 25 %
Autocarro 10 10 : 20 = 0,5 50 %
Bicicleta 2 2 : 20 = 0,1 10 %
Total 20 1 100 %
Obs: Numa contagem esta simbologia representa 5 elementos.

4. Representação de dados
A interpretação dos dados é facilitada quando os representamos através de gráficos que os apresentam de forma mais
condensada e sugestiva do que as tabelas.

Exemplos de gráficos:
• Gráfico de barras

Neste tipo de gráfico os rectângulos


(barras) devem ter a mesma largura e
estar separados por espaços iguais. A
altura da barra traduz a frequência de cada
valor da variável em estudo.

Estatística- Variáveis Estatísticas Professora Sandra Cristina Fernandes


• Pictograma

Os pictogramas são gráficos muito semelhantes aos gráficos de


barras; a principal diferença reside no facto de se utilizarem
figuras ou símbolos alusivos ao fenómeno ou acontecimento
que se está a estudar.

Num pictograma , o símbolo deverá ser representado sempre


com o mesmo tamanho e estar separado com espaços iguais, tal
como no gráfico de barras.
O símbolo é representado o número de vezes necessárias para
que corresponda à frequência em causa.
Deve ser indicado o significado de cada figura ou símbolo
utilizados.

• Gráfico circular

Num gráfico circular, estabelece-se uma proporcionalidade entre as frequências relativas em percentagem e a
amplitude dos ângulos. A uma frequência relativa de 100 % corresponderá um ângulo com amplitude de 360°.
A legenda pode ser dispensada, inscrevendo-se os valores da variável e as suas frequências nos respectivos sectores
circulares.
Podem usar-se diferentes cores ou padrões para os diferentes sectores circulares.

Estatística- Variáveis Estatísticas Professora Sandra Cristina Fernandes


Exercícios:

1. A Ana perguntou aos seus colegas de turma o número de irmãos de cada um e registou os Recolha
resultados pela ordem em que eles foram respondendo (dados brutos): de dados
0, 4, 1, 4, 0, 0, 0, 1, 1, 1, 1, 1, 2, 1, 1, 2, 0, 2, 1, 1
Para fazer qualquer estudo sobre a variável estatística apresentada (número de irmãos) é necessário organizar os dados, isto é,
transformar os “dados em bruto” num resumo ordenado que facilite a sua leitura e a sua compreensão.
Comecemos por fazer um quadro de contagem:(Completa-o)

Nº de irmãos Contagem Nº de alunos


Organizaçã 0 
oe 1
apresentaçã 2
o dos dados 4
Total

A partir do quadro de contagem podemos organizar os dados em tabelas: (Completa-as)

Tabela de Tabela de frequências


frequências absolutas e relativas
absolutas

Número de Irmãos Número de irmãos


Dos alunos da turma da Ana dos alunos da turma da Ana

Nº de irmãos Frequência absoluta Nº de irmãos Frequência absoluta Frequência


(nº de alunos) (nº de alunos) relativa
5
0 5 0 5 = 0,25 (25%)
20
1 1
2 2
4 4
Total Total

Responde agora às seguintes questões:


1.1. Qual é a frequência absoluta dos alunos que têm 1 irmão? _______________________________
1.2. Qual é a frequência absoluta dos alunos que têm menos de 2 irmãos? ______________________
1.3. Qual a percentagem de alunos que não têm irmãos? ____________________________________
1.4. Elabora um gráfico de barras correspondente à variável número de irmãos dos alunos da turma da Ana

Estatística- Variáveis Estatísticas Professora Sandra Cristina Fernandes


2. Na tabela seguinte registaram-se as classificações de 20 alunos, utilizando as modalidades: Mau, Medíocre, Suficiente, Bom e
Muito Bom.

Classificação Nº de alunos
2.1. Classifica a variável em estudo.
Mau 2
2.2. Copia a tabela de frequências e determine
Medíocre 4 as frequências
Suficiente
relativas. 6
Bom 5
2.3. Constroi
Muito Bom um gráfico de barras das frequências
3 absolutas.

Tabelas de Frequências Acumuladas

Estatística- Variáveis Estatísticas Professora Sandra Cristina Fernandes


Exemplo:

3. Considere uma amostra constituída pelo número de irmãos dos 20 alunos de uma determinada turma:
1, 1, 2, 1, 0, 3, 4, 2, 3, 1, 0, 2, 1, 1, 0, 1, 1, 0, 3, 2
3.1. Classifica a variável em estudo.
3.2. Constrói a tabela de frequências absolutas e relativas.
3.3. Completa a tabela indicando as frequências absolutas e relativas acumuladas.
3.4. Representa a frequência relativa acumulada, utilizando um gráfico de barras.

Estatística- Variáveis Estatísticas Professora Sandra Cristina Fernandes

Você também pode gostar