Você está na página 1de 14
São Paulo , 10 de Junho de 2011 Professor Oswaldo Eletricidade Básica FUSÍVEIS Betina Samara dos Santos Lourenço de Barros Número : 05 Turma : 210 Prontuário : 1050869 Introdução Fusíveis são dispositivos conectados ao circuito elétrico que tem como função principal a proteção do circuito contra as sobrecargas da corrente elétrica, evitando possíveis danos ao sistema elétrico, tais como a queima do circuito, explosões e eletrocutamento. O funcionamento de um fusível é baseado no princípio segundo o qual a corrente que passa por um condutor gera calor que é proporcional ao quadrado da intensidade da corrente. Quando a corrente atinge um determinado valor máximo, o condutor se aquece, porém não dissipa esse calor rapidamente, fazendo com que um componente derreta e abra o circuito, impedindo que a corrente passe. Fusíveis Basicamente um fusível funciona como o “elo mais fraco de uma corrente” arrebentando quando a corrente elétrica no circuito ultrapassa certo limite. A principal função de um fusível é proteger a fiação. Os fusíveis devem ter características e localização adequada para proteger o fio em que eles estão conectados. Caso um dispositivo, como o rádio do seu carro, drene uma corrente excessiva e queime o fusível, o rádio provavelmente já está danificado. O fusível está ali para proteger o fio, que seria muito mais difícil de repor do que o rádio. Os fusíveis comuns usados em eletricidade e eletrônica constam então de um pedaço de fio mais fino ou de menor ponto de fusão que o restante do circuito sendo ligados em série com o mesmo . Quando a corrente no circuito ultrapassa certo valor, determinado pelas características do fusível, o fio rompe-se interrompendo sua circulação e evitando assim que danos possam ocorrer. Os fusíveis devem portanto ser ligados em série com os circuitos que protegem. Tipos de fusíveis Existem vários tipos de fusíveis, que variam de acordo com o tipo de aplicação. Podem ser de diferentes tamanhos, características de funcionamento, corrente suportável e tensão. • Fusíveis NH NH são as iniciais de Niederspannungs Hochleitungs, que em língua alemã significa Baixa tensão Alta Capacidade de Interrupção. Atendendo às normas IEC 60 269-1 e IEC 60 2692-1, foram testados e aprovados pela UL nos Estados Unidos.Os fusíveis são aprovados para a capacidade de interrupção de 120kA para os tamanhos 000, 00 e 0. Já os fusíveis de tamanho 1, 2 e 3 foram testados com 200kA de capacidade de interrupção o que significa uma segurança a mais em sistemas onde a potência de curto circuito é elevada. Também especificados como HRC (High Rupturing Capacity) ou HBC (High Breaking Capacity) para denominar que o fusível possui alta capacidade de interrupção.A tensão nominal dos fusíveis é de 500V , porém os testes de capacidade de interrupção, obedecendo às normas IEC, foram realizados com tensão dez por cento maior (550V).Os fusíveis são montados com ligas de cobre de condutibilidade elétrica elevada e com tratamento superficial das partes condutivas em estanho para fusíveis tamanhos 000, 00 e 0 e em prata para tamanhos 1, 2 e 3.O corpo cerâmico é de um material denominado Esteatite, que atende a uma série de requisitos de solicitações dos esforços mecânicos e térmicos que ocorrem durante as sobrecorrentes.Os fusíveis são preenchidos por areia de quartzo de alta pureza química e de distribuição granulométrica controlada. Este material conduz parte do calor do elemento para o corpo e desempenha papel fundamental no processo de extinção do arco.Os fusíveis NH são aplicados na proteção de subcorrentes de curto-circuito e sobrecarga em instalações elétricas industriais. Categoria de utilização: Tensão Nominal: Capacidade de Interrupção nominal Normas gC (para aplicação geral e com capacidade de interrupção em toda zona tempo-corrente) 500 VCA / 250 VCC 120 kA até 500 VCA 100 kA até 250 VCC IEC 269-2-1, NBR 11841 e VDE 0636 • Fusíveis DIAZED Os fusíveis DIAZED são utilizados na proteção de curtocircuito em instalações elétricas residenciais, comerciais e industriais e que quando normalmente instalados, permitem o seu manuseio sem riscos de toque acidental. Possuem categoria de utilização gL/gG, em três tamanhos (DI, DII e DIII) atendem as correntes nominais de 2 a 100ª. Através de parafusos de ajuste, impedem a mudança para valores superiores, preservando as especificações do projeto. Permitem fixação por engate rápido sobre trilho ou parafusos. • Fusíveis NEOZED Os fusíveis NEOZED possuem tamanho reduzido e são aplicados na proteção de curto-circuito em instalações típicas residenciais, comerciais e industriais.Possui categoria de utilização gL/gG, em dois tamanhos (D01 e D02) atendendo as correntes nominais de 2 a 63A. Limitadores de corrente, são aplicados para até 50kA em 400VCA. A sua forma construtiva garante total proteção de toque acidental quando da montagem ou substituição dos fusíveis. Possui anéis de ajuste evitam alteração dos fusíveis para valores superiores, mantendo a adequada qualidade de proteção da instalação.A fixação pode ser rápida por engate sobre trilho ou por parafusos. • Fusível SILIZED Os fusíveis ultra-rápidos SILIZED são utilizados na proteção de curto-circuito de semi-condutores e estão adaptados às curvas de carga dos tiristores e diodos de potência, permitindo quando da sua instalação seu manuseio sem riscos de toque acidental. Sua forma de construção é semelhante à do DIAZED. Possui categoria de utilização gR, em três tamanhos atendem as correntes nominais de 16A a 100A. Limitadores de corrente possuem elevada capacidade de interrupção: 50kA em até 500VCA. Através de parafusos de ajuste, evitam alterações dos fusíveis, preservando as especificações do projeto. Permitem a fixação rápida por engate rápido sobre trilho ou parafusos. • Fusíveis SITOR Os fusíveis SITOR são fusíveis ultra-rápidos apropriados em instalações industriais para a proteção de semicondutores de potência, tiristores, GTO's e diodos. Sua construção é semelhante aos fusíveis NH, sendo necessária a utilização dos punhos para seu manuseio. Possui Categoria de utilização gR / aR, atendendo as correntes nominais de 32A a 710 A. Encontrado em dois tamanhos (1e 2), podendo ser usado em AC (até 1000 V) ou DC (até 600 V). • Fusíveis MINIZED Compactos, mono, bi e tripolares, com os minifusíveis NEOZED são utilizados na manobra e proteção de circuitos elétricos. Podem ser encontrados em correntes nominais até 63A. A corrente presumida de curtocircuito de 50kA em até 400VCA. Com alavanca de manejo confortável, possui mecanismo de ação independente do operador, o que garante manobra sob carga. Fornecem total segurança ao toque acidental na montagem ou substituição dos fusíveis e nos terminais de ligação. Possui bloqueio mecânico que impede a manobra do seccionador sem fusíveis. Além de possuir uma durabilidade mecânica (em torno de 10.0 manobras), apresenta uma fixação rápida por engate sobre trilho. Normas Regulamentadoras Como todo dispositivo os fusíveis também são regidos por normas regulamentadoras referentes ao uso, aplicação,instalação etc. Símbolo de fusível determinado pela IEC A Comissão Eletrotécnica Internacional (em inglês: International Electrotechnical Commission, IEC) é uma organização internacional de padronização de tecnologias elétricas, eletrônicas e relacionadas. Alguns dos seus padrões são desenvolvidos juntamente com a Organização Internacional para Padronização (ISO).A sede da IEC, fundada em 1906, é localizada em Genebra, Suíça. • NBRIEC60269-1 - Condições exigíveis para dispositivosfusíveis limitadores de corrente, com capacidade de interrupção não inferior a 6 kA, destinados proteção de circuitos de potência Ac, cuja tensão nominal não exceda 1 000 V, ou de circuitos Dc, cuja tensão nominal não ultrapasse 1 500 V. • IEC 60269-2:1986 - Dispositivos-fusíveis de baixa tensão Parte 2: Requisitos adicionais para dispositivo-fusível para uso por pessoas autorizadas (dispositivos-fusíveis principalmente para aplicação industrial). • ABNT/EB 1301- Dispositivos fusíveis de alta tensão — Dispositivos tipo expulsão — Requisitos e métodos de ensaio. Esta Norma estabelece os requisitos exigíveis para dispositivos fusíveis de alta tensão tipo expulsão e similares para uso interno ou externo em sistemas de corrente alternada de 60 Hz e tensões nominais acima de 1 000 V. IEC 60269-1:1998- Dispositivos-fusíveis de baixa tensão Parte 1: Requisitos gerais. Esta Norma fixa as condições exigíveis para dispositivosfusíveis limitadores de corrente, com capacidade de interrupção não inferior a 6 kA, destinados à proteção de circuitos de potência c.a., cuja tensão nominal não exceda 1 000 V, ou de circuitos c.c, cuja tensão nominal não ultrapasse 1 500 V. IEC 60269-3:1987-Dispositivo-fusíveis de baixa tensão Parte 3: Requisitos suplementares para uso por pessoas não qualificadas (principalmente para aplicações domésticas e similares). Estes requisitos são aplicáveis aos dispositivos-fusíveis do tipo "gG", usados por pessoas não qualificadas para aplicações domésticas e similares com corrente nominal até 100 A inclusive e tensão nominal até 500 Vc.a. inclusive. • • ABNT NBR 9125:1985 - Dispositivos fusíveis de baixa tensão para uso doméstico - Verificação de requisitos Método de ensaio. Esta Norma prescreve o método de ensaio para dispositivos fúsíveis de baixa tensão para uso doméstico. • ABNT NBR 6996:1988 - Fusíveis cartucho – Ensaios. Esta Norma prescreve o método de ensaio • de fusíveis cartucho faca e virola, de ação rápida (R) e retardada ( L), de corrente nominal de até 600 A, para circuitos de até 600 V para corrente alternada de freqüência industrial. • ABNT NBR 9030:1985 - Sistema de proteção para interligação concessionária - Consumidor a partir de 69 kV – Procedimento. Esta Norma fixa as condições exigíveis para aplicação efetiva e uniforme de chaves fusíveis, relés e seus equipamentos associados de chaveamento localizados no ponto de interligação entre os sistemas da concessionária de energia elétrica e do consumidor, a partir de 69 kV. • ABNT NBR 5113:1988 - Fusíveis rolha – Especificação. Esta Norma fixa as condições exigíveis para fusíveis rolha não renováveis, de corrente nominal até 30 A, para circuitos até 254 V, 60 Hz, com capacidade de ruptura até 0,2 kA. • ABNT NBR 11849:1991 - Dispositivos-fusíveis de baixa tensão para uso por pessoas autorizadas - Fusíveis com contatos cilíndricos – Especificação. Esta Norma fixa as condições exigíveis para dispostivos para uso por pessoas autorizadas - fusíveis com contatos cilíndricos. Fabricantes Alguns fabricantes de fusíveis : • • • • • • Moran Elétrica LTDA. Bussmann Hikari Fusíveis Siemens InterFuss Fusíveis Industriais Mitsuden do Brasil Conclusão Depois dessa pesquisa percebemos que por menor que seja um fusível ele é muito importante no conjunto do sistema elétrico de qualquer lugar pois é o protetor da instalação, fusíveis e outros dispositivos de proteção contra sobrecorrente são uma parte essencial de um sistema de distribuição de energia para prevenir incêndios ou danos a outros elementos do circuito. Bibliografia http://www.mkeletrica.com.br/fusnh.htm http://www.bussmann.com.br/sistema/produtos.asp?area=85&produto=Fus%C3%ADveis %20gL/gG http://www.presenteparahomem.com.br/fisica-quais-tipos-de-fusiveis-existem/ http://www.brasilescola.com/fisica/fusiveis.htm http://hifusi.com.br/produtos.php http://www.intereng.com.br/produtos/bussmann/fusiveis/fusivel-baixa-voltagem/fusivelindustrial-para-baixa-voltagem-tipo-n-5/ http://www.ebah.com.br/content/ABAAABY_EAE/comandos-eletricos-mt http://pt.wikipedia.org/wiki/Fus%C3%ADvel http://www.olx.com.br/q/fusivel/c-207 http://www.eletricafsg.com.br/produto-86-fusivel_diazed_jng____40a http://www.iec.ch/ http://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=2111 http://www.abntcatalogo.com.br/normagrid.aspx