Você está na página 1de 6

Classes de palavras

Nomes: Palavras que designam pessoas, animais, sentimentos, seres da natureza Adjectivos: Palavras que acompanham os nomes, indicando características dos seres designados por eles. Verbos: Palavras que indicam, acções ou estados. Determinantes: Palavras que se colocam antes dos nomes e concordam com eles em género e número. Pronomes: Palavras que são usadas em vez dos nomes. Interjeições: Palavras invariáveis que exprimem sentimentos ou emoções. Preposições: Palavras invariáveis que estabelecem uma relação entre a palavra que as antecede e a palavra ou expressão que as segue.

Dêiticos
Relação referencial que se estabelece entre uma expressão linguística e um elemento da situação de enunciação - os dêiticos têm a função de apontar para o contexto situacional - a significação referencial dos dêiticos só pode ser definida em função da situação, do contexto, do receptor de um ato de fala. Conjunto de processos linguísticos que permitem inscrever no enunciado as marcas da sua enunciação: Dêiticos pessoais - apontam as pessoas do discurso eu, tu, nós, vós Dêiticos espaciais = determinantes e pronomes demonstrativos, advérbios, grupos adverbiais - aqui, cá, meu, vosso, este Dêiticos temporais = advérbios de tempo, desinências verbais temporais - amanhã, falarei Dêiticos sociais = assinalam a relação hierárquica entre os participantes e os papéis por eles assumidos - senhora, pintora, secretária

ADJUNTO ADVERBIAL: Bebeto anunciou a novidade em casa . Procuraram o leão por toda a parte INEXISTENTE: Choveu ontem cedo Há pessoas chorando Faz semanas que não a vejo. INDIRETO: Lembro-me do meu amigo Bebeto. é visto no centro da cidade. APOSTO: O leão. OBJETO DIRETO: O pai cortou-lhe a mesada. . COMPLEMENTO NOMINAL: Não tenho a menor inclinação para a música. VOCATIVO: Meu senhor. PREDICADO VERBAL: A mãe pediu os sais NOMINAL: Ficou maluco. animal feroz . não se assuste: é um leão manso. INDETERMINADO: Procurou-se o leão por toda parte. listrado passeava ali. ADJUNTO ADNOMINAL: Um tigre terrível. menino? VERBO-NOMINAL: Elas encontraram o leão morto. PREDICATIVO DO SUJEITO: Ele é feroz PREDICATIVO DO OBJETO: Nós encontramos a boneca limpa.Funções sintácticas SUJEITO SIMPLES: O leão fugiu da Jaula COMPOSTO: O leão e o tigre fugiram da jaula OCULTO: Ofereceu-lhe a própria pele. AGENTE DA PASSIVA: O leão foi conduzido à jaula pelo diretor do Zoo.

chamar. Exemplos: • • • O chocolate é saboroso. O Miguel continua doente.Complemento Directo.É constituído por um verbo copulativo ou de significação indefinida. parecer. A tua mãe está bem. um advérbio.É a palavra ou palavras que designam o objecto sobre o qual recai directamente a acção significada pelo verbo. O quê? Os Portugueses difundiram ✓ a língua por toda a parte. denominar. além do complemento directo. um adjectivo. etc . permanecer. que necessita de ser acompanhado de um nome. estar. completa a sua significação. Considerava-o como um filho. completando a sua significação. continuar. O João telefonou à namorada. ficar. considerar. tornar. Exemplos: • • • O aluno estuda. um pronome. Exemplos: Encontrei-o pensativo.Pedem predicativo do complemento directo os verbos transitivos (quando estiverem na voz activa): Achar.Predicado Verbal. Predicado Nominal. O quê? Amo ✓ a honestidade. . nomear.É a função sintáctica desempenhada pela palavra ou expressão que se junta aos verbos copulativos ou de significação indefinida.Alguns verbos pedem . que referindo-se ao sujeito. declarar. A Maria leu o livro. . isto é. Ex: O Paulo parece triste. qualifica aquele complemento.É constituído por um verbo de que por si só pode constituir predicado seguido ou não de complemento. NOTA: Verbos Coplulativos: Ser. O quê? Construí ✓uma casa. . uma palavra ou expressão equivalente que. … .Predicativo do complemento directo.Predicativo do Sujeito. aparecer.

geralmente. companhia: Vive com a família. Exemplos: • • O bolo foi feito pela Mónica. regido da preposição por.Complemento Circunstancial.É o adjectivo que se junta imediatamente ao nome para o qualificar.ATRIBUTO. meio: Viaja de comboio.É o complemento que indica o responsável pela prática da acção na forma passiva das frases. . fim: Trabalha para viver. Exemplo: O Luís.✓ lhe um livro. . irmão da Ana. .AGENTE DA PASSIVA. faltou à aula.. .Complemento Indirecto. O automóvel é conduzido pelo pai. • • • • • • • de de de de de de de modo : Lê com atenção.APOSTO. Exemplos: • • • Homem alto.É o nome (ou expressão equivalente) que se junta a outro nome para lhe acrescentar alguma informação. Exemplo: O livro de Ciências tem imagens lindas. Vou para Paris. que acrescenta alguma indicação ao nome que o precede. A quem? Dou aula ✓ aos alunos.É a palavra ou expressão que designa a pessoa ou coisa sobre a qual indirectamente recai a acção expressa pelo verbo. causa: Caiu de fraqueza. .designa uma circunstância ocasional da acção do verbo.COMPLEMENTO DETERMINATIVO.É o complemento introduzido pela preposição de. lugar: Nasceu em Lisboa. . A rapariga triste olhava o mar. Lemos um livro magnífico. Exemplos: A quem? Emprestei. O nome que designa o agente vem. tempo: Chegou a casa ontem.

a quem nos dirigimos.. chega aqui . .Tens razão. Exemplos: • • • – Ó Catarina.chamou o pai. animal ou coisa personificada. Mariana.É o complemento que designa o nome da pessoa.Artur ! . Grafia Palavras (escrita) Pronúncia Significado (som) Canto – Verbo cantar / Canto – nome: ângulo Exemplos Homónimas = = ≠ Rio – Verbo rir / Rio – nome: curso de água Colher – nome: utensílio / Colher – verbo. infinitivo Homógrafas = ≠ ≠ Molho – nome: tempero / Molho – nome: conjunto Cozer – verbo: confeccionar / Coser – verbo: costurar Homófonas ≠ = ≠ Concelho – divisão administrativa / Conselho – opinião Descrição – acto de descrever / Discrição – ser discreto Parónimas ≈ ≈ ≠ Moral – ética / Mural – relativo a muro .VOCATIVO.

(bom = generoso) Palavras Polissémicas Possuem grafia e pronúncia igual. jornal. Denotação – Estes são os meus filhos. . e várias acepções. e Hipónimos Palavras Sinónimas / Antónimas Hipónimo .. Conseguimos um bom resultado.Termo mais específico.. Mar de palavras. de base. para mim. (bom = valioso) Hiperónimo Hiperónimo . porque devido ao contexto onde se integram o seu significado pode alterar. Conotação – Os meus alunos são como filhos. comunicação. informação (. Denotação / Conotação Conotação – significados especiais que são acrescentados ao significado de base. Hiperónimo – mamífero / Hipónimo – cão Hiperónimo – flor / Hipónimo – rosa Sinónimos – bonito/ lindo.Termo que atribui a s generalização. Campo Lexical – conjunto de palavras que faz parte de uma determinada área da realidade. Semântico Campo semântico – conjunto de sentidos que pode ter a mesma palavra em contextos diferentes. fiel/ infiel Antónimos – Palavras com significados contrários. fiel/ leal Antónimos – bonito/ feio. Denotação – significado normal.Ele é um bom rapaz. notícias. Campo Lexical – Imprensa: jornalista. Nadar no Mar.) Campo Lexical / Campo semântico – Mar de gente. Sinónimos – Palavras com significados semelhantes.