Você está na página 1de 9

T

ÉCNI
CADE
R
evi
s
ãodo
sAP
ROV
ADOS

(
pou
coss
abe
mdi
s
so)
Og
uiap
ass
oap
ass
o
TÉCNICA DA REVISÃO
COMPRIMIDA

Fala galera do Close Friends Alfaflix! Beleza? Hoje quero


apresentar a vocês uma técnica de revisão SENSACIONAL!

Você literalmente vai ficar de queixo caído se aplicar essa


técnica. Os resultados são surpreendentes.

Quem estuda muito sabe que o processo de aprendizagem


é um caminho que exige dedicação e planejamento. Revisar
faz parte desse processo, mas é necessário aprender
COMO REVISAR.

A técnica que eu vou te ensinar agora, vai te


possibilitar reforçar aquilo que você já estudou e
dessa forma fixar aquele conteúdo de uma forma
consistente até que ele seja assimilado e a revisão
não mais seja necessária pois você já aprendeu.

Mas antes, preciso que preste bastante atenção nesta


explicação abaixo, sobre como o seu cérebro
funciona em relação ao que você estuda:

A curva do esquecimento

Descoberta em 1885 pelo filósofo alemão Hermann


Ebbinghaus, a curva mostra o quanto de informações
nosso cérebro é capaz de reter com o passar do
tempo, após uma sessão de estudos com uma hora
de duração.
Ela se inicia no zero, porque começa a contar um
pouco antes do momento em que o estudante inicia a
sua sessão de estudo.

Ao final da leitura do conteúdo, a curva atinge o ponto


máximo, o que significa que ele se lembra de 100%
do assunto ensinado (ou, como diz Dell’Isola, “ao
menos saberá o máximo que ele tem condições de
aprender, dado o conhecimento prévio sobre o
assunto”).

Perceba que a curva vai caindo com o passar dos


dias. Logo no segundo dia depois do fim dos estudos,
caso não tenha feito nenhuma revisão, o estudante
provavelmente se lembrará de pouca coisa, por volta
de 50% do que aprendeu.
Segundo o especialista, as pessoas se esquecem
mais nas primeiras horas do que ao longo de 30 dias.

Ao final do primeiro mês, restará apenas uma vaga


lembrança e a impressão que ficará é a de que você
nunca estudou aquele conteúdo, porque nosso
cérebro está acostumado a descartar informações
que não são reutilizadas com frequência.

Para mudar isso, Dell’Isola recomenda três passos:


Nas primeiras 24 horas após a sessão de
estudo, para cada leitura de uma hora, faça uma
revisão de dez minutos.
Ela deve ser feita
nesse período de
tempo, porque é o
momento em que
mais perdemos
informações e
isso será suficiente
para “segurar” a sua
memória.

Para ajudar no processo você pode usar fichas-


resumo, reler as informações anotadas no caderno ou
gravar trechos da aula para ouvi-los depois.
2) No sétimo dia após a
sessão de estudo (ou
seja, uma semana
depois) dedique apenas
cinco minutos para
reativar na memória esse
material.

3) Ao final de 30
dias, pratique o
conteúdo durante 2 a 4 minutos e isso deverá ser
suficiente para ajudá-lo a se lembrar novamente do
que estudou.

Essa técnica é útil para pessoas que estudam


grandes volumes de informações, como concurseiros
e vestibulandos.
Você pode colocá-la em prática durante algumas
semanas ou meses para ver se ela funciona no seu
caso.

Muitas vezes os estudantes não têm tempo para


agendar revisões em seus cronogramas, mas essa
aqui vale a pena tentar!

São pouco minutos (você só precisa revisar no


máximo durante 10 minutos uma sessão de uma
hora) e se você revisa não precisa passar mais outra
hora reaprendendo o conteúdo antes das provas.

RESUMINDO, O QUE VOCÊ APRENDEU AQUI:

A Curva do Esquecimento é uma teoria que foi desenvolvida


pelo filósofo e pesquisador alemão Hermann Ebbinghaus e
que fala sobre como a nossa capacidade de reter
informações diminui com o passar do tempo.

Você também viu que, depois de 24 horas, por exemplo,


você vai lembrar apenas 70% do que você aprendeu hoje .
E se não revisar nada em 30 dias você perde praticamente
80% dessas informações .

𝗘𝗻𝘁𝗮̃𝗼 𝗰𝗼𝗺𝗼 𝗽𝗼𝘀𝘀𝗼 𝗳𝗮𝘇𝗲𝗿 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗻𝗮̃𝗼


𝗲𝘀𝗾𝘂𝗲𝗰𝗲𝗿 𝗼 𝗾𝘂𝗲 𝗲𝘀𝘁𝘂𝗱𝗲𝗶?

Confira abaixo quais os momentos


mais adequados para você fazer suas
revisões:

OBS: Voce pode começar a 1ª revisão após terminar de estudar ou após 24h.

Coloque em prática esse método e se surpreenda!

CLIQUE AQUI PARA VER UM VÍDEO EXPLICANDO A TÉCNICA

Você também pode gostar