Você está na página 1de 5

Julia Maldonado Garcia

Anatomia dentária
Dentes decíduos
MADEIRA, M. C. Anatomia do Dente. 5a ed. Editora Sarvier.

01) Dentre as funções cumpridas pelos elementos dentais, assinale a alternativa que corresponde àquela
exclusivamente realizada pelos dentes decíduos:

(a) Manutenção de espaço para sucessores.


(b) Mastigação.
(c) Fonação.
(d) Estética facial.

Respostas e comentários:
A: Resposta correta! Mesmo cumprindo as funções clássicas de mastigação, fonação e estética, os dentes decíduos são os
responsáveis pela manutenção do espaço para os dentes permanentes, função esta cumprida apenas por eles!
B: Os dentes decíduos cumprem a função da mastigação, cortando, triturando e dilacerando alimentos, porém, os dentes
permanentes também cumprem essa função!
C: Os dentes decíduos cumprem a função da fonação, ajudando na pronúncia de sons específicos, porém, os dentes permanentes
também cumprem essa função!
D: Os dentes decíduos cumprem a função estética facial, compondo o sorriso, porém, os dentes permanentes também cumprem essa
função!

02) Assinale a alternativa que corresponde à correta distribuição da dentição decídua em um hemiarco:

(a) 5 elementos - 2 incisivos, 1 canino, 2 molares.


(b) 12 elementos - 4 incisivos, 2 caninos, 2 pré-molares, 4 molares.
(c) 10 elementos - 4 incisivos, 2 caninos, 4 molares.
(d) 7 elementos - 2 incisivos, 1 canino, 2 pré-molares, 2 molares.

Respostas e comentários:
A: Resposta correta! Um hemiarco corresponde à metade de um arco, estendendo-se, na dentição decídua, do incisivo central ao
segundo molar. Ao todo, são 5 elementos: incisivo central, incisivo lateral, canino, primeiro molar e segundo molar.
B: A dentição decídua não conta com pré-molares! Esses dentes irão aparecer apenas na dentição permanente, erupcionando no
lugar antes ocupado pelos molares decíduos. Além disso, o hemiarco estende-se de incisivo central ao último molar do mesmo lado.
C: Um hemiarco corresponde à metade de um arco. O arco decíduo, sim, é composto por 10 elementos. Porém, o hemiarco
estende-se apenas do incisivo central ao segundo molar do mesmo lado (ou seja, totalizando 5 elementos).
D: A dentição decídua não conta com pré-molares já que esses dentes pertencem apenas à dentição permanente. Além disso, o
hemiarco corresponde à metade de um arco, estendendo-se do incisivo central ao último molar do mesmo lado.

03) A respeito da notação dental, de acordo com a Federação Dentária Internacional (FDI), assinale a correta
associação entre dente decíduo e número correspondente:

(a) 55 - Segundo molar superior direito decíduo.


(b) 64 - Primeiro pré-molar superior esquerdo decíduo.
(c) 75 - Segundo molar superior direito decíduo.
(d) 41 - Incisivo central inferior direito decíduo.

Respostas e comentários:
A: Resposta correta! A dentição decídua inicia sua notação com o primeiro dígito 5 correspondendo ao lado direito superior, e o
segundo dígito 5 correspondendo aos dentes segundos molares.
B: A dentição decídua não conta com pré-molares! O dente 64, então, é um primeiro molar superior esquerdo decíduo.
C: O dente 75 pertence ao lado esquerdo do arco! Portanto, o dente 75 seria um segundo molar superior esquerdo decíduo.
D: A notação dental para dentes decíduos inicia com o primeiro dígito entre 5 e 8. Portanto, o incisivo central inferior direito decíduo
receberia a notação 81.
04) A notação dental trata-se de um sistema capaz de facilitar a rotina clínica do cirurgião-dentista, assim
como a comunicação entre diferentes profissionais. A respeito desse tema, assinale a alternativa incorreta
sobre a notação dental para dentes decíduos:

(a) A notação dental clássica apresenta a identificação dos dentes decíduos a partir de algarismos
romanos.
(b) A notação dental para dentes decíduos estabelecida pela Federação Dentária Internacional (FDI)
utiliza algarismos arábicos que identificam o hemiarco com o primeiro dígito de 1 a 4.
(c) O hemiarco superior esquerdo decíduo, na notação internacional, é identificado pelo primeiro dígito 6.
(d) Os incisivos laterais decíduos são identificados pelo segundo dígito 2 na notação internacional.

Respostas e comentários:
A: Para dentes permanentes, a notação dental clássica utiliza algarismos arábicos, enquanto, para decíduos, algarismos romanos.
Além disso, a notação dental é acompanhada por uma representação gráfica do quadrante.
B: Resposta correta! Os dentes decíduos, na notação da FDI, são representados por algarismos arábicos que identificam o hemiarco
com o primeiro dígito de 5 a 8. Os permanentes são identificados de 1 a 4.
C: O hemiarco superior esquerdo decíduo recebe o primeiro dígito 6. Os elementos que o compõem são: 61, 62, 63, 64 e 65.
D: Dentes 52, 62, 72 e 82, em comum, com segundo dígito 2, correspondem, respectivamente, ao incisivo lateral direito superior
decíduo (52), incisivo lateral esquerdo superior decíduo (62), incisivo lateral esquerdo inferior decíduo (72) e incisivo lateral direito
inferior decíduo (82).

05) Apesar de semelhantes aos permanentes, os dentes decíduos apresentam características particulares.
Dentre as suas características gerais, assinale a alternativa correta:

(a) Os dentes decíduos apresentam camada de esmalte mais espessa que dentes permanentes.
(b) Os dentes decíduos apresentam maior grau de desgaste funcional em comparação aos permanentes.
(c) Em decíduos multirradiculares, as raízes costumam ser convergentes entre si.
(d) Os segundos molares decíduos são semelhantes aos segundos pré-molares permanentes.

Respostas e comentários:
A: A camada de esmalte dos dentes decíduos é mais fina do que a presente nos dentes permanentes. Por isso, os dentes decíduos
costumam apresentar um desgaste maior.
B: Resposta correta! Por conta da camada de esmalte mais delgada que a dos permanentes, os dentes decíduos apresentam maior
desgaste funcional!
C: Por conta da presença dos germes dentários permanentes entre as raízes dos molares decíduos, as suas raízes são divergentes.
D: Os segundos molares decíduos têm anatomia semelhante à anatomia dos primeiros molares permanentes.

06) Apesar da semelhança entre dentes decíduos e dentes permanentes, alguns grupos dentários ou
elementos específicos estão ausentes na dentição decídua. A respeito desse assunto, assinale a alternativa
que contempla um elemento dental ausente na dentição decídua:

(a) Primeiro molar.


(b) Primeiro pré-molar.
(c) Segundo molar.
(d) Canino.

Respostas e comentários:
A: Os primeiros molares estão presentes na dentição decídua e ficam entre canino e segundo molar decíduos.
B: Resposta correta! Os pré-molares estão ausentes na dentição decídua. Esses dentes aparecem apenas na dentição permanente
substituindo primeiro e segundo molares decíduos.
C: Os segundos molares estão presentes na dentição decídua e são os últimos dentes do arco! Ao longo do tempo, os primeiros
molares permanentes erupcionam à distal deles.
D: Os caninos estão presentes na dentição decídua e ficam localizados entre incisivo lateral e primeiro molar decíduos.
07) O primeiro molar inferior decíduo é um elemento dental muito particular e pouco se assemelha com outros
elementos dentários, seja da dentição permanente, seja da própria dentição decídua. A respeito desse dente,
assinale a alternativa correta:

(a) É tricuspidado.
(b) Na face oclusal, possui apenas uma cúspide lingual.
(c) Em geral, é um dente com duas raízes achatadas no sentido mésio-distal.
(d) São dentes mais estreitos na região cervical do que na região oclusal.

Respostas e comentários:
A: O primeiro molar inferior decíduo (dentes 74 e 84) possui quatro cúspides: duas vestibulares e duas linguais.
B: Na face oclusal, o primeiro pré-molar possui quatro cúspides, duas delas, linguais: cúspide mésio-lingual e cúspide disto-lingual.
C: Resposta correta! Os primeiros molares decíduos possuem duas raízes, uma mesial e uma distal, achatadas no sentido
mésio-distal. Além disso, são bem separadas e a furca se encontra próxima à linha cervical.
D: Os primeiros molares apresentam uma constrição na região cervical, então, a região oclusal é mais larga que a região cervical.

08) Na dentição decídua, após os caninos, os elementos subsequentes são os molares, elementos que
apresentam algumas particularidades e algumas semelhanças com a dentição permanente. Dentre as
alternativas abaixo, assinale a correta:

(a) Molares decíduos apresentam anatomia própria e não se assemelham a outros dentes.
(b) Os primeiros molares decíduos são maiores que os segundos molares decíduos.
(c) Os segundos molares decíduos assemelham-se aos primeiros molares permanentes.
(d) O colo anatômico dos molares decíduos é menos estreitado em comparação ao colo dos molares
permanentes.

Respostas e comentários:
A: Nem todos os molares decíduos têm anatomia própria. Os segundos molares decíduos, por exemplo, são praticamente idênticos
aos primeiros molares permanentes.
B: Os primeiros molares decíduos, geralmente, são menores que os segundos molares decíduos. A linha na dentição decídua é
crescente, ao contrário da dentição permanente.
C: Resposta correta! Os segundos molares decíduos constituem quase que um modelo exato dos primeiros molares permanentes,
possuindo, até mesmo, o tubérculo de Carabelli.
D: Uma das características dos dentes decíduos é seu colo anatômico muito estreitado.

09) O conhecimento da disposição e da quantidade de raízes de cada dente é fundamental para a rotina
clínica, seja para a interpretação de radiografias, realização de exodontias ou mesmo para a pesquisa de
canais radiculares na endodontia, ainda quando se trata da dentição decídua. Acerca desse assunto, assinale
a alternativa correta:

(a) O terço médio apical dos incisivos decíduos pode apresentar inclinação para lingual por conta dos
germes permanentes.
(b) Primeiros molares superiores decíduos apresentam raízes equivalentes em número, formato e posição
em relação a caninos inferiores permanentes.
(c) O primeiro molar superior decíduo apresenta duas raízes vestibulares e uma raiz palatal.
(d) As raízes dos dentes decíduos convergem entre si para melhor acomodar o germe dentário
permanente.

Respostas e comentários:
A: A inclinação dos incisivos decíduos é para vestibular devido à posição lingual do germe dentário.
B: Os primeiros molares superiores decíduos têm anatomia própria e não se assemelham a outros dentes do arco. Ainda assim, os
dentes permanentes que mais se assemelham a eles são os pré-molares superiores.
C: Resposta correta! Esse dente é trirradicular, com duas vestibulares e uma raiz palatal.
D: As raízes dos dentes decíduos divergem entre si para acomodar o germe dentário entre elas.
10) Em um banco de dentes de uma universidade, decidiu-se separar os dentes decíduos doados à instituição
de acordo com o elemento dental. O primeiro dente a ser categorizado apresentava as seguintes
características: face oclusal muito alongada no sentido mésio-distal, cúspide mésio-vestibular ligada a cúspide
mésio-lingual por ponte de esmalte e duas raízes, uma mesial e uma distal. De acordo com essa descrição, o
dente em questão provavelmente é um:

(a) Segundo molar superior decíduo.


(b) Primeiro molar superior decíduo.
(c) Segundo molar inferior decíduo.
(d) Primeiro molar inferior decíduo.

Respostas e comentários:
A: Os segundos molares decíduos, inferiores ou superiores, imitam a anatomia dos primeiros molares permanentes, assim, são
dentes com três raízes.
B: O primeiro molar superior decíduo é um dente com três raízes.
C: Os segundos molares decíduos, inferiores ou superiores, imitam a anatomia dos primeiros molares permanentes, assim, são
dentes com três raízes.
D: Resposta correta! O primeiro molar inferior decíduo possui duas raízes, quatro cúspides e uma face oclusal alongada no sentido
mésio-distal.

11) Em uma atividade da disciplina de Odontopediatria, os alunos precisavam distinguir a quais dentes
decíduos a descrição fornecida pela professora estava relacionada. A partir disso, o dente descrito como
trirradicular, dentre as opções abaixo, provavelmente será um:

(a) Canino.
(b) Pré-molar inferior decíduo.
(c) Primeiro molar inferior decíduo.
(d) Primeiro molar superior decíduo.

Respostas e comentários:
A: O canino decíduo, assim como os caninos permanentes, possui apenas uma raiz.
B: Os pré-molares são dentes exclusivos da dentição permanente e estão ausentes na dentição decídua.
C: O primeiro molar inferior decíduo possui apenas duas raízes, uma mesial e uma distal.
D: Resposta correta! Os primeiros molares superiores possuem três raízes: mésio-vestibular, mésio-distal e lingual.

12) Os espaços primatas são espaços interproximais encontrados na dentição decídua na maxila e na
mandíbula e tratam-se de elementos importantes. Acerca desse assunto, assinale a alternativa com o correto
local de espaço primata:

(a) Maxila - entre incisivo lateral e central.


(b) Mandíbula - entre incisivo lateral e canino.
(c) Maxila - entre canino e primeiro molar.
(d) Mandíbula - entre canino e primeiro molar.

Respostas e comentários:
A: No arco superior, os espaços primatas ficam entre incisivo lateral e canino.
B: No arco inferior, os espaços primatas estão presentes entre canino e primeiro molar.
C: No arco superior, os espaços primatas ficam entre incisivo lateral e canino.
D: Resposta correta! No arco inferior, os espaços primatas estão presentes entre canino e primeiro molar, auxiliando na acomodação
dos futuros dentes permanentes (maiores que os decíduos).

13) A partir da presença ou ausência de diastemas na dentição decídua, o arco decíduo pode ser classificado
conforme dois tipos: tipo I de Baume e tipo II de Baume. A respeito desse assunto, assinale a alternativa
correta:
(a) A condição mais desejada é um arco tipo I.
(b) A condição mais comum é o arco tipo II.
(c) No arco tipo II, há presença de diastemas.
(d) No arco tipo I, há apenas espaços entre dentes posteriores.

Respostas e comentários:
A: Resposta correta! O arco tipo I de Baume apresenta diastemas entre os dentes anteriores e é o tipo mais desejável porque, pela
presença dos espaços a diferença de tamanho entre decíduos e permanentes (maiores) é compensada.
B: A condição mais comum é o arco tipo I de Baume, com diastemas entre os dentes anteriores.
C: O arco tipo II de Baume é menos frequente e há ausência de diastemas. Por conta disso, pode haver problemas de
posicionamento dos dentes permanentes quando erupcionarem, já que eles são maiores que os decíduos.
D: O arco tipo I de Baume apresenta diastemas entre os dentes anteriores e é o tipo mais desejável porque, pela presença dos
espaços, a diferença de tamanho entre decíduos e permanentes (maiores) é compensada.

14) O conhecimento da anatomia dental e distinção de dentes decíduos e permanentes é fundamental para a
rotina clínica do cirurgião-dentista. Em relação a esse tema, assinale a alternativa incorreta:

(a) A dimensão transversal é maior que a dimensão sagital no arco decíduo.


(b) O arco decíduo tem o mesmo formato ovalado do arco permanente.
(c) Com o aumento do número de dentes, o arco dental precisa se adaptar.
(d) O arco permanente tem formato ovalado.

Respostas e comentários:
A: Por conta do aspecto mais arredondado do arco, a dimensão transversal (de lateral a lateral) é maior que a dimensão sagital
(ântero-posterior).
B: Resposta correta! O arco decíduo possui menos elementos dentais, até por isso possui um formato de semi-círculo, enquanto o
arco permanente possui um formato ovalado para acomodar os dentes extras.
C: Por isso, o formato do arco muda de um semi-círculo (quando há apenas decíduos) para ovalado (na dentição permanente).
D: O formato ovalado possibilita ao arco permanente que acomode os dentes extras em relação a dentição decídua.

15) Incisivos e caninos decíduos são muito semelhantes aos dentes homólogos da dentição permanente.
Ainda assim, há diferenças entre dentição decídua e permanente. Sobre esse tema, assinale a alternativa
correta:

(a) A bossa cervical dos dentes decíduos é menos projetada do que a dos permanentes.
(b) Dentes decíduos possuem coroas mais altas e mais estreitas que coroas permanentes.
(c) A região de colo anatômico dos decíduos apresenta forte estreitamento.
(d) A anatomia dos dentes decíduos é mais rebuscada e detalhada que à dos permanentes.

Respostas e comentários:
A: As bossas cervicais dos decíduos são mais proeminentes que a dos permanentes pela maior constrição do colo anatômico.
B: As coroas dos dentes decíduos são mais baixas e mais largas que os dentes permanentes.
C: Resposta correta! O colo anatômico dos dentes decíduos é mais estreitado que dos permanentes. Assim, o esmalte termina de
maneira abrupta fazendo com que as bossas cervicais sejam mais proeminentes.
D: Os dentes decíduos são pobremente detalhados, seus elementos descritivos, como as fossas, fissuras e sulcos, costumam ser
pouco evidentes.

Você também pode gostar