Você está na página 1de 6

Ministério da Educação

Universidade Federal de Juiz de Fora

MEMORANDO DE ENTENDIMENTO

A UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA (Brasil), doravante denominada UFJF, inscrita no CNPJ
nº 21.195.755/0001-69, com sede na Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário, bairro
São Pedro, Juiz de Fora, MG – Brasil, CEP 36036-900, neste ato representada por seu reitor Prof. Dr.
Marcus Vinícius David, e as instituições abaixo relacionadas:

I – [Instituição parceira à Rede 1] (País), doravante denominada [Sigla], localizada na [endereço da


sede], neste ato representada por [Representante signatário], [Posição];

II – [Instituição parceira à Rede 2] (País), doravante denominada [Sigla], localizada na [endereço da


sede], neste ato representada por [Representante signatário], [Posição];

III – [Instituição parceira à Rede 3] (País), doravante denominada [Sigla], localizada na [endereço
da sede], neste ato representada por [Representante signatário], [Posição];

IV – [Instituição parceira à Rede 4] (País), doravante denominada [Sigla], localizada na [endereço


da sede], neste ato representada por [Representante signatário], [Posição];

V – [Instituição parceira à Rede 5] (País), doravante denominada [Sigla], localizada na [endereço da


sede], neste ato representada por [Representante signatário], [Posição];

{Adicionar quantos parceiros forem necessários}

CONSIDERANDO

que as parcerias internacionais nas áreas de {Áreas envolvidas na parceria. Exemplo: ciência,
tecnologia, inovação e ensino superior} são instrumentos importantes nas estratégias de inserção
dos países em desenvolvimento na economia global;

o reconhecimento pelas partes da importância da internacionalização do Ensino Superior,


principalmente no que se refere à mobilidade acadêmica de alunos, professores e pesquisadores e
a realização de pesquisa conjunta com instituições estrangeiras, além de outras ações que
impulsionem a pesquisa de ponta e o acesso à Economia de Conhecimento;

o anseio das universidades de se internacionalizarem e trocarem experiências sobre seus processos


de contato com o exterior;

RESOLVEM firmar este Memorando de Entendimento, nos termos da legislação aplicável, de


acordo com as cláusulas especificadas abaixo:

CLÁUSULA PRIMEIRA – OBJETIVO

Esta REDE tem por objetivo [objetivo da parceria feita pela Rede].

CLÁUSULA SEGUNDA – FORMAS GERAIS DE COLABORAÇÃO

2.1 Este Memorando de Entendimento visa a criação de um grupo de colaboração entre os


partícipes, que se dispõem a promover a fomentar a cooperação internacional das
universidades supracitadas por meio de ações conjuntas, troca de informações e experiências
relacionadas à cooperação internacional.
2.2 O grupo que ora se forma será identificado como: [Nome da Rede]
2.3 Este Memorando de Entendimento pretende regular possíveis extensões de colaboração entre
as partes.

CLÁUSULA TERCEIRA – FORMAS ESPECÍFICAS DE COLABORAÇÃO

O grupo pretende, por meio de reuniões presenciais periódicas e trocas virtuais entre os
participantes, o que se segue, sujeito à existência de disponibilidade prévia:
a. [Formas de colaboração, incluindo objetivos práticos]

CLÁUSULA QUARTA – IMPLANTAÇÃO DA COLABORAÇÃO

4.1 Tendo em vista que o grupo que por ora se estabelece tem objetivo [Objetivo da parceria], os
representantes legais de cada universidade-membro devem designar um professor de sua
respectiva instituição para coordenação e participação dos eventos promovidos pela REDE.
4.1.1 A coordenação geral da REDE será feita pelo [Coordenador geral da Rede], professor
adjunto da [Instituição de origem];
4.1.2 Encontra-se no Anexo 1 do presente memorando a lista com os nomes e contatos dos
coordenadores locais de cada universidade-membro, bem como de seus suplentes;
4.1.3 Havendo alterações, o novo titular da pasta assume a representação no grupo mediante
comunicação por correio eletrônico para a coordenação do grupo.
4.2 Visando ampliar a parceria e disseminação da cooperação internacional das universidades-
membro, as partes comprometem-se a integrar em seus esforços de cooperação a comunidade
acadêmica (professores, alunos e pesquisadores) de suas respectivas universidades.
4.3 {Adicionar qualquer outro ponto importante à colaboração}

CLÁUSULA QUINTA – RELAÇÕES JURÍDICO-INSTITUCIONAIS

Este Memorando de Entendimento não constitui e não se destina a criar obrigações legais, não será
interpretado como constituidor ou criador de qualquer vínculo jurídico ou institucional entre os
partícipes como corporação, associação, consórcio, dentre outras, nem pretende criar
compromissos compulsórios entre as partes, sejam implícitos ou explícitos.
{Caso crie vínculo jurídico, deve deixar claro}

CLÁUSULA SEXTA – PROPRIEDADE INTELECTUAL E CONFIDENCIALIDADE

A partilha de informações confidenciais será objeto de acordo formal de confidencialidade entre os


partícipes contendo as condições de divulgação, observado o disposto na legislação aplicável, no
que concerne à Administração Pública.

CLÁUSULA SÉTIMA – ADESÃO

7.1 A adesão de novos membros se dará por meio de um Termo de Adesão, conforme Anexo 2, a
ser preenchido e assinado pelo representante legal da instituição aderente e apresentado ao
coordenador geral da REDE.
7.2 O coordenador geral apresentará o pedido aos representantes dos demais membros da REDE e,
mediante aprovação por unanimidade, prosseguirá com a inclusão da instituição como
membro da referida REDE.
7.3 A inclusão se fará formalizada a partir da inclusão do Termo de Adesão no processo
administrativo número [Número do processo administrativo] da UFJF, a ser executada pela
Diretoria de Relações Internacionais mediante entrega a esta do Termo de Adesão pelo
coordenador geral da REDE. Não haverá período de carência.
7.4 Ao novo membro da REDE serão concedidos os mesmos direitos e deveres dos membros
fundadores da REDE.

CLÁUSULA OITAVA – VIGÊNCIA


Este Memorando de Entendimento entra em vigor na última data de assinatura dos representantes
legais das universidades-membro e terá vigência de [tempo de vigência] anos. Quaisquer mudanças
nos termos deste Memorando deverão ser efetuadas através de Termo Aditivo devidamente
acordado entre as partes signatárias.

CLÁUSULA NONA – DENÚNCIA

O presente Memorando de Entendimento poderá ser denunciado a qualquer momento, por


qualquer das partes, mediante comunicação expressa, com antecedência mínima de [número de
dias de antecedência] dias. Caso haja pendências, as partes definirão, mediante Termo de
Encerramento do Acordo, as responsabilidades pela conclusão de cada um dos trabalhos e todas as
demais pendências, respeitadas as atividades em curso.

CLÁUSULA DÉCIMA – RESOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIAS

Para dirimir dúvidas que possam ser suscitadas na execução e interpretação do presente acordo, as
partes envidarão esforços na busca de uma solução consensual.

Não sendo possível, as partes indicarão, de comum acordo, um terceiro, pessoa física instruída em
arbitragem internacional, para atuar como mediador e dirimir as controvérsias com base na
legislação de ambos os países envolvidos.

E por estarem assim justas e convencionadas, as partes assinam o presente termo em duas vias de
igual teor e para um só efeito.

________________________________
Prof. Marcus Vinícius David [Nome do Membro Fundador da Rede]
Reitor – UFJF [Posição] – [Instituição de Origem]
Data: ____/______/________ Data: ____/______/________
ANEXO 1 – NOMES E CONTATOS DOS COORDENADORES LOCAIS DAS UNIVERSIDAD
Instituição Função Nome Telefone E-mail
UFJF
ANEXO 2 – TERMO DE ADESÃO

TERMO DE ADESÃO À REDE [NOME DA REDE]

Eu, (NOME), (CARGO) da (INSTITUIÇÃO), doravante denominada (SIGLA), enquanto


representante legal desta, solicito adesão da minha instituição à REDE [NOME DA REDE]. A
(INSTITUIÇÃO) compromete-se a obedecer todas as cláusulas estabelecidas no Memorando
de Entendimento de criação da REDE.
Nomeio como coordenador local da instituição para esta REDE (NOME), (CARGO),
cujo contato está descrito abaixo:

Telefone E-mail Endereço

(LOCAL), (DATA).

________________________________
(NOME DO REPRESENTANTE LEGAL)
(CARGO)

Você também pode gostar