Você está na página 1de 6

ESCOLA

GRELHA DE REGISTO DO CONSELHO EXECUTIVO


Avaliação de Desempenho Anos Lectivos: 200 /200 - 200 /200
Docentes da Educação Pré-Escolar e dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino básico
Nome do Avaliador:
Cargo:
Nome do Avaliado:
Categoria:
Departamento Curricular:

A. Nível de Assiduidade e cumprimento do serviço distribuído

Evidências Observações Indicadores Classificação


A.1. - Serviço Lectivo - Grau de cumprimento do serviço e dos
respectivos objectivos individuais 1.º Ano 2.º Ano
Mapas de Cumprimento de menos de 100% do serviço lectivo E E
Assiduidade
do serviço
Cumprimento de 98% a 99,9% do serviço lectivo MB MB
lectivo Cumprimento de 95% a 97,9% do serviço lectivo B B
Cumprimento de 90% a 94,9% do serviço lectivo R R
Cumprimento de menos de 90% do serviço lectivo I I

A.2. - Empenho para a realização da totalidade das aulas previstas


A.2.1 - Compensações, permutas, preparação das substituições
Mapas de Empenhou-se sempre (100%) na realização das aulas previstas E E
registo:
- permutas Revelou muito empenho (75%-99%) na realização das aulas previstas MB MB
- planos de B B
Revelou empenho (40%-74,9%) na realização das aulas previstas
aulas de
substituição e Revelou pouco empenho (1%-39%) na realização das aulas previstas R R
compensação
Não revelou qualquer empenho na realização das aulas previstas I I

A. 3. - Apoio às aprendizagens dos alunos – Grau de cumprimento do


serviço e dos respectivos objectivos individuais

A.3.1 - Apoio às aprendizagens dos alunos


A.3.1.1 - Cumprimento do serviço e dos objectivos do apoio educativo
Avaliação dos Excedeu o que estava planeado, utilizando metodologias e instrumentos inovadores E E
apoios
Planificações Cumpriu o serviço de apoio e implementou estratégias adequadas e inovadoras MB MB
PCT Actas B B
Cumpriu o serviço de apoio e implementou estratégias adequadas
Cumpriu parcialmente não adequando as estratégias às necessidades dos alunos R R
Não cumpriu nem colaborou na implementação do serviço de apoio I I

A.3.1.2 - Cumprimento do serviço e dos objectivos e empenhamento no


apoio individual aos alunos
Mapa de Excedeu o que estava planeado, utilizando metodologias e instrumentos inovadores E E
assiduidade
Relatórios Cumpriu o serviço de apoio e implementou estratégias adequadas e inovadoras MB MB
Cumpriu o serviço de apoio e implementou estratégias adequadas B B
Cumpriu parcialmente não adequando as estratégias às necessidades dos alunos R R
Não cumpriu nem colaborou na implementação do serviço de apoio I I
A.4. - Serviço não lectivo – Grau de cumprimento do serviço e dos
respectivos objectivos individuais
A.4.1 - Cumprimento do serviço na componente não lectiva
Mapa de Cumprimento de 100% do serviço não lectivo E E
assiduidade
Relatórios Cumprimento de 98% a 99,9% do serviço não lectivo MB MB
Cumprimento de 95% a 97,9% do serviço não lectivo B B
Cumprimento de 90% a 94%,9% do serviço não lectivo R R
Cumprimento de menos de 89,9% do serviço não lectivo I I

B. Melhoria dos resultados escolares dos alunos e redução das taxas de abandono escolar tendo em
conta o contexto socioeducativo

Evidências Observações Indicadores Classificação


B.1 - Melhoria dos resultados escolares dos alunos – contributo do
Estatísticas docente e cumprimento dos respectivos objectivos individuais 1.º Ano 2.º Ano
B.1.1 - Progresso dos resultados escolares dos alunos do
ano/disciplina face ao ano lectivo anterior
Estatísticas Foram registados progressos acima de 5% E E
Foram registados progressos na ordem de 5% MB MB
Foram registados progressos na ordem de 1% a 4,9% B B
Não foram registados progressos R R
Houve regressão I I

B.1.2. - Progresso das aprendizagens dos alunos relativamente à


avaliação diagnóstica realizada no início do ano
Estatísticas Foram registados progressos acima de 15% E E
Acta C.T.
Foram registados progressos na ordem de 5% a 14,9% MB MB
Foram registados progressos na ordem de 1% a 4,9% B B
Não foram registados progressos R R
Houve regressão I I

B.1.3. - Evolução dos resultados escolares dos alunos relativamente à


evolução média: a) dos resultados dos alunos daquele ano de
escolaridade ou disciplina naquele agrupamento de escolas
Pautas Evolução dos resultados superior em 5% à evolução média dos resultados dos alunos
EstatísticasAc naquele ano/disciplina E E
ta C.T. Evolução dos resultados superior em 2,5% à evolução média dos resultados dos alunos
naquele ano/disciplina MB MB
Evolução dos resultados igual à evolução média dos resultados dos alunos naquele
ano/disciplina B B
Evolução dos resultados inferior em 2,5% à evolução média dos resultados dos alunos
naquele ano/disciplina R R
Evolução dos resultados inferior em 5% à evolução média dos resultados dos alunos
naquele ano/disciplina I I

B.1.3. - Evolução dos resultados escolares dos alunos relativamente à


evolução média: b) dos mesmos alunos no conjunto das outras
disciplinas da turma no caso dos alunos dos 2.º e 3.º ciclos do ensino
básico
Pautas Evolução dos resultados superior em 5% à evolução média dos resultados dos mesmos
EstatísticasAc alunos no conjunto das outras disciplinas da turma E E
ta C.T. Evolução dos resultados superior em 2,5% à evolução média dos resultados dos
mesmos alunos no conjunto das outras disciplinas da turma MB MB
Evolução dos resultados igual à evolução média dos resultados dos dos mesmos alunos
no conjunto das outras disciplinas da turma B B
Evolução dos resultados inferior em 2,5% à evolução média dos resultados dos mesmos
alunos no conjunto das outras disciplinas da turma R R
Evolução dos resultados inferior em 5% à evolução média dos resultados dos mesmos
alunos no conjunto das outras disciplinas da turma I I
B.1.4 - Classificações nas provas de avaliação externa e respectiva
diferença relativamente às classificações internas
Estatísticas Existe uma diferença entre avaliação interna e externa acima dos 2.1% E E
(provas aferição
e Exames 9.º Existe uma diferença entre avaliação interna e externa entre 5% de insucesso até 2% de
ano) Avaliação sucesso MB MB
Interna Existe uma diferença entre avaliação interna e externa entre 5% e 9,9% de insucesso B B
Avaliação Actas
(CP/CT) Existe uma diferença entre avaliação interna e externa entre 10% e 19,9% de insucesso R R
Existe uma diferença entre avaliação interna e externa acima dos 20% de insucesso I I

B.1.5. - Outros elementos a ponderar tendo em conta a ficha de auto-


avaliação
E E
MB MB
B B
R R
I I

B.2 - Redução do abandono escolar – Contributo do docente e


cumprimento dos respectivos objectivos individuais
B.2.1 - Contributo do docente para a redução do abandono escolar
tendo em conta os elementos fornecidos pela ficha de auto-avaliação
B.2.1.1 - Empenho, participação e contributo para a definição e
concretização de estratégias para a prevenção e redução do abandono
escolar
Relatório O docente empenhou-se, participou e contribuiu de forma plena na definição e
Portfólio concretização de estratégias de prevenção e redução do abandono escolar E E
Actas O docente revelou empenho activo, na definição e concretização de estratégias de
(CT/CD) prevenção e redução do abandono escolar MB MB
O docente revelou empenho na definição e concretização de estratégias de prevenção e
redução do abandono escolar B B
O docente revelou pouco empenho na definição e concretização de estratégias de
prevenção e redução do abandono escolar R R
O docente não revelou empenho, não participou nem contribuiu para a definição e
concretização de estratégias de prevenção e redução do abandono escolar I I

C. Participação na vida do agrupamento

Evidências Observações Indicadores Classificação


C.1 - Participação nos projectos e actividades previstas no Projecto
Educativo, Plano Anual de Actividades e no PCT 1.º Ano 2.º Ano
C.1.1 - Avaliação do nível de participação e dinamização de projectos e
do cumprimento dos objectivos individuais
C.1.1.1 - Empenhamento e qualidade da participação do docente (no
1.º Ciclo designadamente na supervisão das AEC)
Relatório Evidencia níveis de participação e empenho excelentes apostando na inovação e
responsável criatividade no desenvolvimento de projectos/actividades no âmbito do PE/PAA/PCT E E
pela Evidencia níveis de participação e empenho acima da média no desenvolvimento de
actividade projectos/actividades no âmbito do PE/PAA/PCT MB MB
Portfólio Participou e dinamizou com empenho projectos e actividades no âmbito do PE/PAA/PCT B B
Participou passivamente em actividades no âmbito do PE/PAA/PCT R R
Não participou nem dinamizou qualquer projecto/actividade no âmbito do PE/PAA/PCT I I

C.2 - Participação no âmbito de outros projectos e actividades extra-


curriculares
C.2.1 - Avaliação do nível de participação e dinamização de projectos e
do cumprimento dos objectivos individuais
C.2.1.1 - Empenhamento e qualidade da participação do docente
Relatório Evidencia níveis de participação dinâmica e empenho excelentes apostando na inovação
responsável e criatividade no desenvolvimento de projectos/actividades extra-curriculares, de forma a
pela cumprir os objectivos individuais E E
actividade
Portfólio
Relatório
responsável
pela
actividade desenvolvimento de projectos/actividades extra-curriculares, de forma a cumprir os
Portfólio objectivos individuais MB MB
Participou e dinamizou com empenho em projectos/actividades extra-curriculares, de
forma a cumprir os objectivos individuais B B
Participou passivamente em actividades extra-curriculares R R
Não participou nem dinamizou qualquer projecto/actividade extra-curricular, de forma a
cumprir os objectivos individuais I I

C.3 - Participação nas estruturas de orientação educativa e nos órgãos


de gestão
C.3.1 - Avaliação da participação nas estruturas de orientação
educativa e nos órgãos de gestão e do cumprimento dos objectivos
individuais
C.3.1.1 - Empenhamento e qualidade da participação do docente nas
estruturas dwe orientação educativa e nos órgãos de gestão
Actas Evidencia níveis de qualidade excelentes na participação em estruturas de orientação
Relatórios educativa e órgãos de gestão, dinamizando iniciativas relevantes para a Escola E E
Revelou níveis de empenho e qualidade acima da média na participação em estruturas
de orientação educativa e órgãos de gestão MB MB
Revelou empenho e qualidade na participação em estruturas de orientação educativa e
órgãos de gestão B B
Raramente revelou empenho na participação em estruturas de orientação educativa e
órgãos de gestão R R
Não revelou qualquer empenho na participação em estruturas de orientação educativa e
órgãos de gestão I I

C.3.1.2 - Empenhamento e qualidade da participação do docente em


outros cargos ou funções de natureza pedagógica
Actas Evidencia níveis de qualidade e excelência na participação em outros cargos ou funções
Relatórios de natureza pedagógica, para os quais foi eleito ou nomeado E E
Portfólios Revelou níveis de empenho e qualidade acima da média na participação em outros
cargos ou funções de natureza pedagógica MB MB
Revelou empenho e qualidade na participação em outros cargos ou funções de natureza
pedagógica B B
Raramente revelou empenho na participação em outros cargos ou funções de natureza
pedagógica R R
Recusou, por motivos injustificados, o exercício de cargos ou funções de natureza
pedagógica I I

C.4. - Participação e dinamização de projectos de investigação,


desenvolvimento e inovação educativa
C.4.1. - Avaliação da participação e dinamização de projectos de
investigação, desenvolvimento e inovação educativa e do cumprimento
dos objectivos individuais
C.4.1.1 - empenhamento e qualidade da participação do docente em
projectos de investigação, desenvolvimento e inovação educativa
Registo de Realizou e aplicou projectos inovadores, resolvendo a problemática existente e propondo
dados melhoria organizacional E E
Relatórios Realizou e aplicou projectos inovadores,com vista à resolução de problemas existentes
no Agrupamento MB MB
Realizou por iniciativa própria projectos de investigação, com vista à resolução de
problemas existentes no Agrupamento B B
Participou em projectos de projectos de investigação, com vista à resolução de
problemas existentes no Agrupamento R R
Não participou em projectos de investigação, com vista à resolução de problemas
existentes no Agrupamento I I

E. Relação com a comunidade

Evidências Observações Indicadores Classificação


E.1 - Relação com a comunidade 1.º Ano 2.º Ano
E.1.1 - Avaliação da relação com a comunidade e do cumprimento dos
respectivos objectivos individuais
E.1.1.1 - Empenhamento e qualidade da participação do docente no
desenvolvimento das relações entre a esola e a comunidade
Relatórios Revela elevado nível de empenho e qualidade no desenvolvimento de relações com a
PAA comunidade, promovendo a boa imagem da Escola E E
Reulamento Revela muito empenho e qualidade no desenvolvimento de relações com a comunidade MB MB
Interno
Revela empenho e qualidade no desenvolvimento de relações com a comunidade B B
Revela pouco empenho e qualidade no desenvolvimento de relações com a comunidade R R
Não revela qualquer empenho no desenvolvimento de relações com a comunidade a que
se propôs I I

E.2 - Apreciação dos pais e encarregados de educação


E.2.1 - Formulação de acordo com o estipulado no regulamento interno
do agrupamento
E.2.1.1 - A registar pelo grupamento
Regulamento Grau de satisfação excelente E E
Interno
Relatório Grau de satisfação muito bom MB MB
Individual Grau de satisfação bom B B
Grau de satisfação regular R R
Grau de satisfação insuficiente I I

F. Avaliação da função de avaliador dos outros docentes

Evidências Observações Indicadores Classificação


F.1 - Função de avaliador dos outros docentes 1.º Ano 2.º Ano
F.1.1 - Planeamento e organização do trabalho de avaliação dos
docentes
E E
MB MB
B B
R R
I I

F.1.2. Rigor e equidade no processo de avaliação dos docentes


E E
MB MB
B B
R R
I I

F.1.3. Apreciação da efectiva diferenciação do desempenho dos


docentes
E E
MB MB
B B
R R
I I

F.1.4. Organização de dispositivos de supervisão/acompanhamento


das actividades lectivas dos docentes avaliados
E E
MB MB
B B
R R
I I

G. Funções de Coordenação do Conselho de Docentes ou do Departamento Curricular

Evidências Observações Indicadores Classificação


G.1 - Funções de Coordenação 1.º Ano 2.º Ano
G.1.1 - Coordenação e promoção do trabalho cooperativo
G.1.1.1 - Instituição de mecanismos de articulação curricular entre os
docentes do departamento
Grau de satisfação excelente E E
Grau de satisfação muito bom MB MB
Grau de satisfação bom B B
Grau de satisfação regular R R
Grau de satisfação insuficiente I I

G.1.1.2 - Instituição de mecanismos de trabalho cooperativo e


planeamento conjunto entre os docentes do departamento
Grau de satisfação excelente E E
Grau de satisfação muito bom MB MB
Grau de satisfação bom B B
Grau de satisfação regular R R
Grau de satisfação insuficiente I I

G.1.1.3 - Instituição de mecanismos de trabalho cooperativo e


planeamento conjunto entre os docentes que leccionam a mesma
disciplina
Grau de satisfação excelente E E
Grau de satisfação muito bom MB MB
Grau de satisfação bom B B
Grau de satisfação regular R R
Grau de satisfação insuficiente I I

G.1.1.4 - Instituição de mecanismos de trabalho cooperativo e


planeamento conjunto entre os docentes que leccionam o mesmo
ciclo/ano/nível
Grau de satisfação excelente E E
Grau de satisfação muito bom MB MB
Grau de satisfação bom B B
Grau de satisfação regular R R
Grau de satisfação insuficiente I I

G.1.2 - Articulação com outras estruturas


Grau de satisfação excelente E E
Grau de satisfação muito bom MB MB
Grau de satisfação bom B B
Grau de satisfação regular R R
Grau de satisfação insuficiente I I