Você está na página 1de 22
Teoria de Erros Mensurando é a grandeza a ser determinada num processo de medição. Como
Teoria de Erros
Mensurando é a grandeza a ser determinada num processo
de medição. Como regra geral, valor verdadeiro do
mensurando é uma quantidade desconhecida, isto é,
mesmo após a medição, o valor verdadeiro do mensurando só
pode ser conhecido aproximadamente, devido a erros de
medição Esta é a razão da abordagem estatística para a
Teoria de Erros
Quando o valor
verdadeiro é conhecido Aferição de
equipamentos ou experiências didáticas
Objetivos da Teoria de Erros = y Erro y v 1) Obter o melhor valor
Objetivos da Teoria de Erros
= y
Erro
y v
1) Obter o melhor valor para o mensurando a partir dos dados
experimentais disponíveis. Isto significa determinar a melhor
aproximação possível para o valor verdadeiro
probabilísticos.
, em termo
2) Obter a incerteza no melhor valor obtido, o que significa
determinar quanto este melhor valor pode ser diferente do valor
verdadeiro da grandeza física, em termos probabilísticos.
Teoria de Erros
Teoria de Erros
Justificativa para a função gaussiana 1) Superposição de 2 distribuições retangulares: Uma variável discreta X,
Justificativa para a função gaussiana
1) Superposição de 2 distribuições retangulares: Uma variável
discreta X, que só pode ter 5 valores equiprováveis: -2, -1, 0, 1 e 2
Justificativa para a função gaussiana 2) Superposição de 2 distribuições retangulares
Justificativa para a função gaussiana
2) Superposição de 2 distribuições retangulares
Justificativa para a função gaussiana 3) Superposição de 3 distribuições retangulares
Justificativa para a função gaussiana
3) Superposição de 3 distribuições retangulares
Relembrando = y Erro y v 1) Obter o melhor valor para o mensurando a
Relembrando
= y
Erro
y v
1) Obter o melhor valor para o mensurando a partir dos dados
experimentais disponíveis. Isto significa determinar a melhor
aproximação possível para o valor verdadeiro
probabilísticos.
, em termo
2) Obter a incerteza no melhor valor obtido, o que significa
determinar quanto este melhor valor pode ser diferente do valor
verdadeiro da grandeza física, em termos probabilísticos.
Melhor aproximação para o valor verdadeiro Se uma medição de uma determinada grandeza y é
Melhor aproximação para o valor verdadeiro
Se uma medição de uma determinada grandeza y é repetida n vezes
com o mesmo instrumento de medidas, a melhor aproximação
para o valor verdadeiro da grandeza é o valor médio:
Incerteza Uma grandeza física experimental deve ser determinada a partir de medição e o resultado
Incerteza
Uma grandeza física experimental deve ser determinada a partir de
medição e o resultado é sempre uma aproximação para o valor
verdadeiro. Os objetivos da teoria de erros consistem em
determinar o melhor valor possível (valor experimental) para a
grandeza a partir das medições e determinar quanto o melhor valor
obtido pode ser diferente do valor verdadeiro.
A incerteza no melhor valor y pode ser definida como uma
indicação de quanto este melhor valor pode diferir do valor
verdadeiro do mensurando, em termos de probabilidade.
Vamos estudar agora como calcular as incertezas em uma
medição
Erros sistemáticos e Estatísticos Se a melhor aproximação para o valor experimental é a média,
Erros sistemáticos e Estatísticos
Se a melhor aproximação para o valor experimental é a média,
então a incerteza na medição deve estar associada à dispersão dos
valores ao redor da média.
O desvio padrão é um estimador da dispersão em torno da média
Erros sistemáticos e Estatísticos Erro sistemático: É sempre o mesmo nos n resultados. Isto é,
Erros sistemáticos e Estatísticos
Erro sistemático: É sempre o mesmo nos n resultados. Isto
é, quando existe somente erro sistemático, os n resultados y i
são iguais e a diferença para o valor verdadeiro y v é sempre a
mesma.
Erro estatístico ou aleatório: É um erro tal que os n
resultados y i se distribuem de maneira aleatória em torno do
valor verdadeiro y v (na ausência de erro sistemático).
Conforme o número de repetições da medição aumenta
indefinidamente o valor médio se aproxima do valor
verdadeiro da grandeza.
Erros sistemáticos Erros Sistemáticos instrumentais Erros Sistemáticos ambientais Erros Sistemáticos
Erros sistemáticos
Erros Sistemáticos instrumentais
Erros Sistemáticos ambientais
Erros Sistemáticos observacionais
Erros Sistemáticos teóricos
Sobram as incertezas sistemáticas residuais…
Erros Estatísticos O erro estatístico de uma medida é representado pelo desvio padrão do valor
Erros Estatísticos
O erro estatístico de uma medida é representado pelo desvio
padrão do valor médio
Erro Total
=
(
2
2
x
x
)
+
(
x
)
total
est
sist
Precisão X Acurácia (exatidão) Acurácia ou exatidão é um conceito qualitativo para descrever quanto o
Precisão X Acurácia (exatidão)
Acurácia ou exatidão é um conceito qualitativo para descrever
quanto o resultado de uma medição é próximo do valor verdadeiro.
Em outros termos, um valor muito acurado (ou muito exato) é um
valor muito próximo do valor verdadeiro, com erro total muito
pequeno.
Precisão é um conceito qualitativo para caracterizar resultados
com erros estatísticos pequenos, com pequena dispersão em
relação ao valor médio verdadeiro. Em medições com boa
precisão, obtém-se resultados com muitos dígitos e bastante
repetitivos. Entretanto, pode existir erro sistemático grande e a
acurácia pode ser ruim.
Precisão X Acurácia (exatidão) O seguintes casos abaixo são precisos? São acurados? a) b)
Precisão X Acurácia (exatidão)
O seguintes casos abaixo são precisos? São acurados?
a)
b)
Precisão X Acurácia (exatidão) c) d)
Precisão X Acurácia (exatidão)
c)
d)
Intervalo de confiança (y ) < y v < (y + ) ( com nível
Intervalo de confiança
(y
) < y v < (y +
)
( com nível de confiança P)
Ex: Distribuição Gaussiana (ou normal)
Algarismos Significativos Incerteza padrão experimental: (y ) < y v < (y + ) (
Algarismos Significativos
Incerteza padrão experimental:
(y
) < y v < (y +
)
( com nível de confiança P ≈ 68%)
Conceito de Algarismo Significativo: Algarismo significativo em
um número pode ser entendido como cada algarismo que
individualmente tem algum significado, quando o número é
escrito na forma decimal.
O,OOOOXY
ZWABCD
Não significativo
Não significativo
Significativo
Exemplo Uma distância foi medida, obtendo-se os resultados y = 73,6m = 1,2m 70,0 m
Exemplo
Uma distância foi medida, obtendo-se os resultados
y = 73,6m
= 1,2m
70,0 m < y v < 77,2 C.L. ≈ 99,7%
Algarismos Significativos O primeiro algarimos em y v é 7 quase com certeza. Existe uma
Algarismos Significativos
O primeiro algarimos em y v é 7 quase com certeza. Existe uma
probabilidade muito pequena que o algarismo correto seja 6.
O segundo algarismo em y v é, quase com certeza, um dos
algarismos de 0 a 7. É muito pouco provável que seja 8 ou 9.
O terceiro algarismoem y v pode ser qualquer um, mas a
probabilidade é um pouco maior para algarismo próximos de 6.
Assim, quando se escreve y = 73,64 m e σ=1,23 m, o
algarismo 4 não é significativo porque este algarimo tem a
mesma chance de ser o algarismo correto que qualquer outro
algarismo de 0 a 9 é incorreto escrevê-lo no resultado
O algarismo 3 na incerteza corresponde ao algarismo 4 e por
isso não tem muita utilidade.
Algarismos na incerteza padrão A incerteza padrão deve ser dada com 2 algarismos, quando o
Algarismos na incerteza padrão
A incerteza padrão deve ser dada com 2 algarismos, quando o
primeiro algarismo na incerteza for 1 ou 2.
A incerteza padrão pode ser dada com 1 ou 2 algarismos,
quando o primeiro algarismo na incerteza for 3 ou maior.
O Resultado final para y v deve ter o
mesmo número de casas decimais que σ
Arredondamento de Números
Arredondamento de Números