Você está na página 1de 6

http://www.sitecao.

com/negocios-pet-friendly-saiba-como-transformar-sua-empresa/
#:~:text=Elencamos%20uma%20lista%20de%20atitudes,m%C3%ADnima%20e%20ra%C3%A7a
%2C%20por%20exemplo.

NEGÓCIOS PET FRIENDLY: SAIBA COMO TRANSFORMAR SUA EMPRESA

Segundo dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de


Estimação), o Brasil é atualmente um dos três maiores mercados do mundo em faturamento
no setor pet, e fica atrás somente dos Estados Unidos e Reino Unido.

Do ponto de vista dos Negócios, aderir ao modelo Pet Friendly pode ajudar a atrair esse
público gigantesco de clientes e aumentar o movimento do ambiente. Em uma pesquisa do
Serviço de Proteção ao Consumidor (SPC Brasil), 62% dos entrevistados disseram sentir falta de
espaços que possibilitem a permanência dos animais de estimação junto aos donos, como
lojas, centros comerciais, bares e restaurantes.

Um estudo da Universidade de Plymouth, na Inglaterra, indica que basta um aquário no local


de trabalho para os níveis de ansiedade baixarem significativamente.

COMO ADAPTAR SEU NEGÓCIO?

– Comece desenvolvendo uma lista de critérios para cães permitidos. Isso pode incluir pedir
evidências de bom comportamento; status de vacinação; idade mínima e raça, por exemplo.
Também considere limitar o acesso a áreas apropriadas e exigir que os animais estejam com a
saúde em dia, por exemplo;

– Atenção aos cabos de energia, corredores estreitos e janelas baixas sem proteção, que
podem se tornar perigosos e causar acidentes com os bichinhos;

– É preciso dispor de um lugar onde haja saquinhos de lixo, tapetes higiênicos, panos para
auxiliar na limpeza do ambiente pelos próprios tutores, caso ele venha a fazer sujeira no
estabelecimento;

– Providencie recipientes de água e comida em pontos estratégicos; sinalizadores de portas de


vidro; coleira para deixar os animais e caminhas para descanso. Oferecer comida é um
diferencial;

– Disponha de uma equipe de atendimento treinada e com conhecimentos básicos sobre raças
e sobre como lidar e receber bem os animais;

– Estabelecimentos como restaurantes e padarias devem seguir algumas regras para estarem
de acordo com as normas de vigilância sanitária da Anvisa;
https://blog.ahgora.com/empresas-pet-friendly/

Como é a política de trabalho em empresas pet friendly?

O mercado se transformou – principalmente, com a entrada da Geração Z. Com times cada vez
mais diversos, a gestão de pessoas passa por um ponto de conversão entre o capital humano e
o seu ambiente de trabalho.

Um estudo da Universidade de Plymouth, na Inglaterra, indica que basta um aquário no local


de trabalho para os níveis de ansiedade baixarem significativamente. Além disso, é notada
uma melhora na saúde mental dos profissionais.

Empresas pet friendly também são bem vistas, tanto pelo mercado, quanto pelos clientes,
como uma corporação que se preocupa com a qualidade de vida dos seus colaboradores.

 Para criar empresas pet friendly, o primeiro passo é avaliar o espaço físico do
escritório. É importante refletir se existe a capacidade real de receber os pets no
ambiente de trabalho com conforto, tanto para eles quanto para a equipe.
 Cabos de energia, corredores estreitos e janelas baixas sem proteção são perigosos e
podem causar acidentes. Inclusive, é preciso pensar em onde colocar camas de cães e
gatos e potes de água e comida para que os animais fiquem à vontade.
 Visando garantir o bem estar de todos no escritório, é importante criar e implementar
regras de convivência. Para não haver uma superlotação de animais, uma agenda
coletiva em que os colaboradores se revezem para levar seus pets é uma boa opção.
 Outra regra importante é exigir que os animais estejam com a saúde em dia. Cães e
gatos devem estar vermifugados, vacinados e com banho e tosa feitos. Um animal
doente ou em mau estado pode causar desconforto ou até contaminar outros animais
presentes.

Uma comunicação transparente e eficiente sobre a adoção da cultura pet friendly também é
fundamental. A equipe de RH deve comunicar todos os colaboradores e planejar a forma de
implementação desse novo formato. Caso sejam instituídos dias específicos para receber os
animais, emitir comunicados com antecedência é bem importante.

O time de RH pode realizar ações específicas para os donos de pets que querem levar seus
animais para o trabalho também. Incentivar o adestramento e gerenciar as expectativas dos
colaboradores faz com que a introdução dos pets no escritório ocorra com tranquilidade.

É importante notar que o time corporativo é um grupo diverso de pessoas. Assim, algumas
delas podem não gostar de animais ou precisar de um ambiente calmo para se concentrar nas
suas atividades. Por isso, é fundamental que empresas pet friendly criem espaços reservados
para que os colaboradores tenham a opção de não participar da interação com os pets.
https://www.petz.com.br/blog/pets/pet-friendly/

 Pet friendly: o que é e como funciona esse serviço


 Equipe de atendimento treinada e com conhecimentos básicos sobre raças e sobre
como lidar e receber bem os cachorros;
 Bebedouros com água fresca em diferentes locais do estabelecimento;
 Oferta de saquinhos “cata-caca” e lixeiras exclusivas para as fezes dos pets;
 Locais reservados para os pets, onde possam ficar à vontade com seus tutores,
 Essas são algumas das exigências mínimas para um serviço de hotel ou pousada pet
friendly. Dependendo do segmento, também são necessários outros, como
distribuição de kit de boas-vindas e convênio com clínica ou hospital veterinário para
hotéis, áreas de lazer exclusivas para os cachorros, etc.

Regras que não fazem jus ao pet friendly

 Não possuir bebedouros e comedouros para oferecer aos clientes;


 Ausência de equipe treinada para lidar com os animais;
 Permitir que o tutor transite com o pet somente se este estiver no colo (o que
inviabiliza a presença de raças de grande porte, por exemplo);
 Não ter áreas de uso voltado para pets e seus tutores;
 Não ter restaurantes pet friendly;
 Intolerância diante de acontecimentos normais ligados ao comportamento do
cachorro, como eventuais latidos ou xixi no lugar errado.

É claro que, do lado dos tutores, também vale o bom-senso. Por exemplo, se seu pet vem
apresentando comportamentos indesejados, como latidos excessivos, agressividade, o ideal é
procurar um especialista em comportamento animal e resolver essas questões antes de sair
com o pet.

Lembre-se de que cachorros são sensíveis a barulhos, podem ficar estressados em locais muito
movimentados e não gostam de ficar trancafiados. Ao contrário: eles gostam mesmo é de
brincar.
https://www.equilibriototalalimentos.com.br/vida-equilibrada/comportamento/pet-friendly-
lugares-onde-seu-cao-ou-gato-sao-muito-bemvindos.html

PET FRIENDLY: LUGARES ONDE O SEU CÃO OU GATO SÃO MUITO BEM-VINDOS.

Não podemos esquecer que os cães-guia devem ser aceitos em qualquer estabelecimento,
afinal, mais do que companhia eles são os próprios olhos do dono.

https://www.maisgoias.com.br/pet-friendly-em-goiania-lugares-para-curtir-com-seu-bichinho/

Pet friendly em Goiânia: lugares para curtir com seu bichinho

Lugares pet friendly em Goiânia:

3 – Hops Cervejas Especiais

4 – Tartuferia San Paolo Goiânia

7 – Lott – happy food place

8 – Nuhpote

https://www.curtamais.com.br/goiania/10-lugares-pet-friendly-em-goiania

Quintal Food Park

Black Beef

https://www.petlove.com.br/dicas/o-que-e-o-conceito-pet-friendly

O que é o conceito Pet Friendly?

Segundo pesquisa realizada pela Opinion Box sobre o mercado pet no Brasil, 48% dos
entrevistados disseram que já deixaram de frequentar ou ir a algum lugar porque não
poderiam levar o seu pet. Outro estudo feito pela Imovelweb, revelou que 35% dos seus
clientes que têm um pet responderam que já tiveram algum problema no momento de achar
um imóvel pet friendly.

https://diaonline.ig.com.br/2019/02/27/animais-em-goiania-9-lugares-em-que-voce-pode-
levar-seu-bichinho/?utm_source=Isabela+Gon%C3%A7alves&utm_campaign=diaonline-author
https://www.sebrae-sc.com.br/blog/pet-friendly-vantagens

Pet friendly: vantagens de adotar no seu negócio

 recipiente com água e comida;


 saquinhos de lixo;
 pano de limpeza;
 produtos desinfetantes;
 sinalizadores de portas de vidro;
 coleira para deixar os animais;
 caminhas para descanso.
 oferecer água e comida é um diferencial

Criatividade é sempre um diferencial. Se você não está disposto — pelo menos por enquanto
— a fazer as adaptações necessárias no espaço físico, uma dica é pensar em eventos especiais
para atrair este público. Você pode organizar encontros ao ar livre para que os donos possam
passear com seus pets e interagir uns com os outros. Isso ajudará a divulgar e fortalecer sua
marca.

https://nfpet.com.br/blog/2019/05/o-que-e-pet-friendly/

O que é pet friendly?

E não é só isso: um levantamento do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) chegou à


conclusão de que 61% dos brasileiros enxergam seus pets como integrantes da família. E mais:
62% deles desejam que o bichinho participe mais de suas rotinas.

ganchos: instale ganchos nas paredes ou nas mesas para que os donos possam amarrar a
coleira enquanto se divertem. Desse modo, eles desfrutarão de seus serviços mais relaxados,
sem a preocupação de o animal escapar.

Sendo assim, uma dica interessante é ter um espaço para festas de aniversário pet, no qual
humanos e bichos possam se sentir confortáveis e se divertirem. Por que não um banho e tosa
ao lado de uma livraria? Assim, enquanto esperam seus amiguinhos ficarem prontos, os
clientes conseguem se entreter.

(Isso n se encaixa para nós, mas da uma ideia de como fazer eventos sem precisar ainda ser um
ambiente que recebe sempre os PETS. Talvez contratar algum treinador, pessoal de petshop
pra fazer dinâmicas, brincadeiras, dia de banho e tosa; coisas que podemos fazer para testar se
daria certo essa recepção)
https://www.curtamais.com.br/goiania/ville-pet-pela-primeira-vez-goiania-recebe-evento-
que-promove-a-causa-contra-violencia-animal

- TAMPATAS (Nós podemos virar ponto de coleta)

- ECOCATS

https://www.maisgoias.com.br/evento-pet-da-dicas-de-adestramento-a-tutores-de-caes-em-
goiania/

Evento pet dá dicas de adestramento a tutores de cães em Goiânia

Objetivo do evento é ajudar no controle de animais mais agitados no dia a dia. O aulão será
gratuito e aberto ao público.

Uma equipe de adestradores vai realizar um “aulão” gratuito de adestramento para tutores de
cães, neste sábado (24), no Setor Oeste, em Goiânia. Os donos de cachorros vão ter a
oportunidade de aprender alguns truques e práticas recreativas que podem ser feitas pelos
pets. As aulas serão ministradas de 10h30 às 17h, por profissionais da EducaDog Brasil, no Pet
Place da Brasal, localizado na Avenida Portugal.

“A atividade física reduz a ansiedade de cães considerados hiperativos, proporciona um alto


gasto energético, melhora a socialização do animal, o condicionamento físico e a musculatura,
além de liberar endorfina, responsável pela sensação de bem-estar”, ressalta o adestrador
Fernando Roberto Vicente, fundador da EducaDog Brasil.

Educadogbrasil:

Whatsapp (62) 99973-4329

www.educadogbrasil.com.br

projetotampatas:

https://linktr.ee/projetotampatas

https://www.instagram.com/projetotampatas/

projetoecocats

https://www.instagram.com/projetoecocats/

https://projetoecocats.com.br/

adoteecocats@gmail.com

Você também pode gostar