Você está na página 1de 10

MEMORIAL DESCRITIVO

SUBESTAÇÃO AÉREA 225 kVA


CM DO IBURA

Proprietário: Prefeitura da Cidade do Recife

Secretaria de Educação do Recife


SUMÁRIO

SUMÁRIO.......................................................................................................................... 1
1. OBJETIVO: ................................................................................................................... 2
2. RESPONSÁVEL TÉCNICO: .............................................................................................. 2
3. DEMANDA DA CARGA APLICADA: .................................................................................... 2
4. TIPO DE SUBESTAÇÃO: ................................................................................................. 2
5. MONTAGEM E LOCALIZAÇÃO DA SUBESTAÇÃO: .............................................................. 3
6. PONTO DE DERIVAÇÃO: ................................................................................................. 3
7. RAMAL DE ENTRADA PRIMÁRIO: ..................................................................................... 3
8. PONTO DE ENTREGA - PDE: ......................................................................................... 3
9. CÁLCULO DE DIMENSIONAMENTO DE ESFORÇO DE POSTE: ............................................. 3
10. PROTEÇÃO CONTRA CURTO CIRCUITO: ....................................................................... 4
11. PROTEÇÃO CONTRA SOBRE TENSÃO: ......................................................................... 4
12. ATERRAMENTO: ........................................................................................................ 4
13. LIGAÇÃO PRIMARIA DO TRANSFORMADOR:.................................................................. 5
14. LIGAÇÃO SECUNDARIA DO TRANSFORMADOR:............................................................. 5
15. QUADRO DE MEDIÇÃO: .............................................................................................. 5
16. CARGA INSTALADA: ........................................................................................ 6
17. CARGAS PERTURBADORAS ........................................................................................ 6
18. CÁLCULO DA DEMANDA (De) ..................................................................................... 6
19. DEMANDA CONTRATADA ............................................................................................ 7
20. DETERMINAÇÃO DA DEMANDA PROVÁVEL (DP) ......................................................... 8
21. REFERÊNCIAS ........................................................................................................... 8
OBJETIVO:
O presente memorial tem por objetivo descrever o projeto de construção de
uma subestação aérea de 225 kVA para alimentação elétrica do CM DO IBURA,
localizada na Avenida Expedicionário Francisco Vitoriano, S/Nº, Ibura, Recife - Pe.

RESPONSÁVEL TÉCNICO:
A responsável pelo projeto é Diego Felipe de Barros Correia, registrado no
CREA-PE sob a inscrição 181800747-9.
A ART com atividades técnicas de projeto pode ser verificada através do
Nº: PE20220806729

DEMANDA DA CARGA APLICADA:


O cálculo da demanda aplicada ao CM DO IBURA seguiu as regras e as
recomendações da norma de fornecimento de energia elétrica em tensão primária de
distribuição, desta concessionária. A carga a ser ligada será de 183,05 kW, alimentada
por uma SE própria de 225 kVA conforme projeto anexo.
TIPO DE SUBESTAÇÃO:
A subestação objeto deste memorial será do tipo aérea obedecendo às normas
técnicas da CELPE e da ABNT.
Tipo: Aérea rebaixadora.
Potência: 225 kVA
Ligação Primaria: Delta
Ligação Secundaria: Estrela com neutro aterrado.
Tensão Primaria: 13.800/13.200/12.600/12.000/11.400 Volts.
Tensão Secundaria: 380/220 Volts.
Freqüência: 60Hz.
Refrigeração: Óleo mineral parafínico.
MONTAGEM E LOCALIZAÇÃO DA SUBESTAÇÃO:
A subestação será montada em um poste de concreto duplo T 600/12 com todo
material de ferragem, proteção e medição aprovados pela norma da CELPE.
A subestação será locada dentro do terreno do cliente o mais próximo da via
pública, obedecendo às normas vigentes desta concessionária.
PONTO DE DERIVAÇÃO:
A derivação da RD - 13.8kV da CELPE para atender esta subestação será
efetuada por essa concessionária com despesas por conta do proprietário derivando
do poste CELPE B, localizado na Avenida Expedicionário Francisco Vitoriano, S/Nº,
Ibura, Recife - Pe.
RAMAL DE ENTRADA PRIMÁRIO:
Este ramal terá aproximadamente 56.30 m de extensão e será composto de três
cabos de cobre nu de 35mm2 que o proprietário fornecerá para CELPE instalar.
PONTO DE ENTREGA - PDE:
O ponto de entrega que atenderá a essa subestação aérea será através de uma
estrutura padrão CELPE que a mesma projetará e instalará conforme detalha a
prancha em anexo, com todas as despesas por conta do proprietário.
CÁLCULO DE DIMENSIONAMENTO DE ESFORÇO DE POSTE:

 Cálculo do Esforço do Poste:

Para o dimensionamento do poste da subestação, calcularemos o esforço


mecânico, adotando-se o método analítico, conforme abaixo:

Sendo,

R – Tração resultante aplicada no poste.

T – Tração exercida pelo cabo, conforme tabela de flechas e trações do cabo


#35mm² do anexo II da norma Neoenergia, NOR.DISTRIBU-ENGE-0057.

- Ângulo para fim de linha será considerado 60º.


Considerando a estrutura fixada a 0,20m do topo do poste, com uma condição
de vento de 90km/h, a uma temperatura ambiente de 35ºC, com vão de 30m, onde a
tração do cabo é de 381 daN.
R = 2 x 381 x Sen 60°/2
R = 381 daN
O esforço resultante exercido sobre o poste é de 381 daN, portanto deverá ser
utilizado poste de concreto duplo “T” de 600 daN.
PROTEÇÃO CONTRA CURTO CIRCUITO:
A proteção contra curto circuito no ramal aéreo (RD-13.8kV) e na transformação
(SE - 225kVA), será feita através da instalação de três chaves fusíveis unipolares,
classe de isolamento 15 kV, base C, com capacidade de curto circuito de no mínimo
10 kA e elo fusível instalado pela CELPE.
PROTEÇÃO CONTRA SOBRE TENSÃO:
Para proteção contra descarga atmosférica no ramal aéreo (RD-13.8kV), serão
instalados três para raios de invólucro polimérico a óxido metálico sem centelhador,
providos de desligador automático, com as seguintes características:
Tensão nominal: 12kV / Corrente de curto circuito mínima: 10kA
Estes para raios serão montados um em cada fase e seu terminal de saída,
será interligado entre si e aterrado com cabo de cobre nu 35 mm2, que por sua vez
será conectado ao cabo de 120 mm² do aterramento do neutro do transformador.
ATERRAMENTO:
O aterramento do neutro do transformador será feito através de cabo de cobre
nu dimensionado o cabo de 120 mm2. Esse condutor será protegido por um eletroduto
de PVC rígido de Ø 32mm² (1”) que por sua vez será conectado a no mínimo quatro
hastes de terra cobreada ø16x2400mm. O aterramento da carcaça do transformador,
caixa de medição e toda ferragem do conjunto da subestação, serão através de um
cabo único de cobre nu de 120 mm2, ligado à malha. Serão instaladas tantas hastes
quantas forem necessárias para que a resistência de terra não seja superior a 10
ohms.
LIGAÇÃO PRIMÁRIA DO TRANSFORMADOR:
A ligação primária do transformador será em triângulo (13.8kV). A interligação
da (RD-13.8kV) projetada com os bornes de AT do transformador de distribuição 225
(kVA) será através de três condutores (cabo de cobre nu 35mm2), que por sua vez
será conectado a (RD-13.8kV) com conectores específicos, banhados de graxa óxido.
LIGAÇÃO SECUND ÁRIA DO TRANSFORMADOR:
A ligação secundária do transformador será estrela (380/220V), com neutro
(acessível) devidamente aterrado com cabo 120 mm². A ligação secundária do
transformador de distribuição 225 kVA com o medidor de energia (kW) na caixa de
medição modelo padrão Celpe, será feita através de três cabos de cobre 240 mm2 (um
para cada fase) e um cabo de 120mm² (para o neutro), todos com classe de
encordoamento tipo II com isolamento XLPE 0,6/1kV. A proteção dos condutores de
entrada da medição será feita através de eletroduto de ferro galvanizado Ø 4” fixo ao
poste da subestação através de cintas de aço. Na saída da medição o eletroduto de
ferro galvanizado Ø 4”.
QUADRO DE MEDIÇÃO:
O quadro de medição (QME) será do tipo padrão Celpe para uso externo,
confeccionado em chapa de ferro SAE – 1006 com 1,90mm de espessura. Este
quadro será instalado no poste da SE a 1,60m do visor ao piso acabado conforme
detalhamento do projeto. Para chaveamento (liga/desliga) e proteção termomagnética
da CM DO IBURA, será instalado um (01) disjuntor trifásico 380V – 340 A com
corrente mínima de curto circuito de 10kA. A proteção foi calculada tomando como
base a capacidade de condução de corrente do condutor 3#240(120)mm2. A medição
de energia ativa (kWH) será através de um medidor trifásico dimensionado e instalado
pela CELPE. Para permitir a leitura remota, será instalado um eletroduto com diâmetro
de Ø 20 mm (1/2”), a partir da medição até 4 m de altura, para instalação de antena
externa.
CARGA INSTALADA: 311,19 kW

DETALHAMENTO DE CARGA
EQUIPAMENTO POTÊNCIA(W) QUANTIDADE TOTAL(W)
AR CONDICIONADO 12000BTUS 1200 3 3600
AR CONDICIONADO 18000BTUS 1800 27 48600
AR CONDICIONADO 24000BTUS 2400 8 19200
BOMBA D'ÁGUA 1/2 CV 368 1 368
CHUVEIRO ELÉTRICO 7500 22 165000
COMPUTADOR DESKTOP 250 2 500
FREEZER HORIZONTAL 500 2 1000
GELADEIRA DUPLEX 430L 380 2 760
GELAGUA 200 1 200
IMPRESSORA COMUM 90 1 90
IMPRESSORA LASER 480 1 480
LUMINARIA 1X100 100 1 100
LUMINARIA 1X20 20 45 900
LUMINARIA 2X20 40 191 7640
LAVADORA 5000 1 5000
MÁQUINA DE LAVAR ROUPAS 1500 1 1500
SECADORA DE ROUPAS 18550 1 18550
MICROONDAS 1000 1 1000
TV 200 1 200
VENTILADOR 250 32 8000
TOMADA USO GERAL 100 285 28500

TOTAL 311188

CARGAS PERTURBADORAS

Não há cargas perturbadoras na unidade.

CÁLCULO DA DEMANDA (De)

De = a + b + c + d + e + f + g
PARCELA a: Iluminação e Tomadas de uso Geral
FATOR DE DEMANDA
EQUIPAMENTO POTÊNCIA(W) QUANTIDADE TOTAL(W)
DEMANDA (VA)
LUMINARIA 1X20 20 45 900 100% 900
LUMINARIA 2X20 40 191 7640 100% 7640
LUMINÁRIA 1X100 100 1 100 100% 100

TOTAL 8640

PARCELA b: Aparelhos eletrodomésticos e de aquecimento

FATOR DE DEMANDA
EQUIPAMENTO POTÊNCIA(W) QUANTIDADE TOTAL(W)
DEMANDA (VA)
GELADEIRA DUPLEX 430L 380 2 760 38% 288,8
FREEZER HORIZONTAL 500 2 1000 38% 380
COMPUTADOR DESKTOP 250 2 500 38% 190
IMPRESSORA LASER 480 1 480 38% 182,4
IMPRESSORA COMUM 90 1 90 38% 34,2
GELAGUA 125 1 125 38% 47,5
LAVADORA 5000 1 5000 38% 1900
SECADORA DE ROUPAS 18550 1 18550 38% 7049
MÁQUINA DE LAVAR ROUPAS 1500 1 1500 38% 570
MICROONDAS 1000 1 1000 38% 380
CHUVEIRO ELÉTRICO 7500 22 165000 38% 62700

TOTAL 73721,9

PARCELA c: Aparelhos de ar condicionado

FATOR DE DEMANDA
EQUIPAMENTO POTÊNCIA(W) QUANTIDADE TOTAL(W)
DEMANDA (VA)
AR CONDICIONADO 12000BTUS 1200 3 3600 86% 3096
AR CONDICIONADO 18000BTUS 1800 27 48600 86% 41796
AR CONDICIONADO 24000BTUS 2400 8 19200 86% 16512

TOTAL 61404

PARCELA d: Motores monofásicos

FATOR DE DEMANDA
EQUIPAMENTO POTÊNCIA(W) QUANTIDADE TOTAL(W)
DEMANDA (VA)
BOMBA D'ÁGUA 1/2 CV 368 1 368 100% 368

TOTAL 368
Demanda Total:

DEMANDA
PARCELA DESCRIÇÃO
(VA)
A ILUMINAÇÃO E TUG 8640
EQUIPAMENTOS
B 73721,90
ELETRODOMÉSTICOS
C ARES CONDICIONADOS 61404
D MOTORES MONOFÁSICOS 368
DEMANDA TOTAL 144.133,90

De = 144.133,90 VA

DEMANDA CONTRATADA

A demanda contratada será de 144,13 kVA.

DETERMINAÇÃO DA DEMANDA PROVÁVEL (DP)

O projeto elétrico deve prever uma taxa de crescimento para que se possa fazer
um sobre dimensionamento adequado para atender as expectativas da expansão.
Para isto utilizaremos o Fator de Crescimento da Demanda (FCD). O FCD deve ser
previsto por um Fator Anual de Crescimento (FAC%), dentro de um Período Estipulado
de Anos (PEA), assim, pode-se escrever:

Vamos considerar: FAC% = 5% e PEA = 5anos

FCD = (1 + 0,05)5 = 1,27


LOGO: DP = FCD x De DP = 1,27x144.133,90 DP =183.050,05VA

REFERÊNCIAS
NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão;
NBR 5440 – Transformadores para redes aéreas de distribuição - Requisitos;
NBR 13570 – Instalações elétricas para locais de afluência de público;
NBR 14039 – Instalações elétricas de média tensão de 1,0 kV a 36,2 kV;
NBR 15688 – Redes de distribuição aérea de energia elétrica com condutores nus;
NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade;
NBR 5356 – Transformadores de Potência;
NOR.DISTRIBU-ENGE-0023 – Fornecimento de energia Elétrica em média tensão de
distribuição à edificação individual;

Recife, 30 de Junho de 2022.

----------------------------------------------------------
Diego Felipe de Barros Correia
CREA: 181800747-9

Você também pode gostar