Você está na página 1de 4

CONSELHOS PARA QUEM QUER CASAR

Deus e Pai. Tu conheces este jovem, esta jovem, e pode com certeza avaliar
 
melhor do que ninguém suas reais preocupações nesta fase de sua vida

 
" Ao homem pertencem os planos do coração; mas a resposta da língua
é do Senhor. Todos os caminhos do homem são limpos aos seus olhos; mas o
Senhor pesa os espíritos. Entrega ao Senhor as tuas obras, e teus desígnios serão
estabelecidos.O coração do homem propõe o seu caminho; mas o Senhor lhe dirige
os passos." Pv. 16: 1-3,9.Hoje eu quero passar algumas informações principalmente
aos juvenis e jovens que pensam em se casar um dia e querem ser felizes e
abençoados por Deus.

Em dias que os valores estão distorcidos, onde existe tanta irresponsabilidade na


área de formação de famílias. Em dias em que a mídia sem escrúpulos coloca como
atores principais adolescentes em cenas de nudez e perversão sexual, ou novelas do
tipo Malhação, onde um tempo atrás uma médica aconselha a uma mãe a deixar
que o filho transe com a namorada dentro de sua própria casa. Eu gostaria como
prevenção aos nossos jovens e adolescentes apresentar uma seqüência de princípios
que aos ajudarão refletir sobre os verdadeiros valores que valem realmente a pena
serem observados e praticados.

1- Jovem, não se precipite.


Deixe as coisas acontecerem naturalmente. Você é especial para Deus e Ele tem
preparado aquele (a) que irá compartilhar com você os seus sonhos, os seus
anseios. Se você já está namorando alguém, deve lembrar que no período de
namoro deve-se ter um comportamento santo, evitando ao máximo as carnalidades,
os contatos físicos, porque esta atitude está na contra mão da espiritualidade.
Embora a idade da adolescência, da juventude a pessoa esteja biologicamente com
a sua sexualidade a flor a da pele. Deve-se buscar em Deus o equilíbrio, o controle.
Eu fico estarrecido quando vejo na mídia, nas instituições religiosas e
governamentais estimularem e orientarem os nossos jovens a praticarem o sexo
com segurança; Isto é, usando preservativo como se o sexo livre fosse opcional.
Eles passam a mensagem de que você deve se soltar e só fazer sexo com alguém
que você ama, para se sentir seguro (a).Etc. A Bíblia condena claramente a prática
do sexo, fora do casamento. Definitivamente não existe sexo seguro fora do
casamento. Não devemos esquecer que camisinhas furam. Por isso você jovem não
deve se precipitar. Deixe o afã das carícias para ser desfrutado após o casamento.
Se você estiver namorando gaste tempo para conhecer esta pessoa que você diz
amar. É bom tirar tempo no sentido de conversar sobre os gostos e o futuro de
vocês evitando ao máximo contato físicos. Cultive um relacionamento de harmonia,
de paz e de autocontrole, de amor puro. Não façam nada que venham a se
envergonhar mais tarde. Vale a pena esperar o casamento. Vocês terão muito
tempo, uma vida inteira para se relacionarem sexualmente

2- Esteja sempre debaixo das orientações de seus pais


Há uma tendência e prática no meio da juventude de pensar que já são livres em
suas ações e que os pais não devem se intrometer. A obediência às determinações
dos pais com certeza é o fundamento básico para a benção enquanto estão juntos a
eles e obedecendo-os com certeza estarão sendo preparados para que no futuro
saibam administrar a sua própria família. O quinto mandamento com promessa
deixa bem claro: “Honra a teu pai e a tua mãe, como o senhor teu Deus te ordenou,
para que se prolonguem os teus dias, e para que te vá bem na terra que o Senhor
teu Deus te dá”. (Dt. 5:16) . Com certeza os seus pais querem o melhor pra você e
a interferência deles é sem dúvida nenhuma saudável e necessária para as devidas
correções de rumo em sua vida. Leve a sério as sua orientações, observações e
conselhos. Siga sempre os horários pré–estabelecidos. Conviva somente com
amizades reconhecidas pela sua família. Infelizmente, quero destacar, que existem
modelos de pais por aí que, muitas vezes não correspondem com uma realidade
cristã e por conseguinte deixam a desejar no que diz respeito na formação de
caráter de seus filhos, porém mesmo assim a sua atitude para com eles deve ser de
testemunho bom e saudável. Busque em Deus e na sua Palavra as orientações
seguras. O seu pastor poderá ajudá-lo (a) nestas horas de conflito, para que o seu
futuro não esteja comprometido e você esteja fazendo exatamente a vontade de
Deus.

3 - Lembre-se: quando escolher alguém para namorar, esta pessoa deve ser
um cristão legitimo. A Bíblia diz: “Andarão dois juntos se não estiverem de
acordo”.(Am. 3:3). A Bíblia também fala em II Co. 6:14 sobre o jugo desigual. “Não
vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a
justiça com a injustiça? Ou que comunhão tem a luz com as trevas”? Imagine você
já casado(a) e o seu cônjuge começar a pensar e agir totalmente contrário aos
princípios bíblicos. Você vai querer ir à Igreja no Domingo na Escola Dominical – Ele
(a) vai querer ir ao clube e ainda por cima levar as crianças. Você como um bom
cristão que ama Deus não vai querer bebida alcoólica dentro de casa. Ele(a) além de
trazer bebida pra casa, ainda vai trazer os amigos inconvenientes. Estes e tantos
outros motivos são fatores pelos quais os casamentos se desfazem. Com certeza
muitas pessoas ignoram em tempos de namoro estes pequenos porem importantes
detalhes e por isso passam por situações muitas vezes constrangedoras. O bom
mesmo, para um relacionamento ser estável é começar certo. O bom é que ambos
sejam cristãos genuínos, nascidos de novo, conhecerem verdadeiramente Jesus
Cristo, ter uma experiência com um poder restaurador de Deus.

4 - Antes de se envolver emocionalmente com alguém no namoro, se


envolva espiritualmente com cristo jesus.
Jesus Cristo deve ser a prioridade de sua vida. A Bíblia diz que você deve buscar a
Deus em primeiro lugar e a sua justiça e as demais coisas serão acrescentadas por
Ele em sua vida.(Mt. 6:33) .Gaste tempo, tendo prioridade na leitura, estudo da
Bíblia e na oração. Leve a sério à vida cristã. Tenha compromisso com a sua igreja
local. Não fique pulando de Igreja em Igreja. Se identifique com os projetos de sua
Igreja local. Ame o seu pastor, as lideranças que Deus tem colocado sobre a sua
vida.

5 - Não negligencie nos estudos seculares


Estude e estude muito. Há um conceito errado que têm se formado no meio de
jovens cristãos, que Jesus está voltando e por isso não se precisa de ensinos
seculares somente os que a Bíblia ensina. Muitos jovens abandonam os estudos
para ir para Seminário. Eu creio que esta não é a vontade de Deus. Todas as coisas
têm o seu tempo certo. Há um tempo de estudar e se preparar e usar a própria
profissão no futuro em função do Reino de Deus. Moças e rapazes se envolvem
emocionalmente em namoros e antes do termino dos estudos resolvem se casar.
Comprovadamente é um transtorno, pois não estão preparados ainda para este tipo
de desafio. Se a pessoa que você está namorando te respeita e te ama
verdadeiramente saberá esperar o tempo certo.

6 - Namoro é compromisso
Nada de ficar. Respeite você próprio. Respeite o seu corpo. Sua família. Estes
relacionamentos de paixão, superficial e ligeiro trocando de parceiro sempre que se
tem vontade pode trazer sérios problemas de desvio emocional e de afirmação em
sua vida, além de trazer conseqüências terríveis na formação de caráter. A sua
auto-imagem com certeza vai ficar comprometida. No futuro, quando você estiver
por dentro de casamento precisará afirmar-se e você pode ter problemas de
relacionamento com seu marido ou esposa. Além de tudo isso deve ser terrível,
passar a ter sentimentos de rejeição e de frustração, quando você for alvo de
piadas, comentários e fofocas feitas por pessoas do seu relacionamento. Se
pretenderem se casar, antes analisem bem a situação financeira. Há um ditado que
diz: “Quem casa quer casa” A Bíblia diz: “Portanto deixará o homem a seu pai e a
sua mãe e unir-se-á à sua mulher e serão os dois uma só carne”. (Gn. 2:24) . Este
negócio de casar e morar com os pais não funciona, por melhor que eles sejam.
Quando você faz isto, quebra-se um princípio da Palavra. Você deve deixar a casa
paterna e este Deixar significa em todos os sentidos: Financeiro, geográfico,
emocional, íntimo, etc. Isto não quer dizer que você deixará de amar, de honrar os
seus pais. Apenas se afastarão para a formação de uma nova família e a farão com
a benção deles. Por parte dos pais deve haver esta compreensão, ou seja, o de
liberar os filhos para serem felizes. A função dos pais após o casamento dos filhos é
de intercessão, é estar presente quando convocado pelos filhos. Estarão sempre
prontos para oferecerem conselhos com discernimento e sabedoria. Bom eu quero
orar por você juvenil ou jovem que acabou de ler estas considerações nesta
oportunidade. Eu não conheço você, nem os seus problemas. Mas conheço Jesus
que pode solucionar as suas dificuldades. Deus entende você. Quem sabe você está
frustrado (a) chateado (a). Quem sabe aquele namoro que não deu certo, porque
você quebrou princípios que não poderia ter quebrado. Eu quero lhe dizer que Deus
lhe ama e se preocupa com a sua felicidade. Oração: Deus e Pai. Tu conheces este
jovem, esta jovem, e pode com certeza avaliar melhor do que ninguém suas reais
preocupações nesta fase de sua vida.
Tenho certeza que o Senhor o (a) ama e quer vê-lo (a) feliz e abençoado. Coloque
em seu coração vontade de conhece-lo melhor. Mesmo que este mundo esteja cheio
de opções contrarias a sua vontade, trabalhe em sua vida diariamente fortalecendo
o seu coração e indicando o caminho que ele (a) deve seguir. Resolva os seus
problemas diários, o seu relacionamento com seus pais e abençoa-o (a) com toda
sorte de bênçãos espirituais. Faço esta oração em Nome de Jesus Cristo a quem dou
toda a honra e Glória, hoje e sempre,

Você também pode gostar