Você está na página 1de 1

Historia do berlio

O berlio foi descoberto por luzi Micholas vauquelin em 1797 no mineral berlio. A gua-marinha e a esmeralda so duas variedades deste mineral utilizadas como pedras preciosas. Originalmente, era conhecido como glucinum (do grego "doce"), uma vez que os seus compostos solveis tinham um travo adocicado. O metal foi isolado pela primeira vez por wohler e Bussy em 1828 que conseguiram berlio em p, reduzindo cloreto de berlio com potssio metlico. Existem cerca de trinta minerais que, reconhecidamente, contm berlio; contudo, apenas trs so de importncia relevante: o berlio, a fena cite e o crisoberio. Destes trs s o berilo tem importncia industrial. O berlio est vastamente distribudo na crusta terrestre, estimando-se a sua abundncia em 0,001 %. Este minrio contm cerca de 10 a 12 % de xido de berlio, tornando assim economicamente vivel a sua explorao mineira. O berlio geralmente obtido como sub produto da extrao de feldspato, ltio ou mica.

Uso do berlio

Duas coisas que tornam o metal berlio nico so as suas caractersticas nucleares e a sua elevada rigidez. Exemplos de aplicaes que exploram estas propriedades so os escudos de calor, partes de sistemas de orientao, giroscpios, plataformas estveis e acelermetros e espelhos (neste caso o berlio usado como substrato fixo para uma superfcie altamente polida). Utilizaes mais sofisticadas incluem placas de fuselagem para a cpsula usada no programa gemini, os anis de ligaes entre andares do mssil Minuteman e painis de proteo para o fogueto Agena. Uma das foras motrizes da produo industrial de berlio tem sido precisamente as aplicaes aeroespaciais. O xido nico entre os materiais cermicos, uma vez que combina uma extremamente elevada resistividade elctrica e constante dieltrica com uma alta condutividade trmica. A transparncia do berlio aos raios X torna-o num material til para janelas de detectores de radiao. As propriedades nucleares do xido de berlio, combinadas com o seu elevado ponto de fuso