Você está na página 1de 17

Li

nhade
Máqui
naseEqui
pament
osI
ndus
tri
ai
s
ÍNDICE

1. Especificações técnicas ................................................................................................02


2. Uso Principal ................................................................................................................03
3. Desempenho e Características ..................................................................................03
4. Construção .................................................................................................................03
5. Sistema Hidráulico .....................................................................................................06
6. Içamento, Instalação e Preparação antes da Execução do Teste ..............................08
7. Sistema de Lubrificação .............................................................................................10
8. Ajustes .......................................................................................................................10
9. Funcionamento e operação de testes .......................................................................12
10. Segurança e Manutenção ........................................................................................13
11. Lista de peças de desgaste e peças a serem adquiridas.........................................15

1
1. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

FORÇA (80TON)
Nº ITEM METALEIRA HIDRÁULICA UNIDADE (MM)
Q35Y-20

Ângulo de corte ° 8°

Espessura máxima de corte mm 20


1 Placa Plana de Corte
330x20
Barra plana mm
480x10

Aço redondo mm 50

Barra quadrada mm 45x45

90° Barra de corte de igual ângulo mm 140×140×12


Seleção de barras de 45° Barra de corte de igual ângulo mm 70×70×10
2
Corte
90° Corte da barra em T mm 125×125×12

Viga I ou H de aço I ou H mm 126×74×5

Canal U ou C de aço mm 126×53×5.5

Espessura mm 12

3 Chanfro Largura mm 50

Profundidade mm 100

Espessura máxima de perfuração mm 16

Diâmetro máximo de perfuração mm 25

Pressão da força de perfuração Ton 55


4 Furo de Perfuração
Profundidade da garganta mm 300

Comprimento máximo do curso do cilindro mm 80

Tempo de Curso tempo/min 8

5 Resistência do material N/mm2 ≤450

6 Potência do motor KW 7.5

(C×A×L)
7 Dimensão total 1650×730×1780
mm

8 Peso Líquido KG 2600

2
2. USO PRINCIPAL

A máquina é utilizada principalmente para cortar barras planas, perfis, furos e


entalhes. Pode ser amplamente utilizada em estaleiros, pontes, fábricas elétricas, de
automóveis, para elevação e transporte, construção metálica, entre outras.

3. DESEMPENHO E CARACTERÍSTICAS

Corte de barra plana, corte de perfil, perfuração e chanfro.


O trabalho pode ser realizado na máquina dentro da especificação nominal. Com
equipamento extra, a máquina é capaz de cortar, puncionar e dobrar em forma
especial.
A máquina adota um sistema de acionamento hidráulico e tem uma estrutura com
peso leve e baixo ruído, desempenho estável e dispositivo de proteção contra
sobrecarga.

4. CONSTRUÇÃO

4.1 O leito pode ser visto na fig.1

FIGURA 1

3
O leito da máquina é composto pelo corpo, assento, suporte para seção, suporte para
ângulo e mesa de corte. O corpo e o assento são de construção soldada, outros são de
conexão por parafusos que conferem à máquina grande resistência e rigidez,
permitindo a fácil desmontagem durante o reparo da máquina. Uma almofada
ajustável para limitar o movimento esquerdo-direito da lâmina é montada na carcaça
direita.
Na estação de corte angular, é montado um suporte ajustável para segurar no ângulo a
ser cortado. Com a abertura, quadrada e redonda, de vários tamanhos na lâmina de
corte da seção, a máquina é capaz de cortar várias barras nesses formatos.

4.2 Estação de corte de seção (Fig.2).

FIGURA 2

Esta estação é equipada como padrão com lâminas, que é uma estrutura sólida e com
quatro aberturas para cortar em ângulo, barras planas e chapa de aço com chanfro.
Com ferramentas extras nas barras quadradas e redondas, também é possível realizar
o corte de aberturas e barras de junção. A viga é conectada com o cilindro de óleo do
qual a extremidade superior é articulada com a armação. Acionada pelo cilindro de
óleo, a viga balança para realizar o corte.

4
A lâmina de corte superior é fixada na viga. Existem 3 lâminas inferiores que são
fixadas separadamente no assento do molde e as lâminas de chanfro de ambos os
lados podem ser ajustadas para permitir uma folga de corte suficiente. Uma cobertura
lateral e uma cobertura traseira são colocadas sobre a mesa de chanfro para permitir
que a placa seja chanfrada na posição correta.

4.3 Furo de Perfuração (Fig.3)

FIGURA 3

O perfurador é fixado na extremidade inferior da haste do cilindro de óleo e a matriz é


fixada no adaptador. Após o perfurador e a matriz estarem alinhados, os parafusos
devem ser apertados.
Para perfurar um furo quadrado e redondo longo, há uma guia na superfície lateral da
haste do pistão, além de uma longa ranhura de posicionamento redonda, fresada na
almofada e no topo do perfurador para evitar que seja girado.
Com ferramentas adicionais nesta estação, podem ser executados trabalhos de dobra,
chanfro de tubos, perfurações, canais, punções de canais e perfurações de teia.

5
5. SISTEMA HIDRÁULICO

5.1 Após o motor ser ligado, o fluxo de óleo, que é comprimido para fora da bomba
(1), retorna para o tanque de óleo através da válvula solenoide de 3 posições - 4 vias
(3) e (6), da válvula de acelerador (7) para permitir que a bomba seja descarregada.
5.2 Girando o botão para a posição "AUTOMÁTICO" e pressionando o pedal para furar,
os eletroímãs YV5a e YV6 são ligados. O óleo hidráulico flui para a câmara superior da
unidade de perfuração através da válvula (3), enquanto que o óleo da câmara inferior
retorna ao tanque de óleo através da válvula (3), assim a punção se move para baixo
para executar a perfuração.
Quando a punção toca no sensor de fim de curso, YV5a e YV6 são fechados. Quando o
pedal é liberado, YV5b e YV6 são ligados e, dessa forma, o óleo hidráulico flui para o
interruptor de fim de curso no ponto superior, então YV5b e YV6 são desligados e a
punção é parada no ponto superior. Da mesma forma, ao pressionar o pedal para a
seção de corte, YV7b e YV6 são ligadas, o óleo entra na câmara superior do cilindro de
óleo para a seção de corte, assim o óleo na câmara inferior retorna ao tanque de óleo
através da válvula solenoide (3), e a lâmina se move para baixo para realizar o trabalho
de corte. Quando a lâmina toca o sensor de fim de curso inferior, YV7b e YV6 são
desligados, a lâmina é parada no ponto inferior. Quando o pedal é solto, YV7b e YV6
são ligados, o óleo entra no trocador inferior no cilindro de óleo para corte, e o óleo na
câmara superior retorna ao tanque de óleo, de modo que a lâmina se mova para cima.
Quando a lâmina toca o sensor de fim de curso no ponto superior, para de funcionar.
5.3 Ao girar o botão de modo para a posição "AVANÇAR" e pressionar o pedal para
furar, o eletroímã YV5a é ligado. Além do óleo hidráulico entrar na câmara superior no
cilindro de óleo para furar, outros retornam para o tanque de óleo através da válvula
solenoide de 2 posições - 4 vias (6) e da válvula de acelerador (7), de modo que a
punção se mova para baixo lentamente. Quando o pedal é colocado na posição
central, YV5a é desligado e a bomba é descarregada, as punções param
imediatamente. Se o pedal é repentinamente liberado, à medida que a punção se
move para baixo por meio de uma operação de injeção, a punção irá parar em
qualquer posição. Para conduzir a punção de volta ao ponto superior, é necessário
apenas girar o botão para a posição "AUTOMÁTICO". Para operar a lâmina para a
seção de corte, mova para baixo por polegada, a sequência de operação do pedal é a
mesma mencionada acima.
5.4 A pressão máxima de trabalho no sistema hidráulico é de 250kgf/cm (24,5Mpa), a
faixa de ajuste de pressão na válvula de excesso de fluxo é de 25Mpa. Todo o sistema
hidráulico é protegido contra sobrecarga pela válvula de excesso de fluxo.
5.5 A máquina é equipada com um manômetro que é usado para verificar a pressão no
sistema hidráulico e ajustar a pressão após a substituição dos elementos hidráulicos.
Para utilizá-lo, o parafuso final do bloco de válvulas deve ser removido, montado no
manômetro e apertado, em seguida, deve-se ligar o manômetro. O valor da pressão é

6
mostrado no manômetro durante a operação. A pressão no sistema hidráulico foi
devidamente ajustada ao valor máximo de funcionamento, portanto, não reajuste a
seu critério.

so
n-
ste
ok
e

DESENHO HIDRÁULICO

6. IÇAMENTO, INSTALAÇÃO E PREPARAÇÃO ANTES DA EXECUÇÃO DO TESTE

6.1 Levantamento/Içamento
A máquina está equipada com um anel de elevação, montado na parte superior. Todo
levantamento e manobras devem ser realizados balançando este anel junto com uma
corrente ou cabo, devidamente classificado. O anel pode ser removido, se desejado,
após a colocação final da máquina. Não usar corrente e cabo sob a máquina.

7
6.2 Instalação (Fig.6)

A fundação com furos para o parafuso de ancoragem deve ser preparada antes de
colocar a máquina. Somente após a fundação de concreto ser endurecida, a máquina
pode ser colocada sobre ela. Em seguida, nivelar a máquina com um medidor de nível,
parafusos de ancoragem redondos, concreto líquido no fundo do corpo da máquina e
furos para os parafusos de ancoragem. Depois que o concreto for endurecido, nivele a
mesa de trabalho da estação de perfuração da máquina (as tolerâncias permitidas são
100:0,2), depois aperte os parafusos de ancoragem.

6.3 Limpeza
Limpar e remover graxa à prova de ferrugem na matriz e lâmina da máquina,
inspecionar se todas as peças, fio de alimentação e linha de aterramento estão em
boas condições e todos os pontos de lubrificação devem ser lubrificados.

8
Requisitos Técnicos:
A profundidade da
fundação é ajustada de
acordo com a condição
do solo local, mas não
deve ser menor do que
a válvula indicada
neste desenho.

Figura 6

9
7. SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO
A máquina adota um sistema de lubrificação centralizado com bomba manual de óleo.
Para aumentar a viscosidade do lubrificante, a bomba de óleo deve ser vertida a
mistura de óleo mecânico nº 35 e graxa à base de cálcio. Operar a bomba \U+4250
diariamente para garantir óleo suficiente em todos os pontos de lubrificação.

8. AJUSTES
8.1 Perfuração
1) Ajuste do golpe de perfuração (Fig.3): No lado direito da estação de perfuração, há
sistemas de fim de curso superior e inferior, que podem ser ajustados verticalmente.
De acordo com a posição requerida, os blocos são fixados na haste guia, que é
montada na haste do pistão e pode ser movida com ela, por parafuso de ajuste.
2) Ajuste da Punção e Furação: Lubrifique o parafuso de ajuste do molde e gire o
botão para a posição "AVANÇAR" para que a haste do pistão no cilindro perfurador se
mova para baixo por polegada e a punção se alinhe com o molde, garantindo uma boa
distribuição em torno da folga entre eles. Em seguida, fixe o parafuso na mesa de
trabalho pelo parafuso de fixação e faça a punção retornar ao ponto superior, de
modo que o ajuste antes da operação de puncionamento esteja terminado. Existem
dois furos para as matrizes de montagem ou para o parafuso, o furo grande é usado
para montar a matriz para puncionar o furo grande na placa fina, o outro é usado para
montar a matriz para puncionar o furo com diâmetro menor que 30mm e para
puncionar o furo na flange do canal e da barra de ângulo.
3) Ajuste da unidade de retenção: A unidade de retenção deve ser ajustada
corretamente para permitir o fácil manuseio de materiais. Em geral, a distância entre a
parte inferior do parafuso e a parte superior da matriz deve ser ajustada para 1, 2
vezes a espessura da placa a ser perfurada. Para ajustar a fixação, é necessário apenas
girar a porca conectada com a unidade de furação para baixo.
4) Substituição da punção e furação: Solte a porca de fixação com uma chave, assim a
punção poderá ser removida. Após a montagem de uma nova punção, a porca é
apertada (o tamanho de montagem das extremidades de várias punções é o mesmo
para permitir uma fácil substituição).

8.2 Barra chata de corte


Seja cortando barra plana, perfil de corte ou chanfro, a folga da lâmina deve ser
devidamente ajustada primeiro. Como mostrado na fig.1, há três pastilhas.
Na carcaça direita do corpo da máquina, ao ajustar o parafuso e a porca nas pastilhas,
pode-se obter a folga adequada da lâmina entre a carcaça esquerda e as pastilhas.

10
1) Ajuste da Folga da Lâmina: Os parafusos de ajuste são posicionados ao redor dos
parafusos de fixação das lâminas estáveis para apoiar e restaurar as lâminas de corte,
acessíveis quando a mesa de corte é retirada. Ao girar estes parafusos, será obtido um
espaço adequado entre as lâminas estáveis e móveis. Mesmo a folga entre eles ao
longo de todo o comprimento da lâmina deve ser mantida. Em geral, esta folga deve
ser de 10% da espessura da chapa a ser cortada. Depois ajuste novamente a mesa de
corte.
2) Substituir a Lâmina: Tanto a lâmina superior quanto a inferior têm quatro arestas
de corte. Depois de girar as lâminas por 4 vezes, deve ser feita a retificação ou
substituição da nova lâmina. Após a substituição do reajuste das lâminas, deve-se levar
em conta a folga das mesmas.

8.3 Corte em ângulo


1) Ajuste da folga da lâmina: A unidade de corte angular está equipada com uma
lâmina estável que é composta de duas lâminas que estão paralelas uma à outra. Os
parafusos de ajuste são posicionados ao redor dos parafusos de fixação das lâminas
para apoiar as lâminas de corte. Girando os parafusos de ajuste, é possível obter uma
folga adequada entre a lâmina estável e a lâmina móvel no carro. Mesmo a folga entre
as lâminas estáveis e móveis, deve-se tomar cuidado para garantir que a lâmina
estável seja paralela à móvel. Esta folga, em geral, é de 10% da espessura uniforme da
flange do ângulo a ser cortado. Após o ajuste, o suporte do ângulo é montado.
2) Substituição da Lâmina: Tanto a lâmina horizontal quanto a vertical, das lâminas
estáveis, têm quatro graus de corte. Retifique ou substitua por novas lâminas após
girá-las por quatro vezes. A lâmina móvel é fixada em um carro por parafusos. Depois
de retificar ou substituir as lâminas cegas, a folga da lâmina deve ser reajustada.

8.4 Corte de barras redondas e quadradas


1) Ajuste da folga: Há dois blocos de encosto em forma de ângulo, que suportam a
lâmina estável e são fixados na carcaça por parafusos. Em ambos os lados da lâmina
estável. Os parafusos de ajuste são posicionados ao redor dos parafusos de fixação.
Para ajustar a folga entre o bloco de encosto em forma de ângulo e a carcaça, a folga
entre a face de apoio alinhada ao bloco de encosto em forma de ângulo, a lâmina
estável e a carcaça, é efetuada a regulagem da folga entre a lâmina estável e a lâmina
móvel fixada no carro. Depois disso, o suporte do perfil é montado.
2) Substituição da Lâmina: Remova o carro e solte o bloco de parada em forma de
ângulo para substituir a lâmina velha por uma nova. Depois da substituição, o reajuste
da folga deve ser realizado.

11
8.4 Corte de barras redondas e quadradas
1) Ajuste da folga: Há dois blocos de encosto em forma de ângulo, que suportam a
lâmina estável e são fixados na carcaça por parafusos, em ambos os lados da lâmina
estável. Os parafusos de ajuste são posicionados ao redor dos parafusos de fixação.
Para ajustar a folga entre o bloco de encosto em forma de ângulo e a carcaça, a folga
entre a face de apoio alinhada ao bloco de encosto em forma de ângulo, a lâmina
estável e a carcaça, é efetuada a regulagem da folga entre a lâmina estável e a lâmina
móvel fixada no carro. Depois disso, o suporte do perfil é montado.
2) Substituir a Lâmina: Remova o carro e solte o bloco de parada em forma de ângulo
para substituir a lâmina velha por uma nova. Depois de substituir o reajuste da folga
deve ser realizado.

8.5 Chanfro
1) Ajuste da folga da lâmina: Ao mover o parafuso, a lâmina superior é colocada em
paralelo com a lâmina de punção para permitir uma folga adequada e, em seguida,
fixar o parafuso sobre a mesa. Os parafusos de ajuste são posicionados ao redor dos
parafusos de fixação para ajustar a folga das lâminas em ambos os lados da punção,
assim permitindo uma folga paralela às lâminas, garantindo uma folga adequada que é
de 10% da espessura da placa a ser cortada. Depois de fazer isso, a mesa de chanfro é
montada.
2) Substituir Lâmina: Todas as lâminas da furação têm quatro bordas. Depois de girar
quatro vezes é necessário retificar ou substituir por novas. A lâmina superior é fixada
na punção pelo parafuso, desaperte o parafuso e substitua a lâmina antiga por uma
nova. Depois da substituição, a folga de reajuste deve ser realizada.

9. FUNCIONAMENTO E OPERAÇÃO DE TESTES


9.1 Execução e preparação do teste antes da operação
1) Despeje óleo hidráulico filtrado dentro do tanque de óleo.
2) Verifique se a folga das lâminas está correta. Ajuste-a conforme necessário.
3) Ligue a fonte de alimentação e verifique se as seções de vários elementos elétricos
estão corretas. Se a instalação estiver correta, pressione e movimente todos os botões
de pressão, interruptores de fim de curso e pedais, para observar se as ações do
eletroímã e do relé são úteis.
4) Ligue o motor para verificar se o sentido da marcha está correto, se a pressão no
sistema hidráulico está de acordo com as exigências e se a ação da válvula de
comutação é útil.

12
9.2 Funcionamento e operação de teste
Após terminar todo o trabalho de preparação antes da execução do teste, o processo
de execução e operação do teste pode ser realizado. O processo de operação é o
seguinte:
1) Apertando o botão de operação e ligando a fonte de alimentação, uma lâmpada de
sinalização verde acende para indicar que o sistema elétrico foi ligado e a operação
pode ser iniciada.
2) Iniciando o motor: Lubrificando o cilindro perfurador e o cilindro cortador de seção
em ordem, verifique se o perfurador e a lâmina de corte do setor podem alcançar o
ponto inferior e superior.
3) Teste de funcionamento em ciclo ocioso: Teste de punção e golpe único para
perfuração e corte de seção em ordem. Durante o teste, as circunstâncias do operador
de várias peças devem ser verificadas cuidadosamente. Se qualquer uma delas estiver
fora de ordem, após a eliminação destes problemas, outros testes poderão ser
realizados.
4) A pressão deve ser adicionada passo a passo no teste de carga, o número de testes
de corte ou punção realizados na capacidade máxima não deve ser inferior a 3 vezes.

10. SEGURANÇA E MANUTENÇÃO


As coberturas de proteção são fornecidas em cada estação, não insira as mãos ou
qualquer ferramenta após a cobertura, além disso, deve-se ter cuidado com os
seguintes pontos:
1) O operador deve estar familiarizado com o manual de operação da máquina e
possuir técnica de operação.
2) O isolamento elétrico e o aterramento devem estar em boas condições.
3) O trabalho de perfuração e chanfro não deve ser realizado de forma simples e
pontual.
4) Não realizar operações de sobrecarga, (resistência à tração do material = 450N/mm,
dureza do material = HB180)
5) Mantenha todas as bordas das lâminas afiadas.
6) A cicatriz de solda e a rebarba não devem ficar nas superfícies da placa a ser
perfurada ou cortada.
7) Para garantir um trabalho seguro de perfuração e corte, a unidade de fixação deve
ser ajustada de acordo com a espessura do material, dentro da capacidade de corte da
máquina.

13
8) Após a substituição das lâminas, sua folga deve ser verificada, ajustando-a conforme
necessário.
9) Verifique regularmente se as conexões de todas as peças estão em boas condições,
se forem encontradas circunstâncias não normais, a máquina deve ser parada para ser
reparada a tempo.
10) Lubrificar todos os pólos lubrificantes de acordo com o período de trabalho, para
evitar danificar as superfícies de trabalho.

14
11. LISTA DE PEÇAS DE DESGASTE

1. Lista de peças de desgaste

NO Símbolo Nome Especificação QTD

9 Anel de vedação formato UN 125 2

10 GB1235-76 Anel de vedação formato O 105×3.1 1

11 GB1235-76 -do- 140×3.1 1

12 Anel de vedação formato UN 100 1

13 Anel a prova de poeira 100 1

18 Anel de vedação formato UN 160 2

19 GB1235-76 Anel de vedação formato O 120×5.7 2

20 GB1235-76 -do- 175×5.7 1

21 Anel de vedação formato UN 110 1

22 Anel a prova de poeira 100 1

5 SF-1 Rolamento de material composto 5055 1

2. Lista de peças de desgaste

NO Nome Material QTD

17 Manga ZQSn6-6-3 0.9

4 Bloqueio de Atrito -do- 3

26 Bloco de parada de funcionamento -do- 1

15

Você também pode gostar