Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

CENTRO DE HUMANIDADES
UNIDADE ACADÊMICA DE LETRAS
CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS: LÍNGUA INGLESA

ATIVIDADE
ADOLESCÊNCIA E DESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL

DISCENTE
JEFFERSON IGOR BARBOSA DA SILVA

DOCENTE
CAROLINA SILVA DE MEDEIROS

CAMPINA GRANDE - PB, 25 DE JUNHO DE 2022


"Olivia, Isabella, Josh e Jayden estão prestes a concluir o ensino médio. Olívia
ponderou sobre seus interesses e talentos e planeja tornar-se engenheira. Ela
restringiu suas opções de curso superior a três universidades que oferecem bons
programas nessa área. Isabella sabe exatamente o que vai fazer da vida. Sua mãe,
uma líder sindical de uma fábrica de plásticos, conseguiu um estágio para ela na
fábrica. Isabella nunca pensou em fazer outra coisa. Josh, por outro lado, está
angustiado em relação ao seu futuro. Não sabe se frequenta uma universidade ou
se entra para o exército. Não consegue decidir sobre o que quer fazer agora nem
depois. Jayden ainda não tem ideia do que quer fazer, mas não está preocupado.
Imagina que poderá arranjar algum emprego e decidir-se a respeito do futuro
quando estiver preparado.
Esses quatro jovens estão em um processo de formação de identidade".

1. O que explica as diferenças no modo de lidarem com o assunto e como


essas diferenças afetam o resultado?

O que explicam essas diferenças são os estilos parentais. Entende-se por


estilo parental o conjunto de atitudes e estratégias adotadas a partir de um
determinado contexto emocional, que apontam o modo como os pais ou cuidadores
educam os seus filhos, caracterizando-se assim por padrões de interação e
socialização entre ambos. É fundamental compreender a forma com a qual estamos
estabelecendo as relações com os filhos, pois isso tem grande impacto sobre seu
comportamento atual e futuro, suas relações e questões emocionais. Estilos
parentais não são rígidos e imutáveis, se há o desejo de desenvolver relações mais
saudáveis e bem estruturadas, é possível e valioso mudar, para que seu filho tenha
maiores chances de desenvolver uma vida adulta com melhores habilidades
emocionais e de interação social. Caso perceba que precisa de ajuda, oriente-se
com um profissional.

2. Qual estilo parental promove o desenvolvimento psicossocial saudável do


adolescente? Justifique sua resposta
Democrático, pois incentiva as crianças a serem responsáveis, a pensar por
elas mesmas e a compreender os motivos de se usar regras. Um ambiente familiar
com poucas tensões (pais democráticos) pode formar pessoas mais aptas a lidar
com problemas (de forma otimista) e a adquirirem um melhor desenvolvimento
social. Quando os pais são afetuosos, democráticos e participativos em relação aos
filhos, isso influencia diretamente a forma como eles aprendem e se relacionam com
os outros. Estes pais tendem a ser mais tolerantes, recíprocos, abertos a ouvir a
opinião e questionamentos dos filhos, definem em conjunto as regras, e prezam pelo
cumprimento destas. Crianças neste ambiente tem sua percepção crítica estimulada,
ou seja, se sentem à vontade em compartilhar seus pontos de vista, promovendo até
mesmo uma clareza das consequências de seu comportamento. Valorizam
explicações sobre regras, princípios, valores, advertências morais e relações de
afeto. Corrigem as atitudes negativas e valorizam as positivas.
CAMPINA GRANDE - PB, 25 DE JUNHO DE 2022

Você também pode gostar