Você está na página 1de 8

Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Cuiabá

Núcleo de Defesa da Vida

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DO NÚCLEO DE INQUÉRITOS


POLICIAIS DE CUIABÁ-MT

Inquérito Policial nº 1010635-45.2022.8.11.0042

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO,


por intermédio de seus Promotores de Justiça, com fundamento na
legislação vigente e nos autos em epígrafe, vem mui respeitosamente
perante Vossa Excelência deflagrar a pretensão punitiva estatal,
oferecendo DENÚNCIA contra MARCOS EDUARDO TICIANEL PACCOLA
(brasileiro, casado, policial militar da reserva, natural de Campo Grande/MS,
nascido em 27/01/1984, portadora do CPF n. 975.018.831-49, filho de Wanderley
Marcos Paccola e Amelia Alfredina Ticianel Paccola, com domicílio na
Alameda Cuiabá, nº 267, condomínio Alphaville II, Bairro Jardim Itália, nesta
Capital), pela prática do crime a seguir descrito:

Sede das Promotorias de Justiça da Capital Telefone: (65) 3611- www.mpmt.mp.br


Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira 2672
Mendes, s/nº
3º Andar
Setor D - Centro Politico e Administrativo • Cuiabá/MT
CEP: 78049-928
Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Cuiabá
Núcleo de Defesa da Vida

Consta do incluso inquérito policial que, no dia 1º de


julho de 2022, por volta das 19h40min, na via pública, precisamente em
frente ao imóvel de número 132 da Rua Presidente Arthur Bernardes,
Bairro Quilombo, nesta Capital, MARCOS EDUARDO TICIANEL PACCOLA,
por torpe motivação, mediante disparos de arma de fogo e utilizando-se
de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, matou ALEXANDRE
MIYAGAWA DE BARROS.

Segundo o apurado, a vítima estava na companhia


de sua convivente JANAINA MARIA SANTOS CÍCERO DE SÁ CALDAS,
sendo que ela se encontrava na condução do veículo do casal e,
inadvertidamente, ingressou na Rua Presidente Arthur Bernardes em alta
velocidade e na contramão da direção, oportunidade em que parou o
carro, desceu do veículo e, visivelmente descontrolada, passou a discutir
e xingar as pessoas que se encontravam na referida via pública.

É fato que, em meio a uma série de impropérios,


JANAINA instigou ALEXANDRE para que sacasse da arma de fogo que
trazia consigo, o que efetivamente foi feito, em aparente objetivo de
evitar que a própria se apossasse da arma que trazia em sua cintura, bem
como com a intenção de dissuadir que as pessoas que por ela eram
xingadas viessem a investir contra ela.

Atenta análise dos depoimentos de testemunhas


confrontados às imagens de câmeras existentes no local torna possível
concluir que, neste interregno, o edil MARCOS PACCOLA transitava pela
Avenida Filinto Muller e, ao verificar que ocorria alguma confusão na Rua

Sede das Promotorias de Justiça da Capital Telefone: (65) 3611- www.mpmt.mp.br


Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira 2672
Mendes, s/nº
3º Andar
Setor D - Centro Politico e Administrativo • Cuiabá/MT
CEP: 78049-928
Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Cuiabá
Núcleo de Defesa da Vida

Arthur Bernardes, resolveu deixar seu carro atravessado na mencionada


avenida e abordar os transeuntes, questionando o que estava
acontecendo, sendo informado inicialmente que se tratava de uma
discussão de trânsito, após o que foi informado que um homem estaria
armado.

Foi neste momento que MARCOS EDUARDO TICIANEL


PACCOLA se aproximou da vítima já de arma em riste, visualizou que ela
estava com uma arma de fogo nas mãos e de costas para ele, andando
na mesma direção de sua companheira que seguia um pouco à frente,
oportunidade em que efetuou 03 (três) disparos de arma de fogo contra
ALEXANDRE, atingindo-o na região dorsal esquerda, espondiliana superior
e dorsal direita, provocando assim as lesões descritas no Laudo Pericial nº
1.1.01.2022.017291-01, cuja gravidade e localização foram suficientes
para provocar-lhe a morte por choque hipovolêmico hemorrágico

Importante frisar que, não obstante estivesse


portando uma arma de fogo, em nenhum momento a vítima agrediu ou
ofendeu quem quer que lá estivesse e não apontou sua arma de fogo na
direção de ninguém, sendo alvejada pelas costas pela ação do ora
denunciado.

Os três disparos de arma de fogo foram deflagrados


nas e pelas costas da vítima, que sequer notou a presença de seu
agressor, de maneira que lhe foi subtraída e impossibilitada qualquer
chance de defesa

Sede das Promotorias de Justiça da Capital Telefone: (65) 3611- www.mpmt.mp.br


Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira 2672
Mendes, s/nº
3º Andar
Setor D - Centro Politico e Administrativo • Cuiabá/MT
CEP: 78049-928
Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Cuiabá
Núcleo de Defesa da Vida

Finalmente, é possível concluir que o agressor agiu


por torpe motivação, no afã de projetar sua imagem como sendo de
alguém que elimina a vida de supostos malfeitores e revela coragem e
destemor no combate a supostos agressores de mulheres.

O elemento anímico restou desvelado pelas


manifestações do próprio investigado em seguida à prática homicida, eis
que conforme esmiuçado nos autos nº 1010043-98.2022.8.11.0042
(representação de prisão preventiva – docs. ora anexados), veiculou
mídias sobre seu suposto ato de heroísmo, além de discursar, no exercício
da vereança, exaltando seu feito e desprestigiando a figura da vítima.

Neste aspecto, importante destacar e rememorar


que o ora denunciado, ao visualizar que uma situação anômala ocorria,
determinou que seu assessor parlamentar/motorista deixasse seu veículo
atravessado na faixa da Avenida Filinto Muller, praticamente
interrompendo o fluxo total da referida via, com o claro propósito de que
sua presença e ação pudesse ser notada por um maior número de
pessoas, momento em que se dirigiu ao local em que a vítima se
encontrava, colocando-se na posição de autoridade que ali estava para
“colocar ordem na situação”, o que acabou por descambar para uma
desnecessária execução da vítima.

Há, portanto, evidências de que agiu na expectativa


de que sua ação homicida lhe angariasse dividendos políticos, restando,
pois, configurada a torpe motivação de sua conduta.

Sede das Promotorias de Justiça da Capital Telefone: (65) 3611- www.mpmt.mp.br


Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira 2672
Mendes, s/nº
3º Andar
Setor D - Centro Politico e Administrativo • Cuiabá/MT
CEP: 78049-928
Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Cuiabá
Núcleo de Defesa da Vida

Em face do exposto, DENUNCIAMOS MARCOS


EDUARDO TICIANEL PACCOLA como incurso nas sanções do artigo 121, §
2º, incisos I e IV, do Código Penal, razão pela qual se oferece a presente
denúncia, requerendo a Vossa Excelência digne-se em recebê-la,
determinando a citação do denunciado para responder à acusação por
escrito, com o prosseguimento do feito nos seus ulteriores termos, ouvindo
as pessoas constantes no rol abaixo, cuja intimação se requer, julgando-
a, ao final, totalmente procedente, para o fim especial de pronunciá-lo
para ser submetido a julgamento e condenado perante o Tribunal do Júri
desta Comarca.

Considerando o disposto no artigo 387, inciso IV, do


CPP, que determina que a sentença condenatória deverá fixar um “valor
mínimo para reparação dos danos causados pela infração,
considerando os prejuízos sofridos pelo ofendido”, o Ministério Público,
visando tornar certa a obrigação de indenizar, direito a ser reconhecido
através da vindoura sentença penal condenatória, como efeito
secundário da medida, requer seja arbitrado valor a título de reparação
dos danos materiais e morais sofridos pelos familiares da vítima.

Rol:
1. Hércules Batista Gonçalves - Delegado de Polícia;
2. Janaina Maria Santos Cícero de Sá Caldas (fls. 34);
3. Mariana da Silva Pin (fls. 65);
4. Francisco Jucenilson da Silva Sousa (fls. 71);
5. Wariston Costa Paes Barreto (fls. 83);
6. Gustavo Miyagawa dos Santos (fls. 111);

Sede das Promotorias de Justiça da Capital Telefone: (65) 3611- www.mpmt.mp.br


Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira 2672
Mendes, s/nº
3º Andar
Setor D - Centro Politico e Administrativo • Cuiabá/MT
CEP: 78049-928
Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Cuiabá
Núcleo de Defesa da Vida

7. Elia Miyagawa dos Santos (fls. 133);


8. Wesley Diego da Silva Ferreira (fls. 465).

Cuiabá, 28 de julho de 2022.


SAMUEL Assinado de forma digital por
FRUNGILO:266861448 SAMUEL FRUNGILO:26686144819 Assinado de forma digital por
MARCELLE RODRIGUES MARCELLE RODRIGUES DA
Dados: 2022.07.28 14:11:28 -04'00'
19 DA COSTA E COSTA E FARIA:80196055172
Dados: 2022.07.28 15:16:13
FARIA:80196055172 -04'00'

SAMUEL FRUNGILO MARCELLE RODRIGUES DA COSTA E FARIA


Promotor de Justiça Promotora de Justiça

ANTONIO SERGIO Assinado de forma digital por VINICIUS GAHYVA Assinado de forma digital por
ANTONIO SERGIO CORDEIRO VINICIUS GAHYVA
CORDEIRO PIEDADE:99336740997 MARTINS:0186500270 MARTINS:01865002704
PIEDADE:99336740997 Dados: 2022.07.28 15:23:19 -04'00' 4 Dados: 2022.07.28 14:31:03 -04'00'

ANTONIO SERGIO CORDEIRO PIEDADE VINÍCIUS GAHYVA MARTINS


Promotor de Justiça Promotor de Justiça

Sede das Promotorias de Justiça da Capital Telefone: (65) 3611- www.mpmt.mp.br


Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira 2672
Mendes, s/nº
3º Andar
Setor D - Centro Politico e Administrativo • Cuiabá/MT
CEP: 78049-928
Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Cuiabá
Núcleo de Defesa da Vida

12ª VARA CRIMINAL


IP nº 1010635-45.2022.8.11.0042

MM. Juiz,

Denúncia oferecida em 06 (seis) laudas, redigidas


apenas no anverso.

Requer seja determinado por Vossa Excelência:

1. A requisição e juntada aos autos de certidões


criminais do denunciado oriundas desta Comarca.

2. A requisição e juntada aos autos da folha de


antecedentes criminais do denunciado atualizada;

Sede das Promotorias de Justiça da Capital Telefone: (65) 3611- www.mpmt.mp.br


Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira 2672
Mendes, s/nº
3º Andar
Setor D - Centro Politico e Administrativo • Cuiabá/MT
CEP: 78049-928
Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Cuiabá
Núcleo de Defesa da Vida

3. Considerando as características do crime


perpetrado, com o objetivo de acautelar a ordem pública e evitar que
fatos similares tornem a ocorrer, requer seja aplicada medida cautelar
diversa da prisão, nos termos do artigo 319 do CPP, consistente na
suspensão de porte de arma do ora denunciado, devendo o mesmo se
abster de portar qualquer arma de fogo, sob pena de conversão da
cautelar em outra mais gravosa.

Cuiabá, 28 de julho de 2022.

SAMUEL Assinado de forma digital por


SAMUEL FRUNGILO:26686144819
FRUNGILO:26686144819 Dados: 2022.07.28 14:12:00 -04'00' MARCELLE RODRIGUES Assinado de forma digital por
MARCELLE RODRIGUES DA COSTA
DA COSTA E E FARIA:80196055172
FARIA:80196055172 Dados: 2022.07.28 15:16:38 -04'00'

SAMUEL FRUNGILO MARCELLE RODRIGUES DA COSTA E FARIA


Promotor de Justiça Promotora de Justiça

ANTONIO SERGIO Assinado de forma digital por VINICIUS GAHYVA Assinado de forma digital por
ANTONIO SERGIO CORDEIRO VINICIUS GAHYVA
CORDEIRO PIEDADE:99336740997 MARTINS:0186500270 MARTINS:01865002704
PIEDADE:99336740997 Dados: 2022.07.28 15:24:10 -04'00' 4 Dados: 2022.07.28 14:31:43 -04'00'

ANTONIO SERGIO CORDEIRO PIEDADE VINÍCIUS GAHYVA MARTINS


Promotor de Justiça Promotor de Justiça

Sede das Promotorias de Justiça da Capital Telefone: (65) 3611- www.mpmt.mp.br


Av. Desembargador Milton Figueiredo Ferreira 2672
Mendes, s/nº
3º Andar
Setor D - Centro Politico e Administrativo • Cuiabá/MT
CEP: 78049-928

Você também pode gostar