Você está na página 1de 2

Comunidade e Cultura Surda...

O que é uma comunidade surda? Quem faz parte dela? 

Cultura surda? envolve o quê? É diferente da cultura ouvinte? Como?

principal característica da comunidade surda é que ela é composta por um grupo de pessoas
que vivem num determinado local, compartilham objetivos comuns aos dos seus membros, e
trabalham no sentido de alcançarem esses objetivos. Uma comunidade surda pode incluir
pessoas que não são elas próprias surdas, mas que apóiam os objetivos da comunidade e
trabalham em conjunto com as pessoas surdas para os alcançarem.

Os surdos possuem características peculiares que diferenciam a comunidade surda, e assim


podemos destacar através do convívio ou até mesmo integrar-se nessa comunidade que são
denominadas na seguinte forma:

articipam também dessas comunidades, pessoas ouvintes que executam projetos de


assistência social ou religiosa, ou são intérpretes, ou são familiares, pais de surdos ou
conjugues, ou ainda amigos e professores que participam continuamente em questões
pertencentes à comunidade, por isso estão sempre nas comunidades, como membros.

Às vezes, os filhos dos surdos, que

Cultura surda é o como uma pessoa surda entende o mundo e de modificá-


lo a fim de se torná-lo acessível e habitável ajustando-os com as suas
percepções visuais, que contribuem para a definição das identidades surdas
e das “almas” das comunidades surdas. Isto significa que abrange a língua,
as idéias, as crenças, os costumes e os hábitos de povo surdo. Descreve a
pesquisad

éculos os surdos foram formando uma cultura própria centrada principalmente em sua forma de
comunicação. Em quase todas as cidades do mundo vamos encontrar associações de surdos
onde eles se reúneQuando se pensa em cultura, o conceito recorrente é de um
conjunto de práticas simbólicas de um determinado grupo: língua, artes (literatura,
música, dança teatro etc.), religião, sentimentos, idéias, modos de agir e de vestir.
Poche (1989) afirma que, por cultura, entende-se os esquemas perceptivos e
interpretativos segundo os quais um grupo produz o discurso de sua relação com o
mundo e com o conhecimento, ou qualquer outra proposição equivalente; a língua
e a cultura são duas produções paralelas e, além disso, a língua é um "recurso" na
produção da cultura, embora não seja o único. Pare ele, a língua é, neste sentido,
um instrumento que serve à linguagem para criar, simbolizar e fazer circular
sentido, é um processo permanente de interação social.
Na área da surdez encontra-se geralmente o termo "cultura" como referência à
língua (de sinais), às estratégi

m e convivem socialmente.ora surda:

Você também pode gostar