JOGOS E BRINCADEIRAS ANTIGAS

Aluno(a):_____________________________________________________
Colégio Trilíngüe Inovação Rua Mato Grosso 420-E Fone/Fax: (49) 3322.4422 Chapecó – Santa Catarina CEP. 89801-600

Turma:_MATERNAL_____

Data: ______/______/______

Uma das atividades desenvolvidas na semana do dia da criança, com a turma do Maternal, foi fazer um levantamento, por meio de pesquisa com os familiares, sobre as brincadeiras do tempo de seus pais e de seus avôs. Antes, as crianças trouxeram para escola brinquedos que costumam brincar em casa. Descreveram estes brinquedos aos colegas e emprestaram aos amigos. Após termos em mãos as brincadeiras que cada criança trouxe, foi feita apresentação ao grupo. Onde cada criança explicou como é desenvolvida a brincadeira e com quem costuma brincar em casa. Depois, de ouvirmos as apresentações, foram selecionadas, pelas crianças, algumas brincadeiras e todos juntos brincamos. Essa seqüência de atividades se justifica também como uma interessante e divertida forma de cultivo e valorização da cultura lúdica tradicional de nosso país. Assim, apresentamos aqui algumas sugestões de jogos e brincadeiras antigas:

até ter-se apenas dois participantes e uma cadeira. Como há uma cadeira a menos. Precisa-se de cadeiras/bancos para a brincadeira. esse é eliminado da rodada. Na rodada seguinte. Por exemplo. um participante ficará em pé. o que sentar na cadeira vence! .Dança da Cadeira É um tipo de brincadeira "musicada". ao som de uma música. se tiverem 10 participantes. serão necessárias nove cadeiras. dos dois últimos. uma cadeira deve ser retirada e repete-se o mesmo processo e assim sucessivamente. As cadeiras são postas em círculo (Com a parte de sentar voltada para fora). e os participantes ficam girando em volta das cadeiras. todos devem sentar rapidamente. Quando a música parar.

Amarelinha Desenha-se a amarelinha no chão. e depois no céu ( 6 e 7) com os dois pés ao mesmo tempo. salta o 2 e assim por diante. Depois joga no 2. Pula no nº 1 com um pé só. depois no 5 com um pé só. quando chegar no 2 pega a pedra no 1 e pula fora. Exemplo: 1ª etapa .O primeiro jogador. menos na casa em que está a pedra. com 1 pedrinha vai jogando em cada casa. Vira e volta. joga a pedra na primeira casa (1) e com um pé só pula esta pisando no 2. tendo que pular com 1 pé só em todas as casas. depois no 3 e 4 ao mesmo tempo. Não pode pisar na linha senão é a vez do outro. .

.2ª etapa . batata que já passou. 3ª etapa .Joga-se sem pedra com os olhos vendados.Batata que passa quente. Começa a chutar sem tocar nos riscos. se errar é a vez de outra criança. sem ver ainda onde parou.Chutinho . Vira e começa a pular igual à primeira etapa. joga a pedra por trás de si. Onde a pedra cair exclui-se marcando um x com giz. quem ficar com a batata. com um objeto na mão vai passando e cantando a seguinte canção: . sentados no chão. Batata quente Todos em roda. 4ª etapa . sai da roda. então diz: pisei? E as outras crianças respondem não. porém na casa excluída pode-se pisar com os dois pés. antes da amarelinha.Joga-se a pedra perto. a pessoa que estiver com o objeto na mão. Se pisar e disserem sim é a vez de outra. coitadinho se queimou! Quando disser queimou.De costas.

Se errar. Todos devem unir as palmas das mãos e erguê-las na sua frente. Ao final pergunta a um dos participantes onde está o anel? Se este acertar ele será o próximo a passar o anel. . mas deve continuar fazendo de conta que continua passando o anel até o último do grupo. Quem ganhou na sorte deve segurar o anel entre as palmas das mãos e passar as suas mãos pelas mãos dos componentes do grupo deixando o anel nas mãos de alguém que ele escolher. começando novamente a brincadeira. quem recebeu o anel é que passará.Passa anel Sentados numa roda o grupo tira a sorte para ver quem vai passar o anel.

Pula-pula corda Duas crianças seguram a corda nas extremidades bem perto do chão. geralmente feito de borracha. com o objetivo de dar equilíbrio. As crianças dão outra volta cantando novamente até chegar perto da . evitando que a mesma toque o solo numa área definida. e uma extensão mais leve. onde a peteca é arremessada ao ar de um jogador para o outro. Seu lobo Escolhe-se uma criança para ser o lobo que deverá se esconder perto. geralmente feita de penas naturais ou sintéticas. As outras crianças começam a saltar. O jogo consiste em dois ou mais participantes.PETECA A Peteca é constituída de uma base que concentra a maior parte de seu peso. seu lobo está? Então o lobo responde: estou tomando banho. utilizando-se as mãos. Será o vencedor quem conseguir pular mais alto. À medida que saltam o nível da altura deverá ir subindo. As outras crianças deverão ir até onde o lobo está escondido e então cantam: vamos passear na floresta enquanto seu lobo não vem.

até quando estiver pronto. sai indo de pessoa em pessoa. As estátuas que se mexerem vão saindo da partida. o participante X. o primeiro que conseguir pegar num objeto que contenha a cor vai "reger" a próxima partida. Uma pessoa é escolhida para distrair as "estátuas".casa: vamos passear na floresta enquanto seu lobo não vem. A música pode ser cantada ou pode ser usado um som mesmo. Isso até sobrar uma única pessoa que será a vencedora da partida e será o "fiscal das estátuas" na próxima partida. só que dessa vez o 'pegue' fica com os olhos vendados. só que um pouco mais complicado. o pegue precisa ficar bem atento a todos os sons! . todos recomeçam dançando até o participante X mandar parar de novo. seu lobo está? O lobo responde outra coisa: estou botando meu sapato e assim por diante cada vez o lobo dirá algo diferente que está fazendo. A cada participante que sai. Elefante Colorido Alguém começa gritando a frase: "Elefante colorido". Daí então o participante X. As regras são as mesmas de pega-pega. e o restante do grupo responde: "Que cor???". Cabra-Cega Também é um estilo de pega-pega. Não é fácil fazer isso. aí então o primeiro diz uma cor. O lobo então sai sem falar nada atrás das crianças. A que ele conseguir agarrar será o próximo lobo. e todos devem pegar em um objeto que possui a cor mencionada. Estátua Essa brincadeira precisa de música. fazendo "palhaçadas/macaquices" de forma que tente fazer os outros rirem. Então todos começam a dançar e quando o participante disser "Pára a música". todos devem ficar imóveis na posição em que estão.

. até pegar uma (Encostando a mão nas costas por exemplo)! Quando pegar alguém. divertem-se. Dominó A forma mais comum de jogar o dominó é entre duplas (4 jogadores 2x2). adultos e velhos. e esse faz o mesmo com o participante seguinte até que a "frase" dê uma volta completa no círculo. ou jogar-se em 2 jogadores com 7 pedras cada um e 14 pedras para comprar no caso do oponente não ter a pedra da vez. O objetivo é baixar todas as peças primeiro. mulheres. Pega-pega Escolhe-se uma criança para ser o "pegue". enfim.. eles devem repassar aquilo que entendeu mesmo que não faça sentido. até cansar. meninas. esse alguém se tornará o novo pegue e assim a brincadeira continua. já que os participantes não podem repetir a frase. É jogado por crianças. jovens. Vale lembrar que deve ser estabelecido um limite.Telefone sem Fio Para brincar basta-se formar uma roda com os participantes! Um escolhe uma frase e fala no ouvido (sem deixar o restante do grupo escutar) do participante que está ao seu lado. E mesmo os pequenos. todas as pessoas de todas as idades podem se divertir com este jogo milenar. quem ultrapassar o limite passará a ser o pegue mesmo que tenha conseguido fugir! . onde cada jogador recebe 7 peças. ou fechar o jogo (menos habitual). que ainda não sabem ler números. Ao passar por todos os participantes será super divertido ver a modificação que a frase levou. "construindo" com as peças do dominó. por exemplo. numa rua o limite pode ser de uma esquina a outra. O pegue deve dar um tempo para as outras crianças se afastarem e depois ir correr atrás delas.

um lugar na parede. ela está 'salva'! No fim do jogo. Depois disso escolhe-se. ao terminar a contagem. etc. a pessoa que estava contando corre de volta até o local. a pessoa grita: "Lá vou eu!" e sai à procura dos participantes que estão escondidos. deve encostar a mão na parede e gritar o nome da pessoa que achou. Ao encontrar alguém.Esconde-esconde/Pique-esconde Inicialmente uma pessoa é escolhida para "ir contar". enquanto ela conta (sem olhar para trás) as outras pessoas se escondem. um local onde as pessoas devem 'bater seu nome'. . pode ser um poste. Caso a pessoa que foi encontrada consiga chegar primeiro na parede e dizer seu nome. as pessoas vão girando e cantando cantigas de roda. tem-se que escolher uma nova pessoa para contar. Brincadeiras de roda Rodar de mãos dadas. Conta até um número X. A pessoa que vai contar fica no local e começa a contar.

alecrim dourado Que nasceu no campo Sem ser semeado Alecrim. Alecrim Alecrim. Se eu fosse um peixinho E soubesse nadar. alecrim dourado Que nasceu no campo Sem ser semeado Foi meu amor Que me disse assim Que a flor do campo É o alecrim Foi meu amor . Foi por causa de fulano (nome da criança) Que não soube remar.Exemplo de algumas cantigas de roda: A Canoa Virou A canoa virou. Eu tirava fulano (nome da criança) Do fundo do mar. Fui deixar ela virar.

Só para mim. . Tá no jardim. Olho de vidro. Poti. poti. Fazendo cambalhotas. Para a madrinha. Nariz de pica-pau. Borboletinha. poti. Perna de pau.Que me disse assim Que a flor do campo É o alecrim Atirei o pau no gato Atirei o pau no gatô-tô Mas o gatô-tô Não morreu-reu-reu Dona Chicá-cá Admirou-sê-sê Do berrô. pau. Fazendo chocolate. Poti. Perna de pau. Tá na cozinha. do berrô que o gato deu: Miauuu! Borboletinha Borboletinha. pau.

lobo mau. lobo mau. não! Cai aqui na minha mão! Chapeuzinho vermelho Pela estrada afora Eu vou tão sozinha Levar estes doces para a vovozinha Ela mora longe O caminho é deserto E o lobo mal passeia aqui por perto Eu sou o lobo mau. Nariz de pica-pau. Não cai. Pego as criancinhas pra fazer mingau Hoje estou contente Vai haver festança Quero um bom petisco . cai. Balão Cai. pau.Olho de vidro. balão! Na rua do sabão. Cai. pau. balão! Cai. mau. mau. Cai. não! Não cai. mau. cai. Pego as criancinhas pra fazer mingau Hoje estou contente Vai haver festança Quero um bom petisco Para encher a minha pança Eu sou o lobo mau. mau. não! Não cai.

Para encher a minha pança Ciranda. Diga adeus e vá-se embora. volta e meia vamos dar. vamos dar a meia volta. Cirandinha Ciranda. Dona aranha Dona aranha Subiu pela parede Veio a chuva forte E a derrubou Já passou a chuva E o sol já vem surgindo E a dona aranha Na parede vai subindo Ela é teimosa . o amor que tu me tinhas. era pouco e se acabou. O anel que tu me destes. vamos todos cirandar. era vidro e se quebrou. Cirandinha. diga um verso bem bonito. eu já vi uma perua. ser caixeira de uma venda. Todo mundo se admira de macaca fazer renda. Por isso menina entre dentro desta roda.

não tinha nada. Ninguém podia dormir na rede. porque na casa. Ninguém podia fazer pipi porque penico. entrar nela não. sobe. sobe Nunca está contente. . não tinha parede. na Rua dos Bobos. número zero. Mas era feita com muito esmero. Ninguém podia. não tinha teto. Era uma casa Era uma casa muito engraçada. não tinha chão. não tinha ali. porque na casa.E desobediente Sobe.

9 indiozinhos 10 num pequeno bote. Foram navegando pelo rio abaixo Quando um jacaré se aproximou E o pequeno bote dos indiozinhos Quase. se roubei teu coração. Se esta rua.8. Se roubei. que se chama. que roubou. que se chama Solidão. para o meu amor passar.2. Eu mandava.3 indiozinhos.Esta rua Esta rua. se roubei teu coração. com pedrinhas de brilhante. esta rua tem um bosque. se esta rua fosse minha.6 indiozinho 7. que roubou meu coração. Dentro dele. Para o meu.5.2.) . Indiozinhos 1. Se roubei. é porque tu roubaste o meu também. dentro dele mora um anjo. Com pedrinhas. quase virou (Repete: 1.. é porque. é porque te quero bem.3 indiozinhos 4. eu mandava ladriar..

Marcha soldado Marcha soldado cabeça de papel Se não marchar direito Vai preso no quartel O quartel pegou fogo O bombeiro deu sinal Acode. roda. roda Caranguejo peixe é O cravo e a rosa O cravo brigou com a rosa Debaixo de uma sacada O cravo saiu ferido . A bandeira nacional O Caranguejo Caranguejo não é peixe.palma! Pé. Palma. Caranguejo peixe é Caranguejo só é Peixe na enchente da maré.pé! Roda. acode. acode.palma.pé.

bate Pirulito que já bateu.. despetalada. .A rosa. Quem gosta de mim é ela Quem gosta dela sou eu.. O cravo ficou doente A rosa foi visitar O cravo teve um desmaio A rosa pôs-se a chorar O cravo tem vinte anos A rosa tem vinte e um A diferença que existe É que a rosa tem mais um O sapo não lava o pé O sapo não lava o pé Não lava porque não quer Ele mora lá na lagoa Não lava o pé Porque não quer Mais que chulé! Pirulito que bate-bate Pirulito que bate.

Lavando roupa. Vou na janela. Limpa aí seu porcalhão! Tenha mais educação! Trem de ferro O trem de ferro Quando sai de Pernambuco Vai fazendo fuco-fuco Até chegar no Ceará . Chapéu de lado. Mandei entrar. Pro casamento. Que está fazendo. Mandei sentar. Vou me lavar. Vou me trocar. Cuspiu no chão. Meu namorado. Passou um homem. de terno branco.Pombinha Branca Pombinha branca. Pra namorar.

No Ceará Um pouquinho de Coca-Cola Um pouquinho de guaraná Um macaco na escola Aprendendo o be-a-bá O be-a-bá Você diz que dá que dá Você diz que dá na bola Na bola você não dá .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful