Educação em Saúde: Prevenindo verminoses

DESCRIÇÃO DO PROBLEMA: Dos platelmintos e nematódeos, os parasitas destes filos são os que apresentam extrema importância na área da saúde. Como parasitas, infestam vários hospedeiros e completam seu ciclo reprodutivo, muitas vezes, em seres humanos. Em países como o Brasil, onde ainda são comuns as habitações sem condições adequadas de saneamento básico, verminoses causadas por platelmintos e nematelmintos ainda se revelam freqüentes (SANTOS,2008). São doenças com vários agentes etiológicos e de distribuição mundial. Ocorrem preferencialmente em crianças independente da idade. No Brasil, predomina nas áreas rurais e urbanas, estando muito associada a áreas sem saneamento. Apesar de existirem medicamentos eficazes, a maneira mais eficiente de acabar com essas infestações é a prevenção, por meio de higiene e saneamento básico. Em Parnaíba a situação não é diferente, devido ao alto índice de crianças com parasitológico positivo para algum tipo de verminoses nas unidades básicas de saúde, faz-se necessário um trabalho de prevenção deste mal que ainda é realidade neste município. CARACTERÍSTICA GERAL DO MUNICÍPIO, INSTITUIÇÃO E DA POPULAÇÃO – ALVO Os alunos do curso de Enfermagem bloco IV- noturno da Faculdade Piauiense orientados pela professora da disciplina de Educação em saúde, Iéldina Vasconcelo, propõem a elaboração do plano de ação do projeto: “Educação em saúde: prevenindo verminoses” a ser realizado nas escolar de Ensino Infantil da cidade de Parnaíba. Projeto este tendo como público alvo mães e escolares do município. A cidade de Parnaíba situa-se no extremo norte do estado, é banhada pelo Rio Igaraçu, (1º braço do Delta do Parnaíba) e Oceano Atlântico, distante a 339Km da capital do Piauí, Teresina. Conta com uma população de 146.059 Habitantes (2009) IBGE . 94,49% de sua população encontram-se na zona urbana. A densidade demográfica é de 435,9 hab/Km2.(IBGE). E sua área é de 436 Km (0,1732% da área do Estado) (IBGE). Os limites geográficos são ao Norte: OceanoAtlântico. Sul : Buriti do Lopes,BomPrincípio.Leste:LuizCorreia.Oeste : Ilha Grande do Piauí. O clima é Tropical quente e úmido (INPE) e a vegetação de igarapés e mangues nas margens dos rios e caatinga litorânea e mata de cocais (IBGE). A média pluviométrica está entre 1000 e 1600 mm/a (INPE).e a temperatura média 27° C a 29° C (INPE).Coordenadas geográficas: 2°54'185'' ; 41°46'37'' (IBGE), altitude média: 13m (IBGE). a taxa de alfabetização em 2008 era de 98,8% segundo o INEP- MEC. Contando com 9 hospitais com 799 leitos. A taxa de mortalidade infantil (2009) é 2,75% segundo o SIAB. 78,89% da população contam com abastecimento de água. A expectativa de vida é de 61,07%.

Neste contexto ações de educação em saúde como palestras que promovam o esclarecimento sobre as principais medidas de prevenção às verminoses são de suma importância para que este fim seja alcançado. e a compreensão da necessidade de analisar as atitudes e os fatores culturais de uma comunidade para que medidas preventivas e profiláticas sejam capazes de provocar mudanças comportamentais favoráveis ao combate das parasitoses intestinais. diagnóstico e comportamentos preventivos com cuidados básicos de higiene pessoal e da alimentação.DIAGNÓSTICO EDUCATIVO: Embora a população seja capaz de expressar conceitos parcialmente corretos sobre parasitoses intestinais estes não mostram relação com atitudes cotidianas. . observa-se a dificuldade de estabelecer diferenças entre sintomatologia.

pois refere-se à animais de corpo mole e cilíndrico. refletido na ausência de água tratada e esgoto. Condições precárias de higiene. em especial. através de ações educativas torna-se importante instrumento de promoção de saúde. Entretanto. comprometendo o desenvolvimento de crianças e a capacidade de trabalho dos adultos (Neves. . caso os cuidados básicos com a saúde estivessem presentes em diversas comunidades carentes no Brasil tal fato nem seria mensurado . é comum a falta de saneamento básico. esclarece e orienta para as práticas básicas de higiene necessárias à prevenção das mesmas. educação e trabalho. cujo parasitas humanos são representados por alguns indivíduos dos filos dos platelmintos e nematelmintos. Pois. alimentação. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). “saúde é o estado de completo bem estar físico mental e social e não apenas ausência de doença ou enfermidade”. este sem valor taxonômico. que por sua vez está ligada aos aspectos econômicos. Especificamente sobre as parasitoses. além de prevenção de doenças. A saúde está associada a fatores como qualidade de vida. Para isso. 2003). infestações por parasitas intestinais. infecções. se tornem o alvo preferido para a proliferação das parasitoses intestinais. buscando auxilio da comunidade. Em nosso País milhares de indivíduos morrem a cada ano vítimas de doenças facilmente evitáveis e controláveis. 2001). 2002). sociais e ambientais nas diferentes comunidades (Fortes. como desnutrição. Diante do exposto o projeto Educação em Saúde: Prevenindo Verminoses proposto pelos acadêmicos do curso de Enfermagem da Faculdade Piauiense visa minimizar tal situação com o fornecimento de informações sobre medidas preventivas de verminoses. além da precariedade das habitações para boa parte da população brasileira. A prevenção de verminoses. o Homem necessita de condições dignas de moradia. as crianças. Nas suas formas mais graves geram um gasto elevado ao Estado. estas têm importância pela freqüência com que produzem deficiências orgânicas.JUSTIFICATIVA Verminose é uma terminologia que designa genericamente doenças causadas por vermes. dificuldades econômicas e desconhecimento sobre medidas preventivas são fatores que contribuem para que as populações menos favorecidas e. seja pelos gastos com assistência médico-hospitalar ou improdutividade que geram (Rey. para que esta seja multiplicadora destas medidas básicas de higiene que podem reduzir e muito o aparecimento de doenças parasitárias.

A participação da comunidade será realizada por meio de jogos.OBJETIVO: Despertar na comunidade a consciência e construção de sua cidadania estimulando a participação em trabalhos educativos sobre higiene básica e profilaxia de verminoses. • Estimular a participação ativa da comunidade em trabalhos educativos realizados nas escolas e unidades básicas de saúde. POPULAÇÃO – ALVO Mães e escolares de algumas escolas da Educação Infantil no município de Parnaíba METODOLOGIA O projeto Educação em Saúde: Prevenindo verminoses terá inicio dia 01/12/10 na escola municipal _____________________________ localizada no Bairro Mendonça Clarck. havendo premiação para aqueles que se mostrarem participativos durante o encontro. • A comunidade na prevenção de verminoses • Profilaxia das verminoses. . cuidados com os alimentos e com a água. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO • Conhecendo as doenças causadas por vermes parasitas. OBJETIVOS ESPECIFICOS: • • Orientar a comunidade quanto aos riscos decorrentes das doenças parasitárias. A sensibilização ocorrerá por meio de uma palestra “Prevenindo Verminoses” e exposição de um vídeo com o mesmo titulo. propiciando ações que resultem na melhoria da qualidade de vida através da ênfase na educação em saúde. Promover palestras sobre as medidas de higiene básica .

AVALIAÇÃO A avaliação ocorrerá durante todo o processo de aplicação do projeto. Posteriormente será distribuído um questionário adequado a realidade sócio. Com base na participação do grupo e analise dos questionários. . avaliaremos os resultados obtidos no projeto.econômica da comunidade. verificando a participação do público-alvo.

CRONOGRAMA Elaboração do plano de ação Palestra na comunidade Apresentação de vídeo Avaliação 25/10 à 25/11/10 01/12/10 01/12/10 01/12/10 .

00 R$ 38.00 R$ 50.RECURSOS MATERIAIS RECURSO Vídeo sobre verminoses Combustível Brinde para os jogos de participação da comunidade Aluguel de Data.00 .00 R$ 30.show VALOR R$ 200.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful