Educação em Saúde: Prevenindo verminoses

DESCRIÇÃO DO PROBLEMA: Dos platelmintos e nematódeos, os parasitas destes filos são os que apresentam extrema importância na área da saúde. Como parasitas, infestam vários hospedeiros e completam seu ciclo reprodutivo, muitas vezes, em seres humanos. Em países como o Brasil, onde ainda são comuns as habitações sem condições adequadas de saneamento básico, verminoses causadas por platelmintos e nematelmintos ainda se revelam freqüentes (SANTOS,2008). São doenças com vários agentes etiológicos e de distribuição mundial. Ocorrem preferencialmente em crianças independente da idade. No Brasil, predomina nas áreas rurais e urbanas, estando muito associada a áreas sem saneamento. Apesar de existirem medicamentos eficazes, a maneira mais eficiente de acabar com essas infestações é a prevenção, por meio de higiene e saneamento básico. Em Parnaíba a situação não é diferente, devido ao alto índice de crianças com parasitológico positivo para algum tipo de verminoses nas unidades básicas de saúde, faz-se necessário um trabalho de prevenção deste mal que ainda é realidade neste município. CARACTERÍSTICA GERAL DO MUNICÍPIO, INSTITUIÇÃO E DA POPULAÇÃO – ALVO Os alunos do curso de Enfermagem bloco IV- noturno da Faculdade Piauiense orientados pela professora da disciplina de Educação em saúde, Iéldina Vasconcelo, propõem a elaboração do plano de ação do projeto: “Educação em saúde: prevenindo verminoses” a ser realizado nas escolar de Ensino Infantil da cidade de Parnaíba. Projeto este tendo como público alvo mães e escolares do município. A cidade de Parnaíba situa-se no extremo norte do estado, é banhada pelo Rio Igaraçu, (1º braço do Delta do Parnaíba) e Oceano Atlântico, distante a 339Km da capital do Piauí, Teresina. Conta com uma população de 146.059 Habitantes (2009) IBGE . 94,49% de sua população encontram-se na zona urbana. A densidade demográfica é de 435,9 hab/Km2.(IBGE). E sua área é de 436 Km (0,1732% da área do Estado) (IBGE). Os limites geográficos são ao Norte: OceanoAtlântico. Sul : Buriti do Lopes,BomPrincípio.Leste:LuizCorreia.Oeste : Ilha Grande do Piauí. O clima é Tropical quente e úmido (INPE) e a vegetação de igarapés e mangues nas margens dos rios e caatinga litorânea e mata de cocais (IBGE). A média pluviométrica está entre 1000 e 1600 mm/a (INPE).e a temperatura média 27° C a 29° C (INPE).Coordenadas geográficas: 2°54'185'' ; 41°46'37'' (IBGE), altitude média: 13m (IBGE). a taxa de alfabetização em 2008 era de 98,8% segundo o INEP- MEC. Contando com 9 hospitais com 799 leitos. A taxa de mortalidade infantil (2009) é 2,75% segundo o SIAB. 78,89% da população contam com abastecimento de água. A expectativa de vida é de 61,07%.

DIAGNÓSTICO EDUCATIVO: Embora a população seja capaz de expressar conceitos parcialmente corretos sobre parasitoses intestinais estes não mostram relação com atitudes cotidianas. . observa-se a dificuldade de estabelecer diferenças entre sintomatologia. diagnóstico e comportamentos preventivos com cuidados básicos de higiene pessoal e da alimentação. e a compreensão da necessidade de analisar as atitudes e os fatores culturais de uma comunidade para que medidas preventivas e profiláticas sejam capazes de provocar mudanças comportamentais favoráveis ao combate das parasitoses intestinais. Neste contexto ações de educação em saúde como palestras que promovam o esclarecimento sobre as principais medidas de prevenção às verminoses são de suma importância para que este fim seja alcançado.

Para isso. Condições precárias de higiene. pois refere-se à animais de corpo mole e cilíndrico. Nas suas formas mais graves geram um gasto elevado ao Estado. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). esclarece e orienta para as práticas básicas de higiene necessárias à prevenção das mesmas. que por sua vez está ligada aos aspectos econômicos. 2003). infestações por parasitas intestinais. Em nosso País milhares de indivíduos morrem a cada ano vítimas de doenças facilmente evitáveis e controláveis. dificuldades econômicas e desconhecimento sobre medidas preventivas são fatores que contribuem para que as populações menos favorecidas e. como desnutrição. em especial. através de ações educativas torna-se importante instrumento de promoção de saúde. refletido na ausência de água tratada e esgoto. além de prevenção de doenças. Especificamente sobre as parasitoses. Entretanto. A saúde está associada a fatores como qualidade de vida. A prevenção de verminoses. caso os cuidados básicos com a saúde estivessem presentes em diversas comunidades carentes no Brasil tal fato nem seria mensurado . as crianças. 2002). alimentação. Pois. para que esta seja multiplicadora destas medidas básicas de higiene que podem reduzir e muito o aparecimento de doenças parasitárias. Diante do exposto o projeto Educação em Saúde: Prevenindo Verminoses proposto pelos acadêmicos do curso de Enfermagem da Faculdade Piauiense visa minimizar tal situação com o fornecimento de informações sobre medidas preventivas de verminoses.JUSTIFICATIVA Verminose é uma terminologia que designa genericamente doenças causadas por vermes. é comum a falta de saneamento básico. 2001). se tornem o alvo preferido para a proliferação das parasitoses intestinais. este sem valor taxonômico. infecções. cujo parasitas humanos são representados por alguns indivíduos dos filos dos platelmintos e nematelmintos. comprometendo o desenvolvimento de crianças e a capacidade de trabalho dos adultos (Neves. estas têm importância pela freqüência com que produzem deficiências orgânicas. o Homem necessita de condições dignas de moradia. além da precariedade das habitações para boa parte da população brasileira. sociais e ambientais nas diferentes comunidades (Fortes. buscando auxilio da comunidade. seja pelos gastos com assistência médico-hospitalar ou improdutividade que geram (Rey. educação e trabalho. . “saúde é o estado de completo bem estar físico mental e social e não apenas ausência de doença ou enfermidade”.

A participação da comunidade será realizada por meio de jogos. A sensibilização ocorrerá por meio de uma palestra “Prevenindo Verminoses” e exposição de um vídeo com o mesmo titulo. propiciando ações que resultem na melhoria da qualidade de vida através da ênfase na educação em saúde. Promover palestras sobre as medidas de higiene básica . OBJETIVOS ESPECIFICOS: • • Orientar a comunidade quanto aos riscos decorrentes das doenças parasitárias.OBJETIVO: Despertar na comunidade a consciência e construção de sua cidadania estimulando a participação em trabalhos educativos sobre higiene básica e profilaxia de verminoses. • Estimular a participação ativa da comunidade em trabalhos educativos realizados nas escolas e unidades básicas de saúde. . POPULAÇÃO – ALVO Mães e escolares de algumas escolas da Educação Infantil no município de Parnaíba METODOLOGIA O projeto Educação em Saúde: Prevenindo verminoses terá inicio dia 01/12/10 na escola municipal _____________________________ localizada no Bairro Mendonça Clarck. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO • Conhecendo as doenças causadas por vermes parasitas. • A comunidade na prevenção de verminoses • Profilaxia das verminoses. havendo premiação para aqueles que se mostrarem participativos durante o encontro. cuidados com os alimentos e com a água.

Posteriormente será distribuído um questionário adequado a realidade sócio.econômica da comunidade. avaliaremos os resultados obtidos no projeto. verificando a participação do público-alvo. Com base na participação do grupo e analise dos questionários.AVALIAÇÃO A avaliação ocorrerá durante todo o processo de aplicação do projeto. .

CRONOGRAMA Elaboração do plano de ação Palestra na comunidade Apresentação de vídeo Avaliação 25/10 à 25/11/10 01/12/10 01/12/10 01/12/10 .

00 R$ 30.RECURSOS MATERIAIS RECURSO Vídeo sobre verminoses Combustível Brinde para os jogos de participação da comunidade Aluguel de Data.00 R$ 50.00 R$ 38.00 .show VALOR R$ 200.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful