Você está na página 1de 23

[E-BOOK]

QUESTÕES
RESOLVIDAS DAS
PROVAS DO REVALIDA
E CONCURSOS

[E-BOOK]
Nossa função
O Provalida disponibilizou esse e-book com 10 questões
resolvidas das provas anteriores do REVALIDA e
concursos similares para auxiliar você no seu plano de
estudos em busca da tão sonhada aprovação!
Se dedique, estude bastante e depois colha os frutos,
estamos com vocês!

QUESTÃO 1
IAMSPE – 2018 – Assinale a alternativa que contém uma vantagem do estudo
de Coorte:

a) Permite estabelecer taxa de incidência de uma doença em uma


determinada população

b) É de fácil execução

c) Pode avaliar a relação entre a doença e exposição a muitos fatores

d) Pode ser desenvolvido com baixo custo

e) É indicado para caso de doença raras

COMENTÁRIO
Questão para pura fixação. Como estudamos, por ser um estudo
prospectivo, a coorte permite estabelecer a taxa de incidência tanto
entre os expostos, quanto entre os não expostos ao fator de risco.
Lembre-se de que é um estudo observacional, portanto, não existe
intervenção. Por ser longo e prospectivo, é de difícil execução e,
naturalmente, com alto custo. Os transversais e os caso-controle é
que podem ser considerados de fácil execução. Não é bom para
avaliação de relação entre doença e exposição a muitos fatores,
pois pode ocorrer vários vieses e perdas de pacientes ao longo do
tempo de acompanhamento. Por fim, o estudo para doenças raras
é o caso-controle

Portanto, Letra "A".


QUESTÃO 2
UNICAMP - Uma nova medicação é muito efetiva em pacientes com IAM, mas
fatal em pacientes sem esta patologia. Qual a característica mais importante
de um teste confirmatório para que se assegure que o menor número de
pessoas possíveis sem IAM recebam o tratamento?

a) Alta sensibilidade

b) Elevado valor preditivo do teste positivo

c) Alta especificidade

d) Elevado valor preditivo do teste negativo

e) Elevada acurácia do teste


COMENTÁRIO

Nesta situação, é crítico tratar pacientes sem IAM, pois a


nova droga é fatal para pacientes sem essa patologia.
Assim, um teste muito específico implica que muito poucos
pacientes terão um teste positivo, pois quanto maior a
especificidade, menor o número de falso-positivos.
Portanto, Letra "C".

Portanto, Letra "C".


QUESTÃO 3
UFF - A proporção de resultados normais de um teste diagnóstico para
uma doença específica, aplicado a uma população de indivíduos não
portadores desta doença, é uma medida:

a) Do valor preditivo negativo

b) Do valor preditivo positivo

c) Da eficiência

d) Da sensibilidade

e) Da especificidade

COMENTÁRIO
A especificidade é a capacidade de um teste reconhecer os
verdadeiro-negativos, ou seja, como diz o enunciado da
questão: “A proporção de resultados normais de um teste
diagnóstico para uma doença específica”. Alguns
candidatos confundiram com valor preditivo negativo. No
entanto, VPN é a probabilidade de o paciente estar sadio
entre os que tiveram o teste negativo, ou seja, qual a
porcentagem desses pacientes com testes negativos
Portanto, Letra "C".

realmente serem negativos.

Portanto, Letra "E".


QUESTÃO 4
UNIFESP – 2019 – Admita que um teste diagnóstico para uma dada doença seja
aplicado tanto à população que procura a Atenção Básica (ABS) como a pacientes
referenciados a um ambulatório de especialidade dessa doença. Nesse
ambulatório, que probabilidade relacionada ao teste diagnóstico deverá ter seu
valor aumentado em comparação com o valor obtido na ABS?

a) Valor preditivo negativo

b) Sensibilidade

c) Valor preditivo positivo

d) Especificidade

e) Razão de verossimilhança

COMENTÁRIO

Questão simples, pois a prevalência da doença é muito


maior no ambulatório de especialidades dessa doença do
que na ABS. Consequentemente, no ambulatório, o valor
preditivo positivo será maior que na ABS, pois quanto mais
frequente é uma doença, mais provável é encontrar
verdadeiro-positivos (aumentando o valor preditivo
positivo), mas também é mais provável encontrar falso-
Portanto, Letra "C".

negativos (diminuindo o valor preditivo negativo).

Portanto, Letra "C".


QUESTÃO 5
REVALIDA – 2017 – Uma adolescente com 16 anos de idade, após o parto de seu segundo
filho, retorna à Unidade Básica de Saúde (UBS) para consulta de puericultura. O médico,
após examiná-la, orienta-a acerca das opções potenciais de métodos contraceptivos,
alguns deles fornecidos na própria UBS e outros disponíveis na unidade de referência do
programa Saúde da Mulher do município. Essa ação em particular, centrada nas
necessidades das pessoas e articulada nos diversos níveis de complexidade do sistema
de saúde, é a expressão de qual princípio do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil:

a) Controle Social

b) Regionalização

c) Integralidade

d) Equidade
COMENTÁRIO
Os princípios doutrinários do SUS são: universalidade, integralidade e equidade. Os
princípios operativos são: hierarquização, regionalização, participação/controle
social e descentralização da saúde. Segundo a integralidade, um conjunto de ações
articuladas e contínuas, serviços preventivos e curativos, individuais ou coletivos,
devem ser oferecidos ao cidadão em todos os níveis de complexidade do sistema e
para qualquer caso. Portanto, alternativa “C” é a nossa resposta. A equidade propõe
que o SUS precisa tratar as desigualdades de forma desigual. A participação e
controle social foram firmados através da Lei n° 8.142. A criação dos Conselhos de
Saúde e das Conferências de Saúde oficializou essa participação popular no SUS. A
regionalização é uma diretriz do SUS e um eixo estruturante do Pacto de Gestão e
deve orientar a descentralização das ações e serviços de saúde e os processos de
negociação e pactuação entre os gestores.

Portanto, Letra "C".


QUESTÃO 6
REVALIDA – 2012 – Na pesquisa realizada para avaliação da implantação da
Estratégia da Saúde da Família no Brasil, publicada pelo Ministério da Saúde em 2006,
a tendência geral observada foi a melhoria dos indicadores de saúde nos municípios
de IDHbaixo (< 0,7). Esses dados mostram o cumprimento de qual dos princípios do
SUS listados abaixo?

a) Equidade

b) Integralidade

c) Hierarquização

d) Resolubilidade

e) Descentralização
COMENTÁRIO

Típica questão de equidade, pois a melhoria do


IDH nos municípios números abaixo de 0,7, ou seja,
municípios mais pobres, mostra uma diminuição
das diferenças entre os municípios, buscando
então cumprir o princípio da equidade.

Portanto, Letra "A".


QUESTÃO 7
REVALIDA – 2013 – Considere que um médico é convidado para participar da reunião da
Comissão Intergestores Bipartite (CIB) para explicar sobre o fluxograma de atendimento dos
pacientes diabéticos sem complicações crônicas residentes na capital. Segundo o Decreto
Presidencial n.° 7.508, de 28/06/2011, que regulamentou a Lei Orgânica da Saúde (Lei n.°
8.080, de 19/09/1990) para garantir o princípio da integralidade, este grupo de pacientes
deverá, no acompanhamento inicial, ser referenciado para a seguinte porta de entrada do
Sistema Único de Saúde (SUS):

a) Atenção primária

b) Atenção secundária

c) Atenção domiciliar

d) Vigilância de doenças crônicas

e) Atenção em ambulatório especializado


COMENTÁRIO

Questão muito tranquila que todos os alunos


queriam no REVALIDA! Portanto, lembre-se que a
Atenção Primária é a porta de entrada do SUS.
Neste ponto, lembre-se sempre de Unidade
Básica de Saúde, Estratégia de Saúde da Família,
PSF, etc. São termos que podem ser utilizados
como sinônimo. Na prova.

Portanto, Letra "A".


QUESTÃO 8
REVALIDA – 2015 – Uma mulher de 45 anos de idade, história de diabetes e
asma brônquica, estava internada no Hospital Municipal com quadro de
pneumonia comunitária. Ao receber alta hospitalar, foi orientada a procurar
uma Unidade Básica de Saúde para solicitar administração de vacina
pneumocócica 23-valente (polissacarídica). Qual o tipo de prevenção
objetivada a partir da ação descrita?

a) Primária

b) Secundária

c) Terciária

d) Quarternária
COMENTÁRIO

A vacinação é uma intervenção pré-doença, sendo assim uma


prevenção primária. Considerando os tipos de prevenção, temos:
prevenção primária - quaisquer atos destinados a diminuir a
incidência de uma doença numa população, reduzindo o risco de
surgimento de casos novos; prevenção secundária - quaisquer atos
destinados a diminuir a prevalência de uma doença numa população
reduzindo sua evolução e duração; prevenção terciária - quaisquer
atos destinados a diminuir a prevalência das incapacidades crônicas
numa população, reduzindo ao mínimo as deficiências funcionais
consecutivas à doença.

Portanto, Letra "A".


QUESTÃO 9
REVALIDA – 2015 – A equipe de gestão de uma Secretaria Municipal de Saúde, ao implantar uma
Unidade de Saúde da Família (USF) em uma área de vulnerabilidade social, reuniu-se para
organizar sua agenda de modo a cumprir a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB).
Considerando os aspectos organizativos e de gestão dessa política, são responsabilidades do
trabalho dessa equipe:

a) Garantir que o horário diário de funcionamento das Unidades de Saúde da Família tenha o
mesmo padrão em todos os territórios.

b) Dialogar com a comunidade acerca das características e organização do serviço, de modo a


estabelecer sua efetiva implantação.

c) Garantir atendimento e cadastramento a todos os indivíduos que procuram a USF,


independentemente do seu local de moradia.

d) Oferecer serviços com densidade tecnológica variada e de baixa complexidade, capazes de


captar usuários mais resistentes e garantir resolutividade.
COMENTÁRIO

Tranquila! Além disso, a unidade deve atender a


população da sua área de abrangência, funcionando em
horários compatíveis com a necessidade da sua
comunidade, oferecendo serviços que são de baixa
densidade tecnológica, mas não necessariamente baixa
complexidade.

Portanto, Letra "B".


QUESTÃO 10
REVALIDA – 2014 – No Brasil, de acordo com a Política Nacional de Atenção
Básica, compete especificamente ao médico:

a) Realizar atividades programadas e de atenção à demanda espontânea

b) Acompanhar, por meio de visitas domiciliares, todas as famílias que


procuram a Unidade Básica de Saúde

c) Planejar, gerenciar e avaliar as atividades desenvolvidas pelo Agente


Comunitário de Saúde

d) Cadastrar todas as pessoas de sua área no território e manter os


cadastros atualizados
COMENTÁRIO

É atribuição do médico “realizar atividades de


demanda espontânea e programada em clínica
médica, pediatria, gineco-obstetrícia, cirurgias
ambulatoriais, pequenas urgências clínico-
cirúrgicas e procedimentos para fins de
diagnósticos”.

Portanto, Letra "A".


NOSSOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO

(31) 9 8882-8718 Med Aula Especialidades @Provalida

Você também pode gostar