Constituição de 1891

A assembleia constituinte foi eleita em 1890. Em 24 de fevereiro de 1891 foi promulgada a primeira constituição da República do Brasil e a segunda do constitucionalismo pátrio. Em 1926 sofre uma pequena reforma em vigora até 1930. A constituição de 1891 teve por relator o Senador Rui Barbosa, a constituição teve influencia da constituição norte -americana de 178, consagrando a forma de sistema presidencialista, a forma do Estado Federal abandonando o unitarismo da monarquia pelo presidencialismo da República. A República Federativa foi proclamada em 15 de novembro de 1889 onde foi declarada a união perpétua e indissolúvel de todas as províncias, transformando -as em Estados Unidos do Brasil. A capital do país continuou sendo o Rio de Janeiro, o antigo município neutro foi transformado em Distrito Federal, ficando previsto no art. 3º uma área de 14.400 metros no planalto brasileiro para ser a futura capital. Não há mais religião oficial, fica estabelecido na Constituição de 1891que o Brasil é um país leigo, laico ou não confessional. Retiram -se os efeitos civis do casamento religioso e os cemitérios que eram controlados pela igreja passam a ser administrados pela autoridade municipal. Proíbem o ensino religioso em escolas públicas, e n ão usam mais o termo ³sob a proteção de Deus´ no preâmbulo da Constituição. O Estado se separa totalmente da Igreja, o poder Moderado é extinto adotando a teoria clássica de Montesquieu, a tripartição de poderes. São instituídos os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, harmónicos e independentes entre si. O deputado Federal era eleito através de sufrágio direto e com mandato de três anos. Eram eleitos 3 senadores por estado e 3 no Distrito Federal com mandato de 9 anos, renovando um terço trienalmente. O Presidente era eleito juntamente com o vice através do sufrágio direito p ara mandato a cada quatro anos, não podendo ser reeleito para período subsequente. O poder Judiciário passou a chamar Supremo Tribunal composto de quinze juízes. Nessa Constituição houve expressa previsão do habeas corpus. Em 03 de setembro de 1926 foi editada a emenda 1 limitando a chamada ³teoria brasileira do habeas corpus´ restringindo o remédio constitucional do habeas corpus exclusivamente a liberdade de locomoção. Na reforma de 1926 houve uma centralização do poder, restringindo a autonomia dos Estados. Essa reforma veio marcada por uma conotação nitidamente racionalista, autoritária, introduzindo alterações no instituto de intervençãoda União nos Estados, no poder Legislativo, no processo legislativo, no fortalecimento do Executivo, nos direitos e

e facultou o ensino religioso em escolas públicas. 5º. que pôs fim a chamada ³Primeira República´.nas garantias individuais e na justiça Federal. a Federação. XVI. b) os juízes e Tribunais Federais. Foram mantidos os princípios fundamentais como a República. O texto da nova Constituição teve influencia da constituição Weimar da Alemanha de 1919. A tripartição de poderes foi mantida. evidenciando os direitos humanos e uma democracia social. Admitiu influencias do fascismo já que o texto estabeleceu voto direito para deputados. Essa nova Constituição teve curtíssi ma duração. No judiciário é estabelecido como órgãos do poder: a) a Corte Suprema. a tripartição de poderes. A capital continua sendo a cidade do Rio de Janeiro como Distrito Federal. A Corte Suprema com sede na capital e com jurisdição em todo território nacional. Non art. estabeleceu a vitaliciedade. O mandato do dep utados continuam ser de 4 anos. a União editou a lei 196 de 18/01/1936 segunda lei orgânica do Distrito Federal fixando amplo regime de autonomia para o DF. tendo um prefeito na administração. com mandato de 8 anos eleitos mediante sufrágio universal. o presidencialismo e o regime representativo. 1º da referida lei que aproximava o DF dos Estados. seu término se deu com o golpe de 1937. e irredutibilidade de vencimentos. inamovibilidade. quando as duas casa exerciam funçõesindenticas. passou a admitir o casamento religioso com efeitos civis. composta por 11 ministros. O país continuou sendo laico. para senador eram escolhidos 2 de cada Estado e DF. . mas agora um unicameralismo imperfeito. Isso tudo diminui sua longevidade principalmente em razão do movimento armado de 1930. secreto e maioria dos votos para um mandato de quatro anos. d) os Juízes e Tribunais eleitorais. Câmara dos Deputados e Senado Fe deral. c) J uizes e tribunais militares. Agora não mais com o principio do bicameralismo rígido. O presidente será auxiliado pelos ministros de Estado que passam a ter responsabilidade pessoal e solidaria com o presidente. Constituição de 1934 A crise econômica de 1929 3 os diversos movimentos sociais influenciaram para a promulgação da Constituição de 1934 abalando os ideais de liberalismo econômico e da democracia liberal da Constituição de 1891. O executivo era exercido pelo presidente eleito junto com o vice por sufrágio universal. transformando-o em um supermunicípio conforme o art.

A Constituição era rígida. família educação e cultura. e como clausula pétrea. a forma republicana federativa. e segurança nacional. Prestigia a legislação trabalhista e representação classista. Constitucionalizou o voto feminino como mesmo valor do masculino. a organização e a competência dos poderes e soberania. e também previu pela primeira vez o mandado de segurança. o que já tinha sido feito pelo código eleitoral de 1932. o voto secreto que também já tinha sido assegurado pelo código eleitoral. só admitia emendas quando essas propostas não alterassem ou modificassem a estrutura politica do Estado. e a ação popular. . Inovando em caráter social alguns direitos como: ordem econômica e social.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful