Você está na página 1de 2

Avaliação Fisioterapia para os Pacientes com Câncer de Mama

MJP, 47 anos, foi submetida à quimioterapia neoadjuvante e à MRM devido a carcinoma


inflamatório na mama direita. À avaliação de pós-operatório tardio (20 dias), apresenta ADM à
75º para flexão e 60º para ABD do ombro direito, escápula direita alada 2+/4+, sensibilidade
da região interna do braço sem alterações, presença de SRA na região interna do braço ao
antebraço com dor ao movimento, perimetria sem alterações. Responda:

1) Qual o objetivo da quimioterapia neoadjuvante?

a) Para tratamento paliativo do câncer de mama

b) Para tratar a inflamação da mama

c) Para redução do tumor e possibilidade de realizar a cirurgia

d) Para tratamento local do câncer de mama

2) Quando e o que gerou à escápula alada avaliada no 20º dia de pós-operatório?

a) Durante a quimioterapia devido à neuropatia periférica

b) No ato cirúrgico devido à lesão do nervo torácico longo

c) Durante a cirurgia devido à lesão do nervo intercostobraquial

d) Na primeira semana após a cirurgia devido à SRA

3) O que deve ser realizado como tratamento fisioterapêutico desta paciente?

a) Crioterapia para alívio da dor, exercícios livres para recuperação da amplitude dos
movimentos do ombro direito e enfaixamento compressivo para a SRA

b) Mobilização da cintura escapular para escápula alada, alongamentos para a


recuperação da amplitude de movimento e adaptação de tipoia para a SRA

c) TENS para alívio da dor e liberação das AVDs porque a fisioterapia só pode ser
iniciada após 30 dias de cirurgia

d) Massagem local e técnica de alongamento com estiramento mantido para a SRA,


mobilização articular para a recuperação da amplitude de movimento e exercícios
e colocação de taping para escápula alada
ACR, 56 anos, destra, digitadora. Submetida à cirurgia conservadora com LA à D, QT e RT adj,
está em curso com hormonioterapia há 1 ano; procurou pelo serviço de fisioterapia porque
acabou sua licença médica e precisa retornar ao trabalho, mas sente peso no MSD ao fim do
dia e dor. Ao exame físico apresenta ACM, parestesia ao toque da região interna do braço D,
escápulas normais e perimetria com 2 pontos de 2 cm de diferença em região proximal do
braço.

4) Sobre o caso acima marque a resposta verdadeira

a) Paciente não poderá mais voltar a trabalhar porque apresenta alteração de 2cm
entre os membros superiores

b) Paciente poderá voltar ao trabalho, mas deverá mudar de função visto que é
destra e fez tratamento do câncer da mama direita

c) Paciente poderá voltar ao trabalho, mas deverá iniciar a fisioterapia o quanto


antes para tratar e controlar precocemente o linfedema

d) Paciente não será mais capaz de trabalha, pois o linfedema é sinal de que o câncer
recidivou e paciente deverá iniciar tratamento paliativo

5) LMF, 53 anos, submetida à Mastectomia simples com LA nível I à E e está em curso de


QT adj. Refere sensação de fadiga aos pequenos esforços. De acordo com o caso, qual
tratamento fisioterapêutico deverá ser indicado?

a) Exercícios aeróbicos e de resistência com aumento gradativo da intensidade e carga

b) Nada, pois a fadiga não deve ser tratada

c) Exercícios leves apenas com membros inferiores, pois os membros superiores não
devem ser tratados devido ao câncer de mama

d) São indicados apenas exercícios aeróbicos, pois qualquer exercício com carga é um
risco para o desenvolvimento de linfedema no membro superior esquerdo

Você também pode gostar