Você está na página 1de 1

OFÍCIO CONASS No 0256/2022

Brasília, 10 de agosto de 2022.

Ao Senhor
MARCELO QUEIROGA
Ministro de Estado da Saúde

Assunto: Declaração da Monkeypox como Emergência de Saúde Pública de Interesse Nacional.

Este documento foi assinado digitalmente por Nesio Fernandes De Medeiros Junior, Nesio Fernandes De Medeiros Junior e Nesio Fernandes De Medeiros Junior.
Senhor Ministro,
Observa-se nas últimas semanas uma ampliação dos casos de Monkeypox no
território nacional, quando em 25 de julho tínhamos o registro de 813 casos confirmados e já no
dia 08 de julho tínhamos o registro de 2.293 casos acumulados. Um aumento de 182% em 2
semanas.
Consideramos muito importante a implementação por este Ministério do Centro
de Operações de Emergência em Saúde – COE para tratar deste tema, assim como outras
medidas que vem sendo desencadeadas para aumentar a sensibilidade da vigilância em saúde, a

Para verificar as assinaturas vá ao site https://www.portaldeassinaturas.com.br e utilize o código 663F-5A1F-E905-A3C8.


capacidade de resposta laboratorial e a organização da atenção aos casos.
Considerando, porém:
• A declaração pela Organização Mundial de Saúde da Epidemia de Monkeypox como
Emergência de Saúde Pública de Interesse Internacional no último dia 24 de julho;
• Que ainda não existem vacinas e tratamento específico disponíveis em território nacional,
bem como o acesso a estes no mercado mundial ainda é bastante restrito; e
• O Decreto Nº 7.616, de 17 de novembro de 2011, que dispõe sobre a declaração de
Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional - ESPIN e institui a Força Nacional
do Sistema Único de Saúde - FN-SUS, que em seu artigo 2º define que a declaração de
ESPIN ocorrerá em situações que demandem o emprego urgente de medidas de
prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública e em seu
artigo 3º, parágrafo 1º, dentre as situações epidemiológicas que indicam sua aplicação: o
risco de disseminação nacional, ser produzido por agentes infecciosos inesperados e
extrapolar a capacidade de resposta (de forma isolada) da direção estadual do SUS.
Diante do exposto, propomos que a Monkeypox seja reconhecida como
Emergência de Saúde Pública de Interesse Nacional.
Desde já agradecemos pela atenção e nos colocamos à disposição para continuar
apoiando as articulações necessárias para resposta às demandas geradas pela situação
apresentada.
Atenciosamente,

NÉSIO FERNANDES DE MEDEIROS JUNIOR


Presidente

Este documento foi assinado digitalmente por Nesio Fernandes De Medeiros Junior, Nesio Fernandes De Medeiros Junior e Nesio
Fernandes De Medeiros Junior.
Para verificar as assinaturas vá ao site https://www.portaldeassinaturas.com.br e utilize o código 663F-5A1F-E905-A3C8.

Você também pode gostar