Você está na página 1de 3

Técnica de Alta Tensão/ 2012

Departamento de Engenharia Electrotécnica


Correcção da Aula Pratica N.º 4

Solução do Exercício N.º 1

a) r1  l1   1  r2  l 2   2  ......  1   2   3  ....
 r1  l1  r2  l 2  r3  l 3

As camadas têm a mesma grossura:

r4  r1 7  1
r   cm  2cm
3 3
r1  1cm ; r2  3cm ; r3  5cm ; r4  7cm
r l 5  10cmcm
l1  3 3   50cm
r1 1cm
r l 5  10cmcm
l2  3 3   16,7cm
r2 3cm

b)

^
Ue
E (r ) 
1 r 1 r 1 r 
rx  l x   1n 2  1n 3  1n 4 
 l1 r1 l 2 r2 l3 r3 
^
Ue 1
E (r )  com A  0,0862 
rx  l x  A cm

força do campo máxima mínima

E(r1) = 74,5 kV/cm E(r2) = 25,1 kV/cm

E(r2) = 75,4 kV/cm E(r3) =45,2 kV/cm

E(r3) =75,4kV/cm E(r4) = 53,9 kV/cm

1
b)
^
U
E (r ) 
1 r 1 r 1 r 
rx  l x   1n 2  1n 3  1n 4 
 l1 r1 l 2 r2 l3 r3 
^
Ue 1
E (r )  com A  0,0862 
rx  l x  A cm

força do campo máxima mínima


E(r1) = 74,5 kV/cm E(r2) = 25,1 kV/cm
E(r2) = 75,4 kV/cm E(r3) =45,2 kV/cm
E(r3) =75,4kV/cm E(r4) = 53,9 kV/c

Ue
Ux 
C)  r2 r3 r4 
1n
 r 1n 1n 
lx r2 r3
 1   
r l l2 l3
1n x1  1 

rx  

Ue
U1   58,6kV   2  230  58,6kV  171,4kV
l1 1
 0,0862
r2 cm
1n
r1
Ue
U2   81,6kV   3  171,4  81,6kV  89,8kV
l2 1
 0,0862
r cm
1n 3
r2
d)
Novos comprimentos dos cilindros:
l1  l 2
l1'  l 2   (25  8,35)cm  33,35cm
2
l 2'  l 2 l 3'  l 3

2
110kV
2
3 1
E max  com A '  0,097
r1  l  A '
1
'
cm

com vazamento: Emax  27,7kV / cm

e em comparação à força de campo máximo na tensão de operação sem vazamento:

E max  20,8kV / cm

*inserir figura correspondente

Solução do Exercício N.º 2

Solução do Exercício N.º 3

Você também pode gostar