Você está na página 1de 5

As bactérias são um pouco mais complexas que os vírus.

As bactérias são organismos formados por uma única célula


(unicelulares), que se caracteriza pela ausência de um
núcleo e são conhecidas como procariontes, veja a figura
abaixo.

Figura 1: Célula das bactérias sem o núcleo

As bactérias podem ser encontradas de forma isolada ou


formando colônias.
E como ocorre a reprodução das bactérias?

De forma assexuada, ou seja, não há contato entre


gametas (feminino e masculino), chamamos este tipo de
reprodução de divisão binária, em que a bactéria é dividida
ao meio, e nesta divisão do organismo ao meio, dá origem a
uma outra bactéria idêntica.

Além disso as bactérias são muito resistentes, por isso


conseguem ficar por muito tempo no ambiente, mesmo sem
ter entrado no corpo humano. As bactérias podem transmitir
doenças através de água e alimentos contaminados, do ar,
do solo etc.
Os únicos remédios que conseguem acabar com as
bactérias são os antibióticos, mas devemos ter cuidado
para administrá-los, pois as bactérias criam resistência a
eles, ou seja, ficam “mais fortes” para um determinado
antibiótico quando este é administrado de forma errada.

As bactérias são encontradas em vários ambientes, tais


como água, solo e até nos seres vivos. São muito úteis para
os seres humanos, apresentando importância ecológica, na
alimentação (fabricação de iogurtes e queijos que ocorre
pelo processo de fermentação) e até mesmo no
funcionamento do nosso intestino.
Fermentação:

Quem faz?

As bactérias anaeróbicas, pelo processo em que ocorre a


liberação de energia sem a participação do oxigênio.

O problema ocorre quando elas vão parar em uma


parte do corpo diferente da que estão acostumadas, como,
por exemplo, as bactérias que estão geralmente nas mãos e
vão parar na mucosa bucal ou que estão no intestino e vão
parar no estômago.

Nestes casos, o organismo perde seu equilíbrio natural


e as bactérias podem, sim, causar doenças.

Vamos conhecer algumas dessas doenças?

• Cólera: é uma doença grave que causa diarreia,


vômitos e dores abdominais. Se não tratada
adequadamente, pode levar à desidratação, à
insuficiência renal e até à morte.
• Gonorreia: é uma infecção sexualmente transmissível,
que pode causar corrimento e dor ao urinar.
• Hanseníase: é caracterizada por provocar manchas
na pele que apresentam perda de sensibilidade. Além
disso, o paciente pode ter sensação de choques e
agulhadas ao longo dos nervos das pernas e braços e
redução da força muscular das mãos e dos pés.
• Leptospirose: é a causa de sintomas como dor
muscular, dor torácica, tosse seca e fotofobia, que é a
sensibilidade excessiva que se tem à luz.
• Tétano: é a causa de sintomas como rigidez muscular,
dificuldade de deglutição e contratura muscular
generalizada. Pode levar à insuficiência respiratória.
• Tuberculose: é a causa de sintomas como tosse,
febre, emagrecimento, cansaço e dificuldade
respiratória.

Você também pode gostar